“GP ÀS 10″: KUBICA & SIROTKIN | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017 - 19:45Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: KUBICA & SIROTKIN

33 comentários

  1. Gabriel Medina, El otro disse:

    Essa volta de Kubica é uma das coisas mais estapafúrdias da historia do automobilismo, pelo simples fato de que o cara não pilota um carro desse a 6 anos e tem passe livre, enquanto a FIA exige um sem número de pontos para novatos fazerem o mesmo.

    Em tempo, a equipe adorou o polonês, mas o Sirotkin andou mais rápido e tem mais dinheiro.

  2. periferia disse:

    Alguém já se perguntou que o Kubica pode ter sido reprovado nos testes da Willians?……….surgiu o boato que ele estava guiando com apenas uma das mãos……..se fala muito no dinheiro…….quem sabe não foi uma troca técnica……..gostaria de entender o tal ” de primeira mão “…….. uma coisa boba…….notícia é notícia…..independente se chegar de primeira ou na quarta posição…..o importante é o conteúdo…….a boa informação .

  3. Raul Braga disse:

    Carros de Fórmula 1 sempre foram movidos a dinheiro… a situação ficou evidenciada após a proibição da publicidade tabagista na F-1… o que mais me conforta é saber que para ser um grande piloto AINDA é preciso mais do que o vil metal…..que o digam os Hector Rebaque, Ricardo Zunino ou os Paolo Barrilla da vida…

  4. ags disse:

    Vai que o orçamento da Wiliams de 2018 é abaixo da Mbz e Ferrari…então… ela tem que ficar entre as 3 melhores no final do ano..kkkkk

  5. Atenágoras Souza Silva disse:

    Flávio, lembra da Sauber no fim de 2014 e início de 2015?
    Ela estava, se eu não me engano, com 6 pilotos em contrato, e mais de dois titulares.
    Dois desses pilotos (se eu não me engano van der Garde e Sutil) entram na justiça.
    Acha que pode acontecer o mesmo com a Williams?

    Bem, sendo barriga ou não, precisam lidar melhor com imprevistos como estes. Acho que fazem um trabalho muito bom quando automobilismo, hoje, é esporte de nicho.

    Um grande abraço do fundo do meu coração vermelho de outubro de 1917,
    Atenágoras Souza Silva.

  6. Wanderson Marçal disse:

    Olha, eu gosto muito do Grande Prêmio, acho um excelente site, gosto muito do blog, do paddock e sempre tô compartilhando conteúdo do portal nas minhas redes sociais, mas assim como vocês que já receberam o Di Grassi e o Massa nos seus programas e corretamente os criticaram quando acharam que mereciam, eu não vou me furtar de dizer que acho que erraram muito na condução dessa história toda. De uma forma inacreditável até pela experiência dos profissionais envolvidos. Tá pau a pau com o texto do Livio Oricchio — outro cara experiente e competente — pedindo pra destruírem Interlagos.

    A informação dada e cravada foi que o Kubica havia assinado com a Williams pra 2018. Não acontecendo o portal poderia apenas dizer que errou, o que acontece com todo mundo, e seguir em frente. Até porque, venhamos e convenhamos, não muda a cotação do dólar. Mas preferiu culpar quem cobrou a confirmação da notícia — inclusive com uma alegação ofensiva ontem transcrevendo a fala do Umberto Eco que as redes deram voz a imbecis. Claro que tem imbecis, mas nada mais normal e corriqueiro que quem faz trabalho público seja cobrado pelo que faz — assim como piloto, jogador, político, professor etc. Também dizer que nós não sabemos como as coisas funcionam não é o caminho. Agora teve esse lance do Massa, um erro humano, mas que deixa a impressão de que a qualquer custo querem encontrar alguém pra referendar tal assinatura. E mais: o próprio Massa falou algo correto nas suas redes, que quando alguém assina algo não se muda. Se se quiser quebrar contrato, tem toda uma burocracia e fatalmente isso chegaria à imprensa. O que chegou foi que o Kubica tá buscando combustível financeiro. Buscando dinheiro para um contrato já assinado e que mais de mês de assinado continua confidencial? — e você mesmo disse no vídeo que hoje em dia informação alguma fica sigilosa durante tanto tempo.

