MENU

sexta-feira, 16 de março de 2018 - 11:49Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: MARIELLE, PRESENTE

143 comentários

  1. Paulo Pinto disse:

    O povo fala de Marielle, como se a conhecesse de longa data. Eu acredito que mais de 90% da população (eu, incluso) não a conhecia nem de nome, antes da sua morte brutal.

  2. André W. disse:

    Porque alguém combina com comparsas, acompanha meses uma mulher e resolve assassiná-la de modo profissional? Isso tem cheiro de coisa de fora. Não acredito que pessoas desocupadas apenas por ódio, por estabelecer limites pessoais à atuação perfeitamente legítima de uma figura pública a tenham matado. É como se eu achasse que um árbitro roubou contra o meu time e se roubar de novo eu vou matar. Eu estabeleço um limite de ódio interno para tolerar mas fico alimentando esse ódio diuturnamente, até que vou lá e assassino. Me parece muito idiota. Prefiro acreditar na conspiração mesmo.

  3. Vermelho disse:

    Somos um povinho triste. Miserável, mesmo. A própria elite, neste país, é deplorável. Inclusive a que se autorreferencia intelectual. Oportuno lembrar que a lamentável morte da querida companheira Marielle não vale nada a mais do que a morte de policiais abatidos à bala e a rodo. Dia após dia. Sem repercussão. Quase silenciosamente. Um dado da natureza.

  4. RecrutaZero disse:

    Tem pessoas que tentam desviar o foco, com argumentos do tipo: Todos os dias morrem dezenas de Joôes e Marias, e não há essa comoção toda.
    Só que no caso da Marielle, não se trata apenas de uma Maria, mas sim, tudo que ela
    representava, no campo político e social, Independente de ter ideologia de direita ou de esquerda, nunca devemos nos esquecer, que somos brasileiros. E não é este o Brasil que queremos, o Brasil da intolerância, do preconceito, que silencia aqueles que levam as vozes das minorias, àqueles que deveria zelar pelo cidadão.

  5. Alberto disse:

    Te acompanho sempre na FOX SPORTS, sou seu fã Flavio Gomes mas a tua postura não condiz com meus atos e ações. Você como moderador do blog aceitar certos comentários desaforados com palavras chulas e de baixo calão, isso fez você cair muito em meu conceito. Sei que sou só mais um, e sei que você também não ira publicar isso aqui. Fica a teu critério. O que esse Carlos Pimenta diz em alguns comentários é lastimável e diz isso porque esta escondido pela internet pois cara a cara não teria coragem de repetir as suas palavras chulas. Boa sorte com teu Blog.

  6. Alberto disse:

    Olá Flavio Gomes!
    O meu comentário anterior será pulicado? haja vista que eu não fui Rude, grosseiro e nem faltei com educação principalmente ao seu espaço e público, nem tão pouco á pessoa por nome de Carlos Pimenta. É bem verdade que o blog é seu mas, não é legal ficar fomentando pessoas como esse ser (Carlos Pimenta) no seu blog.
    E também não haverá mais replica pois não me igualarei a este “nicho” de pessoas.
    Certo do seu entendimento,
    Alberto,
    Um abraço

  7. Maurício R. Pinheiro disse:

    FG, sou de direita, mas te respeito muito. Você ainda é um dos poucos que se consegue argumentar, conversar.
    O discurso do ódio vem de ambos os lados do espectro ideológico. Existem animais xucros tanto a direita como a esquerda.
    A morte dessa mulher é lamentável. Pior ainda é o estardalhaço que se faz com o fato.
    Sem ideologia, esse crime é uma execução. Um crime pura e simples, como os milhares que vem ocorrendo na cidade do Rio. Com certeza foi executado pelo crime organizado, muito provavelmente por alguma milicia ou grupo de paramilitares ligados a banda podre da polícia. Não falo em PM pois coloco ambas (civil e militar) como infectadas pelo crime. Como a vitima é uma politica militante, esse crime se reveste de um componente adicional, é puro ato de terror.
    Ela não foi morta por conta de suas idéias, isso é apenas pano de fundo pois o perpetrador sabia que ambos os lados iriam se atirar sobre o fato como lobos famintos.
    Por isso ainda defendo a intervenção federal na segurança do estado do Rio. Mesmo não gostando de quem hoje comenda o país, a atitude tomada foi acertada.
    Nada justifica toda essa violência.
    De curiosidade li alguns comentários por aqui. Tanta xucrice, ignorância, justificativa idiotas…
    Fazia muito tempo que você não comentava fatos políticos em seus blogs. Tenho acompanhado você esporadicamente, e esse é meu primeiro comentário aqui depois de três anos! Fiquei surpreso com o fato de você estar morando aí, no Rio.
    Espero que, sinceramente, nossas diferenças de opinião não nos levem a brigar como no passado. Detesto baixaria… Mas você tem o direito.

