TEM GATO NESSA TUBA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 4 de março de 2015 - 12:08F-1

TEM GATO NESSA TUBA

SÃO PAULO (e dá choque)OK que é o “Bild”, que carrega nas tintas. Não vai haver boicote. Mas que tem gente preocupada com o que aconteceu com Alonso, tem.

60 comentários

  1. Nelson Barreiros Neto disse:

    Flavinho, bom dia. Você já tinha dito que havia caroço nesse angu.
    O inacreditável, inaceitável, e todos os “ina” que quiserem é a Maclaren, equipe com a história que tem e a Honda idem, estarem escondendo isso.

    Flávio e amigos que acompanham F1, quantos milhões de acidentes já vimos assim ou piores e o piloto sai dançando macarena.?

    Estão tratando (equipe e fornecedora de unidade de força) como imbecis e brincando com vidas de seres humanos…

  2. Brabham-5 disse:

    E o silêncio do Button? Ninguém reparou nisso?
    Vai ficar calado, como fez Alonso no Cingapuragate?
    Button não é um dos líderes da associação do pilotos de F1?
    Também tem responsabilidade e satisfações a dar, eu acho.

  3. Brabham-5 disse:

    “Sou Fernando, corro de kart e quero chegar à Fórmula 1″. De acordo com o jornal El Pais, foi isto que declarou Fernando Alonso momentos após acordar do grave acidente sofrido no circuito de Montmelo, na Espanha, batida envolta em mistérios que o tirou da primeira corrida da temporada 2015 da Fórmula 1.

    Segundo o diário, Fernando Alonso sofreu com uma perda de memória de cerca de 20 anos, voltando a 1995, e demorou cerca de uma semana para se lembrar de tudo o que aconteceu neste período – incluindo sua carreira de sucesso e dois títulos na Fórmula 1.

    O protocolo após uma batida com impacto na cabeça, como a de Alonso, é fazer uma série de perguntas simples: “Quem é?”, “o que você faz” e “o que quer do seu futuro?”. No caso de Alonso, um “branco” em sua memória o levou a responder às questões como se estivesse em 1995.

    As respostas mostraram a gravidade do acidente, mas com o tempo os médicos puderam descartar qualquer tipo de lesão cerebral como consequência da batida.

    De acordo com o jornal espanhol, foi preciso cerca de uma semana para que Alonso relembrasse sua entrada na Fórmula 1, estreando com a Minardi, em 2001, e seus títulos com a Renault, em 2005 e 2006.

    Depois de 7 dias, Alonso já se encontrava recuperado. Mas, por precaução, os médicos vetaram sua participação no GP da Austrália, em 15 de março. Nesta quinta, ele recebeu a notícia da liberação para atividades físicas e se colocará de volta a atividades como corrida, natação e academia. Tudo de olho no GP da Malásia, em 29 de março.

    O médico Rafael Blesa afirmou que o processo de recuperação de Alonso é normal. “Uma batida como essa faz o cérebro sacudir fortemente, o que causou afetou as sinopses neurais. Quando isso ocorre, algumas funções não atuam, e o cérebro busca memórias e não as encontra. Dependendo do caso, varia o tempo de recuperação”.

    fonte: uol

  4. Marcell disse:

    Se realmente aconteceu essa parada do choque devido a falha no isolamento na unidade de potência da Honda, e a Mclaren junto com os nipônicos estão omitindo isso perante a Fia e as demais equipes… Eles simplesmente são totalmente sem noção e irresponsáveis…. E estão permitindo que no minimo outros pilotos das demais equipes tbm corram riscos (Visto a falta de informação para tratar o problema real) Me assusta a ideia do Button e o Magnussem terem coragem de andar nessas ”cadeiras elétricas”ai (Isto é, se essa informação for real)
    Quanto ao Alonso, que ele se recupere 100% e vá dps em uma sessão de descarrego na universal!!!

  5. Paulo Pinto disse:

    Um piloto “roda-fria” há oito anos na “seca” em uma equipe que vem “descendo a ladeira”, ano a ano. Um carro mal nascido com um motor que de forte, só tem o nome.

    Misturemos tudo isso a um acidente estranho e mal explicado.

