ENTRE OS LAGOS (15) | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sábado, 12 de novembro de 2016 - 18:58F-1

ENTRE OS LAGOS (15)

SÃO PAULO (passando a régua) – Algumas coisinhas que merecem destaque para fechar o sábado, assuntos que merecem vossa atenção — e comentários.

- Magnussen foi oficialmente anunciado pela Haas como companheiro de Grosjean para o ano que vem. Ele até tinha uma proposta da Renault, mas era um contrato muito curto, de apenas uma temporada. Não quis.

- Gutiérrez, que perdeu o lugar para o dinamarquês no time americano, se sentiu “injustiçado“. Admitiu que negocia com a Sauber. Tem grana para isso, do bilionário Carlos Slim.

- O que acaba sendo um obstáculo para Nasr. O brasileiro disse que nenhum anúncio sobre sua permanência na Sauber será feito neste fim de semana. Tem gente do Banco do Brasil aqui, vendo a corrida de perto. Teoricamente, estão discutindo o assunto. Felipe II depende do patrocínio do banco para ficar. Mas seu contrato com a instituição financeira termina no final do ano. Não há muitos sinais de que o BB pretenda gastar com F-1 no ano que vem, considerando que o governo golpista que assumiu o país promete cortar custos.

- A Ferrari resolveu apelar do resultado de seu recurso contra a punição de Vettel no México. Ontem, como se sabe, a FIA manteve o pênalti ao alemão, ao não aceitar como “novos elementos” as evidências que o time italiano apresentou para sustentar sua defesa. Está ficando meio ridículo, isso.

- O assunto não tem feito muito barulho no Brasil, mas na Inglaterra não se fala em outra coisa — no mundinho do automobilismo, claro. Ron Dennis está para ser chutado da McLaren. Um grupo chinês estaria disposto a comprar a equipe, ou parte dela, e com apoio dos acionistas majoritários pretende mandar um recadinho ao dirigente informando que a porta da rua é serventia da casa. Incrível. Dennis trabalhou na McLaren, depois comprou o time, fez dele uma potência esportiva, transformou-o num grupo fortíssimo de engenharia e tecnologia, e agora corre o risco de ser mandado embora. O mundo capitalista é de uma crueldade assustadora. Em homenagem a Ron — por quem não tenho nenhuma simpatia particular, mas respeito profundamente, publico a foto abaixo. Para ele lembrar dos bons tempos em que uma garagem bastava.

mclarenantiga1

- Bernie Ecclestone continua colocando o GP do Brasil em dúvida. Falou ao Grande Prêmio que só no fim do mês o suspense sobre a manutenção da prova no calendário vai terminar. O promotor da corrida, Tamas Rohonyi, disse em entrevista ao site, que vai ao ar amanhã, que a etapa deste ano vai dar prejuízo. E a previsão para o ano que vem é ainda mais tétrica. Não tenho acesso às contas do evento, mas rombos milionários não costumam deixar pedra sobre pedra. OK, o contrato vai até 2020, mas ninguém paga a fatura se a coisa não reverter. Tamas é um cara inteligente, costuma mandar recados pela imprensa. Pode ser que este tenha sido enviado ao prefeito coxinha que assume no ano que vem. A ver.

- Sobre a sala de imprensa nova, que detonei ontem em textão no blog, um acréscimo: o local antigo, ao contrário do que eu imaginava, não está ocupado por VIPs comendo canapés e tomando uísque falsificado. Está vazio. Vazio! O prédio que fica acima dos boxes está vazio! Uma amiga, da organização, me informou que aquilo está “condenado”. Claro que não vai desabar. Mas, pelo que entendi, não dá para usar. Causa-me espécie. Gastou-se bastante dinheiro para reformar boa parte do autódromo. Se aquele pedaço estava tão ruim, que se usasse lá o que se usou aqui neste bunker deprimente. Não adianta. Não engulo certas coisas.

43 comentários

  1. David disse:

    lembrando agora a Stewart com patrocinio do HSBC, ficou legal na pintura do carro

  2. Fernando disse:

    Acho que esta na hora da gente parar com esse papo furado de golpe. Simplesmente porque não foi, e a gente sabe… Nem essa conversinha é mais necessária, o novo desgoverno vai se estrepar sem a ajuda de ninguém, como previsto, e vai nos levar junto, como sempre.

