CARS & COWS (3) | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

domingo, 9 de julho de 2017 - 14:51F-1

CARS & COWS (3)

carcows3RIO (20 graus) - Antes de mais nada, meritíssimo, registre-se nos autos, por justo, que pela primeira vez em mais de 40 anos de narrações de Fórmula 1, mas obviamente considerando o período de 1984 até esta data, o provecto narrador não citou em nenhum momento, nem uma vezinha só, o ex-piloto Ayrton Senna da Silva, que faleceu em 1º de maio de 1994. Considerando o tema relevante, solicitamos que a menção seja feita por escrita.

Agora, esse GP da Áustria. Essa corridinha sem sal.

Depois de um Baku, qualquer coisa perde um pouco a graça, vocês hão de convir.

Foi assim a prova de Spielberg/A1/Zeltweg/Red Bull/Österreichring. Sem sal. Dizíamos ontem, ó fariseus: se Bottas largar bem e não der nenhuma brecha para que o espertinho Vettel se aproveite, leva a corrida (apesar de minha aposta suicida em Raikkonen).

Bom, largar bem seria um eufemismo ao contrário. Sapattos largou muitíssimo bem, tão bem que parecia ter queimado a largada. Sua reação ao apagar das luzes vermelhas, novidade agora informada pela transmissão da TV (dado que sempre esteve disponível, afinal o controle é feito por sensores; podem acreditar que vão dar essa informação direto, agora, para embasar o famoso “fulano larga bem” ou “fulano larga mal”), foi de 0s201. Ou seja, confrades: assim que a última lamparina se foi, o finlandês levou dois décimos de segundo para enfiar o pé no acelerador e soltar a embreagem.

O salto quase instantâneo ajudou, porque Vettel, segundo no grid — responsável por alertar o mundo para a possibilidade de queima de largada ao chiar pelo rádio –, levou 0s369 para executar o mesmo procedimento.

Vocês hão de argumentar que esse mísero décimo de diferença entre a reação de dois pilotos às luzes na largada não pode ser considerado decisivo para o resultado de uma corrida de 71 voltas. Eu hei de concordar, com uma ressalva: ajuda. Ajuda, porque o cara larga melhor, chega à primeira curva com alguma folga, não precisa frear no deus-me-livre, e isso condiciona quase tudo o que vai acontecer a partir dali — especialmente quando se tem um carro muito bom.

Bottas ganhou esse GP da Áustria pela pole e pela largada. E depois, claro, pela condução redondinha e sem erros.

E não aconteceu nada de muito notável atrás dele numa corrida que começou sob a esperança de uma chuva que no fim não veio. O que se passou nos primeiros metros meio que determinou seu resultado final, a saber: Verstappen teve um problema de embreagem, patinou no grid, ficou para trás, alguns desviaram, muitos ganharam posições e nessas Kvyat, que vinha lá de trás, errou o cálculo numa freada e acertou a traseira de Alonso, que rodou e bateu no mesmo Verstappen, que conseguiu sair do lugar e tentava se reposicionar no pelotão.

Milagrosamente só os dois tiveram de abandonar após o sinistro e uma turma que estava largando lá na casa do chapéu se aproveitou — mormente Massa e Stroll, que estavam em 17º e 18º no grid e fecharam a primeira volta em 10º e 11º; o pequeno Lance seguiu o chefe e se deu bem. Hamilton, oitavo no grid, ganhou apenas uma posição na largada, pouco depois passou Pérez e Grosjean e depois travou breve batalha no cronômetro com Raikkonen, de quem acabaria ganhando também a posição.

Bottas controlou a corrida sem grandes problemas. Abriu 4s8 sobre Vettel em 15 voltas e foi cozinhando o galo em fogo brando. Lewis foi o primeiro da turma de ponta a parar, confirmando o que ele mesmo disse: a escolha dos pneus supermacios, diante dos ultramacios dos demais, não faria grande diferença, tanto que trocou antes, na volta 32.

