PEQUENO SCHUMI | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

segunda-feira, 2 de março de 2015 - 19:31Automobilismo internacional

PEQUENO SCHUMI

littleschumiSÃO PAULO (boa sorte ao menino) – Pelo jeito, a saga vai continuar. Mick Schumacher, que faz 16 anos em abril, vai estrear nos carros. Correrá o Campeonato Alemão de F-4.

No kart, enquanto pôde, o pequeno Schumi usou o sobrenome da mãe. Claro que a tentativa de se esconder foi tão bem-sucedida quanto a de Piquet, que começou a correr como “Piket”.

Não será fácil a vida desse moço. Mas tomara que seja feliz.

52 comentários

  1. Vamos ver se ele vai ser um Bom Aprendiz de Feiticeiro! No Mundo de Hoje ele não vai conseguir Esconder que é Filho do Schumacher nem de um Cego, Surdo e Mudo.

  2. Ricardo disse:

    Se o garoto agora usar o sobrenome do pai, trará de volta às pistas a imagem do maior piloto de todos os tempos.

    A responsabilidade será grande e as comparações virarão cobranças. Torço por ele.

  3. genaro disse:

    se ele tiver só metade do talento do pai já vai ganhar uns 3 campeonatos e meio… mais que o Senna da Globo-PSDB

    • Razor disse:

      Se ele tiver metade do talento do pai (que eu reconheço sim como enorme), mais :
      1) A equipe impedindo seu companheiro de equipe de disputar com ele (Hamilton x Nico? Emerson x Peterson? Lauda x Prost? Prost x Senna? Nem pensar!!! No dia que era para dividir equipe com o Kimi, o Schumy saltou fora…).
      2) Ter pneus especiais, melhores que os da concorrência (nos anos de Bridgestone x Michelin).
      Aí sim, SE ele reunir esses três elementos poderá vencer muitas corridas e muitos títulos como o pai.

      Enquanto isso, Senna da Globo-PSDB bateu o grande Prost com o mesmo carro e sem ordens de equipe, coisa que MSC jamais poderá dizer que conseguiu contra outros brilhantes campeões mundiais como Herbert (com as duas pernas quebradas), Verstappen, Brundle, Irvine…

  4. Paulo Lava disse:

    Gostaria de tecer alguns ‘comments’ sobre o parágrafo final (“Não será fácil a vida desse moço. Mas tomara que seja feliz”). Na minha opinião, para uma pessoa rica como ele – aliás, para QUALQUER pessoa rica – , a vida é fácil. Uma vez a pessoa sendo rica, nada mais óbvio do que a felicidade certamente integrar tal ‘pacote’…

    • Razor disse:

      Fala isso para um cara que está com o pai vegetando numa cama…ou para o Stephen Hawking, milionário, a mente mais brilhante do último século, e sem poder mexer sequer um dedo…ou para o pai milionário que vê seu filho se perder nas drogas.
      A felicidade não está nas coisas materiais que o dinheiro pode comprar. Quem pensar que o dinheiro é tudo sempre será uma pessoa pela metade. E olhe lá!

      • Paulo Lava disse:

