ONE COMMENT | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 26 de agosto de 2015 - 21:24F-1

ONE COMMENT

Proposta que a Mercedes teria feito à FIA para proteção da cabeça dos pilotos, em traço de Giorgio Piola. Confesso que ainda não sei o que pensar. Lincon Sousa mandou pelo Twitter.

121 comentários

  1. Olavo Ito disse:

    Tenho um, aliás dois nos meus pés, nas minhas Havaianas.

  2. CorredorX disse:

    Os protótipos estão ai né? Pra quê acidente mais ferrado que o do Loic Duval em 2014? Uma pancada menos forte matou o Simonsen num Astom Martin em Le Mans. Portanto, não é só uma questão de cobertura do cockpit.

    Mas se o conselho de notáveis da FIA insiste em ignorar os protótipos, é só colocar uma bolha, ao estilo do batmóvel dos anos 60. Em todo o caso, faz tempo que a F-1 não refaz uma roda.

  3. Está estranho esse Cockpit Coberto, ainda é preciso ver Outras Versões!

  4. MODESTOPINTO disse:

    Estava no banheiro passando um zapzap, e eis que uma lâmpada acendeu sobre minha cabeça: Por que não fabricar as viseiras com um um vidro brindado de 5 cm de espessura. Pronto não tem mais problema de levar um teco do nada.
    Outra luz brilhou e mais uma: Capacete tipo escafandro, aguenta alta pressão.
    E tem mais, mas por enquanto é só.

  5. J. Alberto disse:

    Aí a cobertura fere o piloto e discutiremos a volta às origens…

    Não vale à pena especular estas soluções malucas enquanto o choque do acidente do Wilson não abaixar

  6. ModestoPinto disse:

    Já que é pra piloto correr sem preocupação em correr riscos, então é melhor ficar em casa “pilotando ” o carro com controle remoto.
    Por isso que gosto da MotoGP, pois pode evoluir tecnologia e o que for, mas o grande nome ainda continua sendo o piloto, que encosta o joelho no chão em cada curva, cai
    se levanta e não tem mimimi.

  7. André disse:

    Comentário meio atrasado, mas só hj que pude ver. Porque não fazer um parte interiça partindo da carroceria para a cabeça do piloto, que ficaria embaixo dessa estrutura, sem fechar todo o cockpit. Seria como se fosse um segundo “capacete”. Sei que vou passar vergonha, mas essa é a idéia… http://s13.postimg.org/askxqaamv/prote_of1.jpg

  8. O Jack Brabham testou um canopy lá por 1968 em Monza, a finalidade era aerodinâmica. O Mike Costin (especialista em aerodinâmica da Lotus, Marcos e outras) fez um F2 no final dos anos 60 chamado Protos que foi destruído em Etna na Italia pelo Pedro Rodriguez. Também usava um canopy semelhante aos jatos de combate.
    Os dois projetos foram abandonados, a idéia de usar canopy como em avião não deu certo por dar muita distorção na visão do piloto. Em jatos de combate a visão não precisa ser detalhada e é para longe. Em um carro de corrida o piloto precisa ver de perto e tem que ver detalhes, principalmente dimensionais de onde as partes da pista estão. Os WECs são maiores e há mais espaço para fazer o parabrisas, mas também não são lá essas coisas, distorcem um pouco para uma pessoa normal e não treinada.
    Esporte a motor é perigoso e sempre vai ser, o Wilson corria de Indy que foi a categoria que enfiou um monte de badulaques nos carros a ponto dos mesmos decolarem.

  9. Mauricio disse:

    Quem fez essa porcaria?
    Não protege 30% e ainda compromete a visão e a saída do carro em casos de emergência.
    É melhor a Mercedes continuar fazendo motores que tá indo bem!

    • Anselmo Coyote disse:

      Compromete a visão em todos os sentidos. E a sensação de parabrisas partidos, abandonado pela indústria automobilística na década de 70 do século passado? É uma piada. Quem está por cima costuma contar piadas sem graça, já que podem tudo. Mas como não somos seus súditos… O REI ESTÁ NU!
      Abs.

  10. Paulo Fonseca disse:

    Prezado F&G : Uma tentativa,para mostrar um eventual projeto com o objetivo de proteger a cabeça do piloto,mesmo assim tira o campo de visão e as características do fórmula,não vai dar certo.