Logo depois vieram Ricciardo, terceiro desde o início, e Vettel. Na 41ª, apenas, Bottas parou. E só na 44ª, depois de perder a liderança momentânea, foi a vez de Raikkonen, que voltou em quinto, atrás de Hamilton. Massa, que tinha largado com macios — os mais duros do lote –, levou o primeiro stint até a volta 48 e também não fez muita diferença. Voltou onde estava.

autd171

As bolhas nos pneus foram o maior motivo de preocupação de todos os pilotos, mas como todos sofreram igual, ninguém perdeu rendimento de forma significativa. É verdade que nas duas últimas voltas os que estavam atrás pressionaram os da frente. Vettel chegou em Bottas, a ponto de receber a bandeirada menos de 1s atrás do finlandês da Mercedes. E Hamilton colou em Ricardão, que segurou a onda sem maiores problemas e terminou em terceiro — seu quinto pódio consecutivo. Raikkonen, Grosjean, Pérez, Ocon, Massa e Stroll fecharam a zona de pontos.

Hamilton foi quem saiu no prejuízo da Áustria. A diferença de pontos dele para o líder do campeonato, Tião Italiano, passou de 14 para 20 — 171 x 151 no placar, agora. Bottas, com sua segunda vitória no ano, foi a 136 e está 15 atrás de seu companheiro de equipe. Quietinho, quietinho, vai chegando. Mas ninguém deve se iludir demais com a perspectiva de uma briga com o inglês na tabela. Ele é bom, mas não terá tantas chances assim de fazer uma corrida tão tranquila como esta — em que Comandante Amilton amargou a perda de cinco posições no grid, comprometendo seu resultado final.

Resumindo, não foi uma corrida daquelas para entrar na história, da qual nos lembraremos pela eternidade. Talvez Valtteri guarde este domingo no coração, sim. Afinal, está começando a sentir o gostinho da vitória e tal. Mas mesmo ele, daqui a alguns anos, é capaz de se recordar do dia 9 de julho apenas como aquele em que venceu seu segundo GP. E nada mais.

autd177

113 comentários

  1. Anônimo Analista disse:

    Impagável a cara de “peidei e não gostei” do Hamilton kkkkkk

  2. Anselmo Coyote disse:

    Eu já perdi a paciência com Raikkonen por ele aceitar tão passivamente as palhaçadas da Ferrari. Mas critico a Ferrari por intererir na disputa.
    Por que um burocrata (não piloto, entenda-se) da Ferrari, cheio de poder, aliás com o poder supremo não dispensa o piloto em vez de ficar denegrindo a sua imagem? Contratar e distratar é atividade normal de homens de negócio, mas ficar de conversinha “fritando” um contratado eu receio que não.
    A Ferrari insiste em ter um piloto trabalhando para o outro e depois quer que ambos sejam produtivos. Ora, se quisesse que o Raikkonen correndo não o sabotaria diuturnamente.
    Por exemplo, nesta corrida o piloto ficou 45 voltas com um jogo de pneus e deu 12 voltas quase 1s mais lento por volta antes de trocar e ele terminou a corrida com borracha para mais 20 voltas. É ou não é palhaçada? É. Logo que trocou os pneus dele ele bateu o record da pista, virando quase dois segundos mais rápido. Quanto ele perdeu em 12 voltas lentas? E a que distância ele terminou do Hamilton e do Ricciardo?
    Tô de saco cheio.

    Abs.

    • Mônica disse:

      O meu gatão é um pilotaço e ele já disse que quer continuar ano que vem. Por isso ele está aceitando tudo o que fazem com ele na equipe e eu mesma discordo dessa humilhação. Mas se é para ver o meu lindo ano que vem, tubo bem.

  3. Mauro disse:

    Choronso na Ferrari só quando o sargento Garcia prender o Zorro. Sai fora xarope vai correr na stock junto com o ruinzinho.

  4. fredy disse:

    O que mais me chamou atenção durante a prova foi a passividade com a qual Raikonen está aceitando fazer o trabalho sujo para Vettel. O cara teve a prova sacrificada por um plano malévolo orquestrado para segurar Bottas e permitir a aproximação do Alemão que vinha em segundo. Como essa equipe ferrari é suja cara. Muito melhor teria sido dar condições para que Raikonen brigasse como hamilton pela quarta posição. Desta vez a má-fé dos italianos não foi premiada.

