MENU

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018 - 19:54Foto do dia

FOTO DO DIA

O Helder Queiroz Jorge mandou a foto, irritado com a mesmice dos carros de 2018. E pede para contarem a história dela.

brabham Reuteman

27 comentários

  1. ms disse:

    velhos tempos em que era no braço que se separavam os meninos dos homens….saudades desses tempos….

  2. Tiago disse:

    Jurava que era uma câmera!!!

  3. João Luiz Marques disse:

    Brabham do Reutemann, 1974 com certeza. Acho que essa foi na Argentina ou no Brasil

  4. Paulo Pinto disse:

    Vi a corrida pela TV. Reutemann parou na última volta e chegou em sétimo, numa época em que só pontuavam os seis primeiros.

  5. Carlos Pimenta disse:

    Caramba, se bate uma mola nessa viseira……..

  6. Paulão disse:

    O problema da mesmice vem dos regulamentos que restringem a criatividade das equipes e projetistas em nome de um monte de coisas (segurança, equiparação de desempenho etc.). E tome bico de ornitirrinco, pneus com estrias e por aí vai. Com estes regulamentos jamais teremos revoluções como carro asa, seis rodas, tração nas quatro, carro ventilador blá, blá, blá, por mais revolucionários que sejam os projetistas.
    Tristes tempos.

    • Luiz AG disse:

      Mais ou menos…
      O resultado do estado da arte é único. Ou seja, se liberarem o regulamento para fazer coisas diferentes teríamos carros diferentes por determinado tempo, sendo que depois ficariam semelhantes novamente com todos procurando copiar a melhor solução.
      Veja os aviões, são praticamente todos iguais.

  7. Mario Aquino disse:

    Carro simples bonito .vencedor.

  8. Ricardo Bigliazzi disse:

    “A gente podia inventar um treco melhor que fita isolante… poderíamos inventar um negocio que chamaríamos de Silver Tape”

  9. Chris Bowen disse:

    I Can’t explain in Portuguese! The original intake of the BT44 airbox proved too small, so the team cut off the top and made a fibreglass extension. But there was only time to tape it on. When the tape came off, the extension fell off! It was glued on after that.

  10. Marco Cordobê disse:

    Bom dia.
    Bom, não sei se a corrida é a dissecada pelo Zé Maria. Só sei que este era um tempo em que as medidas e os softwares de desenho, fluxo e o escambau não existiam. Era um tempo mambembe porém cheio de coisas boas pra se ver e apaixonar.
    Fugia-se da mesmisse(?).
    Os carros além das pinturas e patrocinadores eram bem diferentes, cada um tentando achar a melhor solução aerodinâmica, desenho de peças e acertos…hoje os carros parecem ser todos iguais…parecem desenhados em série por somente um fabricante..chato…
    Sou antiquado? Talvez…mas era muito mais gostoso ver no tempo desta foto.
    Sim o piloto é o Reutemann e o carro um Brabhan Bt44.
    Abraços e sorte

  11. Daniel Cantera disse:

    Eu estava lá…
    Dia de festa no Autodromo General San Martin Era esse nome naquela época, mudou para Oscar Galvez.
    Juan Domingo Peron estava lá
    Meu pai e eu estavamos en la Horquilla, arrepio quando lembro eles descendo o tobogão e fazendo aquela curva, voces deverian ver o petterson fazendo essa curva..
    El Lole era considerado meio um Rubinho por lá porem esse era seu dia
    O BT44 acho que era esse voava largou abriu e perdeu de vista o segundo…
    Cada volta o Peron levantava e abria os braços e os muchachos gritavam Viva Peron
    Porem ele começõu ficar pra tras e um cara notou que era a tomada de ar que embicou pra baixo, o carro tava mais lento…
    E quebrou, acho que na reta do lago.
    Dizem que estourou o motor por exesso de temperatura, outros que faltou gasosa
    So sei que o Dennis Hulme ganhou a corrida e a gente saiu triste aquele dia

  12. Largebeer disse:

    Uia … aeroscreen !

  13. Victor disse:

    Sangue de Jesus tem poder, olha essa camera onboard!

  14. Zé Maria disse:

    Coitado do Lole. . .
    Perdeu em casa, Argentina/74, por conta dessa quebra da tomada de ar, alterou a mistura e deu pane seca quase ao final, na 1ª prova do ano e estréia do BT44.
    Em tempo, o Emerson, na estréia pela McLaren, também cometeu uma barbeiragem desligando a chave geral da M23 e perdendo grande chance de vencer.
    Acabou que caiu no colo do Hulme e o Urso faturou assim o último GP de sua carreira.

      • Zé Maria disse:

        Babação de ovo explícita, desculpem aqueles que não aprovam.
        Mas receber uma avaliação desta, uma simples palavra sintetizando todo um raciocínio, de uma figura ímpar que só de assinar o nome nos causa aquele sentimento de reverência e reconhecimento, é coisa de dizer simplesmente um “muito obrigado!”
        Grato pela gentileza de postar, Antonio Seabra!
        Poderia ter guardado para si mesmo, simples assim!
        Mas fez questão de tornar público.
        Grande abraço!
        Zé Maria

    • Luiz AG disse:

      A chave geral ficava no volante!
      Uma chave geral de moto no punho é menos propensa a descuidos.

    • marcelo@mirante.com.br disse:

      Eu tenho um DVD que não é o “Fabuloso Fittipaldi”, antes que digam, que mostra em 2 horas o resumo da temporada de 72 e 74, essa corrida fala muito bem detalhado sobre o problema do emerson com a chave geral, mas não fala sobre esse problema do Lole, apenas diz que ele parou na última volta, o Deny Hulme, ficou com feliz demais !

  15. Luis Eduardo disse:

    O carro é um Brabham e o piloto, o argentino Carlos Reutemann. O resto não sei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>