ATÉ CACHORRINHA NO “PADDOCK”! | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 28 de junho de 2017 - 1:33Grande Prêmio

ATÉ CACHORRINHA NO “PADDOCK”!

O “Paddock GP” é muito roots! O programa desta terça recebeu o sempre espetacular Sergio Jimenez, o incrível Américo Teixeira Jr. e… uma cachorrinha que ficou dormindo no sofá! A linda Amanda, estamos apaixonados. Como dizem nos portais, entenda.

3 comentários

  1. Anselmo Coyote disse:

    As opiniões dos comentaristas neste programa fazem pensar que o rabo deve balançar o cachorro. É inacreditável como essas pessoas propõem o cumprimento severo das regras ao mesmo tempo em que batem no peito e dizem: eu puniria o Hamilton etc etc etc. Outros falam em “bom mocismo”, em formação do caráter, em moldar o cidadão defendendo igualmente o descumprimento de regras e a punição a quem não infringiu regra alguma. E como distorcem a coisa (ou não percebem mesmo) influenciando as pessoas a acreditarem no errado. Um deles, para justificar uma punição injusta ao Hamilton chegou a por em dúvida a conclusão da FIA de que o Hamilton não freou, como se ela não tivesse analisado a telemetria. Quanta contradição!!!

    1. Nenhum dos comentaristas foi capaz (e nunca será) de dizer qual regra o Hamilton descumpriu, mas sustentam a punição embasada no “eu acho”.

    2. Hamilton não descumpriu regra alguma e isso já ficou muito claro.

    3. Como é possível defender com unhas e dentes a esportividade e propor a coisa mais desprezível e antidesportiva do que punir quem não infringiu uma regra. Como podem defender regras e querer que os comissários infrinjam a única e mais importante regra que os norteia que que é a de aplicar o regulamento?

    O que é isso? Que absurdo! Eu não entendo nada de jornalismo, mas acho o máximo quando um jornalista diz qual é o esportista ou equipe de sua preferência e mesmo assim nos permite ver o seu esforço e profissionalismo em não permitir que essa preferência interfira em seu julgamento. Assim com as cartas na mesa as coisas ficam muito mais fáceis, a gente releva e até perdoa os pequenos deslizes do jornalista. Vcs não percebem o quanto estão palpáveis suas preferências por um dos pilotos? Não é possível que não percebam!!!! Um cometeu uma atitude ridícula e é tratado como um menininho travesso. O outro não fez absolutamente nada errado sob o ponto de vista regulamentar e é tratado como um pária que induziu o outro, agora italianinho sangue quente, a uma travessura. Putz.

    Eu estou achando que o Vettel é filiado a um determinado partido brasileiro que torna as pessoas imunes a qualquer coisa.

    Quanta bobagem atribuir a atitude do piloto da Ferrari a nervosismo, sangue quente etc. É óbvio que não tem nada disso. A atitude dele foi simplesmente deliberada, pensada e executada a sangue frio. Simples demais. Ele tentou ficar perto para não permitir ao Hamilton tirar vantagem com o mesmo procedimento na mesma curva na volta anterior. Só que não conseguiu o seu intento sem bater no Hamilton (até aqui tudo bem, coisa de corrida). Ao perceber que seu carro foi danificado (e que o do Hamilton permaneceu inteiro), o que o levaria ao box para reparar o defeito, ele simplesmente pôs de lado e tentou quebrar o carro do Hamilton para diminuir a própria perda. Nada mais deliberado e pensado do que isso.

    A intenção do programa é muito boa.

    Abs.

  2. Ricardo Zeólito disse:

    FG, o André Jung já participou? E o Ivan Capelli?
    Os programas são muito bons.. agora me interesso por outras categorias além da F1.
    Parabéns!

  3. Roberto disse:

    Caro FG e o pessoal do Paddock,
    É demais achar que o comandante Amilton deveria ter sido punido. Vocês são tão observadores que esqueceram de verificar uma imagem.
    Na primeira relargada com safety car, quase Hamilton passa o ultrapassa na reta antes dele entrar.
    Acho que isso foi comentado na transmissão inglesa e na da “TV brasileira”
    Na segunda relargada, o Hamilton aumentou a distancia para o safety car. Ou seja, teve que diminuir mais o ritmo. Para não correr o risco de ultrapassar o safety car antes dele entrar.
    Acho que vocês exageraram com o Hamilton, mas tudo ok. A minha opinião é diferente.
    Ótimo programa.
    Parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>