MENU

terça-feira, 1 de dezembro de 2015 - 10:20Futebol

MEU GRANDE AMOR

SÃO PAULO (filhos da puta) – Hoje faz dois anos que a Portuguesa se garantiu na Série A do Brasileiro. Ganhamos da Ponte, 2 a 0 lá, e matematicamente não podíamos mais ser rebaixados. Voltamos de Campinas leves, felizes e ainda mais apaixonados. “Amor FC” foi o título do texto que escrevi no dia seguinte, e parece que já estava imaginando alguma coisa. Duas semanas depois, os escrotos do STJD rebaixaram a Portuguesa. Escrevi de novo, “Quem somos” — mais uma declaração de amor à única coisa que me importa no futebol.

Dois anos. Mais dois rebaixamentos, uma desgraça atrás da outra, um assassinato lento e doloroso que tentam nos infligir. Não morreremos, porém. O vídeo abaixo mostra isso, da linda série “Som das Torcidas”, do pessoal da Central 3. Somos tão apaixonados como sempre fomos. Isso nunca nos será tirado.

CBF, vai se foder, vai.

25 comentários

  1. J Fernando disse:

    O América Mineiro também foi muito prejudicado pela CBF. Em 1993 foi rebaixado, mesmo que o protegido Atlético Mineiro tenha sido o pior time entre 32 participantes. Mas, o Atlético era blindado e quem caiu foi o América. O América recorreu à Justiça Comum e foi punido com 3 anos de suspensão de competições oficiais. E todos falavam que era o fim do América, o time foi caindo até a Série C (acabou campeão em 2009). Ele jogou e jogou e voltou esse ano para a Série A, sem maracutaia, na bola.
    Acredito que a Portuguesa vai seguir o mesmo caminho. Difícil, mas vai conseguir.
    Meu carinho pela Portuguesa deriva de dois jogadores: Dener e seu futebol veloz e alegre. E Alex Alves, que jogou no meu Cruzeiro.

  2. FABIO LUIS GIORDANI disse:

    Não só a Portuguesa, mas também o Guarani. E o que fazem com os times do Nordeste então? Possuem grandes torcidas, aliás torcidas apaixonadas. Porém a grande midia os ignoram completamente. É uma pena mesmo o que fizeram com o futebol no Brasil. Infelizmente quem manda no futebol brasileiro são os empresários que enfiam goela abaixo dos clubes esses “Dudus” da vida. Quando acabaram com a lei do passe tiraram a autonomia dos clubes. E para completar ainda tem a Globo que é quem delibera sobre os campeonatos, e todos sabem para qual clube esta emissora apoia abertamente

  3. Mario Mesquita disse:

    Lamentável a situação que passa a Portuguesa e os vários clubes que contribuíram para que o futebol brasileiro se tornasse o melhor do mundo. Não à toa, com a crise desses verdadeiros criadouros de craques juntos com os grandes clubes do país agora somos uma pálida sombra do que um dia fomos.

    Como torcedor do Fluminense vou explicar de novo aos torcedores bobões como o sr. Sérgio, o vascaíno chorão que escreveu essa bobagem acima:

    Em 1996 a virada de mesa foi por causa do escabroso “caso das papeletas amarelas” armado pelo Dualib do Corinthians e Petraglia do Atlético Paranaense, onde supostamente fabricaram alguns resultados para favorecer uma máfia de apostas. A CBF ao invés de punir esses dois bandidos e seus clubes optou pela acoxambração e cancelou os rebaixamentos pra evitar a avalanche de processos que viria a seguir.

    Em 1999 foi o caso do “gato” Sandro Hirochi e outro imbróglio envolvendo o Botafogo que o rebaixaria junto com o São Paulo. De novo a CBF ajeitou as coisas e como em 1987 terceirizou o campeonato brasileiro e criou-se a Copa João Havelange.

    Como na Copa União de 1987, o Clube dos 13 modelou o torneio de modo a torná-lo mais rentável e como não era obrigado a seguir os resultados dos torneios do ano anterior, o fez em três módulos: Azul, verde e amarelo. Não haviam divisões. O Fluminense jogou no módulo azul, onde juntaram os clubes de maior torcida do Brasil. e ficou no fim entre os oito primeiros. Vale lembrar que o São Caetano veio do módulo amarelo, o mais fraco e foi vice-campeão, jogou a Libertadores em 2001 e a primeira divisão do brasileiro do mesmo ano.

    O resto é mimimi repetidos por papagaios que não entendem nada de futebol, como a maioria não entende nada de F1.

    Pessoalmente eu não quero que o Vasco caia, mas se cair bem-feito! Ficarei triste pelo Vasco mas vou rir da cara de ânus do Eurico, esse escroto de charuto.

