MENU

segunda-feira, 3 de agosto de 2015 - 11:47Fusca & cia.

FUSCAS DO DIA

Depois da Segunda Guerra, os britânicos assumiram a fábrica da VW. E deram sequência à produção. Já pensou ter um desses, com essa suspensão alta?

14 comentários

  1. Gus disse:

    Que bacana Flávio! E veja as purezas das linhas: ausência de quebra vento, a carroceria fluida sem arremates estilísticos supérfluos – tudo muito coeso e naturalmente elegante. Como o fusca nasceu bem em todos os aspectos (descartando o “encomendante” – sure!): desenho, mecânica robusta e versatilidade de utilização.

  2. Bruno Mantovanelli disse:

    E pensar que a VW foi oferecia ‘à Ford depois do término da guerra.
    O neto de Henry, que na época era o presidente da Ford, considerou o Fusca um carro feio e barulhento, disse que era um péssimo negócio e que o carro não faria sucesso.
    Ficou claro que ele não herdou a visão do avô, e deixou escapar o maior produto da industria automotiva mundial.

  3. Minoru disse:

    A nossa sorte foi que foram os britânicos que se responsabilizaram pela VW… se tivesse sido os americanos a assumirem a planta, provavelmente teria se tornado uma sucursal de alguma montadora americana, exceto a GM que já era acionista da Opel antes do início das hostilidades.

  4. Paulo Fonseca disse:

    Prezado F&G : depois do modelo Ford-T, eu digo para mim o FUSCA é uma eterna paixão.

  5. Roberto Fróes disse:

    E alguém terá idéia da razão dessa altura toda na suspensão?

  6. Bruno Mantovanelli disse:

    Coisa linda!
    O melhor carro já produzido.

  7. Ricardo Linares disse:

    Pra andar nessas ruas cheias de buracos em São Paulo, só com um Fusca desses mesmo, ou jipe….. Brasileiro é de longe o povo que mais ama automóveis. Aqui é mais caro, não temos rua pra andar, larga na rua quando volta está sem roda…. Só amando muito mesmo pra não abrir mão dos nossos automóveis.

  8. Elisandro Antonio Gasparrini disse:

    Flavio, blz

    Não sei se voce já publicou, ou se alguém encaminhou à você e achou que talvez não valesse à pena postar no blog, o programa que o vocalista do AC/DC, Brian Johnson faz sobre carros, visita as fábricas, visita os museu e conta a história da marca, além de buscar entusiastas pelos mesmos.

    O cara esbanja simpatia e cordialidade com as pessoas. Eles têm um canal no youtube, se chama Cars That Rock: https://www.youtube.com/channel/UC0Yw6xwIu9NHoFGWFpPfUCw

    Vale à pena, pelo menos uma olhada… Valeu!

    • pedro araújo disse:

      e eu recomendo a todos o programa “wheeler dealers”, que trata mais dos carros mais acessíveis, por assim dizer. é um programa inglês, onde o negociador compra um carro com certo orçamento (incluso restauro e consertos ocasionais), e depois o mecânico faz o serviço. a parte do serviço mecânico é muito interessante, e como não tem muita frescura nos carros, fica uma coisa mais próxima do dia a dia.

      acho que passa na discovery

      teve até um episódio no Brasil, os carros negociados foram uma kombi, um jeep da willys e um opala (interessante que eles tiveram um lucro bem menor que a média, quando eles negociam na inglaterra ou em coutos países):

      https://en.wikipedia.org/wiki/Wheeler_Dealers

      http://wheelerdealers.discoveryuk.com

    • Andre Decourt disse:

      Gosto muito do “For The Love of The Cars” aqui nomeado de Fanáticos por Carros ( Discovery Turbo), o programa britânico é muito legal e tem ótima trilha sonora, e tem redadores que realmente curtem carros!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>