NAS ASAS | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 26 de maio de 2015 - 10:55Nas asas

NAS ASAS

tempelpanamA foto foi tirada em Tempelhof, Berlim, onde a F-E correu no sábado. Não sei o ano, nem a ave. O aeroporto está desativado e virou um parque. A Pan Am não existe mais. A moça é linda.

59 comentários

  1. Rodrigo Wagner de Souza disse:

    Vi na web que foi um 727, de prefixo PT-TYS, vôo 303 da Transbrasil, que chocou-se no Morro da Virgínia (24 Km ao norte do aeroporto de Florianópolis, numa localidade chamada Ratones) em 12/04/1980. Dos 58 ocupantes, sobreviveram 3. Uma tragédia.

  2. Rodrigo Wagner de Souza disse:

    Não foi um 727 desses que deu num morro em Florianópolis, nos 70′?

  3. Nelson Pasini disse:

    É sim um 727/100. só não sabia que ia para Europa.
    Esse equipamento foi lisado para a Trans Brasil onde encerrou seus dias de glória com o prefixo PT-TCA

  4. TJ disse:

    727, uma das aeronaves mais bonitas, pra mim só perde para o 747.
    A cauda é sensacional.
    Quanto à outra beleza da foto, se eu pudesse decretaria a proibição de comissários homens, teríamos somente aeromoças. não é machismo não, é pela arte.
    Mas a aviação perdeu o glamour, low cost, barra de cereal , rodoviária Congonhas.
    Modernidade.

  5. edison_jr disse:

    quando congonhas será desativado e virar um parque?

  6. samu disse:

    flaveta da uma olhada nisso aqui http://www.airplane-pictures.net/photo/442352/n435kd-western-global-airlines-mcdonnell-douglas-md-11f/ esse aviao era um prefixo pp-voq olha como esta atualmente!acho que deve se lembrar desse aviao!

  7. Daniel disse:

    Com certeza um 727!

  8. Rodrigo Lombardi disse:

    O fotógrafo disse 1971.

  9. Roberto Fróes disse:

    Tempelhof, então o principal aeroporto de Berlim
    Junto com Gatow e Tegel, foram os principais aeródromos berlinenses responsáveis pelo recebimento do aeroabastecimento da cidade, no período de 1948/1949, durante o cerco russo.
    Os aviões das 3 potências ocidentais, inicialmente C-47 (Gooney Birds), posteriormente os C-54 (Skymasters) pousavam a cada 3 minutos, ininterruptamente, trazendo comida, roupas, remédios, carvão, gasolina, e até mesmo cimento, aço e asfalto, de modo a não abrir mão da cidade em favor dos russos.
    Aeroporto com história…

  10. pedro afonso scucuglia disse:

    O que falar mais sobre o 727 – the Seattle Arrow, como os pilotos o batizaram – depois do Paulo F. e do Fred matarem à pau.? Apenas uma coisiquinha: voei nessa fera em abril/’82, na rota SAO-CWB-LDB. Pauleira o tempo todo, Tudo fechou depois da decolagem em Sampa, Vento cruzado, chuvarão pesado, cada puta sacolejo. Homem vomitando, criança chorando, mulher gritando, uma lambança. Quem também estava a bordo era o Alceu Valença, que ia se apresentar na exposição agropecuária de Londrina. Alternamos Viracopos depois de Curitiba e Londrina fecharem. Um vôo que deveria durar duas horas, durou uma eternidade, E que medaço!

    • Mauro disse:

      Talvez você tenha voado nessa aeronave que aí está, pois a Transbrasil comprou duas aeronaves da Pan Am que voavam na Alemanha e faziam a rota Congonhas/Curitiba/Londrina.

      • pedro afonso scucuglia disse:

        Com certeza, Mauro. Havia duas possibilidades no embarque: a porta dianteira, convencional, ou essa da foto – a mais charmosa, claro, As laterais da fuselagem era revestidas com uma cobertura plástica, amarelo clarinha. E era um barato ver a escada fechando.

      • Aecio disse:

        Essa da foto foi da Transbrasil depois, olha no planelogger.com

  11. Helio disse:

    Prezado,
    Vc não está mais na Classic Cup?
    Abraços.

  12. Nilton Camargo disse:

    Independente do avião, o uniforme é fantástico, muito melhor do que usam hoje………

  13. humberto disse:

    Nada a ver com o post. E a rádioblog? Faz tempo que anda desativada.

  14. Winston disse:

    727, aviãozão, bela aeromoça(sem enxertos).
    O mundo era melhor!

  15. Cláudio F1 disse:

    Gostei mesmo foi da “aerogirl”, uma verdadeira gata de botas.

  16. Alexandre disse:

    Ops ! A Pan Am usava o 727 na Alemanha sim ! E muito ! Berlin sendo fatiada por EUA, UK, FR e URSS não se permitia exploração comercial aérea por empresas alemãs.

  17. antonio rodrigues disse:

    Que avião heim?

  18. YEROSHA disse:

    A moça infelizmente já morreu.

