SOBRE (ANTE)ONTEM DE MANHÃ | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 19 de setembro de 2017 - 19:10F-1

SOBRE (ANTE)ONTEM DE MANHÃ

sin179

Arrivabene percebe o tamanho da desgraça na largada: “Madonna mia!”

RIO (não atrasarei mais) – Bem, apesar de a corrida de Singapura não ter sido grande coisa, largada à parte, este foi um daqueles finais de semana em que muita coisa aconteceu — McLaren trocando a Honda pela Renault, Honda fechando com a Toro Rosso, Sainz Jr. assinando com a Renault, Force India renovando com seus dois pilotos para 2018, Mercedes fazendo o mesmo com Bottas, a notícia de que Kubica estaria fazendo uns testes nos simuladores da Williams, Red Bull atrás de novo fornecedor de motores (que em algum momento pode vir a ser a Aston Martin), teve de tudo um pouco.

Mas é claro que os primeiros metros da prova em Marina Bay concentraram as conversas de bar, se é que alguém ainda conversa sobre F-1 em bares, cabarés, saunas, banhos turcos, escritórios, padarias, bancas de jornal & similares.

Como todo mundo a essa altura deve ter uma opinião formada, reforço a minha. Acidente de corrida, causado por uma série de decisões erradas em sequência de pilotos — vejam bem: erradas, não ilegais — e largadas ruins de pelo menos três dos que estavam nas primeiras filas, a saber: Verstappen, Ricciardo e Vettel.

Acho que Vettel tomou a decisão errada de imediatamente guinar para a esquerda para se defender de um eventual ataque de Verstappen, sem nem perceber que o holandês tinha largado mal. Era um risco desnecessário, porque o moleque poderia ter largado bem e encheria sua traseira se tivesse feito isso.

Acho que Raikkonen tomou a decisão errada de guinar para a direita antes de concluir totalmente a ultrapassagem sobre Verstappen, achando que o piloto da Red Bull iria fazer o mesmo para evitar uma batida. Talvez tenha esquecido dos pneus mais largos.

Acho que Verstappen não fez nada de errado, exceto largar mal. E Ricciardo também vacilou, o que lhe salvou a vida, diga-se — ele mesmo admitiu. Hamilton, em compensação, largou muito bem e fez, pelo lado direito da pista, o mesmo que Kimi pelo lado esquerdo: passou um carro da Red Bull que empacou quando deveria estilingar.

O azar de Raikkonen foi ficar perto do muro demais, correndo o risco de pegar a parte pintada da pista muito molhada — o que explicaria sua ânsia para tomar logo uma linha decente e fazer a primeira curva. As fotos abaixo mostram um pouco do que aconteceu. O sanduíche de Verstappen parece evidente. Sobrou para Kimi voltar a pé depois de uma de suas melhores largadas no ano.

Lewis, por sua vez, ao ver o melê todo à sua frente, até tirou o pé e não foi para a briga com Vettel, que escapou da primeira panca, mas não sobreviveu ao carro todo furado, vazando água, óleo, creme de leite e azeite de oliva. Rodou e bateu. O inglês, então, assumiu a ponta para não largar mais.

Hamilton teve muita serenidade para descrever o incidente e atribuiu a desgraça de Vettel ao azar. “Ele provavelmente não viu que Kimi estava passando pelo outro lado”, especulou, explicando que a defesa da posição, para quem está na pole, é absolutamente natural.

Acredito que sua leitura se aproxima do que, afinal de contas, aconteceu: um azar desgraçado de Vettel, que, no entanto, não pode dar sopa para o azar nessa altura do campeonato. E por isso é que acho que a decisão de se proteger foi equivocada, diante do tanto que ele teria a perder em caso de um acidente. Algumas coisas que são normais e corriqueiras em começo de temporada têm de ser evitadas numa reta final com título sendo disputado. Ainda mais com Verstappen logo atrás. O cara jamais iria tirar o pé, como não tirou.

A foto lá no alto, na verdade um “frame” capturado da TV, foi a que escolhi como a mais significativa do domingo, por mostrar bem o tamanho da tragédia ferrarista. Maurizio Arrivabene percebeu na hora que seu campeonato poderia estar escorrendo pelos dedos, com um abandono duplo de seus pilotos — o primeiro desde o GP do México de 2015.

