MENU

terça-feira, 23 de janeiro de 2018 - 11:54Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: OS PAGANTES

6 comentários

  1. Anselmo Coyote disse:

    O Santo foi para a Inglaterra correr de kart como pagante. Ninguém o conhecia. Só correu porque era pagante mesmo. O que aconteceu depois é outra história.
    Abs.

  2. Coisinha disse:

    Flavio, um poco fora do assunto, mas bem legal ver o Barrichello entrevistando o Massa….
    https://youtu.be/VqVPh4IPefU

  3. Jonatas disse:

    Ser piloto pagante não é demérito. Ser piloto pagante e ruim, é.

  4. Pontalti Jr disse:

    Eu corro de Kart. Tenho 35 anos, corro na categoria Senior B. Pago do meu bolso para correr. Último ano disputei Brasileiro de kart, pago 100% do meu bolso. No kart, os pilotos pagantes ou seja, os patrocinados pelas fabricas ou que carregam patrocínios são os melhores. Consideramos que sejam eles os pagantes. Acho que se o cara carrega com ele um patrocínio ou um padrinho, uma marca ou uma montadora por trás empurrando sua carreira é porque lá atrás fez por merecer. Assim são com a molecada da categoria Junior e Graduado. Nunca vi ninguém no kart estar sendo patrocinado por ser bunitinho ou pupilo. O pai inicia, da um empurrão e se o muleque é bom logo aparecem os patrocínios. Ganha porque é bom, porque são os melhores. É só olhar Olin Gali, Alan Sisdeli, Renato Russo, etc. Veja os vídeos do Alonso no kart, mundial de kart de 1999 (ou 1998 se errei a data). Essa estória de desmerecer o cara porque trás dinheiro por trás é dor de cotovelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>