    O coxinha paulistano ainda não tomou posse, justo, aguardemos. O jornal reaça – que eu respeito por ter posição assumida – fala em 30 milhões de Trumps de prejuízo este ano, se for isso duvido que tenhamos GP em 2017. O mundo capitalista, por ser o mundo real, tem que enfrentar a realidade, óbvio, e esta é sempre de uma crueldade assustadora (USA).

    Acho que o BB tem que parar de jogar dinheiro fora dando prá quem já tem dinheiro.

    Quanto ao buraco onde colocaram os jornalistas – por causa do papelão que fizeram nas eleições americanas, junto com os analistas políticos, institutos de pesquisas e mais um monte de “formadores de opinião”, etc. – acho que estão onde deveriam estar, escondidos, afinal, servem prá que? Perdão, não resisti. É um absurdo mesmo, e pior ainda com esta informação de que a área antiga esta desocupada!

    • Juli boschetti np disse:

      Tem que ser muito cego pra nao ver que o projeto do aecio derrotado pelo povo agora está no poder = golpe. Sem crime da Dilma=golpe. E o golpe é em todo povo, exceto milionarios e imprensa que ganharam uma bolada milionaria do temer golpista

  3. joel lima disse:

    Essa compra da McLaren pelo grupo chinês me lembra uma peça do genial autor russo Tchekov. Chama-se Jardim das Cerejeiras e mostra o momento em que uma casa de campo de uma família aristocrática falida é comprada por um filho cujo pai trabalhou como servo nessa mesma propriedade. E toda a tristeza de ver que a venda da casa será a destruição de um pé de cerejeira centenário – e com ele toda uma série de valores. Bem, quem não leu, leia não só essa peça como todas as outras de Tchekov.

  4. Fabiano disse:

    Bom dia. Sinceramente, acho que Nasr esta fora e Interlagos tambem!

  5. Sentez Alonso disse:

    Faz muito bem o Banco do Brasil não investir mais nenhum centavo na F1. Assim como fez muito mal em ter investido em anos anteriores. Aonde já se viu jogar milhões de dinheiros público fora para alguém brincar de andar de F1?

    Não é à toa que o ex (fugitivo) diretor de marketing do Banco do Brasil é hoje o presidiário Henrique Pizzolato.

    O BB tem que cobrir o rombo em seu fundo de pensão antes. E em seu plano de saúde CASSI também, que está devendo a Deus e ao mundo e aos filhos do Raimundo, deixando seus usuários sem assistência médica.

    Basta ver a grande diferença: quem investe no Perez e/ou Gutierrez é o Carlos Slim e suas empresas privadas. Tanta empresa boa aqui no Brasil disposta a doar dinheiro, como Odebrecht, OAS, Andrade Gutierrez, UTC, o cara vai pedir ao BB? Pede ao Bumlai.

    E faz muio bem a prefeitura de São Paulo em não gastar mais milhões de dinheiros público para uma meia dúzia de riquinho queimar gasolina em Interlagos durante o ano todo, com a desculpa que no final do ano tem F1. Que ainda dá prejuízo de R$ 100 milhões.

    Esporte a motor é esporte de rico. Só gente rica torra dinheiro com carro e queima combustível e pneu à toa. Alguém já viu algum pobre correr (de carro)?

    Ou se é rico ou sequer se consegue comprar o ingresso mais barato para entrar no autódromo hoje. Os coxinhas que se virem para fazer uma pista particular. Não precisa ser autódromo, não precisa nem ter arquibancada. Ninguém vê esses “campeonatos” de fim de semana nacional mesmo.

    A prioridade de qualquer governo deveria ser sempre saúde e educação. E se sobrasse dinheiro, investir em algo que qualquer pessoa pudesse usufruir de graça. Como correr (a pé) no Ibirapuera.

    E o Alonso?