Foi, realmente, trágico para Maranello. Mas menos trágico para Verstappinho, que com seu jeito arrogante de sempre disparou a…

sin176

Max: desta vez não fui só eu

FRASE DE SINGAPURA

“Eu não tinha para onde ir porque os dois me espremeram. Sebastian foi muito agressivo para a esquerda, o que não entendo. Quando se está brigando pelo campeonato, com Lewis bem atrás no grid, não me parece ser o movimento mais inteligente a fazer. Mas no fim das contas estou feliz porque os três abandonaram, e não só eu.”

Max Verstappen na linha “se eu tenho de me dar mal, que eles morram, também”

Hamilton, o vencedor, acabou dando uma sorte danada com esse acidente, depois de amargar um sábado horrível, conseguindo apenas o quinto lugar no grid. Lembram do que ele disse depois da classificação? Que teria um domingo dificílimo, porque o circuito de Singapura “é um cu para ultrapassar”.

Nosso cartunista oficial Maurício Falleiros não deixou escapar:

Falle1ros

sinfal

Lewis voltou a evocar o nome de Ayrton Senna para falar de sua terceira vitória seguida, sétima na temporada. Falou que lembrou de seu ídolo para manter a concentração e que o brasileiro “conversou” com ele durante toda a corrida para que não se repetisse o que acontecera em 1988, em Mônaco — para quem não lembra, Senna liderava a prova com um ano de vantagem sobre Prost quando bateu miseravelmente na entrada do Túnel, atribuindo a barbeiragem à “falta de concentração” num momento em que a corrida estava fácil e parecia ganha. OK.

Menos bafejado pelas vozes do Além, quem comemorou um recorde em Singapura foi Nico Hülkenberg. Bem, “comemorou” talvez não seja exatamente o termo…

O NÚMERO DE MARINA BAY

129…GPs completou o alemão da Renault na F-1, tornando-se o piloto com maior número de corridas disputadas sem um pódio sequer na história da categoria. Ele superou seu conterrâneo Adrian Sutil, que disputou 128 sem levar uma única tacinha para casa. Hulk tem três quartos lugares como melhores posições em sua trajetória que começou em 2010 na Williams, com passagens posteriores por Sauber e Force India até chegar ao time francês. Ele até brincou com o tema. “Acaba a era Sutil e começa a era Hülkenberg”, disse. Levou na boa.

Quem acabou comemorando de verdade na equipe amarela, apesar de receber a notícia de que será dispensado no ano que vem, foi Jolyon Palmer, sexto colocado, que agora inicia uma luta inglória para permanecer na F-1.

Receio que será em vão. O roteiro de sua passagem pela categoria tende a ser muito parecido com o de Felipe Nasr. Não haverá lugar para ele em 2018. Paciência. Também não fará muita falta, embora seja justo reconhecer que fez uma boa corrida em Singapura.

Outro personagem da prova de Marina Bay foi Alonso. “Era corrida para chegar no pódio”, lamentou o espanhol no Instagram. De fato, ele tinha a chance de fechar a primeira volta em segundo, atrás apenas de Hamilton, depois de uma largada excepcional. Não seguraria uma Mercedes e uma Red Bull ao longo de duas horas de prova, talvez. De qualquer forma, sonhar não paga imposto. Ainda mais na situação em que a McLaren se encontra.

pumdoric

Molecagem: geralmente, é quem ri

“Mas o que é um peido para quem já está todo cagado?”, argumentará alguém com aquele linguajar típico de marmanjos bêbados no botequim. Sobre isso, Ricciardo teria o que dizer. Aliás, nem precisou dizer nada, no caso. Na entrevista coletiva pós-corrida, não é que o cara disparou um clássico pum ao lado de Hamilton e Bottas? O finlandês quase não conseguiu falar, de tanto dar risada. É carisma demais, desse australiano. Que, aliás, acabou sendo um dos grandes nomes da prova, conseguindo seu sétimo pódio na temporada. Está guiando muito. E continua divertindo o paddock.

Fechando o rescaldo, escolhi dois pilotos para nossa seção “Gostamos & Não gostamos”, um que está se preparando para uma nova vida numa equipe bem razoável, e outro que já tem de começar a pensar no que fazer no futuro.

