MENU

quarta-feira, 25 de outubro de 2017 - 17:04Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: A FAÇANHA DE ROSBERG

25 comentários

  1. Alfredinho disse:

    Rosberg conseguiu três façanhas em sua carreira na Fórmula-1. Derrotar um heptacampeão, apesar de fora de forma. Derrotar um tricampeão, que vai se tornar tetra e conquistar um título mundial.
    Não é pouca coisa.

  2. helena disse:

    Sobre o teu cabelo… Tenho uma excelente idéia!
    Use um boné e ofereça o espaço para publicidade.
    Imaginou o montante patrocinador que podes ganhar?

    Adoro teus vídeos.
    Sucesso sempre pra você.

  3. GARLET disse:

    Só deixaram vencer porque é alemão, senão teriam desliga um cilindro do carro dele, até o fim do campeonato, como fizeram com BOTTAS. Aliás o Bottas começou dar pau no HAmilton esse ano, e vergonhosamente, no tapetão a Mercedes deu uma cortada de asas nele, afrouxou alguns parafusos, desligou cilindro do motor, enfim, F1 é pura falsidade. No pau a pau HAmilton poderia estar atrás do Bottas esse ano. Não só do Bottas, qualquer puiloto desse GRID, com essa MErcedes, com os privilégios do HAmilton, venceria esse campeonato. Até o Kvyatt.

  4. Richard disse:

    Os problemas mecânicos no carro do Hamilton foram o fator fundamental para o titulo do Rosberg.

  5. Richard disse:

    Quebras acontecem, não tira o mérito do Rosberg, mas se o motor não quebra ….
    Detalhe importante, a equipe de mecânicos do Rosberg era do Hamilton.

  6. AS disse:

    Tive a mesma impressao apos a corrida de domingo… Rosberg suou sangue pra ganhar o titulo. Vi reportagens sobre o treinamento fisico e mental pesados que ele teve em 2016 e mesmo com as ajudas externas, acho que ele deve ter pensado: – Isso esta ficando perigoso… vou cair fora !!

  7. Rodolfo Goes disse:

    A temporada do Hamilton foi mesmo espetacular. Lembrando ainda que ele “abriu mão ” de um segundo lugar quando devolveu posição para o Botas ainda antes das férias.

  8. Roberto disse:

    Foi uma façanha com uma grande ajuda da equipe Mercedes.

    Foi Rosberg 385 (9 vitorias) contra Hamilton 380 (10 vitorias).
    1. Equipe de mecanicos do Hamilton foi para o Rosberg..
    2. Falhas mecanicas no carro do Hamilton no inicio do ano em virtude da equipe de mecanicos que eram do Rosberg.
    3. Quebra do motor na Malásia

    Aquela quebra de Motor do Hamilton na Malásia, definiu o campeonato.
    Para quem não lembra…
    Antes da corrida era Rosberg 273 pontos e Hamilton 265 pontos.
    Hamilton deixou de marcar 25 pontos.
    Rosberg ia marcar 12 pontos e marcou 15 pontos.

    Eu tenho uma teoria maluca da maldição.
    Depois que Alonso fez aquilo com Hamilton em 2007 não ganhou mais nada.
    Depois que Vettel segurou Max Veratappen em ABU DHABI 2016 para não ultrapassar Rosberg e assim proteger Rosberg…..
    Acho que não ganha mais nada.

    Como eu disse isso é só DOIDEIRA.
    E continuo HISTÉRICA.

  9. Antonio Seabra disse:

    Nico Rosberg era muito bom piloto, mas não era do calibre no Hamilton. Entretanto é um cara muito inteligente, e um excelente acertador de carros. Essa caracteristica dele se revelou desde os testes na Williams, quanto ele disputou e ganhou a vaga com/do Nelsinho. Ele foi escolhido por passar melhores e mais precisas informações aos engenheiros, e por ter sido mais constante, apesar de não ter sido mais rapido que o brasileiro.
    Lembrem que toda vez que ele ganhou do Lewis foi porque ele tinha um ajuste de carro nitidamente melhor, ou uma estrategia de pneus mais eficiente. Nunca foi numa disputa apertada ou numa manobra ousada. Toda vez que a situação pediu braço e nao ajuste perfeito, toda vez que as condições da pista eram dificeis, ele tomou fumo, e as vezes, fumo monumental.
    O campeonato poderia não ter sido dele, se ele nao tivesse empurado Hamilton para grama na Espanha, quando Lewis era nitidamente mais veloz e ia ultrapassa-lo, ou se o motor de Hamilton não tivesse aberto o bico na Malasia, roubando uma vitoria certa do ingles. Ou se o ingles não tivesse tido uma troca adicional de motor com punição,
    Mas o campeonato, a F1 e a vida não são feitos de “se”, e o titulo do Rosberg tem seu valor, principalmente pelo desempenho dele no inicio do ano, pela dedicação e pela capacidade de correr com o regulamento debaixo do braço.
    Entretanto, esse é um daqueles titulos que dentro de alguns anos será pouco lembrado, assim como o são o titulo do pai Keke, do Jones, do Jody, do D. Hill, do P. Hill e talvez o do Surtees e o do Hunt. Porque naquels anos havia pilotos melhores e mais destacados.