    • Anselmo Coyote disse:

      Falei exatamente isso no meu comentário.
      E vem o palhaço do Marcchione querer produtividade. Ora, a McLaren queria o Raikkonen correndo, ele correu. E correu muito, foi vice do Schumacher duas vezes. Não ganhou porque a McLaren quebrava mais do que tudo.
      A própria Ferrari quis que ele corresse e ele foi campeão de cara.
      Na Lotus ela quis que ele corresse ele correu como ninguém, inclusive ganhou corridas.
      Agora, a Ferrari com um bom carro não deixa o cara correr e ainda vem o palhaço do Marcchione etc etc.
      Tomara que a Mercedes ganhe tudo e que a Red Bull tire umas lascas na Ferrari tbm.
      Abs.

      • Mônica disse:

        Não tem trabalho sujo. O meu gatão jamais aceitaria esse tipo de coisa! Ele foi campeão há dez anos e sabe que está em fim de carreira. E no seu retorno ainda venceu com uma Lotus que ninguém acreditava.

  5. Pangaré 14 disse:

    O Kvyat trocou de presa. Trocou Vettel por Alonso. Coitado do espanhol, é mais um russo no caminho.

  6. ALEX DOS SANTOS disse:

    Por falar no Bottas…

    Teste “Bottas” de reflexo:

    http://f1-start.glitch.me/

    Vamos ver que faz abaixo dos 0.2

  7. Simão disse:

    FG o Bottas vai jantar essa turma toda aí… escreve!!!

  8. Garlet disse:

    Engraçado o ALONSO ainda acha que é a ultima bolacha no pacote, mas ninguém quer ele hehehehe. Isso é um tapa na cara principalmente naquele torcedor ainda preso ao passado, do pilot herói, o fodão. Isso já não existe. Piloto bom é aquele que sabe trabalhar com a equipe. O SCHUMACHER foi o grande responsável por essa reviravolta, pegou uma Ferrari em pedaços e ganhou quase tudo. É isso que a FErrari buscou com VEttel e acertadamente pois ele sempre tinha o capacete com todos os mecanicos estampados na RED BUL, o cara sempre valorizou o trabalho da equipe. Eu acredito que essa antipatia toda com o Vettel, por parte do brasileiro, se deve a nossa falta de cultura, e individualismo. Muito diferente do pensamento europeu atual.

  9. Marcelo Ventura disse:

    hahahahaha. Excelente o primeiro parágrafo.
    É uma corrida para se guardar na história da TV brasileira.

  10. CHAGAS disse:

    Alguns pontos:
    1) Massa no final da corrida fez pressão atrás de Ocon, estava mais veloz, com pneus novos e pouco combustível, na classificação o carro não funcionou. Estranho.
    2) Palmer qua esta fazendo hora extra na F1, terminou a frente de Hulkemberg pela primeira vez.
    3) Kvyat poderia se juntar a Palmer e a Ericsson no ano que vem, correndo turismo ou alguma outra coisa menos difícil para eles. Ericsson e Palmer não são pilotos de F1 e Kvyat desaprendeu a pilotar.
    4) Bottas é frio, é rápido nas classificações, e é forte em ritmo de corrida, dificilmente erra (dificilmente mesmo). Ano que vem vai lutar pelo título.
    5) Sei não se Kimi fica até o fim do ano, e digo isso pensando em ele rescindir o contrato antes de ser mandado embora.
    6) Verstapen tem tudo para ser campeão do mundo. Mas não faz mal nenhum dar uma “benzedinha”.
    7) Sobre a transmissão da Globo, a globo só tem que pedir para o Galvão narrar e mais nada. Informações técnicas deixe para o Burti, histórias da F1 deixe para o Reginaldo, se for preciso comentar em algum momento da corrida, Burti e Reginaldo tiram de letra.

  11. Felipe disse:

    O pior é que o Bottas realmente queimou a largada e a FIA fez questão de inventar que não. Tirem a conclusão com os próprios olhos: http://imgur.com/Af9AoBo

  12. Andre Decourt disse:

    Galvão se esquecendo do maior piloto brasileiro interplanetário de todas as galáxias ??????? Deve estar ficando gagá !

  13. Brabham-5 disse:

    E que ano azarado vai levando o Verstappen hein?