  19. Cacá Camargo disse:

    Lembro-me do dia em que a doce Mia me enviou essa foto,estava embarcando p o Brasil!

  20. Carlos Pimenta disse:

    Pan Am, um charme aquela empresa, detalhe para o filme “2001 uma odisséia no espaço”, onde a nave ostenta a logo da empresa. Os Beatles também andaram voando nela e o seu prédio em N.Y. Jamais imaginei que fosse para o ralo.

  21. Alexandre disse:

    Fato que é um 727 ! Sendo então um avião não inter-continental de uma aerolinea americana, o que faria na Alemanha ???? Será que a foto é de Berlin ?

  22. Luís Henrique disse:

    Aos entusiastas, vale a pena conferir a série Pan Am, que só teve 10 episódios e está disponível no Netflix. Enredo fraco, mas boa fotografia e produção fiel à época.

  23. Paulo disse:

    727 mesmo.. o jato mais elegante da boeing.. e o som então..

  24. Rafael Walter disse:

    A ave esta fácil mesmo…
    727-121QC N341PA Jet Clipper Plymouth Rock
    Length: 133.1 ft.
    Wingspan: 108.0 ft.
    Height: 37.0 ft.
    Cruising Speed: M 0.84
    Range: 3000 st. mi.
    Passengers: Y129
    Engines: PW JT8D-1, JT8D-7
    Dates of Service: January 1966-October 1982

    Fonte:
    http://www.simairline.net/panamerican/727.html

  25. Paulo Leite disse:

    A única falha na foto é que eu não cheguei a voar nessa nave maravilhosa, com essa tripulação linda, deste aeroporto charmoso. De resto, a foto é absolutamente deliciosamente perfeitamente inesquecível.

  26. Jonatas disse:

    O colega William está certo. É um 727-200. Como curiosidade, voou com as cores da PanAm entre 66 e 72. No fim de 72 foi vendido para a Transbrasil e registrado aqui como PT-TCA. Esta, por sua vez, operou a aeronave até 1981. A última notícia que se tem, é que esse 727 foi comprado pela FedEx em 1987.

  27. Alex Matias disse:

    Do tempo em que o mundo era mais charmoso

  28. antonio stricagnolo disse:

    727.Ela ainda pode estar linda,mas não é mais moça.

  29. jaime disse:

    tb acho que seja um 727, turbina traseira e saida idem.

  30. Juca disse:

    Definitivamente um 727, maquinaço! Good old days!

  31. Fred disse:

    A Nave é um 727-200 fabricado em 1966. Voou com a Pan-Am até 1974 quando foi vendido à Transbrasil, voando sob o prefixo PT-TCA até 1982. Após passar por várias empresas, terminou sua carreira na FedEx em 1991. Como descobri isso? É só ver esse site: http://www.planelogger.com/Aircraft/View?Registration=N341PA&DeliveryDate=27.09.66

    • Paulo F. disse:

      Pequena correção: 727-100.
      A Transbrasil só operou série 1oo. Foi a maior operadora do tipo na América Latina. No Brasil quem operou , em sua fase inicial o 200 era a VASP (também saudosa). Operou também a VASP durante curto espaço de tempo um 727-100 (este salvo engano um leasing de aeronave pertencente a Lufthansa).
      Após já nos anos 80 e após algumas empresas menores (como a Taba com o PP-AIW) e as cargueiras (como a Variglog , Vaspex e Itapemirim) operaram o trijato.

    • Fernando disse:

      727-100, o curto. Informação corroborada pelo amigo abaixo: 727-21C, 21 sendo o código de cliente da Pan Am e C de Convertible, fuselagem com porta dianteira de carga, permitindo operar o avião como cargueiro removendo-se as poltronas. No meio dos anos 60 a Boeing passou a usar 3 dígitos na designação da configuração do avião e esse passaria a ser 727-121C. Finalizando, a Transbrasil nunca operou o -200, o longo.

    • Edson Luis de Paula disse:

      Não deixem Galvão bueno saber disso senão ele grita “ééééé´do Brasiiiil “

    • Zé Maria disse:

      Baita coincidência. O PT-TCA foi o primeiro dos muitos 727-100 operados pela Transbrasil, que por muitos anos foi a empresa com a maior frota desse tipo na América Latina.

    • Robertom disse:

      Considero o Boeing 727 o jato comercial mais bonito de todos os tempos.
      O incrível que há uma boa probabilidade de eu já ter voado nesse aí.

  32. Paulo F. disse:

    O pássaro é fácil: Boeing 727! Mais precisamente um 727-21c
    Este em particular foi da Transbrasil (saudosa), onde ostentava a matrícula PT-TCA, após PT-TCG.. Entre outubro de 74 e meados de 1982.
    Último proprietário: FEDEX, condição atual: armazenado
    Número de série: 19136, Primeiro vôo: 29-08-1966
    A foto foi tirada entre 1966 e 1974 (tempo em que estava na PanAm).
    A comissária é de uma elegância impar

  33. William disse:

    A ave parece ser um 727, mas posso estar errado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>