    Quer saber? Alonso deve estar arrependido de não ter tirado um ano sabático.

    • Pacheconha disse:

      E nós estamos resignados por você e sua esposa (Chuppadorez de Alonso) não tirem um ano sabático nas respectivas “artes” de comentaristas.

    • Julio disse:

      Quero ver o que você vai falar quando o Vettel não ganhar mais nada, já foi um ano, 2014. Teremos 2015, 2016, 2017… Aliás, será que Vettel vai ficar na frente de algum companheiro que não seja o Bourdais e o Webber???
      #FicaADúvida!

      • Paulo Pinto disse:

        Vettel , nas últimas seis temporadas, ficou à frente de Alonso, o “piloto mais completo do grid”. E este ano (se o “Eletronso” não jogar a toalha), a “escrita” vai se repetir. Alguém duvida?
        Isso deve ser muito deprimente para qualquer fã do espanhol.

        A Ferrari (que está se reestruturando) é uma incógnita. O carro parece bem nascido, o que é bom. Acredito no talento e no desempenho do Herdeiro ao longo do seu contrato.

        A conferir.

      • Paulo Pinto disse:

        Vettel , nas últimas seis temporadas, ficou à frente de Alonso, o “piloto mais completo do grid”. E este ano (se o “Eletronso” não jogar a toalha), a “escrita” vai se repetir. Alguém duvida?
        Isso deve ser muito deprimente para qualquer fã do espanhol.

        A Ferrari (que está se reestruturando) é uma incógnita. O carro parece bem nascido, o que é bom. Acredito no talento e no desempenho do Herdeiro ao longo do seu contrato.

        A conferir.

      • Allez Alonso! disse:

        Que lógica é essa? Vettel tem que se preocupar com seu companheiro, comparar pilotos em equipes diferentes não tem logica. Por exemplo, o Massa ficou na frente do Alonso e do Vettel… Ahh e se for assim, eu aposto no Ricciardo na frente do Vettel. Segundo ano entubando o alemao.

      • Paulo Pinto disse:

        Vettel vai ficar à frente de Alonso em 2015. Essa é a lógica. A mesma que se repete há seis temporadas.

  6. Alfredo disse:

    De acordo com a telemetria ele freou e reduziu marchas, o seja desacordado não estava.
    O espanhol arrumou uma maneira de phuder o Dennis pela demissão que tomou da McLaren em 2007. Bateu a 150km/h e de propósito. Não sei como tem gente que ainda acredita nesse trapaceiro!!!

  7. Oi? disse:

    Alonso falando italiano e dizendo que era da SF: impagável!! Kkkkkkkk

  8. perna quebrada disse:

    Se tiver boicote a Sauber, Force India e Marussia vão dar Graças a Deus.

  9. Flávio Schloegel disse:

    Perguntinha básica: existe ou não (em poder de quem esteja) imagem de câmara onboard do carro do Alonso???

    Encerraria toda e qualquer dúvida sobre a novela.

  10. titus disse:

    Já foi disputada uma temporada inteira com o novo sistema de propulsão e nenhum problema grave foi registrado. O sistema, portanto, parece confiável. O problema, se houve mesmo, estaria localizado apenas no equipamento da Honda. Se fosse algo assim tão problemático, não haveria carros elétricos e a Fórmula “E” sequer existiria. Sem falar que Alonso pode ter desmaiado por outro motivo, um problema de saúde. Atletas também adoecem, enfim, e até me causa estranheza que não haja casos de pilotos que abandonam provas devido a mal-estares. Não me lembro de nenhum.

  11. Ricardo disse:

    Não bastasse a merda que é o maior nome da f1 sofrer um acidente (e este acidente o tirar de pelo menos uma etapa) causado por uma falha no motor da Honda, ou que seja o retentor da MGU, 2015 já começa ruim para os japoneses. Além de estarem sofrendo o maior recall da história, parece que subestimaram o nível de complexidade dos motores atuais, ou deram um passo maior que a perna. Uma das grandes virtudes da redbull é saber terceirizar seus serviços, a honda deveria ter feito o mesmo, agora correm o risco de ter de correr com o ERS da Mclaren para terminarem a corrida em Melbourne, ou a FIA os impedir de correr, o que seria péssimo para os japoneses.