  11. Angelo disse:

    Troço esquisito, foi algum adolescente que fez a animanção? (como exercício da ferramenta digital que ficou até legalzinha). Não tem vantagem sobre fechar de uma vez, e é muito menos eficiente. Não foi um engenheiro que desenhou essa coisa. Se veio do site da mercedes deve ter sido algum concurso cultural que os caras fizeram rsrsrs

  12. João disse:

    Péssimo. A mola pegaria no massa do mesmo jeito. E Justin teria morrido também do mesmo modo. Ou fecha como nos protótipos ou não resolve. Minha opinião

  13. Ricardo Bigliazzi disse:

    Tem que ser alguma coisa como o cannopy de um avião de caça, “singelo e aerodinamico” como o de um F-16. Só isso

  14. TJ disse:

    Poderia fazer um tipo de bolha retrátil saindo atrás da cabeça do piloto, da entrada de ar. Desceria até um pouco acima dos ombros. Com um botão no volante(mais um) o piloto poderia abaixar/levantar. O piloto continuaria usando o capacete, seria uma proteção a mais. Teria que ser um material resistente e transparente.
    Escrevendo o post, pensei também que poderia ser um para brisa mesmo, mais alto e retrátil, vindo da parte de baixo, mas aí tem o painel, e as pernas do piloto, não sei se haveria espaço e a parte de cima ficaria sem proteção…no caso da bolha, teria proteção quase 360º.

  15. Brabham-5 disse:

    Vejo comentários ´reocupados com a “limpeza” do vidro da cobertura que poderia atrapalhar a visão do piloto, que dificultaria para a saída do piloto em caso de acidente, Que “não salvaria Senna, Massa, Surtees, Bianchi”….
    E se fosse uma “bolha com um material blindado”?
    Será que não existe uma cera ou produto qualquer que proteja a absorção de sujeira, óleo ou água para passar na cobertura antes do carro ir para a pista?
    Não projetariam com um botão ejetor para a cobertura e uma opção externa, como uma alavanca para um fiscal levantar a cobertura, pelo lado externo?
    Nem Massa (atingido por um parafuso), nem Senna (que foi atingido na por uma barra da suspensão, vinda de FORA do carro) seriam atingidos se tivessem uma proteção blindada e mesmo debaixo da proteção do cockpit, estivessem de capacete.
    As pessoas precisam entender que não vão colocar na cobertura um material tão fraco/frágil como plástico ou um vidro qualquer na proteção!
    Por favor, pensem.
    Ninguém se atentou a um detalhe que acho importante: E a temperatura interna do cockpit?
    Projetistas e engenheiros terão de pensar numa forma de refrigeração tipo “ar condicionado” porque durante a corrida, o piloto vai se sentir num microondas!

  16. Otavio disse:

    Isso ficou feio mesmo, mas se fechar com o canopy, vai ter limpador de parabrisa(é junto?) nos dias de chuva?
    Pensa no spray de agua do carro da frente…. o cara nao vai ver nada.
    Na boa, deixa como tá e pare de mimimi. Esse esporte é de risco. Parece pais super protetores que não querem que o filho rale o joelho ao tentar subir em árvore!
    O mundo tá muito chato mesmo! PQP!

  17. Jean disse:

    Quer segurança total para o piloto de F1?

    Faz os carros controle remoto e o piloto pilota do box.

    Simples assim.

  18. Tiago disse:

    Porque não colocar um simples para brisa? Proteje de objetos e não impede a rápida saída do piloto e em relação a sujeira, no WEC eles usam “sobreviseiras” nos pára-brisas.

  19. ono disse:

    Se fechar o cockpit , como vão fazer para limpar sujeira ? Nos monopostos não tem pára-lamas para evitar que a sujeira fique no para-brisa . Ou será que os pilotos vão ter que tirar manualmente como fazem nas viseiras dos capacetes ? Aí fica muito complicado ter que ir pros boxes somente pra limpar sujeira .

  20. Mauro Oliveira disse:

    Horrível!

    A melhor opção é um canopy de F-16. E a viadagem de falar que dificulta no resgate é besteira. Todo caça tem um lugar onde a capota pode ser removida em casos de emergência

    http://i1116.photobucket.com/albums/k578/VPSandman/F16CanopyEmergencyReleaseHandle_zps3d5ba0a4.jpg

  21. Paulo disse:

    um belo exemplo de design adaptado em detrimento de um design adequado.

  22. Ricardo disse:

    Um leitor do blog já postou um link de uma solução parecida com essa, de sua própria autoria! Na versão desse leitor, não havia essa divisória central, mas sim duas barras paralelas, que ficam a uns 30° da visão central do piloto, para esquerda e direita. Enfim, só vendo!haha

  23. Sergio Miami disse:

    Desculpem-me mas alguem pode desenhar, eu nao entendi nada para que essa coisa serve. Vejamos, protegeria o Senna, nao, o Massa, nao, o Henry Surtess, talvez, o Justin Wilson, provavelmente nao, o Tom Pryce ano sei porque nao sei o angulo da batida do extintor, o jeff Krosnoff nao e o Dan Weldon, nao. OK isso nao serve para nada e aind apor cima eh feio e parace carro cabriolet… tem coisa mais feia que esse tipo de carro, F1 cabriolet…um abraco

  24. Talles Almeida disse:

    Parece um cabresto

  25. Kleber de Carvalho disse:

    Parece a correia de um chinelo Havaianas

  26. Cenzi disse:

    Concordo com o Daniel Pereira. Parece pouco eficiente e reduz ainda mais o campo de visão do piloto, que já não é lá grande coisa.
    A respeito daquelas “bolhas” pra fechar o cockpit, como no vídeo que você, Flavio, postou esses dias, eu fico com uma preocupação (que pode ser só bobeira minha mesmo): imagina se o carro pega fogo e aquele troço não abre, por alguma razão.