        Para lá de lamentável a situação do Michael. Por outro lado, admito desconhecer demais situações envolvendo a vida pessoal do garoto. Porém, não imagino que ele tivesse a casa devastada por um temporal ou que ele enfrente grave problema ocular. E não consigo imaginar ele ‘contando moedas’ para poder comprar alimentos e/ou deslocar-se de ônibus. Igualmente difícil de imaginar ele ‘preocupado’ em pagar as contas básicas do mês como qualquer cidadão. Portanto, descontando-se a situação na qual seu pai se encontra, ainda assim, imagino que ele seja feliz.
        Ainda sobre o exemplo de um pai rico que enfrenta problema do filho nas drogas… DUVIDO – mas duvido mesmo! – que este pai troque de lugar com um cidadão que perdeu tudo na enchente ou que foi injustamente demitido. Pessoas ricas (com raras exceções), não conseguem enfrentar a queda brusca do padrão da vida.
        (Exemplo disto pode ser constatado em recente edição da revista Exame: um alto executivo de grande empresa, após 17 anos de trabalho, foi demitido. Ele ficou quatro meses desempregado. Porém, logo conseguiu emprego porém, por um salário 20% menos do que ele recebia nos últimos anos. So what? Entre tantas ‘pérolas’, ele salientou que abdicou dos churrascos semanais na ‘Montana’ e ainda teve que vender o BMW; na foto da revista, ele aparece ao volante de um Ford Fusion da chamada ‘primeira geração’. Puxa vida, não é de ‘penalizar’ do cidadão que dirige ‘apenas’ um Fusion?)
        Voltando: infelizmente – ou felizmente (ao menos, para os donos de banco e milionários da Forbes) –, vivemos num mundo no qual a sobrevivência DIGNA exige dinheiro. Pode apostar que para qualquer pessoa que passa horas e horas em postos de saúde solicitando atendimento médico digno, dinheiro traz a felicidade. E igual raciocínio pode ser endereçado aos jovens que sonham em fazer carreira no mais capitalista dos esportes. Pelo que me consta, ninguém obrigou ‘Mick’ a competir no campeonato alemão de F4. Se ele quer acelerar no certame, ele certamente fará isto porque gosta do esporte e buscará a felicidade ao volante de um monoposto. Só que, tal ‘felicidade’ tem um preço. E não deve ser barato…

  5. Cesar disse:

    A segunda geração normalmente tem acesso facilitado e talvez por isso raramente chegam perto dos resultados da primeira geração.

  6. José Luiz disse:

    Se puxou o talento do pai está ótimo, mas se for o do tio………………..

    • Luiz Morais disse:

      O Ralph não era tão bom quanto Michael, porém, ruim não era.
      Ninguém chega na F-1 sendo ruim, a não ser os Japoneses e Indianos que compravam vagas em equipes nanicas.
      O Ralph correu pela Jordan, Williams e Toyota com salários altíssimos e nunca pagou para correr.
      Colocaria no mesmo nível de Fisichella, Alesi, Barrica, Trulli, Coulthard e até mesmo Button, todos bons pilotos que nuca foram destaque por estarem o lugar errado na hora errada.

  7. Acarloz disse:

    Se o DNA prevalecer vai ter futuro.

  8. GUS disse:

    A vida já é dura para ele, ver o pai naquele estado (que especulamos, não é dos melhores…) – mas toca pra frente…toda a sorte do mundo para o rapazinho!
    Força para pai e filho!

  9. Ricardo Bigliazzi disse:

    Boa sorte!

  10. Razor disse:

    Se não usar as manobras canalhas do pai, já vai estar ótimo!

  11. Alessandro Silva disse:

    O sorriso ta parecido! Espero agora que seja tão talentoso quanto o pai. Toda torcida e sorte ao garoto.

  12. Robertom disse:

    Para se dar bem o pequeno Schumi terá de ser muito bom de braço, e muito melhor de cabeça, para suportar a pressão e as comparações que inevitavelmente vão surgir…

  13. Daniela disse:

    Boa sorte e sucesso ao jovem piloto.

  14. sandro disse:

    Se for melhor que o tio já está de bom tamanho

  15. gustavo maia disse:

    Péssima notícia para a F1.
    Não porque o pequeno schumi seja ruim – talvez nem seja.
    O problema é como faz para um sujeito chegar na F1 se não for apadrinhado por uma companhia ou pelo parentesco.
    São vinte carros no grid, umas vagas são dos ex-campeões (4-5), outras dos que ainda não foram (4-5), outras dos que não largam nem desocupam a moita, outras são na rabeira e ninguém quer.
    Sobra uma ou duas vagas novas por ano e ainda tem que competir com sujeito que só no nome atrai mais atenção do que do campeão da GP2 do ano passado.
    Daí quero ver o sujeito conseguir encontrar um jeito de entrar num F1. O sujeito acaba procurando um lugar onde gaste menos e se divirta mais.
    Acaba distorcendo a formação do grid na F1 e nas categorias inferiores. Entre um mediano com sobrenome e um mediano promissor sem outros atrativos, o primeiro acaba favorecido. Ou seja, mais um fator para tornar a F1 um pouco menos relevante.

