VEM, KUBICA! | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 5 de julho de 2017 - 23:49F-1

VEM, KUBICA!

RIO (com atraso) – A notícia não é de hoje, mas acho que ela merece os comentários de vocês. Robert Kubica, de acordo com apuração do Grande Prêmio, poderá participar dos treinos para o GP da Itália, em Monza, pela Renault. Ele mesmo fala em “80 ou 90% de chances” de acontecer.

Seria muito legal, uma recuperação extraordinária — e surpreendente.

Torcemos todos pelo polonês. Até porque se ele tiver uma chance, será no lugar da nulidade Jolyon Palmer — um cara ruim demais, que só tira espaço de quem tem o que mostrar.

kubica3ren

75 comentários

  1. Daniel disse:

    Se ele voltar a correr na F1, será algo tão extraordinário do ponto de médico quanto, por exemplo, o que ocorreu com Lauda. Claro que a história de Lauda, pela velocidade da recuperação (ou melhor, pela velocidade que voltou às pista, mesmo não estando totalmente recuperado) e também pelo fato do acidente ter ocorrido na própria F1, além do peso de se tratar de um então bi-campeão (que depois se tornou tri) torna a história de Lauda significativamente maior. Mas isto não exclui a possibilidade que a história de Kubica – que ainda está sendo escrita – ainda possa render até mesmo um bom filme e emocionar muita gente, servido de mais um dentre tantos grandes exemplos de perseverança que o esporte nos dá…

  2. Alfredinho disse:

    A primeira pancada após o retorno, se esse retorno acontecer, será a pá de cal em todo o movimento que envolve as especulações em relação ao Kubica.

  3. Eduardo Cordeiro disse:

    Ele merece. Se tivessem nos perguntado à época do acidente, ninguém apostaria. Que volte, então!

  4. Brabham-5 disse:

    Eu era fã do Kubica como piloto veloz, técnico, combativo.
    Mas o tempo passou. O cara nunca será fisicamente perfeito como era e ainda envelheceu como todos nós.
    Não quero ser estraga prazer, mas acho que estão exagerando nas expectativas. Uma corrida inteira, um ano inteiro de F1 exige demais fisicamente dos pilotos. Não sei se Kubica vai render como todos esperam, inclusive o próprio piloto.
    Acho que deveriam maneirar no entusiasmo…
    Se não der certo, da mesma forma que Jolyon Palmer ocupou espaço que algum jovem piloto mais talentoso poderia ter ocupado, o mesmo pode acontecer com essa volta do Kubica.
    Eu, se diretor da Renault, preferiria investir no Felipe Nasr ao lado do Hulkenberg na Renault.

  5. Julio disse:

    Vem Kubica e volta Flavio.

  6. Luis disse:

    Sei não… seria uma boa que ele tivesse condições de voltar, mas veja o braço direito dele na foto como está muito mais magro que o esquerdo, por falta de músculos, veja como a manga da camisa está folgada, e os carros deste ano são mais brutos para se guiar também.

  7. Luciano disse:

    Por uma questão de marketing, eu acho que a Renault deveria contratar o Kubica. Contrato de um ano, se der certo renova, se não der não renova. Palmer não faz falta. O Kubica não seria pior do que o Palmer e se for não faz diferença, pois o Palmer não faz nada e se o Kubica não fizer nada fica tudo igual. Mas o marketing que a Renault ganharia, a repercussão na imprensa, a divulgação em todas as mídias, isso não tem preço. Eu não sei porque a Renault não rescinde imediatamente o contrato com o Palmer e coloca o Kubica no seu lugar. Contratando agora seria melhor, pois se não der certo, não renova para o ano que vem, e convenhamos, este ano já está perdido para a Renault. Pelo menos ganharia em marketing. E ainda por cima teria um lugar para o Alonso no ano que vem.

  8. ags disse:

    Desculpe..a falha..Polaco e não Croata..mas fodeu a vida do Pig

  9. Antônio Carlos disse:

    Robert Kubica é um dos pilotos mais talentosos que eu vi guiar nessa fórmula 1 moderna. No Youtube tem um “pega” dele com o Massa (de Ferrari) na chuva que é espetacular! Será uma satisfação muito grande (se vier a acontecer) vê-lo se alinhando no grid de largada novamente.

  10. Rodrigo Ribeiro de Souza disse:

    Flávio os carros atuais não tem a direção tão “violenta” como da década de 80. Lembra do Alongo dirigindo o MP4 e saindo com os braços dormentes? Creio que pode dirigir em alto nível e na F1. O teste foi num v8 da Renault, certeza que mais brutos que os motores de geladeira atuais.

  11. Cenzi disse:

    Pqp, cada comentário…
    Tomara que o Kubica volte! Baita piloto! Se a F1 tem espaço pra Kvyat, Magnussen, Palmer, Ericsson, Grosjean e Stroll, tem espaço pro Kubica.

  12. Batista Lara disse:

    Não creio que fará algo relevante. Mansell e Schumacher, um campeão e outro multicampeão, após um hiato muito menor que do Kubica, não fizeram absolutamente nada na volta. Melhor ficar no sofá assistindo …..