GOSTAMOS…

sainzsing

Sainz: ótimo

…do quarto lugar de <<< Carlos Sainz Jr., que não foi bem na classificação, mas acabou se recuperando na corrida com um ótimo quarto lugar. Pelo rádio, o pessoal da Toro Rosso brincou com ele: “Não vamos deixar você sair daqui”, disse o chefe Franz Tost. Dá para perceber que o menino vai chegar com moral à Renault. É muito bom, inteligente, combativo e promissor. Ficar perto do pódio correndo em time pequeno é uma proeza e tanto.

NÃO GOSTAMOS…

sinmas17

Massa: péssimo

…da atuação de Felipe Massa >>>, que escolheu os pneus errados na largada — um dos poucos com o modelo para chuva forte –, teve de fazer uma parada extra para corrigir a bobagem e colocar intermediários e, como demorou para fazer isso (por que não parou no safety-car?), se arrastou um tempão até colocar slicks. Ele mesmo admitiu que deu tudo errado e que fez uma corrida “horrível”. Para piorar, Stroll pontuou.

73 comentários

  1. Mônica disse:

    Eu estou até agora sem entender o que o meu gatão aprontou em Singapura. Logo ele, que tem um jeito todo especial de pilotar.

  2. Lucas Biffi disse:

    Flávio, só para lhe trazer alguma esperança, no sábado pré corrida estava discutindo automobilismo no bar com mais dois camaradas. Acredite, ainda tem quem faça isso hahahahaha!

  3. Essa batida na largada pode ter sido um, incidente de corrida, mas quem saiu perdendo feio foi Vettel e a Ferrari. O Vettel teve duas excelentes viradas em cima do Alonso em 2010 e 2012 que era da Ferrari, e fora uma virada em cima do Rubinho em 2009 que Valeu o Vice praticamente no fim do campeonato, vamos ver se vai ter algo parecido esse ano em cima do Hamilton.

  4. cesar disse:

    Isso mesmo Helio! o problema eh que tem gente que apoia passa a mao na cabeça nas aberrações que esse fedelho faz na pista, ele destruiu a frente da ferrari de Vettel no Canada, tirou Ricardo da prova na Hungria, Bateu no Massa na Itália, e agora essa de ontem e ninguém faz nada, quando ele matar alguém na pista talvez resolvam fazer algo. abraços!

  5. Lucas disse:

    Boa Tarde
    Hamilton nas três temporadas em que confrontou com Button teve um déficit de 15 pontos. Vettel em 2014 perdeu de 60 pontos para o Ricciardo, motivando a sua saída da Red Bull. Lembrando os massacres que Schumacher levava do Rosberg, nas três temporadas que estiveram junto na Mercedes.

    • Paulo Pinto disse:

      Rosberg também bateu em Hamilton, ano passado.

      • Paulo Pinto disse:

        Retificando: Rosberg bateu (venceu) Hamilton, ano passado.

      • Renato F1 disse:

        Paulo, no ano passado, o Rosberg estava na frente do Hamilton quando, no Grande Prêmio da Malásia de 2016, o motor do carro dele quebrou, fazendo com que o campeonato de pilotos fosse praticamente decidido. Isto porque, com a Mercedes sabidamente com o melhor carro, o Rosberg não tinha nem mais o trabalho de vencer. Bastava a ele chegar em segundo que seria campeão. E foi.
        Acredito que, com o abandono do Vettel e com a vitória do Hamilton, o título ficou muito mais fácil para o inglês, que precisa só confirmar o favoritismo nas pistas de alta velocidade e fazer o feijão com arroz nas demais que ele é campeão.

      • Paulo Pinto disse:

        Renato, ficou muito mais fácil para Hamilton, não só pelo abandono mas, também, porque Vettel não está na outra Mercedes.

