MOTOLAND | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 25 de junho de 2015 - 17:29Motoland

MOTOLAND

SÃO PAULO (queria ver isso de perto) – Rafael Paschoalin é o único piloto brasileiro que participa do TT na Ilha de Man, a prova de motociclismo mais insana do planeta — e, certamente, a mais legal.

Juliana Tesser, nossa biker, conversou com ele sobre a última participação e fez esta excelente matéria.

Entre outras coisas Paschoalin conta que viaja com o testamento pronto. Que sair vivo é a grande vitória. E que, apesar disso, não é uma loucura.

paschoalin

10 comentários

  1. Filipe Archer disse:

    Saudações a quem tem coragem!
    Não é suicídio, é a vida que pulsa!
    Abraços e boa viagem.

  2. Basta assistir a uma câmera on-board de uma moto na Ilha. É insano mesmo, eles passam a milímetros de muros, prédios e encostas. A paisagem é belíssima. E é muito legal.

    Um dia me mudo para a Ilha de Man.

  3. Marcelo disse:

    Saiba porque o ‘TT Isle of Man’ é a corrida mais desafiadora, insana e temida do mundo! Entre Junho 1911 e Junho de 2015, nada menos que 246 pilotos encontraram a morte nesse evento. Qualquer coisa no esporte a motor vira coisa de “criancinha” diria Joey Dunlop, vencedor 26 vezes na Ilha de Man. Dunlop morreu instantaneamente em 2000 em outro evento não menos perigoso, em uma corrida nas ruas de Tallinn, na Estônia, após perder o controle de sua moto devido a torrencial chuva que caia e projetar-se de encontro com às árvores próximas ao local. Por contrato ou não, desde os anos 70 vários pilotos da moto velocidade evitam correr na Ilha de Man. O risco de lesão grave ou morte é alto, para se ter uma ideia do perigo, em 2005 nove pilotos morreram nesse evento, em 2014 foram cinco acidentes fatais.

    Lista de acidentes fatais no TT Isle of Man:
    http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Snaefell_Mountain_Course_fatal_accidents

    The Spectacular TT Crashes IOM. TT (Isle of Man) Motorcycle Road Race
    https://www.youtube.com/watch?v=8ojjLLN-30E

  4. Márcio disse:

    Podiam fazer uma prova só com motoboys em CG125 na ilha se atropelando sem a menor técnica.

  5. Gustavo disse:

    O TT ainda é daquelas provas que as pessoas correm pela corrida em si. Algo que anda faltando em diversas categorias do esporte a motor nos dias atuais.

    O vídeo a seguir, de 2012, é exemplo disso. Prenda o fôlego.

    https://vimeo.com/46856767

    • Leo disse:

      É verdade. É mais ou menos como o Rafael falou na matéria: “Não existe dinheiro no mundo que faça alguém fazer aquilo de maneira forçada, e isso é o que torna todas as pessoas ali especiais”.

  6. Chupez Alonso disse:

    Suicídio assistido.

    Igual andar no banco de trás sem cinto de segurança em alta velocidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>