  14. Brabham-5 disse:

    Se na próxima ou na outra corrida, o carro do Hamilton quebrar ou o inglês tiver um azar de não marcar pontos, e o Bottas vence ou chega as duas no pódio, quero ver como vai ficar a cabeça do Hamilton e a “paz” da Mercedes.
    Bottas é mais piloto que Rosberg…
    Mais uma vez, um piloto da equipe rival faz melhor o papel de segundo piloto para o colega de equipe de Kimi Raikkonen.
    Quem deveria ontem não dar sossego para o Hamilton era o Raikkonen. Quem começa a incomodar Hamilton (além de Vettel, claro) é a competência e a regularidade do Bottas.

  15. Fernando disse:

    Sempre achei o Bottas um otimo piloto, deu pau no Massacom toda a educação, vem mostrando que é bem mais frio e equilibrado que o Lewis, poderia sim estar liderando o campeonato se a equipe tivesse liberado ele pra correr de igual pra igual desde o começo. Mas a Mercedes nao fez isso antes e se não quiser correr o risco de perder o campeonato pro Vettel, não deve fazer agora. Ou, que mude de lado e passe a priorizar o Bottas mas aí Lewis vai dar chilique total. Vettel está liderando porque eh bom piloto e também tem um bom carro, a Ferrari chegou na Mercedes em termos de equipamento com certeza. Mas a alemã ainda tem um carro ligeiramente melhor, tanto que Vettel nem ameaçou Bottas ontem.

  16. Guilherme Zahn disse:

    Flávio,

    no quesito “transmissão”, uma coisa tem incomodado muito: a perceptível birra do Galvão com o Vestappinho. Ontem ele foi abalroado sem culpa (após uma falha na embreagem, como fiquei sabendo hoje); nas últimas 7 corridas sofreu 5 DNF por problemas técnicos alheios a sua vontade… e o Galvão insiste em dizer que “craque a gente conhece quando começa a disputar campeonato”… Triste, porque esse povinho daqui que engole qualquer coisa vomitada na telinha vai acabar comprando a ideia… :-/

  17. Fernando disse:

    A FIA determinou uma margem de tolerância de 10ms para jumpstarts. Bottas deixou seu carro “escorregar” menos do que isso antes das luzes se apagarem, portanto não queimou largada nenhuma (na realidade nota-se que seu pneu dianteiro direito gira 2 ou 3 centímetros antes das luzes se apagarem, o que deve resultar em 2 ou 3 milímetros de “escorregão”).

    O motivo é óbvio: não existe real time em sistemas digitais, todo procedimento de largada – e os próprios sensores da pista e do carro – sofre o delay natural causado pelo processamento de todas estas informações, o que torna impossível saber qual é o momento “exato” da largada, lembrem-se, falamos de menos de 10ms. Não é tão complicado assim.

  18. A corrida estava definida desde a primeira volta sofrendo muito pouca alteração. e o Bottas vai confirmando com sua segunda vitória que não é um segundo piloto declarado igual o Massacrado e nem chorão como Barrichello. O Bottas está merecendo lutar pelo título, né Toto Wolff?

  19. Pdr Rms disse:

    Vettel e Hamilton mais ou menos se equivalem, mas a Mercedes ta começando a sobrar. Acho que é questao de tempo para o Hamilton começar a se acertar e assumir a liderança.

  20. Rodrigo Aires disse:

    Poxa, não ofendi ninguém em meus comentários, porque não foram aceitos?

  21. Rodrigo Aires disse:

    Vou fazer um 2º comentário para não estender muito em 1 só.
    Kvyado deveria ser largado com as vaquinhas lá e nem ir pra Silverstone, já deu, inclusive a Ferrari podia aproveitar e esquecer o Kimi Canabrava junto…
    Quando não é o Grosjean é o Hulkenberg, impressionante como sempre um desses 2 tem algum problema. Bottas tá na briga pelo título, (é aquela história, se eu fosse rico não seria pobre, se o Vettel quebra em Silverstone e o Bottas vence, a diferença entre os 2 cai para 10 pontos…
    E por último em relação a transmissão, já teve um amigo mais abaixo que deu a dica, mas vale ressaltar: tem a band news fm minha gente, baita transmissão, repor´ter in loco, sério, parece que alguns escutam a globo só para poder reclamar depois, com todo o respeito, mas vão a luta, usem essa maravilha que é a internet, tem opção, e outra, o pós corrida da sky sports é muito bom, ali pelo fim da corrida, já conectem um link e vocês vão ver a entrevista no pódio, entrevistas com os pilotos pós corrida, análises, é muito bom, vale a pena, então é isso, usem a internet, pesquisem, não fiquem reféns apenas de 1 local. Talvez um dia a fox ou a espn passem a transmitir, ou até mesmo fique no sportv, porém até lá, temos que nos virar e deixar no mudo a transmissão.