  27. Bruno disse:

    Acho que deveriam redesenhar o carro inteiro, e não apenar acrescentar algo !

  28. Andre Nascentes disse:

    Protegeria em casos com do Justin Wilson e do Henry Surtees, mas não do Massa.
    Da pra tirar o piloto sem levantar esse negócio? Se não der, não tem vantagem em relação ao canopy.

  29. Tiago disse:

    Felipe Massa não curtiu. Aliás, por que essa resistência em fechar os cockpits? Quantos mais pagarão com vida até isso ser implantado?

  30. Ficou interessante, principalmente se houvesse uma proteção transparente com o material da viseira do piloto.

  31. Francisley disse:

    A mola que acertou o Massa ainda passaria (põe exemplo). Outras peças menores também. E ainda tem os casos dos carros em chamas, ou acidentes onde os carros viram de cabeça para baixo, pra mim o risco seria maior. Além de que deixaria de ser um fórmula!
    No caso do Bianchi, nenhuma proteção o salvaria…
    Enfim, não gosto da idéia.

  32. Winston disse:

    Minha ideia é melhor, usar os carros do WEC!

  33. Rafael Fusco disse:

    Não gostei. Não protege 100%. Se for para fazer, fecha logo o cockpit.

  34. Cláudio F1 disse:

    Sendo bem sincero, achei uma merda, sobretudo, por causa desta quilha que vai ficar bem no meio do campo de visão do piloto, esse troço tem mais cara de apêndice aerodinâmico que de proteção para a cabeça do piloto.

  35. Daniel Pereira disse:

    Ficou muito estranho heim… essa divisória no campo de visão do piloto e sem nenhuma proteção lateral, parece muito frágil e pouco eficiente.

  36. Fabio Martinez disse:

    Será que não atrapalha a visão do piloto? Achei estranho

  37. Helton Fernandes disse:

    Isso é sério?!?!?
    Com esse pilar na frente do piloto, obstruindo a visão?
    Sei lá, acho que Mercedes pode arrumar melhores soluções para esse problema…

  38. Chupez Alonso disse:

    Tem vidro ali dos lados?

    Acho difícil o cara enxergar com isso na frente.

  39. perna quebrada disse:

    Só poderia ter alguma funcionalidade em caso de pneus.

    Restos de carenagem ou peças de carros poderiam ricochetear na estrutura e bater no peito do piloto.

    No caso do acidente do Senna não teria nenhuma funcionalidade, no caso do Massa, a mola poderia bater na proteção e desviar para para o peito ou pescoço do piloto. Aí seria fatal.

  40. Carlos Pereira disse:

    Ridículo !

  41. Brabham-5 disse:

    Da minha parte (sou a favor da cobertura do cockpit), esse projeto da Mercedes está REPROVADO.
    Na “vida real” acho que vai atrapalhar a visão do piloto.
    Prefiro um projeto que já foi apresentado antes, com a cobertura totalmente transparente e sem obstáculos físicos para qualquer angulo de visão. Sem nenhuma “coluna”, por mais fina que seja, principalmente bem na frente da cabeça do piloto.
    Não gostei desse projeto da Mercedes.
    Reprovado.

  42. Gustavo Oliveira disse:

    Henry Surtees teria falecido do mesmo jeito e, se não me engano, Justin Wilson também. No caso do Massa, acho que teria resolvido, no do Bianchi teria sido um pouco menos trágico, mas, ainda assim, muito grave.

    Se os monopostos devem ter cobertura, não sei, mas que esse negócio é, além de horrendo, ineficiente, tenho certeza.

  43. luiz oliveira disse:

    sei lá, imagina o carro de ponta cabeça, como o piloto vai sair?

  44. Clebio Junior disse:

    Idéia de jerico. Além de manter desprotegidos o topo e as laterais da cabeça ainda enfia uma coluna no campo de visão do piloto. Espero que não inventem de aplicar.

  45. Rafael Vieira disse:

    Flavio,

    acredito que isso não seja novidade pra vc, mas não custa comentar, mas o Engenheiro brasileiro Ubiratan Bizarro tem um projeto antigo, chamado PCP, que foi inclusive apresentado para Charlie Whiting, mas não decolou. Esse modelo da Mercedes é somente uma variação do PCP e questões técnicas podem ser pior do que o do Engenheiro brasileiro. Todavia, segue o link do material do cara, no qual não conheço, nunca o vi, ou troquei qualquer palavra, mas se mostra alguém bastante sério.

    PCP http://designerbira.blogspot.com.br/2009/07/palavras-de-emerson-fittipaldi-logo.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>