  6. clodoaldo lelli disse:

    dizem que pra ser campeão e preciso talento e rabo e o hamiltão tem os dois de sobra

  7. Gustavo disse:

    O que mais me chamou atenção na largada (além da panca entre os ponteiros) foi a largada por fora do Alonso…todo mundo fala que frear na parte pintada da pista é rodar na certa….se verem a largada dele vão ver que ele além de frear na parte pintada, freia pra lá da casa do caramba… e com o carro quase que inteiro na parte pintada….que largada…
    E quanto ao Hamilton, ele não falou que conversou com Senna…..falou que pensou no episódio de Mônaco e manteve a concentração lembrando do que tinha acontecido com o brasileiro….na frase dele após a corrida não tinha nada falando que conversou com ele….isso ta mais pra notícia da globo…

  8. Danir disse:

    O Massa está completamente sem motivação. O carro é uma merda e ele não tem a mesma vibração que antes, tem mais foco na família e em platitudes diversas. O Stroll é novo, e quer tudo que o mundo pode dar. Tem gás, recursos e alguma qualidade. É claro que vai se destacar. Outro detalhe que chama a atenção com relação aos pilotos brasileiros, é que aparentemente não têm aquele tico a mais de agressividade para se destacarem como vencedores. Piquet, Senna e Emerson Fittipaldi tinham e chegaram onde chegaram. Já Massa, Barrichello, e muitos outros brasileiros que passaram pela fórmula 1 não apresentam a gana que é necessária para chegar no topo e lá permanecer. Não tem nada a ver com habilidade, mas com disposição, persistência, constância e um certo “borogodó”. Outra coisa que chama a atenção, e não é com um piloto brasileiro, é a babação de ovo em cima do Alonso. Ninguem tem dúvida quanto á sua habilidade como piloto, mas isto não é suficiente para se manter no topo. Reclama, é arrogante, não tem as melhores qualidades morais e várias vezes contou com recursos não muito válidos para ganhar. Lembremos do episódio com o Piquet Jr. ou a vez que cortou o Massa na entrada dos boxes e muitas outras que é só procurar para achar. Apesar da qualidade como piloto hábil, eu penso que não faz falta e não tem muita gente que o queira como companheiro de equipe. Quanto ao Kubica, demonstrou qualidades para ser um campeão, inclusive aquela gana de que falei acima. Infelizmente, devido a esta mesma gana, ele sofreu um acidente que reduziu sua capacidade motora e que em momentos de extrema demanda o colocarão em desvantagem. Não acredito que deva voltar, embora lamente pela falta que faz como piloto fora de série que é (foi). Já vimos outros casos no passado de pilotos que se acidentaram e alguns até perderam a vida durante competições que variavam de carrinho de roleman até veículos de rally. São escolhas que podem mudar a vida de um competidor de alto nível, e que devem ser respeitadas. Pra finalisar, quero lamentar pela transmissão da Globo, com o substituto do Galvão, tentando usar o mesmo estilo “emocional” e “vibrante”. Quando é preciso, deixam passar informações de coisas que estão ocorrendo na tela e depois ficam falando abobrinhas. Quem realmente aprecia a competição, pode muito bem ficar com a transmissão alternativa que é muito melhor e mais sóbria. Eu não sei se estas coisas são definidas por pessoas que não respeitam o espectador, ou que não entendem do riscado, ou totalmente sem noção. Em qualquer hpótese são muito desabonadoras para a “Venus Platinada”.

  9. ms disse:

    felipe massa está se tornando “um anão” em todos os sentidos….um piloto que “por um triz” não conquistou um título mundial na maior categoria do automobilismo e que por um bom tempo só andou em equipes de ponta na F1, se sujeitar a fazer o papel que vem fazendo na equipe mercedes só se explica por ter uma auto estima muito baixa…..um cara que conseguiu dar a volta por cima ao se recuperar de um acidente gravíssimo não merecia ter um final de carreira tão deplorável…..