  13. Lucas disse:

    NAO TENHO DUVIDAS…sera mil vezes melhor que esse pseudo-piloto ou melhor nulidade Jolyon Palmer .
    Podem esperar um Polonês Arrojado. Se não fosse o fatidico acidente ele estaria certamente com 1 ou 2 campeonatos no bolso.

  14. Stefan Bellof disse:

    Kubica vive um momento parecido com a do francês Didier Pironi (1952-1987) que foi piloto da Ferrari em 1982, quando sofreu aquele grave acidente no warm-up do GP da Alemanha daquele ano. Ali praticamente acabou sua carreira, pois quase tinha perdido as pernas. Passou por várias cirurgias e até que em 1986, Pironi fez testes na Ligier e AGS (o carro da Charro, com aquela grande rosa na dianteira), mas foi preterido por ambas as equipes. Pironi morreu em 1987, num campeonato de Powerboats. Tomara mesmo que o Compadre Kubica retorne a F1, o que seria uma grande notícia.

    • Antônio Carlos disse:

      Me lembro desse ocorrido. Também foi épico o retorno de Niki Lauda, que venceu um campeonato após o retorno de um grave acidente.

    • luigi disse:

      Este nome que você usa também poderia ter sido o maior piloto alemão a ganhar um campeonato de F 1 se não tivesse sido morto por um belga imbecil que quando na F 1 , mesmo tendo um dos melhores carros da época, perdeu campeonatos para pilotos que no máximo tinham carros equivalentes. Mesmo tendo uma equipe trabalhando só para si.E não era qualquer equipe.

  15. Glauco Tavares disse:

    Kubica com um braço meia boca é melhor que Palmer, isto é fato! Aliás muita gente com ou sem alguma limitação pode ser melhor que Palmer… Mas daí a voltar para F1 e competir em alto nível já é outra coisa.
    É evidente que a Renault não daria um F1 na mão de Kubica caso ele não tivesse condições de pilotar em segurança, mesmo sendo apenas um teste. Da mesma forma que a FIA não permitiria a volta de um piloto sem condições físicas para guiar um F1 e certamente tiraria sua super licença.
    Não acredito que Kubica voltará a correr de F1…. Pode até realizar mais um ou outro teste nada além disso. Seria uma baita história, daria muita, muita mídia mesmo para Renault e para F1, os fãs ficariam eufóricos e tal….. Mas não vai rolar.

  16. Angelo disse:

    Acredito que ele possa até testar em Monza, que é considerado circuito relativamente leve, que força mais pescoço que braço. Agora pilotar por duas horas, em ritmo de corrida, num circuito fisicamente mais exigente, infelizmente, não acredito que ele tenha condições (dada as lesões gravíssimas que ele teve e as sequelas que carrega). Como o nível dos pilotos é mais ou menos parelho, esse pouquinho que ele perder já o coloca numa grande desvantagem, jogando ele para a rabeira do grid.

    • Fernando disse:

      Ronaldo gordo e em fim de carreria no Corinthians ainda era acima da média, não esqueçamos que o talento compensa algumas faltas e talento ele tem.

      • Rubens disse:

        Mas o Ronaldo só fez aquilo tudo porque o futebol no Br é sofrível. Jogar em alto nível onde só tem pé torto foi fácil pra ele.

      • Brabham-5 disse:

        Mas Ronaldo tinha dua pernas inteiras para correr, chutar e marcar seus gols. Pilotar um F1 uma corrida inteira com um braço “meia força” encarando a Força G pesada de algumas curvas por 60 voltas, não sei não…

  17. Amaral disse:

    Só uma coisa impedirá ele de voltar. A condição física. Pq a vaga tá lá. Palmer não convence mais ninguém. Vai ser chutado, a questão é só saber quando.

  18. murilo medeiros disse:

    Seria a segunda melhor notícia do ano (a primeira foi Alonso da Indy). Mas se pensarmos bem, Kubica namorando a Renault significa uma possibilidade a menos pro Alonso não?

  19. Chupez Alonso disse:

    Me intriga a falta de piloto bom no mercado. Não é possível.

    Tudo bem que o cara teve uma recuperação heróica, mas claramente ele tem limitações físicas importantes, principalmente em seu braço direito.

    Já se acidentou diversas vezes tentando voltar a correr.

    Nem Michael Schumacher foi o mesmo quando tentou voltar a F1 nos 3 anos de Mercedes. Levou pau do Rosberg direto.

    É muito desespero da Renault.

  20. Paulo Pinto disse:

    Kubica vai somar no final do ano, 7 (SETE) temporadas longe da F-1. Se voltar, além do hiato de tempo, estará com 33 anos e um braço que deixa a desejar. Vai acordar no momento em que levar pau da garotada.

    • Paulo Pinto disse:

      O verbo da sua frase está no tempo errado.