  12. Mario Gasparotto disse:

    Não sou muito chegado a teorias de conspiração ou conspirações propriamente, mas a Fórmula 1 esta recheada deste tipo de coisa. Primeiro por causa de segredos industriais, que se leva muito a sério por lá, segundo por interesses comerciais (que poderia até ser o primeiro). No caso do Alonso, o Vettel que vinha atrás disse que ele estava mais lento para aquele trecho. O vento poderia até ser responsável pela saída de pista se o carro estive mais rápido (me corrijam entendidos em Física). E o acidente, convenhamos, não seria suficiente para deixar um cara com a preparação física do Alonso desacordado, por isto a pressa em dizer que o impacto foi de 30 Gs. Ele sairia do carro como se tivesse tomado um soco meu no rosto. O problema ai é o que fazer com este sistema que é integrado ao motor. Se não tiver isto no carro, o carro não anda e não tem só a corrida da Australia, mas pode ser que não corridas este ano! Mas logo alguém coloca o velho bode na sala e assim se resolve o problema.

  13. Rubens disse:

    O cara pode ter sofrido um simples piripaque e a equipe tá protegendo a imagem do piloto. Simples.

    Toda essa pressão em cima do cara pode ter provocado isso, mesmo já sendo um sujeito experiente e calejado.

  14. Bruno Taiar de Carvalho disse:

    boa tarde.

    Falou-se em uma descarga de 600 W. W mede potência, certo?

    Isso é muito? é pouco? mata? cega?

    Alguém sabe?

  15. sandro disse:

    Pela personalidade do Alonso ele não é de ficar calado. Claro que ele lembra pois já falou o que aconteceu a seu empresário e pessoas próximas. E se a Mclaren está fazendo pressão ou liberou mais algum por fora esse já e´o começo do fim na relação Mclaren-Alonso.
    Mais fica a dica: É bom perguntar ao príncipe da Espanha, depois do Américo foi ele quem garantiu que o Alonso ia para Mclaren. `A um hora dessas ele já deve saber o que aconteceu.

  16. Jeferson Araujo Pereira disse:

    Eu nunca acreditei na “hipótese do Vento’ nesse acidente do Alonso. Acreditar que foi o vento o causador é o mesmo que acreditar em Papai Noel, Mula Sem Cabeça e Saci Pererê. Sempre acreditei que foi mesmo um choque, mas a McLaren e a Honda sempre negarão.

    Como será que anda a cabeça de Button e Magnussen ? Será que eles dormem tranquilos? Penso que o acidente com Alonso pode se repetir com um deles.Ou, com os dois..

  17. Fabio Tust disse:

    Uma teoria: Será que o Alonso tomou mesmo o choque? Nesse caso ele deve ter sido apagado, como quando as pessoas tomam aqueles choques com as armas não letais, os Taser. Apagado ele não conduziu mais o carro, e este sem controle bateu no muro. Por isso o Vettel, que vinha atrás, achou estranho o acidente. Por isso os fotógrafos que estavam na área disseram que ele parecia estranho antes de bater. E talvez por ele não estar consciente e não estar preparado para o impacto o estrago tenha sido maior. Já vimos em vários acidentes que os pilotos conseguem, em frações de segundos, tirar as mãos do volante para não machuca-las, alguns até protegem a viseira do capacete. Agora imaginem o Alonso inconsciente, totalmente mole batendo de lado no muro. O golpe lateral na cabeça e pescoço podem ter sido maiores do que se ele estivesse preparado para o impacto.
    É só uma composição dos vários boatos e teorias somados a minha imaginação. É difícil não fica imaginando coisas sobre este evento, pois atualmente temos tanta informação e tudo tão imediato que fica complicado lidar com tanta desinformação e as controvérsias deste acidente.
    Espero sinceramente que ele esteja bem e se recuperando para voltar a fazer o que gosta e o que ele faz como poucos.

  18. Thiago Bosco da Silva disse:

    Só acho que a Honda e McLaren devem sim dar esclarecimentos a FIA.
    Mas eu realmente já desconfio de um problema de saúde do Alonso, que claro, não vai revelar, pois pode ter a super licença cancelada.

