MASSA ONTEM (1) | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 11 de novembro de 2015 - 17:51F-1

MASSA ONTEM (1)

SÃO PAULO (argumento bom) – Uma das coisas legais que Felipe Massa contou ontem no “Paddock GP” foi que a Ferrari, em 2009, tentou junto à FIA anular o resultado do GP de Cingapura de 2008 — aquele em que Nelsinho bateu de propósito. A equipe alegou, junto à entidade, que o resultado final foi condicionado por uma irregularidade cometida por um réu confesso.

Não conseguiu. Mas é história que só foi revelada ontem. Vocês acham que a reivindicação era justa?

piquet08sing

50 comentários

  1. Alfredo Ramos disse:

    Chorar o leite derramado (ou seria gasolina?) anos depois, só mostra que Felipe não superou a trapalhada em Cingapura e a perda do título em casa na última curva.

  2. Paulo Pinto disse:

    Sejamos realistas. Quem tirou o título do brasileiro, indiretamente, foi outro brasileiro.

  3. Paulo Pinto disse:

    A FIA errou ao manter o resultado do GP. Deveria desclassificar Alonso e a Renault, subindo todos os demais que terminaram a corrida, um degrau na classificação.

    Esse espanhol trapaceiro já soma duas vitórias indevidas (para não dizer vergonhosas).

  4. Alfredo Aguiar disse:

    Nesse caso deveriam também anular as corridas em que a Ferrari usou Faster than you e manipulou resultados pelo rádio. Pilotos que ultrapassaram usando esse “procedimento” deveriam perder os pontos da corrida e pilotos que envergonharam o esporte abriram as pernas pro outro passar deveriam ser excluídos da F1.

  5. Ricardo Bigliazzi disse:

    O que acho mais injusto desse evento é que o Idiota do Alonso nunca foi punido… saiu ileso com o clássico “Eu não sabia”… estou de saco cheio com essa hipocrisia.

  6. Eduardo Vicari disse:

    As pessoas esquecem: A Ferrari fez cagada naquela temporada inteira e quis tentar no tapetão anular uma das provas que, em tese, seria beneficiada. Soa ridículo. Não foi ali, pela Renault, Nelsinho, etc que o Massa perdeu o título e sim pela incompetência da equipe no ano todo.
    A mais, a própria F1 tem jurisprudências (até mais graves que essa) que não anularam um resultado. A lamentar pelo Felipe, que naquela temporada – a única em que poderia realmente ser campeão – não foi.

  7. voulembrar disse:

    Justa a reivindicação sempre será… mas tem um monte delas feitas que nunca foram atendidas pela FIA. Não é justiça que a FIA acaba fazendo.

  8. Robertom disse:

    Seria justo, anular a prova ou desclassificar a Renault da prova e do campeonato.
    Mas agora já Elvis…

  9. Cristiano disse:

    Olha, se foi algo que nem a Ferrari conseguiu reverter… mas acredito que poderia ter havido punições mais severas, multas, exclusões de campeonato, retirada de premiação, coisa que a F1 nunca faria com um amigo de Bernie (Briatore). Ah, mas se tivesse sido armado pela Super Aguri…

  10. Tiago Oliveira disse:

    SIM! Essa corrida foi uma palhacada e uma vergonha.

  11. David Felix Krapp disse:

    Eu acho justo, e digo mais, pachequismos a parte se sou o Massa, apos encerrar a carreira vou na justiça desportiva comum ja que a FIA nao resolve…

    E um caso parecido com o Brasileirao de 2005, em que aquele arbitro manipulou diversos jogos e o Corinthians foi campeao… e claro que existe o fator chacota entre os adversarios, mas a verdade e que qualquer time que vencesse o campeonato sem a anulaçao dos jogos ia ficar marcado da mesma forma, nao tem jeito, tapetao ou nao vai ficar um asterisco marcando pra sempre os titulos tanto de Felipe Massa, quanto de Lewis Hamilton em 2008

  12. YEROSHA disse:

    E a cagada do reabastecimento no Pit da Ferrari? ,Cade o Briatore ,Nelsinho e cia bela?

