HIGHLANDER | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018 - 21:18F-1

HIGHLANDER

kvyatfodidoRIO (sete vidas) – Não sei bem o que é um “piloto de desenvolvimento”. Possivelmente, o cara que passa horas por dia em simuladores. É o novo emprego de Daniil Kvyat. Na Ferrari.

O soviético já foi rebaixado da Red Bull para a Toro Rosso, demitido da Toro Rosso para dar lugar a Gasly, depois voltou e depois foi embora de novo, em definitivo.

Tem uma ótima chance de ficar com um pé na F-1, pelo menos. Vai que Raikkonen chega de ressaca um dia desses, cai um carro em seu colo. E não é qualquer carro.

Tem santo forte, esse moço.

39 comentários

  1. Fernando disse:

    Mas gente! se pilotar em simulador não é esporte, como esse cara arruma um emprego desse. caramba novos tempos mesmo.

  2. Andre disse:

    A Ferrari não perde tempo com quem não tem talento. Já pensou se um vermelhinho cai no colo do russo e este ganha umas corridas?

  3. Alfredinho disse:

    Próximo companheiro de equipe de Vettel?

  4. José Marinho disse:

    Pesou na conciência do Vettel ou da Ferrari? Por que acho que a derrocada do Kvyat começou depois daquele lance com o Vettel, todo o chororo do alemão para o Honner depois disso o russo só decaiu.

  5. João Ferreira disse:

    O pai de santo Pai Galo Russo é forte, faz te querer quem não quer em 7 dias uteis….a macumba russa é braba…

  6. Amaral disse:

    Kvyat não é ruim. Melhor que os Ericssons e Palmers da vida, sem dúvida.
    O problema é que foi moído pela Red Bull. E ficou com a pecha de piloto ruim.
    Vai ser backup no caso de uma zica qualquer. Tipo um Paul di Resta. Se precisar, senta e faz o que puder. O que numa Ferrari vai ser sentar e chegar entre os dez com certa tranquilidade, sem destruir o carro.
    Mas não é plano A, nem B. Plano A é amadurecer o Leclerc pra 2019. O plano B é trazer um Ricciardo, Verstappen, Ocon da vida. Um plano C seria continuar com o Raikkonen em banho-maria. Ele seria no mínimo um plano D, se tudo der errado.

  7. Cesar Luis disse:

    Terá uma boa chance de ressurgir se a Ferrari permitir, afinal poderá pilotar sem a pressão de resultados em corridas, ganhando mais quilometragem para na hora que o bicho pegar usar a experiência a seu favor.

    Boa parte dos comentários lembrando da filha do Piquet, galera anda meio na seca.

  8. RodrigoMoMo disse:

    Alguém que conhece tão bem o funcionamento da Red Bull, com certeza tem algum valor para um time rival.

  9. Moa - Canada disse:

    Ótima Noticia!!! Assim veremos novamente a Kelly Piquet no Paddock!! :-)

  10. Rafael Lopes disse:

    Esse genrão do Piquet é persistente…e tem sorte também.

  11. Dennis R.C. disse:

    E pega a linda filha do sogrão Nelson Piquet, o maior piloto brasileiro de todos os tempos na F1.

  12. Macario disse:

    Não acho que seja sorte ou dinheiro russo. Ele é bom. Foi bem na primeira passagem pela Toro Rosso, foi bem no começo na Red Bull e depois teve queda de rendimento por questões de relacionamento. Não é um Verstappen, mas encara bem metade do grid. O fato de conhecer a estrutura da Red Bull e de ter feito a maior parte da carreira na Italia devem ajudar também.

  13. Bola da Vez disse:

    O cara tem um bom tempero…

  14. murilo medeiros disse:

    O sogro ainda tem peso numa manobra dessas?

  15. CHAGAS disse:

    Era mais fácil acertar os numeros da mega do que apostar em Kvyat em uma Ferrari e em um momento que teremos um piloto fora em 2019. Não deu pra entender o porque a Ferrari fez isso. Agora…. Kvyat fez uma temporada ridícula, e teve uma chance no GP de Austin e foi muito bem, se ele andar forte nos testes, pode mudar as cartas do baralho, já que se falava em Ricciardo para 2019.

  16. MAROLLA disse:

    E namora a filha do Piquet.
    * Momento “TiTiTi”

  17. Marcos Aldred Ramacciotti disse:

    Fora tudo isso ainda namora a bela filha do Piquet.