  22. Rodrigo Aires disse:

    Eu sinceramente achei que foi uma boa corrida. Quando a Mercedes, a Ferrari ou a Red Bull largam lá de trás, é sempre sinal de que será uma corrida em que ficaremos até o fim com a expectativa de que eles vão conseguir chegar ou não ao pódio. A única coisa que me incomoda é essa questão dos pneus. Em uma corrida com 71 voltas, 1 parada é muito ruim, gostaria de pneus que durassem umas 20, 25 voltas, mais paradas durante a corrida, para colocar um pouco mais de emoção e ter toda aquela questão das estratégias de parada aumentadas.
    Uma curiosidade: ano passado em 5 etapas tivemos 3 equipes diferentes no pódio, sendo em 2, 3 motores. Esse ano já foram 4 etapas com 3 equipes diferentes, sendo 3 com 3 motores diferentes, uma evolução daquela chatice de domínio da Mercedes.

  23. Chupez Alonso disse:

    Interessante observar que a distância entre Hamilton “O Preferido” e Bottas “O Preterido” é de 15 pontos, portanto menor que a distância entre Ve44el “O Perseguido” e Hamilton ” O Preferido” que é de 20 pontos.

    Isso tudo levando-se em conta as várias vezes que O Preterido foi obrigado a deixar O Preferido passar nesta temporada. Fosse na pista, aquele já que estaria na frente deste.

    Ou seja, mesmo com todo o protecionismo escancarado da FIA para com O Preferido em detrimento do Perseguido, e da própria Mercedes em detrimento do Preterido, a classificação moral do campeonato mostra:

    1º Perseguido
    2º Preterido
    3º Preferido

    E a Mercedes vai perder o campeonato de pilotos pelo simples fato de preferir e preterir os pilotos errados.

  24. Gabriel P. disse:

    O que acontece para quase todos ignorarem Ricciardo ????
    Já está em 4º no campeonato e a frente de Raikkonen que pilota uma Ferrari.
    Muito se fala no Verstappen, mas até agora tem menos da metade de pontos do Ricciardo 45 X 107 .
    Enfim, se a RBR melhorar um pouco mais, é possivel que entre na briga pelo campeonato no próximo ano (isso se não for p/ Ferrari).
    Mas o melhor de tudo.
    É que Vettel e Hamilton parece que vão brigar até a última corrida do campeonato .

  25. Yuro disse:

    Só eu que percebi que alongaram a parada do kimi, pois o papel dele era segurar bottas e consequentemente o vettel se aproximaria, como não conseguiu foi aos boxes assim que foi ultrapassado, mas é só a Mercedes que faz jogo de equipe não é mesmo ferraristas?

    • Giovanni disse:

      Também percebi isso. Muita ingenuidade (tipo a “ingenuidade” de Monaco) acreditar que o Kimi seguraria um carro 2s mais rápido numa pista cheia de retas.

    • Luigi disse:

      Umas das razões de chamarem equipes e a possibilidade de fazerem o jogo de equipes quando nescessário. E isto existe antes do pré gerra, e tanto Auto Union, Mercedes, Maserati, Alfa Romeo(diretor de equipe Enzo Ferrari) já faziam isto.
      Talvez fosse bom você conhecer um pouco mais a história do automobilismo,sempre é bom conhecer mais, sobre assuntos que gostamos, pode evitar, deixar registrado nossa ignorância sobre o assunto.

  26. Pacheco disse:

    Quando o Galvão se aposentar, deixo de ver a F1. Ele é a cara da F1 no Brasil. A f1 não sobreviverá sem Galvão. Fica Galvão. Aqueles que dizem que não gostam do Galvão, são os que mais sofrem com sua ausência.

    • Leandro Batista disse:

      Seu nome por acaso é em referencia ao seu post? Defendendo o maior pachequista que esse país jáviu?