    Enfim, o erro em si seria muito menor do que toda a fumaça que desnecessariamente se criou sobre isso. É uma pena.

    • Flavio Gomes disse:

      Nós não erramos nada, o cara assinou e veio o Sirotkin com a grana, as coisas mudaram e não estamos culpando ninguém de nada. E vocês não sabem mesmo como funcionam as coisas. Realmente a internet deu voz a uma malta de imbecis. O mundo vivia melhor quando eles ficavam em silêncio.

  7. Alex disse:

    É aguardar a cenas dos próximos capítulos. Eu acho que não tinham assinado, mas se vcs afirmam não posso rebater sem provas.

  8. Eduardo Dias Cordeiro disse:

    Vão levantar um caminhão de grana com 2 pilotos.
    E fazer um carro mequetrefe de novo.

  9. Mario disse:

    Flavio o mundo está cheio de malas. Segue o trabalho aí de voces que é Campeão!! Abraço

  10. clodoaldo lelli disse:

    williams quer é grana

  11. Robertom disse:

    A assessoria do polonês informou que Robert Kubica segue lutando pela vaga, o que deve significar “negociando patrocínio adicional para cobrir a oferta dos russos”, definitivamente a Williams se tornou uma equipe caça níqueis…

  12. charles disse:

    Lembrando ainda, que o maior piloto da atualidade – Vettel, também manifestou-se sobre a contratação de Kubicca

  13. Paulo disse:

    Se era pra por grana porque não pegariam então o Werlhein?
    Bom piloto., tem potencial, conhece bem os motores e os carros atuais, com apoio da Mercedes.. seria muito mais negócio em termos financeiros e de resultados.

    Eu não acredito que eles tenham pego o Kubica só por dinheiro, até como o Massa deu a entender..

    E não ponho fé nenhuma num bom rendimento dele. Era um prospect de futuro campeão no fim de 2010, início de 2011 quando houve o acidente.. e quase ninguém lembra que ele sempre foi meio maluco, colecionou pancas memoráveis antes e pós acidente..

  14. Celso Renato disse:

    O Kubica assinou com a Williams. O GP antecipou/divulgou a notícia e acertou. Ponto. Se a Williams roeu a corda, assinou com outro, vai romper com o Kubica, vai deixá-lo como reserva etc…. é outro fato. Simples.

  15. CHAGAS disse:

    Teria que montar uma enquete sobre o mico de fim de ano na F1

    Manter Hartley
    Ficar Ericsson e sair Werhlein
    E essa agora à confirmar, Sirotkin no lugar do Kubica

    E segue a Formula 1 em alto nível

    • Gabriel Medina, El otro disse:

      Hartley é melhor que 70% do grid da F1, Einstein. Bi campeão mundial de endurance e melhor piloto Porsche, mesmo tendo na equipe gente do quilate de Mark Webber, Andre Lotterer e Neel Jani.

      Automobilismo não é só a poltrona na manhã de domingo, campeão, eduque-se sobre o assunto.

      PS: No conjunto de voltas lançadas em simulação de corridas, Sirotkin escovou o polonês.

      • CHAGAS disse:

        F1 não é endurance. Falei em vários comentários aqui neste blog que Hartley é um vitorioso mas não em um F1. O assunto nesta pauta meu camarada é F1, e o Hartley é fraquinho pilotando esses carros.
        Aguarde o ano que vem para você ver que o menino que vai correr do lado dele vai mostrar como pilota-se um F1.
        Sobre Sirotkin ter superado o Kubica, passe ae a relação de tempos, pois as que eu li o polones foi mais rápido que os dois que testaram com a Willians.

  16. tevez disse:

    Pra que um Video? Para de dar ouvidos a feedback de corneteiro cara.
    Voces tem uma trajetoria e anunciaram que Kubi assinou, dae se eles mudaram o assinado nem precisaria de video para dar corda a escroto de redes sociais, GP acertou de novo. Willian$$ que mudou a parada

  17. Ricardo Bigliazzi disse:

    Não é fácil para o Kubica.