    Melhor esperar sentado…

  6. Daian Dienstbach disse:

    FG, vc julga a imprensa esportiva brasileira de ufanismo aos brasileiros na F1, mas quando fala “governo golpista” faz o mesmo com relação aos governos de esquerda e o PT.
    Por acaso vc prefere este partido cheio de corruptos que quebrou o Brasil?
    Por quê não passa a ser apenas um jornalista imparcial? Se quiser ser um analista político, crie um blog sobre tal.

  7. ags disse:

    Quem sabe,,,se o noyadonars vá aprender chines,,,lá em Taguatinga,,enquanto vai ajudar o tyu malanars a vender carros usados..e com o dominio da lingua Mandarin..ou ele pode ser pilot de test ou monta o chinisse rest em Bsb.

  8. Renato de Mello Machado disse:

    Eu acho quê nessa história, Magnussen se deu bem. Vejam não estou dizendo quê ele é bom ou merece,mas a Renault essa equipe não passa confiança e a Haas quis o cara,isso é bom.

  9. Paulo Leite disse:

    Ainda sobre o governo golpista, Bernie posando em foto com o Traíra foi o fim da picada. Ugh!

  10. Cláudio F1 disse:

    “Não tenho acesso às contas do evento, mas rombos milionários não costumam deixar pedra sobre pedra”. Perfeita colocação, Gomes, se isso aqui fosse o Facebook, o Emerson Fittipaldi daria um “joinha” em seu comentário!

  11. Neto disse:

    Sobre o Ron Denis, a notícia que li é que ele que queria puxar o tapete dos outros sócios. Tentou um grupo chinês e dps procurou mais um. Procede ??http://m.bbc.com/sport/formula1/37957967

  12. Ricardo Barbosa disse:

    Sobre a situação Nasr e a permanência do GP do Brasil: diante dos fatos expostos, não é uma “schadenfreude” da minha parte, mas acho que é melhor tudo ir para o saco de uma vez. Explicando: se a situação do patrocínio do BB estivesse favorável – digamos que estivesse jorrando dinheiro, seja de patrocínio privado ou público, e independente de A ou B administrando isso – ele merece todo este dinheiro? Como foi dito por muitos por aqui, talvez seja muito dinheiro para pouco resultado. Tem o lado do Felipe também, que pode ter se pendurado no patrocínio e não abriu portas. E sobre o GP do Brasil, é melhor parar enquanto o prejuízo ainda está em “apenas” R$100 milhões, devido ao péssimo hábito – se é que não virou um mantra – dos empresarios brasileiros, que é estatizar os prejuízos via BNDES, ou simplesmente liga o foda-se, empurrando o negócio e não paga ninguém, justificando que gera uma cadeia de empregos, e fica esperando um REFIS no médio ou longo prazo.

    Sobre Ron Dennis/McLaren: pelo que entendi, querem vender a equipe apenas pelo prazer de chutá-lo. Somando isto a outras histórias do passado, esse cara deve ser um filho da puta ao cubo no trato/convivência…

  13. FontesL disse:

    É um Lada Laika na foto?

  14. Richard piva disse:

    Só um abobado não viu que foi um golpe! Temer golpista ladrão vagabundo. E quem apoia essa quadrilha entreguista é burro ou mau caráter.. E se nâo for milionário vai se dar mal com a volta da direita ao poder, via GOLPE!!! Concorda FG?

  15. Thiago Leal disse:

    Sem brasileiro no grid e sem GP no calendário, Fórmula 1, ano que vem, só no cabo.

  16. (Foto escolhida a esmo) “Para ele lembrar dos bons tempos em que uma garagem bastava”…o Lada (Fiat ?) bem no centro da imagem é mera coincidência, não ?

  17. (Foto escolhida a esmo) “Para ele lembrar dos bons tempos em que uma garagem bastava”..o Lada (Fiat ?) na foto é mera coincidência, não ?

