MENU

sábado, 29 de outubro de 2016 - 20:14F-1, Foto do dia

FOTO DO DIA

haddadautodromo

SÃO PAULO (e tô com fome) – Hoje tinha feijoada com o prefeito em Interlagos, até me convidaram, mas por motivos automotivos não pude sair da bat-caverna hoje. Então, reproduzo texto da assessoria de imprensa do GP do Brasil sobre o que está acontecendo no autódromo, não sem dizer antes que adoro esse estilo meio rústico de suas edificações. Luxo demais é cafona. E, em praças esportivas, absolutamente dispensável. Ah, a foto é de Beto Issa.

Interlagos está pronto para o 45º Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1. O prefeito Fernando Haddad, responsável pela grande reforma do autódromo, esteve no circuito neste sábado inaugurando as duas obras mais importantes do paddock e aproveitou para percorrer o traçado. E avaliou: “Nosso desafio foi realizar uma obra necessária para manter a corrida em São Paulo. Conseguimos”.

Para o promotor da prova, Tamas Rohonyi, o autódromo de Interlagos não ficará nada a dever aos melhores do mundo com a conclusão das obras. “Cumpriremos nosso contrato. A corrida está confirmada até 2020 como está no contrato”, explicou.

Haddad passou a manhã e almoçou em Interlagos com a mulher Ana Letícia e acompanhado da vice-prefeita Nádia Campeão e dos secretários de Obras, Roberto Garib, Turismo, Salvador Zimbaldi, e do presidente da SP Turis, Alcino Rocha. O prefeito descerrou as placas da Prefeitura Municipal de São Paulo no edifício de apoio e no centro operacional, de cinco pavimentos, onde funcionará todo o controle da prova e também onde está o box zero, local da balança para os carros. O edifício de apoio é um espaço dedicado aos escritórios das equipes e, na parte superior, atende à área VIP do autódromo. Interlagos, agora, conta com três boxes a mais do que no ano passado.

Quando percorreu a pista de manhã, Haddad foi informado de que o asfalto está passando por um processo para retirar toda a borracha acumulada nos últimos dois anos. Esse trabalho realizado com uma máquina especial utilizada em aeroportos permitirá um sensível aumento de aderência. Essa aderência aliada ao novo perfil de lavadeiras na curva 2, S do Senna, Pinheirinho e Bico do Pato proporcionará, quase que seguramente, novas marcas para a Fórmula 1 em Interlagos.

Novas grades de segurança para o Laranjinha e Subida do Café, manutenção de barreira de pneus e defensa metálica, além das habituais pinturas, são os detalhes finais que estão sendo providenciados para o GP Brasil de F1, que acontece nos dias 11, 12 e 13 de novembro.

Os ingressos para o GP Brasil de Fórmula 1 – 2016 estão à venda através do único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br. O GP Brasil de F1 também está no Instagram e Facebook: gpbrasilf1.

17 comentários

  1. Wender Higinotsumi disse:

    Flavio Gomes, você sempre comenta sobre o traçado de Interlagos e ja disse ter esquematizado algumas pequenas mudanças no mesmo ,a fim de, melhorar o atual. Visitando algumas paginas meio malucas, encontrei algumas possíveis sugestões para essas mudanças.
    Você que conhece mais o circuito e o entorno dele, acha que alguma dessas modificações seriam possíveis. Alguma delas te agrada?
    Segue o link para o album e para as imagens:

    https://postimg.org/gallery/35h305zcc/
    https://postimg.org/image/ruxmkcnsb/
    https://postimg.org/image/hm55eizqj/
    https://postimg.org/image/vh3fwzu5n/
    https://postimg.org/image/k60s8mnaj/
    https://postimg.org/image/is95dbo17/
    https://postimg.org/image/o3t3v5gff/

  2. Beto Arquiteto disse:

    Acabamento de terceiro mundo agora se chama “estilo meio rustico”.
    Parabéns!

  3. Ricardo disse:

    Depois que mataram o circuito antigo Interlagos nunca mais foi a mesma. Interlagos é um arremedo do que já foi.

    O traçado antigo era monumental (essa é a palavra que traduzia o antigo circuito), capaz de se rivalizar com Spa, Monza, Nurburgring ou mesmo Le Mans.

    Não adianta nada ficar inaugurando prédio e arquibancada, enquanto que a “alma” do circuito não for restabelecida Interlados será apenas uma pista tradicional da F-1 e não mais uma pista espetacular da F-1. Sem piloto brazuca de ponta perderemos a F-1 em menos de 5 anos.

    Interlagos por si só é incapaz de segurar a F-1 por aqui (hoje temos um circuito normal na F-1) e não importará a forma que o mesmo for administrado, essa é a realidade.

  4. Robertom disse:

    Maldad roubou mais do que qualquer um, e com exceção da entrada e da saída do box, fez tudo errado!

  5. Sérgio Troncoso disse:

    Parece que se depender o “dandy” agora eleito, o autódromo poderá virar um grande empreendimento imobiliário. Tudo em nome da “modernidade” é claro!

  6. Carlos Pereira disse:

    Pergunta: O que a tal CBA ajuda para manter Interlagos e o GP de F1 no Brasil ???

  7. Doria disse:

    Poxa Flavinho, devia ter aproveitado a feijuca, pq ano que vem pode ser que não te convidem de novo…….afinal essa obras bem na época do grande prêmio devem acarbar né…..

  8. Julio Mattheis disse:

    Privatiza ou não?
    Não tem algo que possa impedir essa pratica absurda com um bem que é de direito de toda população?
    Senão Interlagos vai se transformar igual as atuais arenas de futebol, palco de shows e eventos, deixando o esporte em segundo plano.

  9. Eliezer disse:

    Você acha que ficará até 2020 ou vai ser igual a situação que ocorreu por ai com certo t.?
    Ah! Acho que deveria ser mais barato os ingressos. E você?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>