    • Luigi disse:

      Talvez você não assista nenhuma corrida transmitida pelo Fox 2, por isto tenha essa opinião.
      Mas se assista, tenha a certeza,sendo uma pessoa inteligente, como deve ser, mudará sua opinião.
      Eu particularmente acho que quando não tivermos mais o Edgard demello Filho nas transmissões, ai sim , teremos uma grande falta. Pois ele falta a lingua do apaixonado por automobilismo, assim como alguns comentaristas de futebol, sabem falar a lingua do apaixonado por futebol. Sem desmerecer o restante da equipe, que são muito bons.Rodrigo Mattar fazerem um trabalho magnifico no seu blog e nas transmissões, para levar ao conhecimento, aos apaixonados por automobilismo, as corrida de Endurance. A “nova”modalidade de corrida que pilotos brasileiros estão iniciando a participar com resultados expressivos.

  27. De Marchi disse:

    Eu acompanho a F! desde moleque (estava em interlagos no primeiro GP que ocorreu lá (foi en 1970 ou 71, e não valia para o campeonato, e o Reutenmann ganhou porque a suspensão da Lotus do Emmo quebrou). Só queria tirar uma cisma. Alguém mais notou que os pneus (Pirelli, made in Italy) das Mercedes e do carro da RedBull que completou a prova rapidamente ficavam se deterioravam, apresentando bolhas e outras falhas visíveis, mas nas máquinas da Ferrari não se viu nada disso. Como se não bastasse o Jean Todt na FIA, um ferrarista notório… Isso está me cheirando a tentativa de manipulação de resultados.

    • Guilherme disse:

      Carros diferentes gastam pneus de forma diferente…
      e se for ver o desgaste era mais visual que desempenho. O lewis saiu dos boxes após 7 voltas parecia q ia ter que parar de novo e após mais alguns giros já estava fazendo a volta mais rápida.
      e o vettel aparentemente só forçou o ritmo no final, talvez por isso tenha tido menos desgaste.

    • Garlet disse:

      Se vocÊ acompanhasse mesmo a F1, saberia que a FErrari foi quem mais testou os pneus Pirelli, no ano passado e pré temporada. A Mercedes declarou que perdeu tempo pois estava envolvida demais na briga pelo título Rosberg x HAmilton. Então é o seguinte, a Ferrari trabalhou mais. A Mercedes conseguiu reverter isso mais na metade do campeonato, e como ainda tem o melhor motor, provavelmente vai passar a Ferrari na segunda metade. Isso se o HAmilton não cair nas drogas novamente, aqueles verdeiros buracos que ele tem no meio do campeonato. Enfim, brasileiro sempre acha que bons resultados provem de trapaças, afinal estamos no Brasil. MAs nesse caso foi o trabalho intensivo na Ferrari desde a temporada 2016.

    • Andre disse:

      Fora o fato de a Pirelli ser italiana.
      Muitos podem tripudiar esta “teoria da conspiração”, mas faz sentido.
      Aliás, não sei se um novo rateio e outras mudanças desejaveis irão acontecer num novo acordo, depois de 2019.
      A Ferrari tornou-se um monstro politico muito grande na F1, que não foi controlado quando era possivel.
      Então, quem quer participar do jogo, tem que aceitar as condições

    • J Fernando disse:

      Jovem, você realmente acompanha F1?
      O estilo de pilotagem, uma freada mais forte, uma curva sobre a zebra, etc e tal, afetam o desgaste dos pneus, independente se duro, macio ou ultramacio.

  28. Lucas disse:

    14. Faltou falar que ele descia o pau no Stroll e hoje começou a elogiar DIZENDO QUE ELE ESTAVA “PEGANDO A MÃO DO CARRO” ..

  29. cesar disse:

    Resolvi dar meu palpite. quem anda dizendo essa besteira de que o Choronzo vai voltar pra ferrari? so se for no dia de são nunca cabron! o mestre Claudio Carsughi vi ele dizer que sem chances. O cara saiu de la esculhambando a tudo e a todos na equipe depois de ter a equipe toda com mecânicos, estratégistas, companheiro de equipe trabalhando so pra ele e nao conseguiu ser campeão, e agora que a ferrari tem Vettel que enfrenta as mercedes de igual pra igual e pode dar o titulo a ferrari , esse espanhol fica fazendo joguinho, nunca que Arrivabene e Marchione vao trazer essa maça podre pra infectar o ambiente promissor de titulo que a ferrari passa, já ouvi dizerem pro lugar de RAikonem podem promover o Antonio Giovinazi ou trazer Carlos Sainz Júnior, a ver…

