MENU

quinta-feira, 15 de junho de 2017 - 17:41Automobilismo internacional

MITO VOADOR

RIO (jornada dupla) – Se vocês não viram ainda, vejam a volta que deu a Kamui Kobayashi o recorde histórico de Le Mans num dos treinos classificatórios para as 24 Horas, hoje à tarde. Ele fechou o giro em 3min14s791, batendo no cronômetro pela primeira vez desde 1985 abaixo de 3min15s — quando ainda não havia chicanes na Mulsanne. O vídeo do nosso mítico nipônico é de arrepiar.

A Toyota é favorita à vitória no fim de semana, pelo que já fez nas corridas deste ano do WEC e por aquilo que está mostrando nos treinos. E não tem Audi para atrapalhar. Só a Porsche pode arranhar esse favoritismo, mas a obsessão dos japoneses é enorme, especialmente depois da tragédia do ano passado nos últimos minutos da corrida — a quebra mais triste da história do automobilismo mundial. Acho que deste ano não passa. E se Kobayashi estiver entre os vencedores, o ano estará ganho para o país, depois da vitória de Takuma Sato em Indianápolis.

Falando em Le Mans, não deixem de ler o excepcional material que nosso Fernando Silva preparou no GRANDE PREMIUM sobre a presença recorde de brasileiros na corrida. Serão oito em várias categorias — e seriam nove se Lucas di Grassi não tivesse machucado o tornozelo jogando bola. Alguns com chances de levantar a taça nas suas séries — casos claros de Pipo Derani e Tony Kanaan com a Ford na GT.

kobamitopole

25 comentários

  1. Francisco disse:

    Com a performance da Toyota, a frase do Wurz continua valendo.

    “Não é você quem vence Le Mans. Le Mans escolhe o vencedor”

  2. Wolfpack disse:

    Eu me divirto, não é que na metade da prova a engenharia germânica esmagou mais uma vez os métodos toyota de desenvolvimento. Quando são chamados a competir em alto nível nenhum método toyota dá certo, porque? Perginte aos deslumbrados de RH e Qualidade que vendem livros e fazem palestras aos montes nas garndes empresas desavisadas e iludidas com mágicas, muitas delas criadas por norte americanos que fabricam livros e fazem disso sua profissão. Quem sabe faz e mostra na pista. Não é um Corolla que vai bater o mítico Porsche. Correram com três carros contra dois Porsches e já na metade da prova abriram o bico com dois carros. Brincadeira. Junte as tralhas com a Honda e dêem o fora para não passarem mais vergonha.

  3. Alfredinho disse:

    Não se ganha nenhuma prova em uma volta. E 24 horas de prova é muito tempo para o japonês não errar. Koba não sairá ileso dessa.

  4. Anselmo Coyote disse:

    Esse sim, deu pena dele e de nós, quando foi esmagado pelo business que dá o tom de quem deve ficar na F1. Definitivamente ele não foi um fiasco. Que faça por onde e mereça vencer em Le Mans. E de preferência que vença.
    Abs.

  5. Antonio Vidal disse:

    Treino é treino….corridas são corridas, mas Le Mans é o Olimpo.
    Toyota favorita….Toyota merecedora de uma vitória em Sarthe.
    Por maior que seja a superioridade da “armada nipônica”, a PORSCHE estará lá….
    Parabéns FOX SPORTS pela sensacional iniciativa de nos trazer “O MAIS LONGO DOS DIAS”….

  6. sergio santoro disse:

    aguardando moderação ?
    devo ser torcedor alienado das cafajestices do conhecido internacionalmente por “taxi driver” ?

  7. sergio santoro disse:

    Prezado Flavio Gomes
    Desnecessario elogiar sua conhecida capacidade profissional.Na impossibilidade de comentar e contestar reportagem do Grande Premio que trata da entrevista do Patty Low sobre Hamilton e Senna recorro ao seu blog para que o Sr.quem conheci pessoalmente em seu escritorio em SP e em encontros e até jantares em Zeltweg,Malasia,Jerez ,etc para que honestamente e sem nacionalismos idiotas e eternos e enjoativos tipo Galvão Bueno e Sr,.faça um esclarecimento dessa reportagem.O Placar publicou a mesma coisa mas alguem esta exagerando ou mentindo. Patty Low disse que os 2 são e ou foram no caso Senna lutadores,mas que o Hamilton é um cavalheiro e o Senna “dava vergonha para a equipe e todos por seu cafajestimo na pista “,trexo omitido pelo Grande Premio.Alias cafajestimo condecorado pelo Presidente da República,aplaudido pelos brasileiros torcedores e ignorado em verso e proza toda hora pelo Galvão a 23 anos.Um horror.
    Afinal quem publicou certo; O Placar ou o Grande Premio ?
    Daria para o Sr.esclarecer isso por escrito no Grande Premio ?
    E arrume um jeito de quem entende ou pensa que ,poder participar das suas noticias no Grande Premio.
    Saudações e obrigado

    • Flavio Gomes disse:

      Não tenho a menor ideia sobre o que você está falando num post sobre Kobayashi.