    • Flavio Gomes disse:

      Lamento por você. Quanto a achar que um crime cometido por milícias ou paramilitares contra uma POLÍTICA não é político, apenas digo, como os cariocas, “seu cu”.

      • Maurício R. Pinheiro disse:

        O alvo foi escolhido para justamente criar essa briga entre os lados. Tornar inviável a intervenção. Quando escrevi, não sei se percebeu, coloquei “tirando a ideologia de lado…”.
        Sim, o crime tinha como fim atingir um objetivo político.
        O recado do crime é direto:
        “O Rio é nosso, não entrem aqui!”
        Continuo achando o fato em si, lamentável.

      • Flavio Gomes disse:

        E eu continuo achando lamentável esse discursinho de passar o pano.

  8. Thiago disse:

    Pra mim também, Edu Zeiro *

  9. guilherme disse:

    Caro Flavio respeito a dor e perda do individuo, respeito o minuto de silencio, acho demagogia dizer que outros milhares que morreram não tiveram a mesma repercussão, também morreram e merecem respeito, porém toda esta intolerância que vivemos hoje vem da falta de esperança das pessoas, vem de ver desvios e mais desvios, e não falo somente dos integrantes do seu PT, mas sim de toda a classe politica e subjacências, tudo que é tocado pelo poder publico vira m…. independente de cor, classe social ou ideologia partidária, agora continuar batendo na tecla de que o socialismo é a solução para os problemas é ser ou estar doutrinado, o que sê vê hoje é uma resposta da população a tudo o que o PT e seus aliados fizeram e permitiram fazer. Leia o dizer em nossa banderia “ordem e progresso” por qual motivo será que está nesta “ordem”? Pois sem ordem não há progresso, é isto que vivemos, desordem, há direitos demais e poucos deveres, há minorias demais e pouco coletivismo, alias o socialismo é craque em criar minorias, desta forma é mais fácil impactar estas pessoas com migalhas e se manter no poder, em vez de dar comida dê trabalho, em vez de mostrar a desigualdade construa escolas, em vez de separar junte… sei que não vai concordar com nada, pois a esquerda nunca concorda com nada que não seja exatamente o seu pensamento ou ideologia, mas está na hora de mudar.

    • Flavio Gomes disse:

      Está na hora de você mudar de blog, site, o que for. A quantidade de merda por centímetro quadrado é assustadora. Vaza, não tenho nenhum interesse em quem proclama esse discursinho barato de TFP. Vocês gostam muito de passar vergonha em público.

  10. Renato de Mello Machado disse:

    Para variar teve mais mortes, no Rio de Janeiro.Uma menina,Larissa Henriques da Silva Maia foi a óbito e não vai poder estudar, trabalhar,conhecer seu marido,ter filhos e ter uma vida normal.Cadê o post?

  11. Alfredinho disse:

    Estou com a impressão de que os assassinos da vereadora queriam e conseguiram causar essa revolta e comoção no povo e na mídia, fazendo pender a culpa para um determinado grupo que, na realidade, não teve nada a ver com o crime.

  12. Richard Oliveira disse:

    Ano passado tivemos mais de 20 assasinatos e ou execuções de prefeitos e vereadores no eixo norte-nordeste, devido ao caos da segurança pública, temos mais de 60000 assasinatos no país.
    Já morreram mais de 110 PMs no Estado do RJ.
    Mas, somente um é lembrado.

  13. Vivente disse:

    deixei 2 comentários e ambos foram censurados. Como o FG sempre da Claro que os militantes de esquerda são Democráticos só me resta concluir que goi uma falha dupla do sistema.
    Vai ficar meio fora de contexto mas segue:
    1) Policiais jamais são bandidos bandidos vende banido: marginal, excluído, que está a parte da sociedade. Policiais são criminosos cabras-macho, que cometem ilegalidades na cara da população. Não são bandidos !
    2) FG não tem direito de xingar seus leitores, mas ele pode. Então ele xinga ! Não porque tenha direito, mas apenas por que pode. Assim como ele pode, de novo, censurar este comentário., assim como policiais criminosos (não bandidos) podem executar alguém que esteja atrapalhando seus negócios. O poder se basta ! Vai além do direito

    • Maurício R. Pinheiro disse:

      Espero que quando você fala de policiais criminosos, você esteja se referindo a parcela criminosa que existe dentro da PM e não a corporação.
      E o FG tem e sempre teve o direito de fazer o que quer aqui, afinal é a casa dele.
      E ele xinga quando o cara insiste. Primeiro ele rifa fora o comentário, se volta, insiste na idiotice, prepare-se…

  14. Robson Guimarães disse:

    O pobre é quem vai eleger a direita nas próximas eleições, tenha certeza disso. O pobre é quem mais sofre com a violência. O pobre que levanta cedo, e vai buscar seu sustento de maneira digna, não aguenta mais ser brutalmente roubado de todos os lados. O pobre compra celular em 12 vezes no cartão de crédito, e vem outro pobre e rouba. O pobre tira seu suado salário no caixa eletrônico, é seguido e roubado. O pobre não aguenta mais não poder sair na rua no horário que quiser. Na população, 99,9% são pessoas dignas, que estão cansadas de passar por situações de violência diariamente.