  10. Brabham-5 disse:

    Max Verstappen é um IDIOTA. Tem ódio pelo Vettel por saber que mesmo seguindo os passos do alemão, saindo da STR para a RBR, ele NÃO VAI CONQUISTAR 4 TÍTULOS pela RBR e nem em equipe NENHUMA. E isso o deixa maluco. No fundo é um egocêntrico que não mede esforços e respeita limites para atingir seu objetivo.
    Odeia Vettel pelas comparações que fazem (e ele mesmo, Verstappen, internamente, na sua cabeça faz essa comparação) entre os dois e ele dá mostras que não aguenta a pressão/comparação. Não é necessário um diploma de Psicologia para notar isso. basta um pouco mais de atenção.
    Sabendo que esse ano não teria um carro com as mesmas chances do ano passado, desde o inicio vem fazendo besteiras e dando mostras de descontrole.
    Sua implicância com Vettel não tem outra razão de ser, com a mesma de um invejoso que sente raiva, irritação com o sucesso alheio.
    Vettel não se compara á Hamilton. Sabe que sua história é (ou deveria ser) idêntica á do Vettel. Foi com essa esperança que foi para a STR e criou mais expectativa ainda quando foi promovido para a RBR.Seu “alvo” sempre foi superar o sucesso do Vettel (ser o campeão mais jovem o da F1, acumular uma sequência de títulos antes dos 25 anos…)
    E, a sua realidade é pura frustração. Não vê perspectiva para alcançar Vettel nem Hamilton ( na pista, no campeonato, na carreira), e perde até para Ricciardo no desempenho final.
    Uma coisa é Fernando Alonso, que bateu Schumacher, tendo dois títulos mundiais no currículo, arranjando polêmica com Vettel, Hamilton, Ferrari, McLaren, Honda.
    Outra BEM DIFERENTE é o Max Verstappen QUE NÃO CONQUISTOU NADA até agora dando mostras de arrogância extrema no trato com Vettel, com a RBR….
    Saudades de Juan Pablo Montoya na F1.
    Verstappen querendo criar rivalidade e polêmica com Vettel (que nem deve achar esse idiota um rival á altura, pois sabe que os maiores atualmente são ele, Hamilton e Alonso) é bem diferente de Montoya x Schumacher.
    Verstappen é só um mimadinho mau educado. Não tem metade dos “cojones” que tinha o Montoya numa Williams-BMW enfrentando o Schumacher, como homem e não como um moleque!
    Max Verstappen está no momento certo para levar um bom susto na carreira, para mudar sua atitude.

    • Brabham-5 disse:

      Correção: “Vettel não se compara á Hamilton. Sabe que sua história é (ou deveria ser) idêntica á do Vettel. ” por “VERSTAPPEN não se compara á Hamilton. Sabe que sua história é (ou deveria ser) idêntica á do Vettel. “

  11. Victor disse:

    Tenho a impressão que o Massa está fazendo um esforço pra ficar atrás do Stroll nas classificações e corridas, para parecer que o rapaz está evoluindo, SQN.

  12. CARLOS ANDRE disse:

    Excelente o texto. Muito prazeroso.

  13. Giuliano disse:

    Continuo achando que a cagada foi do Tião, com as Mercedes largando atrás dele, sua prioridade deveria ser se manter a frente deles na primeira curva, e não tentar a ponta logo de cara com aquela virada pra esquerda fechando a porta na cara de Max, até porque Kimi não e seu adversário, e Max é franco atirador, se Hamilton estivesse aí seu lado aí sim se justificaria esse movimento a esquerda pra pular na frente do inglês, mas como não era o caso, Tião pensou com os pés e não com a cabeça. Comandante Amilton não precisa mais vencer desesperadamente, só precisa seguir de perto os ferraristas, e só perde o título se cair um urubu sobre sua cabeça.

  14. Anselmo Coyote disse:

    Kimi não converteu para a direita.

  15. Bola da Vez disse:

    Esse velho gagá acabou com o campeonato. Tem mais é que aposentar!

  16. Altair Acerbi disse:

    Bom dia,

    Apenas uma coisa me chamou a atencao, o Verstapen movimenta seu carro pra esquerda bem depois do Vettel ter fechaso a porta., e ele fez isso qdo o Kimi ja tinha mais de meio carro a frente dele .
    Vendo de dentro do carro do Holandes isso fica claro e pra mim isso provocou a batida.
    Vettel fez o q qualquer piloto na posicao se pole faria e todo mundo, inclusive verstapen sabiam disso.
    Pra mais uma na conta desse cara q ainda vai provocar um desastre grande e matar alguem.

  17. Fernando Mariano disse:

    Ele pediu pra parar no SC e a equipe mandou ele ficar na pista com o de chuva porque achou que a pista ia secar. LEIA E SE INFORME antes de publicar qualquer coisa JORNALISTA PROFISSIONAL. To cansado de jornalista que não faz nem o dever de casa direito. Tá cheio! Valeu!

