“GP ÀS 10″: HEGEMONIAS | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

domingo, 26 de novembro de 2017 - 14:10Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: HEGEMONIAS

De ontem à noite, mas tá valendo para quem não assistiu.

10 comentários

  1. S. disse:

    O auge da Benetton na época ocorreu porque eles burlaram o regulamento. O software no carro do Schumacher, quando nenhuma ajuda eletrônica era permitida, é a grande prova disso.

  2. Anselmo Coyote disse:

    Hegemonia é ruim sim. Aborta o pensamento de qualquer louco que pensar ser possível uma disputa,.
    Porém não dá para comparar a hegemonia da Mercedes (2014/2017) com a da Red Bull (2010/2013), por exemplo.
    A Red Bull era soberana e ponto final. Ela trabalhava para um piloto e o outro talvez nem merecesse estar na categoria F1.
    Em 2014 e 2015 a Mercedes e a Red Bull foi bem parecidas. Parecidas, porque não dá para comparar Rosberg com Webber.
    Em 2016 Rosberg foi campeão, o que significa que houve disputa interna, o que nunca houve na Red Bull.
    Em 2017 o carro da Ferrari foi superior aos da Mercedes na maioria dos circuitos, apesar de uns brilharecos da Red Bull. Observe que falei carro (no singular) da Ferrari e carros da Mercedes e isso foi por motivos óbvios. O segundo piloto da Ferrari deu no mínimo 20 pontos ao primeiro piloto.
    Concluindo: a hegemonia da Mercedes nunca foi tão fácil quanto o da Red Bull nem em 2014/2015 e em 2017 não houve hegemonia. Houve uma equipe trabalhando melhor apesar da inferioridade e um piloto pilotando o fino a temporada inteira, valorizando cada pontinho.
    Abs.

    • Paulo Pinto disse:

      Desculpe discordar, Coyote, mas a Red Bull não foi soberba nos quatro títulos conquistados. Em 2010 e 2012 Vettel ganhou os títulos no fio da navalha. É só olhar a diferença de pontos do alemão para o vice Alonso. E tem outra: em nenhum dos quatro anos a RBR conseguiu conquistar o vice, coisa comum na Era Mercedes. A equipe alemã só perdeu o vice deste ano, porque Bottas estava se aclimatando à nova equipe e teve Vettel como adversário.
      Abs.

      • The John Cuzak Neurofunk Experience. disse:

        Exatamente, o campeonato de 2010, por exemplo, foi extremamente disputado e Vettel – a lá Jimmie Johnson – só levou na última etapa.

  3. sandro disse:

    Flavio, ninguém quer te convencer e você não convencerá ninguém,,,,cara,,,,,é opinião, e se uns são mais duros na maneira de falar pense que você também é tão duro quanto com quem não aceita seus comentários…….você já é bem grandinho pra saber disso….mas eu posso dizer uma coisa e dou muita risada: você diz que é bom mas não é,,,,,diz que é ruim mas não é e pode ser……..rsrsrsrs,,,,,muda de opinião na mesma frase….rsrsrs.

  4. Paulo Pinto disse:

    Uma hegemonia só é boa quando o piloto pelo qual torcemos está nela. O resto passa a ser detalhe.

  5. Eduardo disse:

    Cara, vc é engraçado, rsrsrsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>