    Eu cresci na favela, presenciei muita coisa ruim, que você como parte da esquerda intelectual nem imagina que aconteça, mas que romantizam a pobreza. A falta de carácter é inerente a existência humana, e não pertence a uma ideologia, como vocês querem propagar com esse raciocínio simplista e enviesado.

  15. Carlos Pimenta disse:

    Desculpem pelos erros do Português no comentário abaixo. Flávio, não se deixe intimidar, não seja como babaquinhas que dizem que esporte deve se abster de politica, a luta está apenas começando. É bom saber que estamos do lado certo da História. LULA2018 Parabéns.

  16. Carlos Pimenta disse:

    Como tem gente Gaiato neste mundo. Como este é um BLOG DE AUTOMOBILISMO, me respondam: Porque não houve a mesma comoção para Ratszemberg no fatídico sábado, em comparação a Senna, no domingo? Hoje se mostrar a foto de Roland aqui, ninguém saberá quem é, talvez nem na própria Áustria, já Senna…., as representações eram muito diferentes, eu se morrer, quem fizer alguma homenagem, será taxado de doido, pois nunca estive a frente de nenhum movimento social, politico, etc. Mariele não, tinha engajamento, tinha responsabilidades, representatividade, então não me venham com falácias, quem faz este discursinho babaca, é um despeitado, um facistinha idiota, que seria mais digno dizer a verdade: É UM BABACA, RACISTA, FASCISTA, DE DIREITA, QUE ACHA QUE PARA ELE, PRIVILEGOS SÃO DIREITOS, E PARA O POVO QUE MARIELE REPRESENTAVA, DIREITOS SÃO PRIVILEGIOS,

    • Alberto disse:

      Carlos Pimenta, Roland Ratzenberger quando faleceu no dia 31 de Abril, de fato não houve comoção no Brasil como foi de Senna. Ate porque Ratzenberger não era brasileiro. Mas no acidente com Rubens na Sexta e a morte de Ratzenberger no sábado, houve sim um foco sobre os dois na F1. A morte de Senna foi sentida pelo seus fãs mundo afora pela suas conquistas e seus legados e até hoje o instituto Ayrton Senna ajuda muitas crianças. Essa sua comparação com o assassinato da Marielle é muito esdruxula. Uma coisa não tem nada a ver com a outra.

      • Carlos Pimenta disse:

        Cara, de mal caráter este pais está cheio, procura sua turma.

      • Alberto disse:

        Carlos Pimenta! deixe de ser deselegante, não consegue nem respeitar um comentário alheio. Serei bem didático contigo: Mau-caráter é um adjetivo que qualifica o indivíduo que apresenta um caráter negativo, duvidoso, capaz de praticar atos desleais, maldosos e traiçoeiros. Uma pessoa mau-caráter não é considerada confiável e honesta. Você não me conhece. Por isso este pais chamado Brasil não consegue evoluir. Pessoas que nascem e moram num pais democrático e não conseguem conviver com isto.
        Passar bem Sr. Carlos Pimenta.

      • carlos pimenta disse:

        Ai!! quer que desenhe?? Melhor, vou traduzir para o popular: VAI TOMAR NO CÚ. Agora entendeu ?

      • carlos pimenta disse:

        Não, idiota, eu disse que você é um MAL caráter, entendeu ? Com L . aprende a escrever.

      • carlos pimenta disse:

        Deselegante é sua mãe quem te colocou no mundo. isto é deselegante. Esse seu discurso raso não me convence, você é mais um filho da putinha da direita, que foi criado com pêra e Danoninho e vem querer botar banca. mas vamos para o popular. VAI TOMAR NO CU.

      • carlos pimenta disse:

        Alberto, nã te conheço e nem quero ter este desprazer. Cra prestenção, EXDRUXULA É A PUTA QUE TE PARIU, NÃO ME VENHA QUERER DAR LIÇÃO, VAI RECLAMAR COM SUA MÃE, QUE FEZ ESSE DESERVIÇO A HUMANIDADE EM TE COLOCAR NO MUNDO. OK, E VOCE NÃO É SO MAL CARATER, É UM FILHO DA PUTA , UM FASCISTA, MEDIOCRE, ENTENDEU ? O QUER QUE DESENHE? Cai fora Apedeuta

      • Flavio Gomes disse:

        Terminaram? Agora chega dessa briguinha. Se quiserem marquem num ringue.