    • luigi disse:

      Quanta besteira escrita por alguém cheio de pré julgamentos e complexos, um time top de qualquer categoria quer ganhar corridas e não importa que sobre nome tenha o piloto, e deixa de ser hipócrita também ,porque você de ter sido um dos que torceram para que Bruno Senna LALLY tivesse pelo menos 50% da capacidade do tio dentro da pista,porque fora se mostrou bom de marketing,más na pista …………………………………………… . E não se esqueça que na fila tem dois jovens pilotos filho e neto de grandes campeões brasileiros que devem também tentar chegar a F 1 . Será que você manterá o mesmo discurso pouco feliz. E será que tem o mesmo julgamento quando se trata de um filho de ex grande jogador de futebol iniciando sua carreira, pois talvez de futebol possa entender alguma coisa, más de relacionamento humano …………………….,
      espere para ver antes de pré julgar, que coisa feia e pouco inteligente,puro preconceito contra o pai externado no filho que nunca foi responsável pelos atos do pai .

      • gustavo maia disse:

        Porra, cara valeu pelo toque.
        Obrigado. Vou procurar tratamento.
        Antes disso, contudo, quero só destacar que você acaba confirmando o que eu disse. Afinal, se o Senna, B., não foi nem 50% do tio mas foi bom de marketing, então se confirma que o sobrenome do piloto o favorece na captação de recursos e, portanto, nas chances – possivelmente em detrimento de outros pilotos de qualidade semelhante.

      • Francês disse:

        Nem me fala no Bruno Senna. FATO é que o cara foi descartado da F! depois daquela barbeiragem bizarra em cima do Vettel na corrida final do campeonato em Interlagos. Fiquei com vergonha naquele dia. O cara piloto medíocre quase acabando com a decisão na pista de um campeonato, com uma barbeiragem grotesca. Daqui a pouco aparece o pessoal da Globo e do Santander defender o cara e o Alonso.

      • Leandro disse:

        Luigi, se chegar um “João Silva” pilotando melhor que o Pedro Piquet e o Pietro Fittipaldi, vou torcer muito mais pro “João Silva” porque teremos mais chances.

        Piloto que só entra pro marketing ou patrocínio, sem habilidade, é que ferra o nível da F-1.

  16. Rafael Rego BH disse:

    Pena que não está tendo os preciosos conselhos do pai.

    Detalhe é que o Mick tinha criado uma conta no twitter, um mês atrás mais ou menos, e rapidamente apagou. Vai ver era muita gente perguntando pelo pai… O menino vai precisar de personalidade.

    É legal ver alguem da familia Schumacher com um sorriso no rosto. #KeepFightingMichael, sempre!

  17. Sergio Melo disse:

    Depois do “Primeiro Sobrinho”. A saga continua, agora com o “Primeiro Filho”.

  18. Chupez Alonso disse:

    Pequeno Dick Jr!

    • Allez Alonso! disse:

      É mais fácil ser babaca anonimamente? Ou você é assim no dia a dia?

    • Chupez Alonso disse:

      É tesão é?

      Que tal vc começar a ter vida própria e sair da minha sombra?

      • Allez Alonso! disse:

        Esse Chupez é alusivo ao meu nick Allez. Quem está na sombra de quem? Ralé…
        Sai desse armário, Malleoni, Alfredo. E vá aprender inglês.

      • Flavio Gomes disse:

        As bonecas não querem brigar em outro lugar? Agradecido. Se continuarem, não publico mais nenhum comentário da dupla.

      • Paulo Pinto disse:

        Não vai rolar. FG cortou o barato.

