MENU

segunda-feira, 3 de agosto de 2015 - 18:47Indy, IRL, ChampCar...

VAI GOSTAR

SÃO PAULO (boa porta)E Nelsinho Piquet vai fazer um teste com um carro da Penske na semana que vem, em Sonoma. Ele já disse que está bem na Fórmula E e que não vê razão para mudar de categoria — fechou novo contrato com a China Racing, depois de conquistar o título dos elétricos. Mas quem disse que não pode fazer as duas coisas ao mesmo tempo?

19 comentários

  1. igor disse:

    Penske indy? Penske nascar?

  2. Ricardo Bigliazzi disse:

    Ele faz falta na F-1 de hoje

  3. Betocam disse:

    Formula Indy é final de carreira. Se fosse ele, ficava pela Europa.

  4. Radaelli disse:

    Gosto muito do Nelsinho, não só por ser um grande piloto, mas pela forma como superou de cabeça erguida o episódio de Singapura e mostrou que existe vida além da fórmula 1. E do jeito que andam as coisas, acho que a tendência é termos cada vez mais grandes pilotos seguindo rotas alternativas como Indy, WEC, fórmula-E, DTM e tantas outras categorias que hoje proporcionam um espetáculo bem superior ao da “categoria máxima”. Boa sorte pra ele!

  5. Eudes disse:

    Ele vai testar e pegar a mão do carro. Provavelmente vai fazer a ultima corrida, que vai ser justamente em Sonoma, pra se divertir mesmo. A equipe deve ser a KV que é do dono da equipe que ele corre no ralycross. Ou a penske curta o trabalho dele e rife alguém ou coloque um 5 carro. Acho difícil. Se acontecer vai ser interessante ver o poder dele de pegar rápido a mão do carro, virar rápido e andar no top 10. Mesmo que seja numa equipe mediana, pois o Rubinho penou um ano inteiro.

  6. David Felix disse:

    Ele tá super bem na F-E, mas seria muuuuito legal ele na Indy, especialmente pela Penske… quem sabe ele repete o Gil e levanta a taça da Indy também ?

    Já que o Castroneves tá lá a 100 anos e o máximo que consegue é ser vice…

    Fora que um nome forte como Piquet iria dar uma levantada na categoria…

  7. Ricardo Cardoso disse:

    Seria interessante ver o Nelson Angelo na Indy. Mas tem muitas arestas a aparar… Uma delas seria como a equipe dele na F-E vai lidar com isso; se e como o Nelson Angelo vai querer dividir o tempo entre as duas categorias ou se vai apenas “sentir” o potencial da Indy para correr em eventuais folgas na agenda e por aí vai.

    Pelo que ele disse num passado recente, se fosse numa boa estrutura ele até se arriscaria na Indy (ou onde quer q fosse.) A estrutura da Penske vai de encontro ao tipo de estrutura que ele almejava.

    E, viajando MUITO, MUITO MESMO, se por ventura ele aceita ir pra Penske e se organiza de algum modo com a F-E e, ainda nessa quase teoria da conspiração, a aventura na Indy com a Penske dá errado, ainda pode tentar junto ao capitão um retorno pra NASCAR. Mas para tudo nesse parágrafo acontecer gente, tem um mundo de coisas que por enquanto só na ficção mesmo.

  8. Eduardo Cordeiro disse:

    Seria muito bom vê-lo na Penske! Mas qual dos quatro atuais pilotos sairiam? Ou Roger apostaria em um quinto carro?

  9. perna quebrada disse:

    Seria legal ir pra Indy. Já pensou se ele fosse campeão com a Penske?

    Aí jogava a história da F1 no lixo de vez…

    Tomara que de certo.

  10. Everson Abreu disse:

    Com o contrato de múltiplos anos com a TCR é difícil ele mudar de categoria. Mas quem sabe uma Indy 500?

  11. Apm disse:

    Cuidado se resolver bater lá kkkkkkkkk

  12. Celio Ferreira disse:

    Com todo respeito a FE , deveria ir pra Indy , pois pilotar uma Penske,
    é ter possibilidade de ser campeão , da segunda melhor categoria
    do mundo.

  13. Eduardo disse:

    Minha aposta é que ele mantenha a F E como porto seguro e no tempo livre corra onde tiver convite,o Nelsinho é um exemplo de piloto que desencana da F1 e vai curtir sua paixão pela velocidade em outro lugar

    • José disse:

      Boa Eduardo, concordo com você, “curtir sua paixão” isso é o mais importante não só em corrida, mas em qualquer fase da vida . No Brasil o sobrenome PIQUET carrega um fardo muito grande. Leia o livro “Fórmula-1: O Circo e o Sonho” da Nice Ribeiro, um livro com detalhes de bastidores da Fórmula-1, tais que, obviamente a TV não mostra. Flavio, isso não é propaganda não, blz!

      • Raffael disse:

        Temos que analisar que o próximo ano as equipes da F-E estarão livre para novos chassis e algo mais, não sei até quando sua equipe será competitiva. No entanto, sabemos na penske sem dúvida nenhuma estaria em uma equipe de potencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>