  13. Romeo Nogueira disse:

    Não. Justo seria excluir a pontuação dos carros da Renault, inclusive tirando pontos dos pilotos também. Neste caso, os pontos e a vitória de Alonso, visto que Nelsinho bateu. Sim, houve uma irregularidade cometida por um réu confesso, mas as demais equipes correram dentro do regulamento. Nico seria o vencedor da prova, portanto, Hamilton subiria pra segundo e Timo Glock (sim, ele!), o terceiro. Olhando para aquele campeonato, dá uma tristeza danada em ver que o Massa não conquistou o título de 2008 – que ele merecia -, tendo uma vitória a mais que Lewis, inclusive.

  14. James disse:

    Me lembro que na época depois que massa perdeu o título comentaram a respeito sim. Não chega a ser uma novidade.

  15. Mateus Fregonassi disse:

    O que seria, de fato, justo? Anular a corrida ou apenas a exclusão da pontuação da Renault naquela prova?

    Anulando a corrida, o Massa teria sido campeão, tudo bem. Mas por que punir o Hamilton com a perda dos pontos daquele GP, se ele também foi prejudicado e poderia ter somado mais pontos também?

    No fim, fica o que aconteceu de fato na corrida.

  16. Fabio de Deus disse:

    A reivindicação era justa sim, mas acho que a FIA agiu certo em manter o resultado, porque, como todos se lembram, a história toda explodiu quase 1 ano depois do fato. Não sei se mudaria algo no resultado do campeonato, provavelmente sim, pelo tanto que foi apertado. Mas, um resultado, qualquer resultado, modificado no tapetão é um saco e ninguém gosta. Pensa como seria a situação: A FIA declara o GP de Singapura cancelado e com isso o Massa torna-se o campeão de 2008. Pensa que situação desagradável para todos. Ainda mais que o Massa nem estaria em condições de receber o prêmio. Sem falar que iria acabar com toda a história da decisão sensacional em Interlagos/2008. A meu ver, a FIA agiu certo.

  17. Henrique Giffoni disse:

    Não acho justo. Justo seria desclassificar o Alonso da corrida e/ou do campeonato, além da Renault. Todos os demais pilotos correram de forma limpa, e não seria justificável anular a corrida inteira e “desclassificar” todo mundo. Além disso, ninguém se lembra que o Massa se ferrou pelo erro da Ferrari com a mangueira de combustível. Ganhar um título num tapetão desse seria motivo de chacota…seria o título mais sem graça desde Rosberg 82.

    • Os demais correram de forma limpa, mas o resultado foi manipulado. As estratégias foram alteradas por conta da batida de Nelsinho, e por conseqüência, todo o desenrolar da corrida foi alterado.

      Seria bacana se tivessem marcado outra corrida. Mas, ao menos se desclassificassem a equipe Renault da prova, já seria algo.

  18. Pedro Fonseca disse:

    Eu acho que o certo seria a FIA excluir os dois carros da Renault do resultado oficial da prova. Acho muito injusto com os outros pilotos, que nada tinham a ver com a Renault, a anulação da prova. Com a exclusão das Renaults, o Rosberg ia ganhar, com o Hamilton em segundo, e por aí vai, com todos ganhando uma posição.

  19. Brito disse:

    Muito justo! Corrida absolutamente inválida! É um atentado contra o esporte, de modo geral, legitimar o que é ilegítimo por definição.

  20. David disse:

    A reivindicação é justíssima mas daí à dar o título ao Massa vai uma grande distância!
    O título foi decidido na pista entre os pilotos, na última volta do GP do Brasil.
    A revelação da marmelada foi feita quase um ano após o resultado produzido em singapura.

  21. Fernando Kesnault disse:

    Ja houve decadencia desse assunto….