      • Allez Alonso! disse:

        FG, você tem razão, peço desculpas e não precisa publicar. Acompanho seu blog desde 2009, assinei meu nome durante um tempo, mas depois comecei usar o nick Allez Alonso! Era uma maneira divertida de exaltar minha torcida nesse reduto tedesco, rs! Como acompanho automobilismo desde sempre, a visita ao seu blog é quase obrigatória, e assim como em outras publicações digitais, gosto de manifestar minha opinião e manter uma discussão saudável.
        Desde o fim do ano passado, reparei uma coisa:
        O “Mattioni” tinha uma foto de um leão aqui no blog e resolveu assinar “Chupez Alonso” DEPOIS que adotei meu nick; no Autoracing o “Alfredo” tinha uma foto de um leão e vivia pra falar mal do piloto espanhol; no Corradi assinava como Alfredo mesmo e vivia falando mal do piloto espanhol; O “Alfredo” vive se gabando que mora nos eua, e um dia ele se confundiu aqui no blog como “Chupez”, dizendo que assistia f1 na NBC. Isso foi perto do GP de Austin, foi aí que eu me liguei, são a mesma pessoa. Ainda, logo depois o Chupez escreveu um livro dizendo isso e aquilo do espanhol, eu brinquei: “em resumo, Alonso pegou sua mulher”… Foi engraçado e quem respondeu, indignado? O Alfredo! É muita trolagem mesmo!
        Existe uma distância intelectual abissal entre eu e esse sujeito, mas acima de tudo, não estou aqui pra fazer inimigos. Respeito e admiro seu trabalho, isso que me faz visitar seu espaço, reitero meus pedidos de desculpas.
        Ps: Alonso é melhor que Vettel… pingo nos i’s em 2015!
        Abraço!

      • Chupez Alonso disse:

        A questão não é essa, Flávio Gomes.

        A questão é que não se pode escrever mais nada no blog que não passe pela censura aí do garoto e não se seja taxado de idiota, imbecil, babaca… Teve um post recente que foram uns 4 ou 5 “moderados” pelo rapaz. Até o blogueiro ele ironiza. Tá se achando que pode tudo.

        Eu sei que é normal crianças em fase de auto-afirmação perderem o controle com as doses de testosterona aumentando no organismo. Essa de achar superior porque ” sabe ler “em inglês, uma língua básica hoje em dia, falada por qualquer criança, ele, inclusive, é de uma infantilidade incrível.

        E se o problema for o nick “Chupez”, posso mudar imediatamente para “Se Fodez Alonso”, se assim for melhor.

        Desejo tudo de bom ao garoto e que seus desejos de “rir por último” se realizem o mais rápido possível, apenas com a devida correção do Português: “rir pelo último”, se esse não for demitido da McLaren.

        Abcs a todos.

      • Ferdinandes disse:

        Perfis tao verdadeiros como uma nota de 3

      • RENE FERNANDES disse:

        É isso que é BIPOLAR??? EU EIM….

      • Chupez Alonso disse:

        Putz! O problema é pior do que eu pensei. Achava que era falta de educação, mas é paranóia!

        Eu nunca participei de nenhum outro blog de F1, é muito menos postei qualquer coisa como nome de Alfredo. Nem sei quem é Alfredo.

        Mas enfim, cada doido com sua mania.

      • Paulo Pinto disse:

        Se Fodez Alonso foi impagável! Ri muito.

      • Ricardo disse:

        Bipolar nada, Rene, o cara é doido. Tamanha mania de obsessão pelo Alonso é coisa de maluco, Allez deu até muita corda… Dá até medo de um sujeito assim, né? Chamar o filho de Shumacher, com 15 anos de Dick Jr.? Não tem respeito por nada e por ninguém esse sujeito, se brincar bate na mãe… e acaba fazendo escola, meia dúzia de babões vão junto.