  19. Marcelo R. disse:

    Olha, um piloto que tem mais de dez anos na categoria, que andou na F1 quando os motores eram V10, depois V8, que fez um monte (quem não se lembra daquele GP de San Marino que Alonso segurou Schumacher por umas 15 ou 10 voltas), não vai perder o controle de um carro desse por conta do vento.

    Agora, a pancada faria ele perder a noção de tempo, localização e perda de memória ?, sinceramente não acredito que seria para tanto.

    Algo aconteceu, não sei se tudo o que estão falando (embora acredite na descarga elétrica), mas um piloto experiente não cometeria um erro ou seria traído pelo vento e sofreria uma concussão cerebral.

    Até mesmo porque o acidente que ele sofreu em Interlagos em 2003 foi infinitamente mais forte do que este agora.

    Com a palavra a japonesada e Ron Dennis…

  20. Marcos disse:

    Teoria da conspiração: dedo de Bernie nisso pra acabarem com os híbridos. Procuraram um piloto disposto a participar do “esquema”, e a escolha foi óbvia.

    De lambuja, Honda ganha o direito de começar do ZERO como todos os outros.

  21. Gastao disse:

    Talvez. Mas o estranho é que, tanto quanto sei, a Associação de Piotos de F1 ainda não se manifestou.

  22. Giovanni F. disse:

    A situação é bem séria, e um boicote não seria surpresa.

    Alonso não me parece muito bem. Fala e anda sem a firmeza de antes, mas felizmente está vivo (poderia não estar). Acredito que nunca volte a pilotar como antes (apesar de parecer exagerado).

    Os pilotos não devem estar confortáveis com a possibilidade de serem eletrocutados estando a 300km/h.

  23. Fabio Amparo disse:

    Flávio

    Talvez a única teoria que faça sentido além da oficial, é esta.

    Posso estar enganado mas o material do macacão e das luvas, teoricamente, deveria ajudar no isolamento…

    Imagino que jamais saberemos a verdade.
    Abs

  24. LUZ PRATA disse:

    Boa tarde Gomes e galera.

    a FIA para a seguranca do n2 Butao e do n3 Magnussem…deveria fazer uma Blitz Geral… na Atual Carroca Eletrica Mc/Honda/Hibrid….a menor duvida ? a Proibia de participar da 1a etapa na Australia…outra…toma ra Alonso nao tenha sua carreira prejudicada por esse Xocante ocorrido…valeu.

  25. Mauro Santana disse:

    Se a F1 fosse mais simples sem esta parafernália elétrica, com certeza deixaria de ser esta chatice, e que agora pode colocar os pilotos em riscos a alta voltagem.

  26. Rafael Vieira disse:

    Só falta o moleque Magnussen fazer uma baita corrida e contar com a sorte na Austrália de deixar os japoneses da Honda com a pulga atras da orelha. Quanto ao caso do Alonso esta na cara que algo esta sendo mascarado, tanto quando em outros muitos casos.

    • Thiago Moyses disse:

      E pode. Como ele só tem certeza que correrá 1 corrida e tem 4 motores para o ano inteiro — que é para cada piloto — ele pode usar um motor inteiro para uma corrida, diferente do Button que terá que usar o mesmo motor para 5 corridas. Aposto que aproveitarão o carro do Magnussen para testes. E por isso não se assustem se ele andar mais que o Button, ele pode detonar e abusar do motor a vontade…

  27. marcelo silva disse:

    Não sou entendido do assunto , mas q o cara deve ter tomado um belo de um choque , deve !! Curioso q antigamente o piloto q corria em carro ruim corria na chamada “cadeira elétrica” !! Hoje isso é literalmente a verdade : todos correm em cadeiras elétricas !!!