    A “grana” manda na F-1 e o aspecto físico é determinante para o alto desempenho.

    O Kubica luta contra a grana, contra as suas limitações físicas e contra o medo da desaprovação geral se algum acidente grave acontecer com Ele (tenho certeza que o pessoal cairia de pau na Williams pela irresponsabilidade de ter colocado o Kubica a correr na F-1.).

    Não é fácil para o Kubica.

    Acho que os P$utins do Sirotkin chegaram a Williams no melhor momento, o russo parece ter qualidades e a grana gorda seria a “melhor desculpa” para o Kubica ser escanteado sem passar pelo constrangimento das alegações de suas condições físicas.

    Não é fácil para o Kubica

  18. Gerson disse:

    Acho que pela primeira vez, discordo do FG. Por que dar tanta ênfase ou explicações aos que duvidam do Grande Prêmio? Vocês são os melhores e estão muito acima dessa turma de reclamões. Segue o jogo e boa

  19. Fernando disse:

    E parabéns ao pessoal do GP

  20. Saima disse:

    Uma coisa que queria saber, se alguém puder explicar, é se os contratos hoje não impedem os pilotos de competir em outros eventos, de andar de moto, jet-ski, enfim, qualquer coisa que os ponha em risco de contusão séria ou morte.

    É que uma vez li em algum lugar que as equipes de F1 passaram a vetar a participação de seus pilotos em eventos de Rali, protótipos etc depois que o Bellof morreu em Spa em 1985. O que não sei é se o Kubica estava sob contrato para 2011 e foi participar daquele rali assim mesmo.

    • Luiz Alberto disse:

      Eu acredito que assim como no Brasil ,em outros países com pessoas de mente evoluídas, deve existir leis tipo da Lei Áurea, que liberou os seres humanos de todos os tipos de servidão, e que cada um tem o livre arbítrio e é responsável por seus atos.
      E principalmente na prática de esporte que está liberdade deveria ser mais evidente, mas talvez por causa de gente com mentes pré idade média é que cenas como a ocorridas no Maracanã sejam tão recorrentes, uma vez que “Gente” achem que adversários sejam,”Inimigos” , também seja natural que achem que esportistas de sua preferência (ou não) sejam escravos a sua vontade.

      • Saima disse:

        Viajou, hein? A liberdade pressupõe responsabilidade e bom senso.
        Você dificilmente verá um jogador de futebol se esbaldando numa churrascaria toda semana ou na esbórnia enchendo a cara e o nariz de pó, embora seja livre.
        Eu sou livre para tomar uma garrafa de Campari que adoro e está aqui na minha frente, mas tenho o bom senso de saber que são 9 da manhã e vou dirigir logo.
        Entendeu ou preciso desenhar?

      • Saima disse:

        E como as pessoas, como você bem observou (a única coisa que se salva no seu texto), muitas vezes não têm bom senso ou não sabem usar a liberdade, infelizmente precisam de leis, contratos etc para isso.

    • Riba disse:

      O Kubica exige essa cláusula no contrato. Foi o que li na época do acidente.

  21. Saima disse:

    Por mais que a gente saiba do talento do Kubica, goste do cara e torça por ele, é provável que não daria certo.

    As condições físicas dele foram postas em xeque – por mais que ele negue, que diga que está ótimo, que se adaptou etc – e, principalmente, os carros mudaram demais da época dele para cá.

    Ele voltar a guiar F1 seria como o Adriano voltar a jogar no Flamengo em alto nível, comparando os talentos apenas, claro. O talento permaneceu, mas o mundo mudou.

    Uma pena. De novo o dinheiro vence o talento. Mas é assim que é na F1, há muito tempo. Triste pelo Kubica, triste pela equipe que foi reduzida a essa condição típica das Minardi, Osella e Coloni dos anos 80.

    Quanto à informação dada, não é culpa de quem deu a notícia se os dirigentes da equipe mudaram de ideia. Isso está além da nossa vontade ou alcance.

  22. Araujo disse:

    O que ainda não ficou claro é como fica o patrocínio da Martini, com dois pilotos menores de 25 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>