  30. José guilhermo disse:

    A Corrida realmente foi muito chata, em relação ao Verstapinho existe claramente uma má vontade com o Holandês ´por parte do narrador global, que tenta diminuí-lo sempre injustamente já que ele é realmente uma grande promessa para as próximos anos, eu queria ver se ele por acaso tivesse nascido no Brasil, qual seria a avaliação dele, eu acredito que em 3,2,1 ele seria chamado de novo fenômeno brasileiro da Formula, e seria denominado de novo sucessor de Senna, ou seja, imparcialidade é isso ai,

  31. jean carlo disse:

    vettel é o favorito este ano.
    acho ele mais completo que hamilton, que oscila.
    mas é o piloto do porém…
    é bom, porém sempre tá num carro melhor, ou protegido de alguém, ou sua melhor intervenção na corrida é dar aquelas voltas rápidas enquanto a equipe segura o companheiro.
    não gosto do estilo sou tão ardiloso quanto os outros, mas dou um sorrisinho pra parecer gente boa.
    mas, apesar de achar um exagero tantos títulos, é um baita piloto, entre os melhores.

  32. Bruno Gonçalves disse:

    Eu não assisto mais a F1 na globo por causa dos narradores, vejo sempre a reprise na sportv, se a corrida for boa, e mesmo assim, lá o narrador cria teorias da conspiração. Bem que o Téo José poderia narrar F1!

  33. Custodio disse:

    Tem gente que não esquece o nosso idolo nacional o Senna! Um deles é dono desse bom blog que me amarro em ler todos os dias! Love you much !

  34. Patrick Vaz disse:

    Em compensação falou Felipe 300 vezes.
    E Massa mais umas 600.

  35. ricardo disse:

    há tempos vejo a reprise no Sportv.

    cagão bueno nem pensar.

    flavio, a equipe do FOX Sports dá de mil a zero na globo. e o Edgard Mello Filho é fera, fera mesmo.

    quanta diferença.

  36. Giovanni disse:

    Acho essa pista legal, pista simples, sem frescura, com boas retas pra ultrapassar, curvas de verdade (e não aquelas esquinas malditas das pistas atuais). A atmosfera da corrida é legal também, arquibancadas cheias, mas que não foi o suficiente pra animar a corrida… apesar de que teve outras bem piores esse ano.

    Se o Kimi continuar pilotando desse jeito, dificilmente a Ferrari vai renovar com ele. Ficou atrás de uma RBR numa pista que é praticamente reta e freada, levou um sabugo do companheiro numa pista de 1min05seg, e ainda errou quando vinha chegando no Hamilton. Aí não dá. E o Galvão Bueno acha que ele está na melhor fase da carreira.

  37. LUZ. PRATA disse:

    Boa noite Gomes e galera.
    Clara a manipulação para dar Graça ao campeonato….
    Lewis foi proibido de vencer….
    Bortas on2 mandou Bem na largada e ditou o ritmo como quiz….
    e o Xiliquento Vettel / 147….sempre querendo apitar o jogo….kkkkkkkkk
    Valeu ?

  38. DANIEL JALLAGEAS disse:

    Flávio, há algum meio de assitir às corridas por algum meio que não seja globo ou sportv? Vlw. Abs.

  39. Rafael Pacheco Velho disse:

    Transmissão sofrível

    Thiago Alves narrando F1 daria de dez a zero no narrador principal.

  40. valter rodrigues disse:

    Alonso está muito calmo e assim que assinar contrato com a Ferrari, tira a mascara.
    Caro escriba FG, o que seria do seu relacionamento com Senna se este vivo fosse??
    Fico imaginando um embate entre sua hipocrisia e a falta de educação do Senna para com os jornalistas que não o idolatravam.

  41. AS disse:

    Bem lembrado o momento historico do automobilismo brasileiro… a pagina virou, o finado finalmente foi para luz descansar.

    Se bem que a proxima corrida em Silverstone e bla bla… ‘e’ melhor esperar mais.

