DICA DO DIA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 15 de março de 2016 - 19:30Autódromos

DICA DO DIA

SÃO PAULO (herói anônimo)Ótima entrevista no site brasileiro da Red Bull com “Lolô” Cornelsen, que projetou os autódromos de Curitiba e Jacarepaguá — tristemente mortos, o carioca em 2012, o paranaense com enterro previsto para julho. Marina Sarkis mandou o link.

Lolô fez também as pistas do Estoril e de Luanda, em Angola. A pista portuguesa está lá, firme e forte. A angolana, sinceramente não sei. Se vocês tiverem alguma notícia, pinguem aqui.

lolodaspistas

36 comentários

  1. Robertom disse:

    Que eu saiba o projeto do autódromo de Jacarepaguá, da pista inaugurada em 1977/78, é do Sr. David Caderman.
    Acredito que o Sr. Lolô Cornelsen fez o projeto da 1ª versão, de 1966/67…

  2. Thiago Carvalho disse:

    Flávio…se possível….escreva……

  3. Thiago Carvalho disse:

    Flávio desculpe….não quero causar mal estar algum, gostaria de saber a sua opinião sobre a manobra usada pelos nossos políticos….não tem nada a ver com a matéria que escreveu agora.
    Sei de sua opção política, e exatamente por isso que eu gostaria de saber a sua opinião.
    Não estou tentando gerar nenhuma polêmica. …mas sabendo de sua posição, como vc se sente????
    Você ainda acredita neste governo????

    • Flavio Gomes disse:

      Não causa mal-estar nenhum em perguntar. Mas se eu quiser escrever sobre o assunto, escreverei. Apenas não há manobra alguma. A presidenta tem o direito de escolher seus ministros. Não é a mídia que escolhe.

    • edubassan disse:

      Sinceramente, sem querer fazer qualquer juízo de valor, mas por mais que o Gomes escreva bem, parece muito difícil a essa altura que ele consiga expressar com propriedade algo factível como já fizera em seus textos políticos anteriores. É o famoso “contra fatos não há argumentos”. Questionar a legalidade das gravaçōes pode até ser um caminho, porém, convenhamos, é pouco, muuuuito pouco diante dos fatos e não justifica o conteúdo das mesmas. Enfim, estou contigo Thiago e imagino que outros fãs do blogueiro também. Gostaríamos de ler algumas palavras acerca dos últimos acontecimentos históricos em nosso país até como um bom contraponto à tantas porradas que a mídia vem metralhando o governo. Vamos lá Flavio, quebre o silêncio.

    • edubassan disse:

      Sai.. Ma! Ninguém está obrigando outrem a nada.

      • Saima disse:

        “Vamos lá Flavio, quebre o silêncio.” Você deve ser o tipo de cara que quando vai pra balada fica insistindo em puxar papo com a mulher que está dançando e não te dá a mínima.

    • edubassan disse:

      Desafiar com respeito e educação é bem diferente de “obrigar”. Prefiro não dizer o tipo de cara que você deve ser…rsrs

  4. Pedro Araújo disse:

    caramba, não conhecia o legado do “seu” Lolô…

    a entrevista só tem um defeito: muito curta!

    quem sabe o GP faz uma matéria mais completa com ele?

    que talz a sugestão, Gomes?

  5. Jorge Barata disse:

    Dá uma olhada neste link: http://goo.gl/KmHRDW

  6. Antonio disse:

    Flávio…..
    Saúde para o grande arquiteto Lolô Cornelsen.Salvo engano o arquiteto é tio de um dos maiores corredores paranaenses morto prematuramente:Luis de Moura Brito.
    Seu filho Jejo (por onde andará) e sua filha também foram corredores de Kart na década de 70.
    Antonio

  7. Helio Okuda disse:

    O autódromo de Luanda (Angola) ainda existe e está sendo utilizado, mas está em estado precário.
    http://youtu.be/n_oUuFmYQiE
    http://youtu.be/rgNnMjLJacE

  8. João Ferreira disse:

    Com a ajuda do Google Maps, consegui localizar o autodromo, segue o link

    https://www.google.com.br/maps/@-9.007131,13.0971379,1539m/data=!3m1!1e3!5m1!1e4

    Contudo, não há muita informação, apelando para o Wikipedia, há duas páginas, uma em português e em alemão, que possuem links com mais informações sobre a sua construção e algumas provas do passado.

