FALAM MUITO | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 16 de setembro de 2015 - 11:43F-1

FALAM MUITO

SÃO PAULO (vou dar um gás)Éric Boullier é mais um que ergue a voz contra a democracia — no caso, o Grupo de Estratégia que tem decidido as coisas na F-1 na base da discussão e voto. Para ele, é preciso um bom ditador para estabelecer as regras. Com ele concorda Bernie Ecclestone.

E eu. Porque nesse mar de falação, sempre tem aquele que puxa a sardinha para um lado e consegue aliados. E aí desequilibra as coisas. Alguém de fora mandando, quando se trata de um esporte como este, tão particular, é algo que me parece mais apropriado. Desde que, claro, o ditador de plantão pense apenas no bem da categoria, e não de uma equipe ou outra.

Sim, eu sei que os donos do espetáculo são as equipes. Mas elas são enroladas demais. A F-1 viveu o auge de sua prosperidade quando Ecclestone era o dono exclusivo da bola. Ele negociava com os times, ouvia todo mundo, e decidia as coisas. Funcionava bem, ao menos do lado esportivo.

7 comentários

  1. Evandro disse:

    Eu acho que dá pra ser democrática, mas uma democracia de verdade e não uma que só funciona com a unanimidade de 5 equipes num conjunto maior que 5.

    Se bem que, se ficar dependendo só disso, nanicas serão subornadas pelas grandonas em questões mais polêmicas, como o tal do limite orçamentário, que vem sendo falado desde que eu me conheço por gente, igual a reforma tributária prometida por pelo menos dois ex presidentes do Brasil, pela atual mandatária e, até agora, necas.

  2. Boca disse:

    Ballestre que o diga….

  3. eduardo disse:

    Do jeito que esta não funciona,uma equipe pode vetar uma mudança que beneficia toda a categoria só tem na F1,ou se decide por maioria ou colocam alguém que mande,na Nascar por exemplo as decisões são tomadas sem tanto drama como na F1 porque tem alguém que manda

  4. Fernando disse:

    Nao acredito em ditaduras

  5. Thiago disse:

    Acho que sempre vale a consulta dos pilotos, mas é necessária uma comissão para organizar a parada, não dá pra deixar tudo na mão das equipes, até porque as menores podem sofrer pressão das maiores ou das fornecedoras de motor. Imagine a força que teria uma Mercedes ou Ferrari hoje em dia se ficasse tudo no “voto popular”.

  6. Flavio, a Nascar é o sucesso que é porque quem manda é a família France, em especial o CEO Brian France… simples assim…

    Mais uma pra F1 aprender com os comedores de hambúrguer e hot dog…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>