MENU

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018 - 22:27Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: ADEUS, KERPEN

4 comentários

  1. Flávio M Peres disse:

    Estão querendo matar o excepcional Kartódromo em minha cidade (Poços de Caldas) também. É um kartódromo fantástico, com mergulhos, pequenas subidas, parabólica. Primeiro, inventaram que a saída dos boxes seria insegura, o que inviabilizaria provas oficiais: os boxes ficam no cotovelo, de maneira que é fácil alguém olhar para a pequena reta oposto e autorizar (ou não), o retorno de alguém à pista. Segundo, passaram a dizer que como o Kartódromo não estava mais sendo aproveitado, drogados estavam usando o espaço e, aí, então, retiraram a cerca e derrubaram os boxes. Terceiro, hoje, 14/01/2018, o Jornal da Mantiqueira publicou que uma Associação de Ciclista é favorável que se torne um “Parque Ecológico”: claro que não vão andar de bicicleta lá, e, em verdade, querem um Parque para atender o próspero bairro que se desenvolveu ali. Entretanto, Poços de Caldas é uma cidade turística, precisamos de atração. Se não há capacidade para trazer provas oficiais, arrendar para o Rental Kart (os Karts de aluguel) seria perfeito. Socorro, estamos afundando…

  2. Alan Borghini disse:

    Seria um “Manabu” ali na parede?

  3. Fabio disse:

    Curioso é que para a própria história automobilística da Alemanha o kartódromo de Kerpen, em que se sedia o kart clube, tem uma tradição muito grande também. Esse kartódromo foi idealizado por Wolfgang Von Trips, que, pelo que consta, foi quem introduziu os primeiros go-karts na Alemanha, adquiridos nos EUA, e pretendia, com eles, montar um centro de formação de jovens pilotos germânicos. A pista era parte essencial do projeto, e foi construída pelos pais de Trips, após a morte do piloto em 1961. Quer dizer, não é só a história de Schumacher que tem raízes lá, mas também a de Von Trips, o segundo maior piloto alemão da F1, talvez, e do próprio automobilismo esportivo alemão. É uma pena mesmo que isso ocorra, mas estou cada vez mais convencido de que o mundo não se importa mais com o automobilismo, infelizmente. Houve um tempo em que não era assim, as pessoas ligavam, tinham curiosidade, acompanhavam, mesmo aqueles que não eram fãs. Mas isso acabou, e fatos como esse só repercutem negativamente para meia dúzia de gatos pingados que ainda gostam de velocidade e do cheiro de gasolina.

  4. Rafael Giannetti disse:

    Olá Flavio,
    Uma pequena correção, existem dois kartódromos em Kerpen, o Kartódromo de Kerpen e o Michael Schumacher Kart Center. O primeiro é o histórico kartódromo onde não só o Michael, mas também o Ralf, Vettel e muitos outros correram quando ainda criança e que em 2020 infelizmente será fechado. O segundo, (MS Kart center) que aparece a foto no grande prêmio é no GP às 10, não será fechado já que está fora da área afetada pela mineradora.
    Grande abraço,
    Rafael

Deixe uma resposta para Alan Borghini Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>