    • Marco disse:

      Muito bem analisado! Concordo plenamente e coloco um pouco de lenha, acho q a Mercedes beneficiou o rosberg como gratidão pelos anos de serviços prestados, e mais, acho q aquela aposentadoria fazia parte do acordo, será!??????

  10. Fábio Mendes disse:

    Só acho q faltou falar exatamente sobre o título do vídeo. A façanha de Rosberg poderia ser um pouco mais comentada, e a pergunta que fica, será que Lewis teria essa vida fácil a ponto de ser comparado aos melhores de todos os tempos se estivesse em uma briga acirrada com o companheiro de equipe no qual muitos subestimavam?

    • Fernando disse:

      Fazer seu primeiro campeonato empatando com o bicampeão Alonso – que venceu Schumacher – é vida fácil? Ter como companheiro de equipe Button, campeão mundial é vida fácil? Vencer campeonatos disputados com Rosberg, um companheiro que viria a ser campeão depois, merecidamente, em condições iguais, mesma equipe e mesmo carro, isso é vida fácil? Vencer duas vezes um cara que punha tempo no Schumacher é vida fácil? Vencer este campeonato do tetracampeão Vettel, um dos melhores pilotos atuais, é vida fácil? Não posso concordar com você, Hamilton sempre teve disputas acirradas com Rosberg, e com outros em toda sua carreira. Merece sim estar entre os grandes, entre os 2 ou 3 melhores. Hamilton nunca teve vida fácil na F1. Há muitos campeões (multicampeões) que nunca permitiram que seus segundos-pilotos pudessem disputar algo com eles, com o mesmo carro, na mesma equipe, isso é “vida fácil”. Definitivamente não é o caso de Hamilton. O título do vídeo diz tudo: foi uma façanha, e se foi é porque Hamilton não é qualquer um, Rosberg também porque venceu um dos melhores.

  11. clodoaldo lelli disse:

    então agora que o kiviado tomou uma asa na bunda sera que ele tambem é candidato a vaga na williams ?

  12. joel lima disse:

    Sem saber, o presente de natal de Hamilton foi no dia 2 de dezembro, quando Nico, inesperadamente, anunciou sua aposentadoria. Imagino que com Nico na equipe, talvez a Ferrari de Vettel pudesse até levar o título que nem foi em 2007 = os pilotos da McLaren, Hamilton e Alonso, se mataram e quem ganhou foi Kimi de forma quase milagrosa..
    Não estou a par se ano que vem haverá mudanças técnicas drásticas. Se não, tem tudo pra Hamilton triunfar de novo, e assim, um marco que eu achava que não veria ser alcançado, pode acontecer = alguém igual o número de títulos de Schummy.
    Acho que Hamilton hoje, apesar de lendas como Stirling Moss e Grahan Hill, é o melhor piloto inglês que já passou na F1.

  13. Fernando disse:

    Arrisco a dizer que a Mercedes deve-se estar agradecendo aos céus , a decisão de Rosberg. Pois com a disputa Hamilton x Rosberg , pode ter certeza que a Ferrari ( Vettel) daria mais trabalho ainda.

  14. Mauro Oliveira disse:

    Rosberg derrubou a tese dos jornalistas de que alguém que cede sua posição de quem segue o jogo é segundo piloto.

  15. Toni Righi disse:

    Eu arrisco dizer que a decisão do Rosberg de correr da raia tem muito a ver com isso. A façanha de vencer o Hamilton como ele venceu, na mesma equipe e com o mesmo equipamento, foi tão grande que ele preferiu não enfrentar esta batalha titânica de novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>