  4. ANNEKIM disse:

    Que pena más a Portuguesa de Desportos caminha à passos largos para o fim.Nem dirigentes,sócios,simpatizantes,torcedores acreditam na recuperação do clube.Há interesses que a Lusa se extingue visto o valor imobiliário da área onde esta instalada.
    Onde estão os”co-irmãos”Paulistas que não se comovem com esta situação.Os Clubes
    de SP deveriam sim se juntar e achar uma solução,estender a mão ,se a Portuguesa se
    extinguir todos perderão ,e a história mais uma vez terá um capitulo triste.Agora não e hora de achar culpados por esta situação ,a hora e de socorrer se unir achar soluções
    enfim o tempo corre e esse é o maior inimigo hoje da Portuguesa.

  5. Eduardo Britto disse:

    Como acontece a muita gente por aqui, a Lusa sempre foi meu 2ª time em São Paulo. Entre as grandes decepções como torcedor de mais de 40 anos de janela, estão a perda do Brasileirão pela Lusa, para o Grêmio, em 96 (creio), e esse rebaixamento pelo tapetão… Mas aí teve coisa que precisaria ser bem esclarecida, e se teve a mão de diretor português, mereceu cair…

  6. Helder Sobrêda disse:

    O futebol ainda respira, graças a torcidas como essa. Mesmo que respiração seja por aparelhos
    Ah, e vá se foder CBF

  7. Eduardo disse:

    Gostei demais do texto e do vídeo!!!

  8. Matheus Cesarino disse:

    Flávio!!!!Esse a lusa volta a elite paulista e a segunda do brasileiro…….grande jogo contra o burro da central aqui em taubaté dia 24 de fevereiro, vai ser um prazer ver a lusa, sou admirador dos
    seus comentarios….

  9. Fogão52 disse:

    Um texto bastante interessante mas no final tudo vai por água abaixo.
    O palavrão foi totalmente desnecessário. Uma pena!!!

  10. Rogério disse:

    Nasci na Vila Romana, cresci dentro do parque Antarctica. Meu tio foi diretor do Palmeiras por decadas. Encontravamos sempre com os jogadores dentro do clube. O unico um pouco metido a estrela era o Leão. O resto era “normal”. Tomavam cerveja no bar do clube, conversavam, etc.
    Todo jogo do porco, lá estava eu no Parque Antarctica. Torcedor uniformizado da TUP.Nada de brigas, vandalismo ou bandidagem.
    Não frequento um estadio desde 1996. Perdi totalmente a paciencia. Futebol ruim, manipulado, cheio de mutretas. O cara faz um gol, vira idolo e estrelinha, com assessor de imprensa e o caralho….. Ganha uma puta grana para não jogar nada. Vejam esse ultimo campeonato. Craques do campeão: Renato Augusto e Jadson. Craques?? Jisuis…. Muito bons jogadores no maximo !!! Tempos atras, o melhor jogador do campeonato foi o Rogerio Ceni. UM GOLEIRO, MEU DEUS !!!!
    Depois Paulinho do Corinthians, agora no disputadissimo campeonato chinês….
    UM VOLANTE !!!!
    Nesse pessimo futebol brasileiro, qualquer cara um pouquinho melhor vira CRAQUE!!!

    Culpar de quem??? Do torcedor, que se contenta com qualquer porcaria…..

    A minha parte eu faço. Como protesto, não assisto na TV, não vou no estadiio, não compro nada relacionado à futebol !!!

    Quanto voltar a ser algo legal, eu volto. Vivo perfeitamente sem o futebol Preferia viver com ele, curtindo a torcida em um estadio, que é uma coisa fenomenal….

    • Eduardo Britto disse:

      É isso aí Rogério. Sou corintiano, mas nunca vou considerar Renato Augusto e Jadson craques. Talvez já possa chamá-los de bons jogadores, o que pra eles estará muito bom! Pra craques falta muita coisa…

      • Rogerio disse:

        Pois é, Eduardo. Não é uma critica aos jogadores que citei, mas sim ao nivel em que estamos.
        O Ronaldo Fenomeno voltou para o Brasil com um joelho ferrado e gordo que nem lutador de sumô e arrebentou. Sempre foi craque, mas naquela condição fisica não faria nada no futebol europeu, por exemplo.
        Corinthians, São Paulo e Palmeiras se digladiaram pelo Dudu. O Palmeiras “ganhou”. O saudoso “trio de ferro” lutando por um “craque” como Dudu??? Piada….
        Hoje o futebol brasileiros vive de lampejos como um Neymar….
        Triste fim para aquele que já foi o melhor futebol do mundo….

