MENU

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018 - 20:08Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: F-1 NO SUPERMERCADO

17 comentários

  1. Titus disse:

    Em 1974 (acho), rolou uma exposição chamada Fittipaldi Motor Show. Se eu não me engano (e costumo me enganar), foi no Ibirapuera. Eu me lembro bem da Ferrari de Jacky Ickx, de uma Brabham sei lá de quem e, claro, da Lotus do Emerson. Como todos os durangos da época, a gente invadia Interlagos de madrugada pra ver as corridas de graça. Tinha fila pra pular o muro…

  2. Jose Bellissimo disse:

    Não sei se foi em 1972 ou 73, que houve a exposição de uma JPS Lotus 72 ( modelo D ou E) num hotel no Guarujá, se não me engano foi no Casa Grande. Fui todos os dias que passei de ferias escolares na cidade ver o carro. E por isso, juntamente com o Tyrrell 006 são os carros que mais gosto da F-1

  3. William Gimenes dos Santos disse:

    “O melhor preço quem faz é o Jumbo e a Eletroradiobraz”… depois quando juntaram e incorporaram em 1 marca só ficou “O melhor preço quem faz é o Jumbo-Eletro e ninguém mais”…

    Mas no Aeroporto, até onde eu sei, era Jumbo mesmo…

  4. Roberto Torres disse:

    Pois é estive em ambos. Na época com 14 anos, 1973. Acho que você errou na conta. Sou mais velho, com certeza.

  5. Roberto Torres disse:

    Pois é estive em ambos. Na época com 13 anos, 1972. Acho que você errou na conta. Sou mais velho, com certeza.

  6. Luis felipe disse:

    Ei postei aqui uma vez um ingresso do GP de.Brasilia..Mas não lembro em que ano foi…72 ou 74?

  7. Edward Fernandes disse:

    Por esta época, em Goiânia, foi exposto o McLaren do Emerson no Supermercado Boca da Mata, inclusive eu tenho uma foto do meu primogênito no carro.

  8. Farid Salim Junior disse:

    Esses dois GPs eu não vi… O de 1972, foi transmitido pela Globo, com narração do Tércio de Lima e, com comentários do Geraldo José de Almeida (que não entendia nada de F1 e, nem sabia dirigir…). apenas quatro câmeras foram usadas e, pouco era informado, já que nem os nomes dos pilotos os dois sabiam. resultado: ficamos vendo as imagens pela TV e, os comentários e narração, pelo rádio, alto, sob os protestos de minha mãe…
    O de 73, não vi, pois estava em viagem com meu pai, em alto mar. Ficamos sabendo das vitórias o Emerson na Argentina e no Brasil, quando o navio em que estávamos (meu pai era marítimo), atracou na cidade de O Porto, em Portugal. Soube dos detalhes pela revista Quatro Rodas – que lia vorazmente à época.
    Sobre a de 72, você, Flávio, publicou aqui, há uns dois anos, creio, um vídeo dessa corrida…
    Muito legal relembrar esses fatos! Saber que temos nossa parte na história do automobilismo internacional é sempre muito marcante!

    • Farid Salim Junior disse:

      Em tempo: aqui no Rio, quando o Emerson foi campeão em 72, foi organizada uma exposição no Estádio de remo da Lagoa, com alguns carros de corrida e tal. O próprio Emerson prestigiou o evento, ao lado de outros nomes importantes da época, como o Stewart, o Cevért e o Peterson. Na época, não haviam filiais do grupo Pão de Açúcar no Rio (apesar do Pão de Açúcar ficar no Rio…rsrs) e, em São Paulo, realmente ficaram alguns carros em alguns mercados, pois os irmãos Diniz também eram aficcionados e pilotos – tendo inclusive vencido uma prova de longa duração em Interlagos – além de amigos dos Fittipaldi. Pode ser essa a razão disso. Tenho parentes que viramos tais carros e, ficavam me tirando sarro, provocando inveja por terem visto os carros antes de mim, aqui no Rio…

  9. TSC disse:

    Não é o Wilsinho largando por dentro na primeira fila com um BRM nº5?

  10. TSC disse:

    Não me lembro se foi em 72 ou 73, mas meu pai e alguns amigos foram de Kombi rebocando um bugue Glaspac de Fortaleza a SP apenas para assistir a F1. Duas coisas que me lembro bem foram, primeiro as fotos de um carro de bombeiros jogando água na torcida por conta do calor e a segunda que eu fiquei muito puto porque meu pai não me levou por ser muito novo (7 ou 8 anos) mas levou meu irmão mais velho 5 anos que eu! quanta inveja kkkk!)

  11. Mario Aquino disse:

    Não é fantasia da sua cabeça. é realidade, sou um pouco mais velho que você, e lembro de ter visto esta exposição de carros no Jumbo-Eletro.
    Morava na zona norte e lembro de ir para Interlagos e parar lá para ver a exposição.

  12. Alexandre disse:

    Já vi um foto de um garoto sentado na Mclaren do Emerson nomeio do supermercado. Algo a impensável hoje. Sei que ocorreu essa exposição sim. Sds

  13. Arthur disse:

    No final de 1972, com Emerson já campeão, os Fittipaldi organizaram uma exposição de carros de corrida, com vários F1 e , entre outros, um Porsche 917, o qual Wilsinho usaria na Copa do Brasil pouco tempo depois.

    Esta exposição aconteceu no subterrâneo da Praça Roosevelt, onde também havia um supermercado Pão de Açucar (ao lado).

    Fui lá várias vezes, e em algumas ocasiões tive oportunidade de me aproximar e até conversar com o próprio Emerson. Eram outros tempos.

    Mas foi marcante a simpatia e a disposição do cara, um recém coroado Campeão do Mundo de F1, que perdia tempo para dar atenção a um fedelho de 14 anos como eu, assim como a qualquer outro que lhe pedisse um autógrafo, uma foto (naquele tempo não existiam selfies) ou lhe fizesse uma pergunta. Ele tratava a todos como os pilotos de hoje tratam o Galvão…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>