    http://motorsportinangola.blogspot.com.br/2010/01/angola-race-track-construction-history.html

    http://sportscar.com.sapo.pt/Luanda72.htm

  9. Saima disse:

    Vale pela homenagem a um senhor que fez as pistas, embora Jacarepaguá e Estoril fossem muito sinuosas e sem graça – mesmo que não tão ruins quanto qualquer coisa do senhor Tilke. O que as duas tinham de legal era o ambiente em torno. Bacanas mesmo eram Silverstone e Zeltweg antigas, Suzuka, Imola, Monza…

    • Jaimewc disse:

      Jacarepaguá era excepcional. Tinha um tracado que os pilotos adoravam, uma grande reta e várias áreas de escape , mesmo qdo isso nem era comentado. E um dos poucos circuitos com visão total da arquibancadas.

      • Saima disse:

        Excepcional? Ninguém gostava de correr lá, era notório que o Mansell, o Prost etc não gostavam. O circuito era plano ainda. Interlagos pode não ser um primor, mas pelo menos tem subidas, descidas, freadas fortes e mais pontos de ultrapassagem.

  10. Pablo Ribeiro disse:

    Nesse blog tem um artigo sobre os 40 anos do autodrome de Luanda em 2012.
    http://motorsportinangola.blogspot.com.br/2012/05/40-anos-do-autodromo-de-luanda.html

  11. José Brabham disse:

    Até uns cinco anos atrás o autódromo de Luanda era ao menos palco de uns “pegas” no final de semana, até onde sei. Não sei se há alguma competição oficial lá.

  12. Renato RRE disse:

    Parece que Curitiba pode não ser morto…

  13. Fernando Kesnault disse:

    Conheci o autodromo de Benguela que no inicio dos anos 70 teve varias provas internacionais por lá…por causa da guerra civil de tantos anos, foi deixado de lá,..mas continua firme, precisando de cuidados para se tornar aquela pista que foi outrora…e o local é excelente….ao lado de uma praia e pertinho do aeroporto….

  14. Felipe Luz CWB disse:

    É muito fácil anular os feitos quando não se conhece a história por trás dos mesmos. A valorização da história e cultura não é um traço característico nosso, infelizmente, E isso facilita a manipulação em todos os níveis. E isso nos mostra que temos muitos brasileiros inspiradores.

  15. Brito disse:

    Interessantíssimo! Sequer sabia da existência deste homem!

  16. Helton Fernandes disse:

    E a anta do Tilke não aprendeu nada mesmo…

  17. Luciano Balarotti disse:

    Fico muito feliz que o Tiago Mendonça tenha feito a reportagem e orgulhoso por ter dado a dica desta história incrível em uma conversa nos boxes do moribundo AIC

  18. Marcos Ferreira disse:

    Quando fui a trabalho em Angola em 2009 fui visitar o autódromo. A pista estava em estado precário. Não sei hoje em dia. Para quem tiver curiosidade. clique https://www.google.com.br/maps/place/Aut%C3%B3dromo+Internacional+de+Luanda/@-9.0091609,13.0961317,1308m/data=!3m1!1e3!4m2!3m1!1s0x1a522124a8c69863:0x58c03045146c04ff!6m1!1e1

  19. edubassan disse:

    Embora o autódromo de Angola ainda receba algumas grandes competições nacionais e internacionais, parece que seu terreno vem sofrendo invasōes de construçōes irregulares. Na tentativa de salvar todo o complexo, a proprietária vem há alguns anos pleiteando recursos públicos para uma grande reforma, mas ainda sem sucesso. Sua proposta é desenvolver nas dependências do autódromo uma boa infraestrutura de lazer para exploração turística e uso da população, assim como praças esportivas modernas mundo afora.

  20. Alex Tadeu disse:

    Luanda existe, mas ao que consta está num estado lastimável…

  21. Speeder76 disse:

    Sobre a pista de Luanda, Gomes, esteve ao abandono por muitos anos, mesmo depois do final da Guerra Civil que assolou o país, em 2002. Contudo, recentemente, começou a ser recuperado. Aos poucos, mas está a ser recuperado.

    Apesar desse período de abandono, chegou-se a correr nessa pista, mesmo sem guard-rails e ervas a crescer entre o asfalto. Encontrei um video de 2014, para veres.

    https://www.youtube.com/watch?v=ec-RDNsyfzA

  22. Marcelo Soutello disse:

    O orgulho é duplo para Cornelsen, Senna fez sua estreia na formula 1 em jacarepaguá(também, a pista do melhor resultado obtido pela equipe Fittipaldi).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>