    • Flavio Gomes disse:

      Não devia, mas vou responder. Inclusive com as declarações dele pós-corrida:

      Felipe Massa: I’m disappointed with my race. First of all, I started on the wrong tyres which was my decision, but I think in that moment you never know what is going to happen. Many cars decided the same as me, some others different, it was my mistake. Then I was nowhere on the track, I was very slow. When the safety car was out I asked to stop but the team decided to stay out. They were saying that maybe the track would dry. I was at the back so it was my only chance in the race. In the end, I stayed out. I was so slow and my race was finished. I’m disappointed for my race but not for the team because Lance managed to score points. At the end, it could have been worse, looking at where we started the race, so not bad for the team but a disaster for me.

      Como se vê, a escolha errada dos pneus foi do Felipe, ele admite. Depois, conta, realmente, que pediu para parar mas que a equipe mandou ficar porque, como ele mesmo diz, está em itálico, era sua única chance na corrida. No mais, ele poderia ter insistido para parar no safety-car, se tivesse convicção. Quando pergunto no texto por que não parou, a pergunta se dirige a ambos, piloto e equipe, que erram e acertam juntos.

      • Fernando Mariano disse:

        Quando é a Williams que erra na estratégia do Felipe, a culpa é do Felipe também, agora se é o Vettel a culpa é única e exclusivamente da Ferrari. Tá bom, ótima desculpa, Flávio Gomes.
        Com relação ao fato de ele escolher o de chuva na largada, não foi só ele, foi ele e metade do grid. O bajulado Alonso tb largou de chuva, outros que se deram bem na corrida tb largaram com o de chuva. A diferença é que eles pararam no SC pra trocar para o intermediário, coisa que só o Felipe e o Wherlein não fizeram. Foi aí que acabou a corrida dele, porque o ritmo dele com o intermediário e com o seco era bem mais rápido que o companheiro dele. Só fazer o dever de casa e olhar o livetiming na corrida, ou então olhar o lap analysis no site da FIA. Ali sim você vê o ritmo do piloto.

  18. Tom disse:

    Azar do Vettel??.o cara fez isso em outras corridas,Spa foi igual,se Verstapen não tivesse largado mal, a panca seria na sua lateral,pois não tinha espaço para sair…., e outra Vettel iria bater no Kimi,de qualquer forma pelo ângulo da trajetória que ele pegou, não iria conseguir parar com pista molhada .e finalmente discordo de vazamento na roda de Vettel,ele errou novamente ali,lógico que seu carro não iria estar uma maravilha.
    Não entendo esse fanatismo da turma do Grande Premio,em defender o alemão,parece viúva do Senna,até a imprensa ferrarista italiana, já detonou o alemão.
    Ricciardo peidou e Vettel cagou na corrida e na Ferrari.

  19. Valmir Lopes disse:

    Eu até achei que Felipe Massa poderia já ter mudado para pneu de pista seca logo na primeira oportunidade. A pista já estava bem seca e mesmo com cuidado em função de alguns pontos molhados, acho que faria tempos um pouquinho melhor e, quando todos parassem ele teria uma boa vantagem.

  20. David Félix Krapp disse:

    Fala Flávio,

    Texto excelente como sempre!

    Acidente de corrida… as Ferraris foram com muita sede ao pote e espremeram Verstappinho que com toda sua modéstia fez aquele comentário que acho até sucinto… Verte vacilou demais…

    Pobre Alonso… nem quando dá sorte ele dá sorte… hahahahaha

    Ricciardo é sensacional!

    Sainz Jr é muito bom e tá dando um banho no Kvyat

    Massa vacilou demais… já dá sinais claro que a aposentadoria chegou…

  21. ags disse:

    O Nazisboy foi o criador dessa meleka..rssss
    Saiu caladinha..sem reclamar de nada.. safado..
    Vai levar um susto e vai tirar a cara do campeonato..
    Viva Hamilton aquele que sokou no tobha desse alemão peido de veiu..rsssssssssssssss

  22. jj letho disse:

    Soltar peido é ter carisma??