  18. Sergio Antunes disse:

    É só procurar nas reportagens de bastidores, o presidente da Ferrari não tem mais paciência com Kimi ( aliás ele não tem paciência com nada), se o finlandês estiver patinando até começar os gps da europa, vai tomar um pé na bunda e o russo assume o carro. Este é o plano B. Que na minha humilde opinião é muito ruim.

    • Amaral disse:

      O Plano B é o Leclerc. Não é a toa que o cara vai ganhar quilometragem na Sauber.
      Kvyat é o Plano C, pra que, se por acaso o Raikkonen tomar uma birita de mau jeito, tem que ter alguém pra andar no carro com disposição pra sentar, se benzer e acelerar do jeito que der.
      Mas acho muito pouco provável ele ser efetivado de fato. Só se alguma zica do pântano acontecer em 2018.

  19. Leandro Batista disse:

    Alias, a unica diferenca entre o Kimi e o Massa é um Timo Glock.

    • Amaral disse:

      Boa sacada. Mas acho que o Raikkonen foi mais piloto que o Massa, não só pelo título. Houve tempos em que dava gosto de ver o homem de gelo correr, tinha uma faca nos dentes que Massa nunca teve. Massa sempre foi mais pela regularidade, o que não quer dizer que tenha sido mau piloto.
      Raikkonen é praticamente um Jean Alesi que foi campeão do mundo.
      Chegou assombrando todo mundo, rápido pra cacete, ganhou corrida, disputou título, foi campeão, depois, pfff…
      Voltou, ganhou umas corridas, depois, pfff… de novo.

  20. Leandro Batista disse:

    O que viram? $$$$. Só isso segura pilotos medianos em seus monopostos…

  21. Fábio Varassin disse:

    Mas “piloto de desenvolvimento” é o mesmo que “piloto reserva” neste caso? Kvyat é muito desequilibrado para firmar-se na F1. Surpreende a decisão da Ferrari.

  22. Marcos disse:

    Mas até que ele é bom piloto, não ?

  23. Kleber disse:

    Sendo na Ferrari, acho que dá pra entender a função de piloto de desenvolvimento pois a Ferrari é uma montadora, pode usar o piloto para desenvolver seus projetos para carros de rua.

  24. Giulio Mela disse:

    Na verdade, ele sò irà para a pista para alguns testes e demonstraçoes, quem continuarà a ser 3° piloto è o Giovinazzi.
    O trabalho principal serà no simulador às sextas e sàbados de corridas, transmitindo dados direto de Maranello para a pista.

  25. Felipe Montanheiro disse:

    O santo dele é bom mesmo… até na namorada o rapazote acertou bonito! rs

  26. Ricardo Bigliazzi disse:

    “Santo Forte” e provavelmente algumas toneladas de “Putins”.

  27. Askjao disse:

    E não duvido nada que caia no colo dele. Até porque o Kimi já me parece mais preocupado com o gelo na vodka do que em pilotar.

  28. moisesimoes disse:

    -Vettel não deve ter gostado, mas a verdade é que piloto de teste na era da F1 dos simuladores não faz e não fará nenhuma diferença, principalmente no humor de alguém. Parece que a F1 não é mais pra Kvyat e ele parece não ter entendido ainda.

  29. Ricardo Cardoso disse:

    Não sei se o santo dele é forte. Mas a grana de incentivo dizem as más línguas (ou más-línguas? Ou nenhum deles?) é forte. E como a Ferrari não tem mais o Santander entre seus patrocinadores, vale a pena garantir qualquer dinheiro que aparecer.

    Com sorte, o jovem russo vira backup de um dos rapazes que está na Sauber Alfa-Romeo.

  30. ags disse:

    esse cara parece mulher de soldado..quanto mais apanha..mas ele gosta..rsssssssss

  31. pavel vladimirovich disse:

    por aqui todos sabemos o que há por trás: Rosneft, Putin e a grana dos petrorublos.

  32. Leandro disse:

    Pois é Flávio, pensei nisso logo que li a respeito, este cara tem alguma coisa que ninguém mais viu: sobreviveu por um bom tempo no “moedor de carnes” chamado Red Bull e agora aparece na Ferrari.

Deixe uma resposta para João Ferreira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>