MENU

quarta-feira, 2 de novembro de 2016 - 19:02Rali

VAI-SE A VW

vaiseavw

SÃO PAULO (que coisa) – A Volkswagen seguiu a Audi e anunciou que vai sair do Mundial de Rali no fim do ano. A exemplo dos quatrargólicos, que resolveram abandonar o WEC sem avisar, a empresa-mãe surpreendeu todo mundo com a decisão intempestiva. Isso depois de conquistar os últimos quatro títulos de pilotos, com Sébastien Ogier, e de equipes. Incrível que o Polo R WRC de 2017 estava pronto. Vai virar peça de museu.

A decisão vai na esteira do “Dieselgate“, o rumoroso caso de fraude nos testes de emissão de poluentes que pegou a VW no pulo — e rendeu multas que chegam à casa dos bilhões de dólares na Europa e nos EUA. Foi uma vergonha, claro, mas não explica tudo. Na real — bom, pelo menos é o que penso –, o grupo inteiro está mesmo é preocupado em concentrar recursos no desenvolvimento de carros elétricos. Para a VW — e receio que para muitas montadoras, em um efeito cascata que vai ser notado em breve –, talvez não faça mais sentido investir em competições com automóveis movidos a combustíveis fósseis.

Verdade que no caso do WRC teremos novidade no ano que vem, com o retorno da Toyota como equipe de fábrica. A Citroën também voltará a ter um time oficial. A Hyundai continua e a Ford segue tendo apenas equipes clientes.

A pergunta é: até quando?

11 comentários

  1. Alex disse:

    Para mim a VW é o retrato da decepção automobilística dos últimos anos. E nem falo dos escândalos de poluição, É no automobilismo. Não dá para entender uma das maiores empresas de automóveis do mundo praticamente não investir em corridas. Já era pouco eles só correrem de rali, e agora nem isso.

  2. Ulisses disse:

    É, o mundo, que já está chato, vai ficar ainda mais chato!

  3. Daniel Alferes disse:

    E agora foi-se a Lada…

  4. Moy disse:

    Polo Hatch. O melhor carro do mundo!

  5. Gus disse:

    Mais uma péssima notícia! E o WRC 2017 será mais iracundo do que nunca (ao menos pós Groupe B)…potência e visual potencializados.
    O WRC ficou mais pobre nesse momento…

  6. Murio Cico disse:

    só um detalhe: o governo da baixa saxônia tem participação significativa no capital da empresa (cerca de 20% das ações e poder de veto em decisões estratégicas). Ao mesmo tempo, o governo alemão colocou como objetivo extinguir a fabricação de carros movidos a combustíveis fósseis até 2030. Ou seja, para o pensamento estratégico alemão, carro a gasolina já é coisa do passado. Gastar dinheiro nisso pra que?

  7. Diego - Floripa/SC disse:

    Estou achando que o grupo VW vai se arriscar na F1, que além da F-E é uma das categorias que busca alternativas para energia..

  8. ba disse:

    Isso explica a ida do Capito pra McLaren…

  9. Jr Moreto disse:

    Triste mas é a realidade.

    Acredito que a nossa geração será o “elo perdido” do automobilismo.

    • Eddy Bruno disse:

      Sim, no futuro aqueles que vierem depois de nós e não se lembrarem mais quem fomos, dirão:

      “Eles corriam com combustível fóssil? HAHAHAHAHA, meu Deus, eles eram uns Neandertais mesmo, o mundo vivia na idade das trevas, ainda bem que evoluímos!”

      Trágico.

  10. Paulo F. disse:

    O Dieselgate é outra p%$a história mal contada. Todo mundo frauda (ou fraudava) a inspeção, MB, BMW, FIAT e etc.
    Ou não lembram do escândalo do Mille “inteligente” que reconhecia quando colocado na inspeção? Há mais de dez anos!
    A VW deu o que quem anda de ônibus conhece bem : chama-se “freada de arrumação” !
    A Ford já fez isso nos anos 80 quando tirou o oval azul das tampas de válvulas do V8 mais vencedor da F1 , o Cosworth !
    Business as usual! Ou se preferirem em alemão: wie gehabt, wie üblich, Zustand wie immer, normale Geschäfte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>