ANUNCIE AQUI | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sexta-feira, 12 de agosto de 2016 - 13:37F-1

ANUNCIE AQUI

SÃO PAULO (é caro?) – Depois de vender a equipe a um grupo financeiro, a Sauber, agora, quer arrumar um patrocinador máster e vender serviços de engenharia. Fora da F-1.

É algo que Williams e McLaren já fazem. Desenvolveu-se tanta tecnologia na F-1 nos últimos anos dentro das fábricas, que muita coisa está sendo aproveitada pelo mercado externo. Não necessariamente na indústria automobilística, diga-se.

5 comentários

  1. Elton disse:

    Creio que isso diz muito a respeito do futuro da equipe Sauber na F1: “E essa parte não depende de estarmos ou não na F1″

    Não me parece que os investidores estão pensando na F1 (o que fazem bem, diga-se de passagem, pois, sem uma montadora embarcada no projeto – como foi nos tempos de BMW Sauber – é bem complicado conquistar vitórias), eles querem mesmo é o know-how dos engenheiros e a excelente estrutura da fábrica em Hinwil.

  2. Sergio Milani disse:

    Precisava ser vendida para tentar um patrocinador master ???? Sobre a parte de engenharia, é um filão interessante. Exemplo, foi uma aplicação de monitoramento que a McLaren desenvolveu para seus carros foi adaptada para medicina…

  3. Renato de Mello Machado disse:

    É difícil grana com a F1,pois eles elevaram por muito o nível do “esporte”.Vejam os carros da Indy,Nascar,DTM e até outras categorias menores não estão esbanjando,porem tem sempre uns patrocínios fortes.E o carro da F1 nem visibilidade tem com aquelas asas ridículas,diferentes dos anos 70,80 e 90 onde imperava as marcas de cigarro e as pinturas tradicionais e com seu charme.

  4. Brabham-5 disse:

    O que importa é a declaração do Vettel, com a qual eu concordo 100%:
    “Vamos voltar aos motores V12, câmbio manual, apenas dois botões no volante – um para limitar a velocidade no pit e outro com rádio só para confirmar que estamos entrando.”.
    “Se querem mudar alguma coisa, deveriam mudar os carros”,
    A F1 precisa voltar ao que era nos anos 80.
    Sou cada vez mais fã desse cara.

    • valter disse:

      Só se criarem uma categoria “saudosista” prá que isso aconteça. Acompanho F1 via transmissão pela TV desde a decada de 70. Tive a oportunidade de assistir algumas provas in loco em Interlagos. Vimos(?) que a tecnologia avançou por um caminho sem volta. Tambem gosto do formato do carro e a configuração do motor antigos, mas exigir esse retorno da categoria àqueles tempos é impossível

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>