  42. cesar disse:

    Pois eh, engraçado que o Cléber Machado ontem disse na transmissão final do treino que entra durante aquele programa idiota da manha de sábado dizendo que estaria nos esperando hoje pra corrida, e quando ligo a tv, la esta o Gagagalvao, pelo menos ele e menos pior que a porcaria do Luiz Roberto. Vettel mais uma vez catando pontos, eram 12 de vantagem, depois foi pra 14, agora são 20, cirúrgico o alemão, quando não da pra bater as mercedes, cata tudo que pode, rumo ao penta! e a cara do rapper midia da mercedes depois da corrida na entrevista da radio band ,fazendo de tudo pra tirar a vantagem do alemão mas a vantagem não cai. KKK! O rapper midia da mercedes que so entende de brincos, colares e Selfies.

  43. Danielle disse:

    A corrida foi de dar sono. Bottas está evoluindo, já já estará brigando pelo título, tomara! Ricciardo comendo quieto, devagar e sempre, indo ao pódio, pontuando bem e com um carro que não é essa maravilha toda. Essa foto da Mercedes mostra mais mulheres fazendo parte da equipe, notem que na imagem do lado esquerdo, tem um mecânico verificando se o desodorante está vencido, kkkkkkkkkkkkkk

  44. Alemão Cabeça-de-Repolho disse:

    Viva a Mercedes, viva a Alemanha! Toca prego neles!

  45. Chupez Alonso disse:

    Todo o mundo viu que Bottas queimou a largada.

    Menos a FIA que só vê o que lhe interessa.

    E o que interessa à Mercedes.

  46. Teles disse:

    O dito cujo narrador já passou do eu tempo.Chato,mal educado e constrangendo toda a equipe.Todas as corridas sem ele são mais prazerosas e com todo o pessoal da transmissão mais leve e a vontade para os comentários.

    • josé disse:

      A impressão que dá é que todo mundo da equipe da transmissão tem medo do Galvão, acostumado a dar respostonas a seus colegas e ter sempre a palavra final seus colegas ficam visivelmente constrangidos em seus comentários. Esquecido, gagá e rouco dá a impressão de gostar de uma birita de vez em quando, barrigudo, gordão dá a sensação de decadência total, seus comentários do tipo “nesses quarenta anos de transmissão” já encheram o saco e soa arrogante. Pior que ele só o inacreditável Luiz Roberto, esse sim o perfeito deslumbrado, completo ignorante em corridas e do meio, parece um brinquedo de corda que não para nunca de falar, normalmente babação de ovo e outras bobagens.

    • Pedro disse:

      engraçado foi o gavião falando que a Williams não está em quarto no mundial por causa do piloto pagante. alguém esqueceu de contar pra ele que o stroll tem dezoito pontos e o massa vinte e dois.

  47. murilo medeiros disse:

    Corridinha sem graça, resta apenas falar mal do narrador. Meu Deus do céu, como pode ser tão ruim?

    1. De uns anos pra cá gagueja de forma incontrolável, dando nos nervos;
    2. Perde lances importantes da prova por ser prolixo (deixou de narrar duas ultrapassagens do Hamilton);
    3. Quando a Mariana chamou: “O Alonso está aqui e vai falar…”, ele simplesmente falou simultâneamente ao Alonso;
    4. Fala sobre todas gravações dos rádios, fazendo com que seja impossível ouvir os rádios (sim, existem pessoas que sabem falar inglês assistindo a corrida);
    5. Leu “Incident involving car number..” como “Acidente envolvendo…”;
    6. Berrou alto “Kimi assume a liderança!”, como se nós fôssemos imbecis, afinal era uma posição irreal, pois teria de parar logo em seguida;
    7. Berrou alto “Massa está em sexto!”, como se nós fôssemos imbecis, afinal era uma posição irreal, pois teria de parar logo em seguida;
    8. E o Massa parou e voltou em décimo;
    9. Levou 46 voltas para consultar a Mariana sobre a previsão do tempo fazendo o espectador de idiota, pois no início da corrida havia falado em 80% de chance de chuva e depois 100% de chance;
    10. Quando a Mariana chama “Galvão”… faz questão de falar algumas asneiras demorando para escutá-la.
    11. Depois de tecer rasgados elogios ao Vestapinho ano passado, está com o papo de que o menino é fogo de palha.
    12. Passou enfim uma corrida sem falar do Senna.
    13. Não se como o Burti e o Reginaldo aguentam. O Arnaldo César Coelho já falou que em breve se aposenta, já não aguenta mais.

    Acordei cedo pra ficar com raiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>