      • Allez Alonso! disse:

        Eu pedi para não publicar, afinal um dos únicos passatempos pra atenuar sua vida medíocre é falar mal do Alonso.
        Você fala muito do espanhol, fixação doentia, mas vou provar que o mal caráter é você. Não é difícil desmascarar um mentiroso, vou lhe mostrar:

        1) Como eu disse, você (sujeito anônimo e doentio) assinava como Matteoni, tinha a péssima mania de colocar links do próprio grande prêmio no blog, além de ter uma figura do leão no seu avatar.
        Isso pode ser comprovado nos comentários anteriores e especificamente no comentário do link abaixo:

        http://flaviogomes.grandepremio.uol.com.br/2013/09/agora-e-barcelona/comment-page-1/#comment-3762762

        2) Após esse momento, você, figura doente, começou a assinar “Chupez Alonso” e sempre baixando o nível, Allez Jado, Allez Luia, etc.

        http://flaviogomes.grandepremio.uol.com.br/2014/07/ungaria-4/comment-page-1/#comment-3832712

        3) No autoracing, esse sujeito assinava como Alfredo Aguiar, e também tinha um leão no avatar:
        http://www.autoracing.com.br/sebastian-vettel-na-ferrari-so-se/

        Infelizmente, ele apagou os comentários, chegava a ser ridículo a forçada de barra pra falar mal do espanhol, eu dei tanta porrada no cara que ele apagou os comentários, apelou e fez como o Vettel, se mandou…

        4) Aqui no blog, tivemos um episódio interessante:
        Eu fiz uma brincadeira com o Chupez e quem tomou as dores?

        http://flaviogomes.grandepremio.uol.com.br/2014/07/sobre-ontem-de-manha-2/comment-page-1/#comment-3833014

        O Alfredo, claro! Mesmo Alfredo que diz morar nos EUA, assim como o Chupez deixou escorregar um dia, provavelmente ele esqueceu que tava usando outro email…

        http://flaviogomes.grandepremio.uol.com.br/2014/07/sobre-ontem-de-manha-2/comment-page-1/#comment-3833073

        http://flaviogomes.grandepremio.uol.com.br/2014/10/sovieticas-3/comment-page-1/#comment-3845847

        Mas o mais legal, que mostra que além de bipolar essa sujeito é mal caráter, se deu aqui mesmo no blog!!

        Ano passado Flavio Gomes fez uma brincadeira com UKIKO:

        Eu fui o único que respondi, o fiz numa reposta, mas fiz sem alarde.

        http://flaviogomes.grandepremio.uol.com.br/2014/07/ukiko-4/comment-page-1/#comment-3828529

        O certo, ético, justo, seria dar crédito a quem matou a charada, certo? Tipo, “o amigo Allez acertou”.. Mas o que esse sujeito fez? Pegou o crédito para ele! Deve ser aquele cara que abre seus emails e rouba suas ideais dizendo pro chefe que agora merece um aumento, hahahaha! E ainda vem falar do Alonso! Pode?

        São em atitudes pequenas que se mostra o caráter, a idoneidade e dignidade de uma pessoa. O que me faz torcer pro Alonso é sua tocada, qualquer coisa além disso é fofoca e pelo que se vê, além de hipócrita, quem deve ser mal caráter em sua vida pessoal é você, seu doente.

        Já que você tocou no assunto, gostaria sim que você trocasse seu nick, seria uma atitude digna, afinal quem está na minha sombra desde sempre é você.

      • Ricardo disse:

        Kkkkk, não sei se dou risada ou choro de pena. Boa, Allez!

      • Julio disse:

        Hahaha, se brincar o Paulo Pinto, Alfredo e o Chupez Alonso são a mesma pessoa, pra que isso, minha gente? Alonso nem sabe que vocês existem!! E deixa o cara torcer pro Alonso em paz, parece até crime torcer pro espanhol.

    • Pacheconha disse:

      Esse Chupez Alonso e o Paulo Pinto são tão íntimos (e babacas) que deveriam se misturar inclusive nos apelidos, vai dar o resultado do que querem fazer.

  19. Anselmo Coyote disse:

    Excelente notícia. Porque eu era fã do alemão queixudo? Sim, também.
    Mas principalmente porque acho que o garoto deve estar sendo muito bem preparado e será assim que subirá nos “formulas” até chegar à F1. Dependerá apenas do talento, se tiver, para fazer bonito.
    Abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>