      • sergio santoro disse:

        Porque no artigo publicado não tem lugar para fazer esse comentario.Mas acho valido em qq lugar e peço para colocar no local certo,a bem da verdade.Abraços

      • Flavio Gomes disse:

        Se não tem espaço para comentários nas reportagens do Grande Prêmio, é porque não nos interessamos por bate-boca de leitor. Não sei de qual matéria você está falando. Mas aqui não é o lugar para comentar algo que fuja do assunto específico dos posts.

  8. RICARDO disse:

    Arrepia é perceber cerca com estacas de concreto, postes com transformadores elétricos o arvoredo em volta da pista. Pegando chuva e, no período noturno, é meio intimidante: se errar……

  9. Alexandre Fortes disse:

    É impressão minha ou haviam trilhos embaixo do carro?
    Tem que ver isso daí…

  10. Vou torcer para Ford GT vençam e que os Corollas quebrarem. Não gosto de Toyota.

  11. moisesimoes disse:

    - Nosso Koba Mito é piloto de graduação platina. Sensacional a volta. Sem mais.

  12. Pedro Diniz disse:

    Tem brasileiro nas poles da GTE-Pro e GTE-Am: o time do Daniel Serra com o Aston #97 na Pro e o Corvette #50 na Am, em que o Fernando Rees cravou uma volta espetacular

  13. Ricardo Neves disse:

    Senhores….vocês viram o vídeo onboard dessa volta? Meu deus…que pilotagem. Volta limpa, curvas contornadas perfeitamente na maior velocidade possível. não foi à toa que quebrou o recorde. koba é mito. Não sei porque não dão um carro pra esse cara na F1.

  14. Roberto disse:

    -Este ano os japoneses estão com sorte no automobilismo.
    -Recorde de brasileiros em Le Mans, agora só falta uma equipe brasileira.
    -Vocês repararam que esse ano não há nenhum carro aberto, só fechado. Além de recorde de equipes na LMP2, todos os carros são fechados como na LMP1.

  15. nilton disse:

    Também acho que a toyota leva esse ano le mans, ,mas não com koba, ele foi, como se diz na giria, um coelho, o carro dele não deve aguentar até o fim, vai quebrar pelos tempos você vê que tem caroço nesse angú, fizeram um acerto para a pole mas não aguenta a corrida toda, sou mais o buemi, tempo mais perto da realidade.

  16. Wolfpack disse:

    Se a Toyota não ganhar neste ano, deve se juntar as malas com a Honda e dar o fora. Três Toyotas contra dois Porsches. Esta categoria deveria ser extinta, por falta de competidor. A Toyota vai correr sozinha, pois não parece que a Oorsche está levando a sério a competição este ano sem o arquirival Audi.

  17. Artur disse:

    Os japas fizeram uma máquina incrível esse ano. Estou torcendo por eles pra compensar um pouco o fiasco da Honda da F1.

  18. Celio ferreira disse:

    Da-lhe Koba MITO…desta vêz não escapa a taça…e que volta heim , com record
    e tudo… Já os brasileiros torço para o Derani …

    • Robertom disse:

      Corrida longa é uma caixinha de surpresas…

    • Luigi disse:

      Estou com você, quanto ao Derani, um dos poucos bons pilotos brasileiros, que também se mostra bem inteligente,pois não fica insistindo em uma categoria de fórmulas onde não teria um carro a altura de suas qualidades,e se queimando inutilmente.
      Mas voltando ao Kobayashi, fico imaginando o que passa na cabeça do pessoal da Williams, pois teria esse japonês disponível, é opta por um piloto aposentado, que nunca arrisca uma ultrapassagem, que na maioria das corridas chega numa posição anterior a de largada, e que é mais medroso que Salsicha e Scooby Doo juntos e tem um azar de fazer inveja a Hardy a hiena azarada, o outro piloto, da equipe, nem deve ser considerado piloto e sim livro caixa, pois como piloto é inexpressivo..
      Uma equipe que erra tanto nas escolhas , muito provavelmente, caminha para a extinção, igualmente a outras equipes que erraram muito nas suas escolhas e só sobreviveram enquanto seus fundadores eram vivos ainda.
      Na minha opinião, se a Williams não começar a acertar nas suas escolhas urgentemente, poderá perder patrocinadores e deixará de existir em um futuro não muito distante.
      Viva o Kobayashi, que ele possa ganhar em Lê Mans,mesmo eu sendo muito fan da engenharia alemã, mas os alemães já ganharam bastante, pode perder de vez em quando..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>