MENU

quarta-feira, 22 de junho de 2016 - 1:32Indústria automobilística

RIP, SAAB

SÃO PAULO (que fiquem as memórias, melhor assim) – Roberto Mota mandou o link. A SAAB acabou de vez. Os chineses que compraram a montadora sueca, ou o que restou dela depois que a GM a estragou, não poderão usar o nome nunca mais. Oficialmente, a SAAB morreu.

Choro uma lágrima pelo meu 96. Amanhã ficaremos juntos para lembrar os bons tempos.

saablindo

19 comentários

  1. Wagner Florencio de Oliveira disse:

    Olá Flavio
    Acompanho seu blog há muito anos e o parabenizo por sua carreira jornalística e compactuo quase sempre com suas posições. Bem o papo é o seguinte: Saiu a lista dos indicados ao Oscar 2017, que nem dou tanta importância para esse evento comercial de Hollywood, mas sempre presto atenção aos indicados a filmes estrangeiros. E nesse ano, tem um indicado que assisti e gostei muito e creio que o amigo (se assim me permite) também irá gostar. Trata-se do Filme “Um homem chamado Ove” (En man som heter Ove) – Sueco. O mais legal do filme é que a personagem principal, Senhor Ove um senhor que foi aposentado involuntariamente, sistemático e sindico do seu condomínio, é um apaixonado por Saab’s (tem um desfile desses maravilhosos carros). Por mim, dava o Oscar pra esse filme. Vale a pena assistir. Segue a dica.

  2. Januario disse:

    Que carro maravilhoso!

  3. Alexandre Zamariolli disse:

    Triste, sem dúvida.
    Mas ver os SAAB legítimos sobrevivendo ao passar dos anos será muito mais digno do que a marca na grade de alguma tranqueira elétrica xingling.

  4. Chuif disse:

    Esse seu carrinho é uma gracinha. Pelo menos das fotos que vc mostrou ao longo destes anos aqui no blog, da sua frota, esse me parece o mais bonito disparado. Parabéns!

  5. Nelson Barreiros Neto disse:

    Que carro lindo Flávio. Parabéns mesmo… A cor com o interior bege ficou perfeito.

  6. Vitor Matsubara disse:

    Até que não escreve tão mal esse repórter aí. Pelo menos ele teve uma escola de jornalismo das melhores…

  7. Glauco Tavares disse:

    É ruim demais quando uma marca com tanta tradição simplesmente desaparece por obra do mercado, este “deus” impiedoso. Porém neste caso foi melhor assim, triste mesmo seria ver carros frágeis, ridículos, sem qualquer identidade e qualidade circulando por aí ostentando uma marca tão honrada.
    A marca acabou mas os SAAB (os verdadeiros) seguirão por muitos anos ainda nas ruas…. Para satisfação de seus sortudos e orgulhosos donos e alegria dos amantes de carros.

  8. PRNDSL disse:

    No programa “à procura de carros clássicos” apareceu um destes 96 (acho que 1965) com apenas 6 Km (4 milhas) rodadas. Carro ficou na concessionária e com a família do dono, Não recebeu nem a revisão de entrega porque é zero KM.

  9. cedujor disse:

    Taí um carro muito bonito!

  10. Marcus Simões disse:

    Quando a GM foi para a Austrália, compraram a Holden (marca local). Iria morrer, mas o pessoal de lá não deixou e eles mantiveram o nome Holden.

  11. Paulo F. disse:

    Maldição da GM?
    Todas as marcas clássicas como Oldsmobile, a Lotus que é a sombra do foi, agora a SAAB.
    Pior que a culpa vai recair sobre os chinas!

  12. Zé Rodrix disse:

    Que legal esse carro. O motor dele é igual ao do nosso DKW em tamanho, potência, etc?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>