  28. Jayme disse:

    Eu usaria uma roupa de neoprene por baixo do macacão, só para garantir

  29. Marcos José disse:

    Agora que Alonso não participará na Austrália, a evidência do choque que era uma suspeita será aprontada como a principal responsável pela sua ausência! Algo nebuloso aconteceu mas você acha que elas (McLaren & Honda) iriam falar a verdade? Seria o desenvolvimento de um nova tecnologia (que seria alimentada por uma nova aplicação da energia gerada pelo MGU-K que não foi bem isolada corretamente), a responsável pelo suposto “choque” em Alonso? Como é uma tecnologia nova, ocorreu uma sobrecarga na bateria que gerou a descarga elétrica no exato momento em que Alonso estava no carro (na pista) e com isso causando este estranho acidente do espanhol (devido ao seu desmaio causado pelo choque).

    • Marcos José disse:

      A Ferrari fará pressão (se for mesmo comprovado que foi um choque a causa do acidente do espanhol) em conjunto com o Bernie para a FIA (visando garantir segurança aos pilotos) retornar os V8, anotem aí!

  30. Paulo Leite disse:

    Estaria preocupado se Afonso saisse do carro falando Japonês perguntando pela Minardi.

  31. Neto disse:

    Oh saudade da bateria descarregada…..

  32. Chupez Alonso disse:

    Será que o Amonso será novamente o delator da McLaren e contará toda a verdade?

    Mais uma delação premiada….

  33. Brabham-5 disse:

    Falando em pancada no muro e seus “efeitos colaterais”, leiam esta história:

    “O ex-piloto Adrián Campos não teve uma carreira muito marcante na Fórmula 1. Foram apenas 17 largadas e nenhum ponto sequer no final do anos 1980. Mas não foi isso que passou pela sua cabeça quando sofreu um forte impacto na classificação para o GP de Mônaco de 1987: a pancada foi tão forte que o espanhol acordou achando que era Nelson Piquet.

    O brasileiro, então bicampeão da categoria, era o quarto colocado no início da temporada na qual se consagraria tri. Enquanto isso, Campos lutava para colocar sua Minardi no grid.

    “Minha pancada na classificação de Mônaco foi forte, bati com a parte mais dura, a caixa de câmbio da Minardi, na parte mais dura do guard rail, no poste. O carro ricocheteou, e minha cabeça bateu na parte de atrás”, lembrou o piloto em entrevista ao Marca.

    Mesmo com o forte impacto, Campos saiu caminhando do carro. “Voltei para os boxes um pouco tonto e lembro de olhar para meus pés e, de repente, tudo virou uma tela branca de cinema. Acordei no hospital e contaram que fiquei delirando por 45 minutos pelas ruas de Mônaco.”

    Entre as frases sem sentido que soltou nesse momento, Campos disse a um comissário que “estava bem, em Madri, que podia até ver o edifício da Telefónica de longe.” Como o comissário ficou alarmado com a narrativa, perguntou se o piloto lembrava qual era seu nome: “Respondi ‘claro que sim, sou Nelson Piquet’”.

    No final das contas, Campos não participou da corrida apesar de ter se classificado em 14º, um belo resultado para sua Minardi, e permaneceu uma semana no hospital. E o mais curioso: o espanhol viveu anos sem ter qualquer lembrança do acidente até que, certo dia, olhando para os próprios pés, todos os detalhes lhe vieram à mente.

    Campos foi um dos grandes mentores da carreira de Fernando Alonso, que sofreu uma concussão em acidente nos treinos de pré-temporada e está fora da etapa de abertura da Fórmula 1, dia 15 de março, por recomendação médica.”

    fonte: uol

  34. Brabham-5 disse:

    Se o Alonso SABE que seu acidente foi causado por um choque elétrico que recebeu do carro, e que isso pode acontecer COM QUALQUER OUTRO PILOTO do grid também, e ele “vai fazer o jogo de equipe” e silenciar sobre isso, colocando os outros colegas em risco sem saber, sem serem alertados do risco, sua atitude (e da McLaren) é tão condenável quanto a Renault (BRIATORE) forçar Nelsinho Piquet (ameaçando de desemprego) a provocar uma batida para paralisar uma corrida e alterar o resultado desta corrida.

    Isso aí deve ser MUITO BEM INVESTIGADO.

    De novo o Alonso metido num rolo desses? E eu que defendo tanto o TALENTO desse cara como piloto? Alonso anda de papo com Briatore de novo é?

    De Briatore, Ron Dennis e Frank Williams não acredito em nenhuma palavra “oficial”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>