    • moisesimoes disse:

      - Sete temporadas. Deixa eu ver… pneus mais largos, motores híbridos complicados, mais botões pra apertar… Seis anos de carros mais lentos que os atuais. Não muito recordes quebrados.
      Acho que ele pode sim. Vai depender do resultado final da equação, onde são somadas a adaptação dele à deficiência junto ao carro, possíveis e essenciais progressos das partes afetadas pelo acidente, mesmo que estes progressos sejam mínimos, e a forças as quais ele deve se acostumar para estes carros atuais e para os próximos, além de possíveis mudanças em seu estilo de pilotagem.. E somam-se também pensamentos negativos e positivos, o fator cabeça – para muitos o mais importante e o ponto mais forte dele, visto como ganhou no Canadá depois do terrível acidente, um ano antes. E sem chororô.

      Esqueça a idade como fator chave para resiliência, adaptação ou superação. A sensação de poder ser tão bom ou superior à essas novas gerações é muito gratificante, chega a ser prazerosa. Assim diziam os meus tutores. Pode vir sem medo, Kubica.

  21. Se voltar mesmo, Kubica será o “Rick Allen do automobilismo”, provando que o talento muitas vezes pode sim se sobrepôr até às limitações físicas.

  22. Rodrigo Tossato disse:

    Tomara que aconteça!!

  23. Antonio Seabra disse:

    Se estão pensando em dar outra oportunidade ao Kubica só pode ser porque os resultados do teste que ele fez, com o carro de 2012, tenham sido muito bons !!!
    Kubica era sabidamente muito rápido, e é uma pena que tenha cortado sua carreira prematuramente.
    Agora, se ele voltar a andar em nivel competitivo, mesmo com um braço muito prejudicado (fiquei impressionado com as imagens do braço dele), vai definitivamente ampliar o tamanho do lugar dele na estoria da F1. E isso seria sensacional. !!!
    Por isso, espero, ansioso e curioso, pelo novo teste, com o carro atual.

  24. ags disse:

    Começa a fase triste do Pigmeu da Cantareira…Já perdeu o sono devido o Stroll strolar na ultima prova,,agora vem o Endiabrado Croata…fodeu..rssssssssssss

  25. Ricardo disse:

    A história do Kubica na F1 já era. Será que não tem ninguém 100% física e tecnicamente para contratar? Isso não passa de marketing. Como a F1 gosta de viver do passado.

  26. Askjao disse:

    Se ele aguentar um GP inteiro, vai valer a pena. Mas qualquer um estaria fazendo um trabalho melhor que o Palmer.

  27. Fernando disse:

    Seria tão legal quanto a noticia de Alonso na Indy. Um super piloto esse Kubica, se voltar a andar na F1, vai fazer bonito tenho certeza. Esse cara em condições normais tem o mesmo talento que o Vettel, aliás, acho ele até mais rápido que a maioria dos pilotos atuais da F1.

  28. Paulo disse:

    Seria sonho louco imaginar uma dupla Kubica/Alonso na Renault?

  29. Fabiano disse:

    Acho que o momento é o mais propício possível. Guiando um carro atual, em condições teoricamente iguais, pode-se saber qual a real capacidade dele. A depender do resultado vira realidade ou descarta-se a possibilidade de retorno.

    Melhor que o Palmer certamente é, mas na hora de encarar a realidade o papo é outro. Torço para que aconteça.

  30. Jonathas Nascimento disse:

    Rezaremos aos deuses do automobilismo! Robert Kubica, um piloto extraordinário e, com ele a F1 fica mais interessante, sem dúvida alguma!

  31. Anselmo Coyote disse:

    A Renault tá muito mal. Kubica não fez nada na F1 a não ser perder sistematicamente para o Heidfeld. E esse mesmo Heidfeld era o titular na Renault e foi tão mal que perdeu a vaga no meio da temporada para o Bruno Senna. Putz.
    Ah… mas o Kubica ganhou um GP. Sim. O Maldonado também. O Rubinho ganhou 9 (ou 11?). No rali teve sorte demais de não ter morrido depois de inúmeras pancas horrorosas, sempre em curvinhas sem vergonha como foi a panca dele no Canadá, numa curvinha igualmente sem vergonha.
    Vai tomar o lugar de algum piloto realmente promissor.
    Se a Renault tivesse querendo mesmo um piloto iria atrás do Koba ou do Nelsinho.
    Abs.

  32. José Marinho disse:

    O Kubica com um braço s´é melhor que o Palmer.

  33. Ricardo Cardoso disse:

    Seria interessante ver o que conseguiria fazer. Se comparado ao Palmer qualquer coisa que o Kubica fizer já vai ser bem melhor.

  34. Fumio Kurihara disse:

    Sempre o talento deve prevalecer. O que não pode acontecer é a vontade de voltar sobrepor à sua condição física expondo à situações irreversíveis.

  35. FERNANDO DE ALBUQUERQUE LINHARES disse:

    Kubica sem um dos braços guia mais que o Palmer.

  36. anonymous disse:

    Imagino que se ele voltar, vai ser o piloto mais determinado (leia-se pé embaixo) do grid…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>