MENU

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018 - 10:40Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: 3 VEZES CHRISTIAN

12 comentários

  1. CRSJ disse:

    Christian Fittipaldi tinha que ser Tri em algum lugar por aí sendo que nesse caso Daytona, uma Le Mans Americana.

  2. Luiz Guimarães disse:

    Parabéns, Flávio. Você é um dos poucos jornalistas que ainda divulgam alguma coisa relativa a automobilismo. Para a imprensa em geral automobilismo significa apenas Fórmula 1.
    Um feito desses e a imprensa brasileira não publica uma só nota a respeito!

  3. Vinicius disse:

    Ué? Achei que vc estava de pé…. rsrs
    Parabéns ao Christian e equipe. Para o Felipe Nars também. Mas parabéns e palmas também para a Fox e sua equipe, pela excelente transmissão. Raro ver tanto tempo dedicado ao automobilismo hoje em dia, mesmo na TV paga.

    Abs

  4. Wladimir disse:

    Flavio,
    Outra grande conquista do Christian foi um heroico 2º lugar na primeira participação nas 500 milhas de Indyanapolis

  5. Jonny'O disse:

    Simplesmente sensacional ! Christian Fittipaldi é um grande vencedor da IMSA , vai correr as provas longas por lá este ano,.

    Mas o que é muito legal é o fato dele vencer justamente este ano, onde a prova estava mais em evidencia no resto do Mundo justamente por conta do sucesso do atual regulamento do campeonato, que a cada dia mais e mais fabricas entram na brincadeira , coisa muito diferente do que acontece na WEC.

    Vendendo Daytona em um momento de alta da IMSA dá a Christian o merecido destaque que sua carreira teve por lá, ficou muito tempo neste time , e foi multi campeão não só de Daytona mas do proprio campeonato IMSA,
    GRANDE CHRISTIAN !!!!!!!!

  6. Alexandre Neves disse:

    Flavio, cabe um GP ÀS 10 sobre o que poderia ser feito de prático para revitalizar o automobilismo brasileiro? Produzir safras de pilotos como Christian, Rubinho, Massa, e tantos outros dessa geração que se foi, e que se nada for feito serão cada vez mais raros. Já são na verdade, muito poucos nomes… Abç!

  7. Ricardo Bigliazzi disse:

    Gosto muito do Christian, tive um breve contato com Ele em uma 500 Milhas da Granja e pude ver um cara muito simples no meio daquele monte de estrela.

    Sempre fico feliz quando Ele tem uma grande conquista.

    E o Alonso???? Correu como nunca… perdeu como sempre!

    PARABÉNS AO CHRISTIAN E A EQUIPE!!!!!!

  8. Paulo Pinto disse:

    E os Deuses da Velocidade, sempre caprichosos, continuam bagunçando o Alonso: 38º lugar.

    Qual é a próxima aventura do espanhol trapaceiro, que um dia teve a ousadia de usar uma camiseta desmerecendo o Maior do Mundo? Ah, sim! Le Mans.

  9. Cláudio Cardoso disse:

    Flávio, acho que outro ponto de destaque nas 24h Daytona, além da vitória do Christian, foi o domínio dos Ford GT na GTLM. As provas da GTLM são sempre equilibradas, mas a Ford não deu nenhuma chance às concorrentes. Gosto muito desse carro, tanto pelo seu layout quanto pela sua história vitoriosa.

  10. clodoaldo lelli disse:

    fator alonso atacou denovo não tem jeito onde ele poe a bunda no banco quebra tenho dó da mclaren-renault esse ano vai andar atras da toro roso

    • Ricardo Bigliazzi disse:

      Também tenho dó da Mclarem, adora a equipe, mas aquela “pecinha” que eles tem em um de seus carros acabam com o tesão de torcer pela equipe.

      O Helmut Marko disse pouco, mas disse tudo. O Idiota Veloz Espanhol fez de tudo para que a Honda não atingisse o sucesso esperado.

      Vai ser muito legar ver a RedBull Campeã Mundial com a Honda em 2020.

  11. Toni Righi disse:

    Interessante a carreira do Christian. Considerando os resultados dele na carreira, da F1 à Nascar, eu nunca apostaria que ele iria acabar “casando” tão bem com as provas de longa duração.

    Por muito pouco não foram 3 brazucas para o podium ontem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>