  22. Rafael Chinini disse:

    com certeza seria estranho e bizarro “ganhar” o título assim.
    mas o Massa deu argumento simples e funcional..se fosse futebol, ou atletismo, sei lá, o justo seria anular a corrida, pois o resultado foi inválido.
    Vão dizer que o título ficaria manchado por isso? talvez, mas se a corrida foi trapaceada, o título atual está manchado da mesma forma. não pode ser dois pesos duas medidas

    • David Felix Krapp disse:

      Realmente seria bizarro, mas varias vezes ja vimos campeoes olimpicos tendo que ceder a medalha aos segundos colocados por casos de doping… muitas vezes isso ja ocorreu com o COI tendo a sobriedade de fazer um cerimonia publica refazendo o podio Olimpico, mesmo anos depois… eu penso que quando uma entidade tem a sobriedade e bom senso, as anulaçoes ou alteraçoes de resultados sao mais bem vistas tanto por publico quanto patrocinadores afinal essas sao as maiores fontes de renda de qualquer esporte e pra que esses dois fatores existam o esporte tem que transmitir essa confiança de que seus resultados sao reais e foram demonstrados justamente e de acordo com as regras pre- estabelecidas

  23. marcelo junior disse:

    Pra mim felipe massa é o virtual campeão! corrida manipulada não vale! é igual comprar juiz…

  24. Filipe disse:

    FG,
    Simplesmente fantásticos os programas “Paddock GP”!
    Parabéns para a competente equipe!
    Não sabia que o Massa era tão gente boa, tranquilo e simples!
    Quanto a reivindicação da revogação do resultado do GP de Cingapura de 2008, justíssima.

  25. Celio Ferreira disse:

    GASTA-SE milhões para fazer um grande prêmio, depois vem um pedido
    de anulação , hora na F1 onde o dinheiro fala mais alto, isto não aconteceria
    jamais, agora , se anulassem Massa seria o campeão ?

  26. Saima disse:

    Apertei o enter antes da hora, mal aí. Reiniciar a corrida da forma que falei não daria. Então seria correto anular.

  27. Paulo disse:

    Pelo lado do Massa sim, justo..

    mas o Hamilton merecia perder?

    Afinal..ele correu em Interlagos com o regulamento debaixo do braço..e não teve culpa alguma da armação

  28. Saima disse:

    Seria justo reiniciar a corrida a partir da volta em que ocorreu a fraude, mantidas as posições do momento. Houve influência direta no resultado final. Comento isso bem no palpite, será que o regulamento não contemplaria coisas assim?

  29. Renato-RRE disse:

    Realmente faz sentido. Porém anulando aquela corrida mudaria o foco dos pilotos nas outras corridas até o final daquela temporada. Hamilton teria chegado no Brasil provavelmente atrás do Massa e teria que fazer uma corrida para ganhar, não apenas chegar até quinto. O desempenhos dos pilotos teria sido outro até o final da temporada. Complicado mudar depois.

  30. Saima disse:

    Jogo de futebol decisivo para duas equipes. Uma só precisa do empate para avançar, a outra tem que vencer. 2 x 1 para a que precisa da vitória, 44 do segundo tempo. O atacante da equipe que precisa empatar vê o goleiro adiantado e chuta por cobertura. O goleiro já era, gol aberto, bola indo na direção certa. Então um gandula (o time que precisa da vitória joga em casa) invade o campo e impede que a bola entre. Gol ou não? 2 x 1 ou 2 x 2? Quem é eliminado e quem segue?

  31. Mario Gasparotto disse:

    Com certeza! O resultado foi manipulado!

  32. Geraldo disse:

    Sem dúvida, pois comprometeu tudo !!!!

  33. Chupez Alonso disse:

    Justíssima reivindicação.

    O vagabundo do Eternando Picaretonso deveria ter vergonha de contabilizar essa vitória nos seus pífios números.

    Tinha que ter sido banido da F1 também.

    Mas todo castigo para esse picareta é pouco.

    #EuRioDoÚltimo

  34. Lucas disse:

    E se, apesar da bandeira amarela “programada”, não tivesse ocorrido o incidente na parada de box e ele ganhasse a prova, acharia justo anular também?

  35. Ron disse:

    Justíssima, mas a FIA não quis complicar as coisas para ela mesma.