  23. cesar disse:

    Quem transmite a formula 1 pra nos aqui nos trata como lixo, por isso poe tranquera de Luiz Roberto nas transmissões, coitado de nos, agora a atuação do fuMassa foi uma vergonha para o automobilismo brasileiro concordam! que fundo do poço gente! varzea! abraços!

  24. Eduardo_SC disse:

    Cara do arrivabene foi de quem viu alguém levando um chute no saco.

  25. Pedro Gomes disse:

    Flavio, no México em 2015 também teve abandono duplo da Ferrari!

  26. Flavio Costa disse:

    Massa péssimo? Até aí, nenhuma novidade!

  27. Marco disse:

    Pô parabéns Flávio!!!até q enfim um comentarista brasileiro tem coragem de dizer q o massa foi mal numa corrida!! Na verdade o massa tem q ir de conformando q já deu, q teve uma carreira brilhante mas q agora tá tomando tempo até do stroll. São só três pontos na classificação e sei lá o jeito q tá pegando o massa vai terminar o campeonato atrás de um estreante

    • Wanderson Marçal disse:

      Na verdade a imprensa brasileira pega bem leve com o Massa. Não é o caso do Gomes, mas parte dela viu que era jogar contra bater demais como faziam com o Barrichello porque afasta o público pacheco e a outra parte — como a Globo — o protege de críticas como sempre fizeram inclusive com o Rubinho.

      Mas a verdade é que eu nunca vi um piloto há tanto numa categoria top andando mal e mesmo assim mantendo vaga. Nem campeões como o Villeneuve resistiram tanto. De 2010 pra cá a última temporada boa do Massa (e nem foi brilhante, foi boa com algum destaque aqui e acolá) foi em 2014. Da metade do ano passado pra cá ele está péssimo. Parece desleixado e errando muito. Não merece estar no grid. Simples assim.

  28. carlos lima disse:

    Excelente. Irretocável. Leitura excepcional. Bravo!

  29. Emerson Vieira disse:

    Para minha sorte tenho amigos que curtem F1 e outras categorias e na nossa mesa de bar sempre conversarmos a respeito.
    Grande manobra do Vettel, adorei!

  30. valter disse:

    Hamilton é um super piloto, mas essa de conversar com os mortos, que viagem.

  31. Tiozao disse:

    A barbeiragem do Vettel foi tão grande que ele, campeão antecipado da taça de reclamão do ano, não soltou nenhum xingamento. Quem em sã consciência e disputando um campeonato atira o carro em direção ao Verstappen Jr.?

    • Luigi disse:

      Você tem razão,por uma atitude tão idiota não mereceria ser campeão..
      Mas dizem que um campeão , também tem que ter um pouco de sorte, e sendo assim; acredito que Hamilton será campeão,pois está entre os melhores pilotos de todas as épocas, tem o melhor carro, é bafejado pela sorte dos campeões e ainda de vez em quando é protegido pela britânica direção e comissária do de pista, só pode ser campeão !

  32. Luthiano disse:

    Não existe explicação lógica para a atuação de Felipe Massa. O cara tava de pneu pra chuva extrema, todo mundo com pneu intermediário e virando tempos bem melhores que ele, aparece um safety car e sabe o que ele faz? Não vai pros boxes trocar as merdas dos pneus. Ele fica horas e horas tomando tempo e decide ir para os boxes já quando safety car tinha saído. Simplesmente, insano. Mereceu o péssimo resultado.

    • Lawrence disse:

      Como eu imaginava, Stroll ia começar o ano passando vergonha e terminar o ano na frente do massa

    • Angelo disse:

      Eu acho que ele se vendo atrás do companheiro de equipe na classificação, numa pista que não dá para passar, decidiu fazer o contrário de todo mundo (se ele seguisse o script da normalidade, ficaria atrás do Stroll do mesmo jeito). Acho que no lugar dele faria o mesmo, nessa pista que é complicado passar. Infelizmente correu como azarão e terminou como azarado mesmo.

  33. Helio disse:

    Vestapen é um pilotinho de merda , faz muita merda é fala demais , merda . Espero que continue assim , um MERDA

  34. Christian S. disse:

    Podemos não saber quem será o campeão em 2017 mas sabemos que em 2018 os motores da Honda darão um passo gigantesco para frente e os Renault farão o mesmo em sentido contrário. Afinal, a sorte vai para onde Alonso não está!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>