MENU

quinta-feira, 6 de abril de 2017 - 19:24Ladaland

NIVA, 40

SÃO PAULO (deu tudo certo) – Gente, o Niva fez 40 anos ontem e acabei deixando passar a data. Faz mal, não. Acendamos as velinhas para este carro espetacular, e prometo que vou lá embaixo agora dar um abraço no meu.

3 comentários

  1. rafaelle disse:

    não é só porque gosto do skateboard, mas eu quero acreditar que isso foi de verdade
    Lada Niva Jump Commercial , no youtube. Isso que é comercial de carro.
    Vivendo e aprendendo, eu achava que os Lada’s eram 100% russos.
    http://www.nivaclassic.com/news/
    Fiat 124 tc
    http://autoweek.com/article/car-life/ride-1974-fiat-124-tc-station-wagon
    O carrinho que tem historia.
    https://en.wikipedia.org/wiki/LADA_4x4

  2. Flavio Bragatto disse:

    Meu pai teve um Pantanal 4×4, acho que era 91. Ele tirou zero km na concessionária Kindai (antiga Valverde), na Av. Barão de Itapura, esquina com a Delfino Cintra.

    Eu tinha uns 14 anos… foi minhas primeiras aceleradas num carro legal… bem, legal pra mim.

    Foi o carro mais desgraçado que meu pai teve! E era 0km!

    Lembro que meu pai não ficou um ano com ele e se livrou, mas não que o Niva seja um carro ruim. Ele só tinha um aspecto de anos 70/80 num carro 90, mas daí, os populares são assim até hoje. O grande problema é que aquele carro veio com uma catiça braba (como se escreve macumba em russo?).
    No primeiro mês, um defeito no cardã e se foram 2 meses de molho na oficina. Depois um diodo do alternador. Depois a repimboca de la parafuzetta…
    Enfim… salvas as idas de Sumaré à Campinas para o trabalho e escola, só viajamos uma vez só que ele não quebrou, e era asfalto do começo ao fim.

    Depois eu acho que meu pai perdeu o tesão naquele Chevette, que ele vendeu.
    Mas sempre que eu encontro um Niva e tenho chance de conversar com o dono, sempre falam bem. É certo que meu pai se fudeu com o dele. Fazer o quê?

    Eu e meu irmão lembramos bem do ar quente do Niva. Meu pai tinha ido buscar a gente no Centro e a Fco Glicério estava toda parada. Meu irmão estava no banco da frente e eu no de trás. Estava frio, chovendo muito e os vidros embaçaram. Meu pai abriu o ar quente por uns 5 segundos e o interior do carro esquentou tanto por dentro, que ele fechou na hora. Quando olharam pra trás, eu estava sem camisa, suando bicas e me abanando. Caralho! Aquele ar quente, é quente mesmo!

  3. Rovilson disse:

    Viva! Meu Niva ganhou um rádio bylina de presente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>