  18. Roberto Borges disse:

    Se a Haas contratou o Magnussen por mais de uma temporada, os caras estão loucos.
    O Guti-guti já vai tarde, ou será que não?
    Felipe II está colhendo o que plantou, ou seja, muito pouco. O governo (o partido e cia.) sacana (prefiro a golpista!) com os cortes que está fazendo… duvido que o BB renove algo. Banco é banco, estatal ou não. Os caras estão em Interlagos porque ainda são os patrocinadores da bagaça.
    Gozado, toda vez que se fala em GP do Brasil, a prefeitura e cia falam em rios de grana que chegam com o turismo, negócios, etc. Que prejú é esse que estão anunciando?
    Se dá prejuízo, que porcaria de reforma é essa, megalômana, se a F1 não vai ficar?
    Mais valeria gastar uma parte reabilitando um pedaço da pista antiga, aí iria ficar bacana.

  19. Leonardo Barbosa Koerich disse:

    Eu tenho torcido muito para a Haas. Mas tinha que ser o Magnussen???

  20. Kate disse:

    Olá Flavio boa tarde! Eu sinto tanto por todos os jornalistas no GP Brasil, te ouço desde que você e o Fabio Seixas trabalhavam nas transmissões da BAND, era tão bom com os dois nos autódromos comentando de forma tão irreverente toda a vida do paddock…. quantas saudades! Posso sentir a sua decepção…. Uma vez você disse em um dos seus maravilhosos textos que nós da geração de 64 não temos muita paciência com certas coisas da política do nosso país e as bobagens sucessivas que nos são impostas…. é meu querido, parece que estamos vivendo um monte de “nada”. Ice Kiss. Go Kimi.

  21. João VItor disse:

    O governo golpista.

    Sério? Coisa mais chata.

    • Flavio Gomes disse:

      Sim, sério. Não gosta? Posso indicar links.

      • Glauson disse:

        Você insiste em falar de política, meu. Vc como comentarista político é um ótimo jornalista esportivo.

      • Flavio Gomes disse:

        Nossa, que frase original. Quanto tempo você levou para elaborá-la?

      • Thiago Leal disse:

        Indica aí que fiquei curioso agora!!

      • Charles disse:

        Amigo João Vitor, o Flávio tem razão, como não dizer que foi uma armação/golpe para derrubar uma presidente democraticamente eleita? foram no vice e disseram: quer entrar no nosso jogo? você ganha um cockpit de presidente. Óbvio que foi golpe, o motivo alegado para a impugnação dela foi praticado por todos os presidentes anteriores até o Juscelino, porque só ela foi removida? (Não vou nem falar do Collor que é um capítulo à parte). E o engraçado é que os que se fazem de cegos, fingem que não estamos vivendo a maior estabilidade econômica da história, que nem FHC privatista conseguir fazer, e se vir falar de crise/desemprego, vai lá nos EUA fazer uma pesquisa para ver como estão as coisas por lá a nível de emprego (por que acha que chutaram o balde e votaram no Trump?), a crise é mundial amigo… Em toda a minha vida já mais vi um momento em que “todos” andam de carro (seja novo ou velho), em que “todos” fazem sua faculdade (antes só um cara por rua tinha isso), e agora os apoiadores do golpe esquecem que de 2003 para trás nosso país era uma Argentina da vida, um Camarões, uma Ruanda ou um Malawi da vida, toda essa estabilidade de agora foi esse partido expulso do poder que conseguiu. Golpe. Golpe. Golpe. Golpe parlamentar amigo, chame um cientista político que ele vai te explicar formalmente o que aconteceu.

      • Jorge disse:

        Fala Flávio, qual sua opinião em relação ao patrocínio do BB para o Nasr? Faz sentido o investimento do banco na F1 ou não?
        Abraço.

      • Flavio Gomes disse:

        Acho que bancos e estatais que concorrem no mercado com outras empresas podem patrocinar o que acharem melhor. Itaú, Bradesco e Santander também gastam dinheiro em publicidade. Aí vai da política de cada companhia. Mas nesse caso particular, não sei se vale a pena pelo fato de andar muito atrás. Não sei os valores, também. Isso deve ser perguntado ao BB, e quem deve contestar são seus acionistas.

    • Juli boschetti np disse:

      É golpe sim!! E golpe contra o povo. Menos pros donos de tv e jornais que ganharam milhões como retribuiçao ao golpe. Como um país vai melhorar sem investir por 20 anos na educaçao, saude estradas cultura segurança?? Jegue leitor da Veja

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>