  11. Anselmo Coyote disse:

    Primeiramente, sou flamenguista. O Vasco foi um grande e respeitado clube, status que foi se perdendo no tempo desde que foi assumido por Eurico Miranda, que é um tumor maligno no futebol da mesma forma que Ricardo Teixeira, Havelange, Marín, Del Nero, Blatter e outros. O Vasco precisa cair, para o enfraquecimento do Eurico, para o bem dos vascaínos.
    E falar que o Eurico não se meteu em temas escabrosos é brincadeira.
    Pesquise sobre sua proposta de que o torcedor de futebol seja sócio torcedor da FERJ e não dos clubes e outras do mesmo naipe. Isso sem dizer as várias reuniões que ele fez na FERJ, sentado na cadeira do presidente sem que este sequer estivesse presente. E também o presidente da FERJ assistindo aos jogos do Vasco na tribuna de honra ao lado do Eurico. Incluir a lei da mordaça quanto à FERJ com punições a quem dela falasse mal ou falasse mal do campeonato carioca que ela (des) organiza. Dentre outras coisas…
    De verdade mesmo é só o meu desejo de que todos, eu disse TODOS, os clubes cariocas virassem supertimes, que os times e a FERJ ficassem livres desse tumores, e que nós tivéssemos campeonatos de alto nível, onde venceria o melhor.
    Abs.
    Abs.

  12. Jairo Mouzzez disse:

    Poxa, Flávio!!!! Reler teu texto de dois anos atrás foi muito foda! Está bem certo quando disseste que parecia ter um quê de premonição na bagaça.

    “Mas a gente não se importa tanto, toma essa realidade como algo quase inevitável, e por isso fomos a Campinas, e a todos os cantos, em pequeno ou minúsculo número, para sentar no concreto áspero ou nas novas cadeirinhas almofadadas apenas para estar lá. Quando acabou o jogo ontem, descemos das velhas e históricas arquibancadas do Majestoso para aplaudir nossos meninos e nosso gordinho, e demos um tapa na cara do futebol mercantilista que contaminou o mundo.”

    Esse trecho mostra como o futebol mercantilista contaminou realmente o futebol paixão, o amor ao clube. Dá pra conectar com aquele teu texto sobre o título do Corinthians, onde mostra a elitização das torcidas, coisa pela qual também passa meu Flamengo.

    No fim, torço muito pra Portuguesa se reerguer (mesmo com a freguesia histórica do Flamengo pra vocês). Assim como torço pelo América-RJ(time do meu pai) e pelo meu Flamengo-PI. As torcidas são apaixonadas e não abandonam seus clubes, embora patacoadas fora das quatro linhas façam a diferença em prol dos clubes grandes. Ainda não engulo aquele rebaixamento. E acho que meu time também tava metido naquela treta. No fim, foram erros demais pra um clube que não pode errar tanto fora de campo. A Portuguesa tem que deixar de ser trampolim pra dirigente bandido e jogador mediano fazer vitrine. A camisa Lusa é maior do que tudo isso. Sorte pra vocês! Que consigam se reerguer!

  13. Ju disse:

    CBF vai se fuder!!!!!!!!! Ah vai! Ah vai! Em campo a portuguesa……..amor eterno amor!!!!!

  14. YEROSHA disse:

    A Portuguesa está com os dias contados. Processos muitos ,falta de verba má gestões seguidas, diversos interesses escusos´, roubos seguidos por anos, más principalmente a valorização de toda a área do Canindé onde um grande condomínio vertical já se projeta. A Portuguesa está na UTI respirando por aparelhos e infelizmente para muitas pessoas este paciente vale mais morto, desligá-los é questão de tempo.O grande e
    eterno OTD que deixou exemplos de administração deveria estar envergonhado com
    a passividade e a inercia dos que hoje la estão,

  15. Leandro disse:

    Eu era torcedor fanático, de perder finais de semana por causa dos jogos do meu time, de acompanhar noticiários no rádio, jornal, TV e nos últimos anos internet.
    Hoje? Já sabemos quem vai ser campeão, quem não vai ser o rebaixado, qual vai ser o único time comentado nas mesas redondas de domingo e segunda a noite…
    Vejo jogos quando estou em casa e sem nenhum compromisso agendado.
    Várias vezes larguei o jogo na metade do primeiro tempo pra ir lavar o carro, cortar a grama…

  16. fernando disse:

    So uma palavra: SENSACIONAL

  17. Sérgio disse:

    Flávio

    Quero falar sobre o time do Fluminense que que alguns jogadores dizem querer que o Vasco caia e agora a torcida pressionou os dirigentes que entreguem o jogo contra o Figueirense. Sou vascaíno e a desculpa sempre foi o Eurico para fazer carga contra o Vasco, sendo que esse anos pouco se envolveu em polêmica. Não precisa falar que é mais uma vergonha de um clube que deve duas segundonas e caso isso se concretize carregará mais estigma de prejudicar terceiros. O futebol atual provoca náuseas. A antipatia contra o Vasco não é por causa do Eurico, pois já vem da entrada do clube na Liga Metropolitana do RJ que era composto por jogadores que não pertenciam a elite carioca. Para finalizar espero que a Portuguesa volte a ser a querida Portuguesa (time também de meu pai, tios e avós) onde ninguém a prejudique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>