MENU

quarta-feira, 25 de março de 2015 - 20:39Literatura

PUMA PARA TODOS

capalivropumaSÃO PAULO (comprarei, claro) – Que grande notícia! O Felipe Nicoliello, várias vezes citado aqui, é o sujeito que mais conhece a história da Puma no universo — basta ver a riqueza de detalhes e informações de seus posts no excelente site “Puma Classic”. E, depois de muito tempo e trabalho, Felipe publica, junto com a Editora On Line, uma “revista-livro” em duas edições contando a história do esportivo nacional. Reproduzo o e-mail que Nicoliello mandou aos amigos:

Enfim, depois de muitos pedidos de amigos e leitores, a partir desta semana (final de março de 2015) já estará nas bancas o primeiro volume da edição de colecionador do Guia Histórico “Puma História Completa”, da Editora On Line, onde poderão encontrar além da história da grandiosa fábrica brasileira de automóveis, todos os detalhes de cada modelo ano após ano. Não é o ambicioso livro que eu gostaria de escrever, mas uma grande parte de meu trabalho nos últimos onze anos de Internet e 47 de paixão por Puma. Como a história ficou um pouco extensa, a editora foi obrigada a fazer em dois volumes. Este primeiro volume trata dos modelos até 1976, primeira série. No mês que vem virá o segundo volume. A edição mostra algumas imagens inéditas e detalhes para uma perfeita consulta. A editora também venderá na sua loja virtual para locais onde a edição não chega nesse imenso Brasil ou para outros países.

Sensacional, obra de referência, sem dúvida. E tomara que vire livro, mesmo. O Felipe e a Puma merecem.

8 comentários

  1. Christian Jorge disse:

    Fabio, para você que gosta dos carros clássicos, veja que bacana esta notícia que saiu na Gazeta do Povo, aqui de Curitiba, esta semana:

    http://www.gazetadopovo.com.br/esportes/lutas/mito-do-boxe-foi-quase-anonimo-em-curitiba-nos-anos-80-el44t0z2ghjccsotei1bpoqxa

    Eles retratam uma visita do Muhammad Ali a cidade em 1987, quando acertou a compra de 1.440 carros da Puma, cuja fábrica ficava na grande Curitiba.

  2. JT disse:

    Parabéns para o Felipe Nicoliello, pela dedicação ao projeto de contar a história da Puma. E fazem bem em vender como dois números de revista e não em formato único de livro.
    Fazer um livro é um investimento alto sem retorno garantido. Não falo por mim, que felizmente consegui equilibrar as contas com um livro que escrevi sobre o MP Lafer, optando por publicação independente, Falo por alguns projetos mais ambiciosos, bancados por editoras constituídas, que encalharam nas livrarias.
    Infelizmente o brasileiro não compra livros sobre carros (e nem de qualquer assunto: Buenos Aires tem mais livrarias do que no Brasil inteiro).
    As pessoas se acostumaram em ter tudo de graça e mastigado na Internet, de preferência se o texto for copiado diretamente nas redes sociais.
    Por isso, dou os parabéns para todas as iniciativas que remam contra a maré.

  3. Ike disse:

    Puma, em 1981 vendi meu Opala 250s 78 e comprei um puma GTS 1979 Conversível branco lindo com 8.000Km rodados, as meninas adoravam mas o carro era uma bosta.
    Por mais que se balanceasse as rodas e alinhasse, na estrada a 100 por hora não se conseguia ver o painel de tanto que vibrava e balançava, a parte central do painel movimentava loucamente.
    Não dava para ouvir rádio ou conversar tamanha era a barulheira que fazia a capota. Quando chovia entrava água por todos os lados (me disseram que o fechado era pior)
    Acima de 80 por hora a capota abriu sozinha umas três vezes.
    As portas (fechadas) com o carro andando se movimentavam como soltas.
    Os pinos de porta tinham que ter manutenção constante pois não suportavam o peso da porta.
    Entendo o saudosismo, sim mas que era uma bela porcaria insegura, Há isto era
    Foi um parto para vender, depois voltei para outro 250S

  4. Evandro Romero disse:

    Maravilha,tenho uma puma GTS 1989 com 23mil km.(feito pela Araucária)
    e encontro dificuldades sobre o modelo,espero agora conseguir informações.

  5. Sandro disse:

    Já estou ansioso pra comprar. Só não entendi pq na placa do Puma na capa da revista está escrito FUSCA.

  6. igor disse:

    pq na foto de capa o puma esta com a placa escrita fusca?!

  7. retka disse:

    acho lindo todos os pumas, em especial o am3 ou 4 . aquele com motor de monza! mas andei num esses dias, que carro duro meu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>