MENU

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018 - 21:10Arquitetura & urbanismo, Caminhões

ENCHE O TANQUE

e9834581-f63d-4e79-a12e-fd13b16c45e1Eu adorava quando esses FNM enormes levavam apenas essa inscrição no tanque e o logotipo pequenininho da petroleira… No caso, Shell. FNM é uma instituição nacional.

12 comentários

  1. Alex disse:

    FNM, sucateada pelos militares e “vendida” a uma falida Alfa Romeo…

  2. Renato de Mello Machado disse:

    Muito fã desse caminhão,marcou minha infância.Aliais como tudo que é Alfa,meu pai tinha um FNM2000.Hoje no meu trabalho passo a noite vigiando os tanques e os carga seca,só tirando fotos trabalho dos deuses.

  3. Zé Maria disse:

    Procurem vídeos do Ito Bir e de outros cambiando o bruto no YouTube.
    Show de bola!

  4. andre lima disse:

    Lembro que quando era criança (uns 35 anos atrás), morávamos na vila Hamburguesa e havia um desses FNM cinza, mas bem judiado; o caminhão era usado pra levar metal prensado em fardos de um lugar na vila que fazia esse tipo de serviço…. minha mãe nunca nos deixava passar em frente desse lugar com medo que fôssemos atropelados por esse caminhão… ela morria de medo dele..

  5. jbchaves disse:

    Flavio, aqui na minha cidade ainda tem alguns “FêNêMê” trabalhando em pedreiras de calcário, e dão conta do recado.

  6. Yves Zamboni Filho disse:

    E que instituição! Mais respeitada que muitas por aí…

    Flávio, falando em caminhões sensacionais, tenho umas fotos de uma Scania 1973 da Polícia Rodoviária Federal que eu gostaria de compartilhar com você e, se for o caso, com os demais que acompanham de perto seu blog. Quem sabe na “Prende Eu”?
    Como faço para te enviar?

    Grande abraço

  7. Paulo F. disse:

    Realmente a FNM é uma instituição nacional.
    Em ação que recorda o que acontece hoje com nossas empresas estatais, de todo jeito sucateada até a entregar em troca de uma língua de pato e uma mariola!

  8. jader disse:

    O mais legal desses caminhões era o ronco.

  9. Marcio K disse:

    FNM = o barulho de motor mais incrível que já tivemos.

  10. sinval disse:

    esta foto é de 1972 ou 1973 pra mais, pois temos um corcel la na outra esquina com as lanternas traseiras grandes, e este modelo de corcel é do fim de 72 pra frente.

  11. marco cordobê disse:

    Bom dia Flavio.
    Depois de um bom tempo volto a comentar alguma postagem aqui.
    Meu pai foi caminhoneiro e dirigiu muito estes FNM. Não como cavalo mecânico, mas como trucado, foi transportador de combustíveis e trabalhou muito tempo puxando para a mesma petrolífera. Depois aventurou-se na parte de terraplanagem, sempre com Alfa…foi assim até o final dos anos 70 quando trocou de marca.
    As lembranças dos Alfa, com seu sistema de caixa seca, reduzida separada tocada por outra alavanca (onde se faziam as “cruzadas”), o barulho do interior da cabine, o calor muitas vezes insuportável e os muitos problemas crônicos ainda percorrem minhas lembranças. Era pequeno e depois jovem, mas sempre ajudava quando podia nos finais de semana o meu velho na manutenção dos brutos.
    Saudades de tempos que não voltarão…ah, meu pai ainda tá vivo viu?
    Abraços e sorte.

  12. Jose henrique disse:

    O motorista que trabalha comigo tem um ano 1964 , cambio seco duas alavancas , sensacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>