  36. Fabio disse:

    Acho bobagem. Se a Ferrari não tivesse feito aquela caca no reabastecimento do Massa e tivesse vencido, não estariam falando em anulação de nada. Agora, tentar é válido; tentaram, não deu em nada, vida que segue.

  37. Wagner Campos disse:

    Como um resultado advindo de uma farsa comprovada pode ser mantido? Como um dos maiores beneficiados pelo escândalo (Alonso) saiu impune e com uma vitória a mais no currículo? Aliás essa história de gente que se beneficia da corrupção e n sabe de nada n é nova e nem exclusiva da f1…

  38. Rodrigo-CPQ disse:

    Sim, é justa. Mas, na boa… iria acrescentar um asterisco, tiraria o título do Hamilton, que nada teve a ver com o ocorrido, as provas seguintes foram disputadas sob as circunstâncias da pontuação obtida nessa prova… não acho que seria válido.

  39. Paulo F. disse:

    Justa?
    Mais que isso necessária.
    Época obscura. Nem o Balestre imaginaria uma indignidade deste porte. E o maior beneficiário, livre, leve e solto. Por muito menos a McLaren sofreu punição pior.

  40. Justíssima.

    Tenho essa opinião desde que soube dos detalhes, pelo Reginaldo Leme, e muito por aqui – blog e o grandepremio – , também.

    Não deveria valer o resultado da corrida. Que se marcasse outra ou apenas fosse anulada.

    Foi comprovada a farsa, o resultado foi manipulado.

    Lembro quando Schumacher fez a pole em Mônaco, 2012, e não levou pela punição aplicada na corrida anterior, comentei que tudo bem punir, mas a pole deveria contar nas estatísticas do Alemão, pois a conquistou na pista e até a “vitória” de Alonso em Cingapura, 2008 é contabilizada para o espanhol.

    E deveria ser o inverso, Schumacher deveria contabilizar mais essa pole, ao passo que Alonso não deveria ostentar tal vitória.

    É ridículo.

  41. Thiago disse:

    Justa sim, afinal, uma corrida oficial teve seu resultado influenciado diretamente por um evento causado por uma atitude de má fé. Mas a FIA nunca foi de tomar atitudes baseadas em justiça… Não mexeram quando o Prost jogou pra cima do Senna… Nem quando o Senna jogou pra cima do Prost… Nem quando o Schumacher jogou pra cima do Hill… E só tomaram uma atitude sobre o Schumacher ter jogado pra cima do Villeneuve pelo fato de que isso não iria afetar o resultado do campeonato. Não iria ser agora que iriam mudar de postura

  42. Paulo Ribeiro disse:

    Cara…..vi o programa de ontem….foi o primeiro programa que eu consegui assistir…gostei da dinâmica e do jeitão do programa!!! Parabens!!! Ficou muito legal!!!

  43. Wellington Fonseca disse:

    Justa sim. Muito interresante este ponto levantado pelo Massa, confesso que nunca tinha visto por esta otica. O resultado seria realmente diferente ao fim do campeonato.
    O que mais me espanta no caso eh (desculpe o eh desta maneira, nao tenho acesso aos acentos no meu teclado), como estava dizendo o que me espanta foi nao ter lido nada nesta direcao naquela epoca. Acho que a forca da Ferrari junto a FIA deveria contar pesado em um momento como este, porem nao foi o que vimos.
    De qualquer forma a entrevista foi muito boa, claro que sabemos que alguns assuntos nao podem ser tocados ou sao pre-discutidos antes de uma entrevista, porem senti falta de uma abordagem sobre o assunto do acidente dele, o que passou pela cabeca, muito se falou que ele teve sequelas, depois que eram psicologicas.
    O programa ta bacana demais, parabens as meninas que tem atitude, sao bem informadas, e principalmente entendem do que estao falando.

  44. Rafael Vieira disse:

    Esse era um questionamento que eu estava alguém fazer a ele, pois nunca havia ouvido dele que algo havia sido feito para tentar anular o resultado daquela corrida, mas tb a FIA + Berni devem ter dado um belo abafa nesse caso, pois não fica bem para a categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>