MENU

quinta-feira, 14 de setembro de 2017 - 0:08Automobilismo brasileiro, Foto do dia

FOTO DO DIA

RIO (figuras lindas) – Bem, só para explicar o ligeiro sumiço, para aqueles que não me seguem em outras plataformas, como se diz. Terça fui para Brasília porque à noite haveria a festa dos 50 anos da Camber, a pequena oficina da capital de onde, no fim das contas, saíram nada menos do que três pilotos para a F-1 — Alex Dias Ribeiro, Roberto Pupo Moreno e Nelson Piquet. Foi uma linda festa, diga-se. Num local maravilhoso, que eu não conhecia: o hotel Brasília Palace, inaugurado em 1958, que pegou fogo em 1978 e ficou 28 anos fechado, até ser restaurado de forma extraordinária voltando a ser uma das obras-primas de Niemeyer em todo seu esplendor.

Símbolo da turma da Camber é o Patinho Feio, primeiro carro de corrida dos meninos, que estreou em 17 de setembro de 1967 com um segundo lugar nos 500 Km de Brasília. E ele estava lá, claro. Foram momentos muito emocionantes, que vão render um programa especial no Fox Sports e matérias para o “Fox Nitro”.

Isso dito, o Sandro Macedo, leitor do blog lá de Brasília, apareceu no fim da manhã desta quarta (já passou de meia-noite) para dar uma olhada nas coisas e ainda encontrou o Alex com um de seus sócios na Camber, o Jean Luiz Fonseca — que foi, também, um dos pilotos na prova de estreia. Fez várias fotos e selecionei esta para eternizar o encontro dos dois criadores ao lado de sua encantadora criatura.

Foi legal demais, Camber.

DSC_3274

13 comentários

  1. Um Historia incrivel do automobilismo brasiliero. Vale lembrar o quanto essa iniciatiava do passado colaborou para o automobilismo brasileiro. E hora de dar o devido reconhecimento para o Alex Dias Ribeiro e para o pessoal da Camber. Parabens Alex!

  2. Alonzo disse:

    Boechat, é você? kkk

  3. TARCISIO FRASCINO FONSECA disse:

    Outros tempos.
    Você conseguia fazer um carro de corrida bom com uma estrutura mais enxuta.

  4. Matheus disse:

    Época em que Brasília era forte do automobilismo, a camber ficou famosa mundialmente! Hoje em dia o autódromo está abandonado, uma pena. Participei da festa de 50 anos. Esplêndida.

  5. ANACLETO BARROS LIMA disse:

    Flavio, alguma noticia do autodromo ?

  6. luis felipe disse:

    Flavio, voce gosta de Brasília?

  7. Marcus Simões disse:

    No meio dessa vinda a Brasília, alguém falou sobre o autódromo daqui?

  8. Que história! Parabéns aos envolvidos.
    Quanto ao hotel, adoro o lugar. Só me hospedo lá quando vou a Brasília. A Rural que transportava o Juscelino ainda está por lá?

  9. Marcos disse:

    Esse hotel é fantástico. Costumava ficar lá quando ia à Brasilia a trabalho. Só fica complicado pra jantar, porque não tem muita coisa por perto…

  10. Juan Novak disse:

    Qual é o dia e horário que reprisa o Fox Nitro?

  11. Juan Novak disse:

    Qual é o horário que reprisa o Fox Nitro?

  12. jovino disse:

    Grande festa e tive o prazer de conhecer alguns dos meus ídolos do passado como Bird Clemente, Chiquinho Lameirão, Jan Balder, Pedro Victor de Lamare, e tantos outros pilotos e jornalistas que estiveram entre os 700 convidados. O Brasília Palace Hotel fez parte de minha vida e de todos nos brasilienses até pegar fogo no final dos anos 70. Mas a restauração feito pelo Paulo Octvavio trouxe de volta todo o seu glamour. Em 2010 quando fizemos o encontro nacional de pumas aqui na cidade, os pumeiros que vieram de fora da caidade ficaram hospedados l.a

  13. jacques disse:

    E ele ja usava o Hallo!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>