  17. sandro soares disse:

    Será que agora vocês jornalistas entenderam como funciona dentro do Morro ? continuam achando que todos não tiveram sorte na vida? que todos são vitimas da sociedade ? quando roubam a bicicleta ou esfaqueiam um turista ou um cidadão da cidade em plena orla vocês não fazem essa revolução jornalistica porque esses são “coxinhas”. Você mesmo nesse Post falou de uma Juíza que foi morta por Milicias, mas não fala nada de bandido de dentro do Morro.. Abram os olhos, bandido não é cidadão.

  18. Yoshiya Kusamura disse:

    Caro Flávio. Não me considero um cara de esquerda mas admiro e aprecio demais a sua dedicacão e luta para aquilo que acredita. Na minha humilde opinião, está mais que que na hora da direita brasileira acordar e assumir que sua praxis passou todos os limites aceitáveis dentro de um ambiente democrático mínimamente saudável pois mesmo me considerando ser de direita no meu país (sou japonês), eu sou obrigado a me inclinar mais a esquerda quando se fala da política brasileira. Parabéns pelo post. Você é o cara.

  19. Thiago disse:

    Quando Marielle eh assassinada, Morrem denovo todas as pessoas vítimas de bala perdida. De valas clandestinas, de abusos governamentais dos mais diversos. Governo ou estado paralelo. Não importa. Morre gente inocente, morre gente. Ninguém deveria.

    A barbárie toma conta. A indústria de armamentos aumenta o lobby. O próximo salvador da pátria discursa sobre a salvação. tão óbvia e clara, na cabeça (e no bolso ) do mesmo. Agora vai.

    E todos nós caímos. Misturamos justiça com vingança. Estado com empresa. E o que é nosso dever, passa a ser direito individual.

    Quando algo assim acontece sempre me lembro da música Pedro Pedreira. O trem que já vem, mas nunca chega. Nunca acaba.

  20. Sérgio Troncoso disse:

    Marielle botava a mão num assunto, que os falsos preocupados com “seres humanos” gostam de comentar só na hora que acontecem essas execuções contra quem trabalha com as consequências do crime. Além de denunciar a violência policial, ela também ajudava famílias de policiais vítimas de bandidos, coisa que os atuais detratores parecem ou desconhecer ou ocultar de propósito. Existem várias ações dela na ALERJ, basta pesquisar.
    (aqui um link https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/mae-de-policial-assassinado-relembra-ajuda-de-marielle-franco-no-caso-foi-imbativel.ghtml )
    E mais essas comparações com a morte de uma ativista negra da favela e pessoas comuns que sofrem assaltos ou balas perdidas (no caso compararam com o assassinato de uma médica não ativista) é uma demonstração de preconceito, racismo e ódio. A pergunta implícita dessa gente é: como pode uma favelada negra levantar uma multidão ao ser assassinada e uma médica branca, não ativista, morrer e ficar no anonimato? Pode acontecer, já está acontecendo e não é difícil entender a diferença, basta se livrar do preconceito e analisar os contextos. Nenhuma vida é mais importante que outra, mas os contextos são diferentes e quem reproduz esse raciocínio sobre “morte mais importante que outra” é que está insinuando e botando isso na boca dos que respeitam Marielle…
    É duro ver gente que caga e anda para as mortes ocasionadas pelo crime, vir dar uma de “preocupado”. Quem se preocupava de verdade era Marielle…

  21. Paulo Fonseca disse:

    Prezado F&G: Eu lamento todas as vítimas do Rio de Janeiro-RJ, na verdade todas as vítimas deveriam ter o mesmo tratamento.Continuo sustentando a tese de que todas as capas de autuação dos inquéritos de Homicídios Dolosos são iguais .PORTANTO, repercussão é na verdade o abandono do ESTADO, SEM VALORIZAR OS POLICIAIS CIVIS, que tem o papel preponderante, no curso dos trabalhos de policia judiciária e quem o dever de prestar as devidos esclarecimentos e trazer o resultado da apuração das ações ilícitas no cometimentos dos homicídios, de Estudantes, Mulheres, Crianças e Policias Militares que estão sendo massacrados pela organização criminosa do C.V. que apoderou e dominou o Estado do Rio de Janeiro-RJ .

  22. Joca disse:

    Ela foi assassinada não pelo fato de ser negra, ser de origem pobre, ser defensora de direitos humanos ser mulher, ela foi assassinada pelo fato de ter incomodado alguém, algum grupo ou facção, pode ser algum politico, pode ser policiais bandidos, traficantes ou quem sabe uma união dos três. Trabalho com investigação e sei que as vezes o que se procura está muito perto, junto e não longe.

  23. Tony disse:

    Parece que finalmente acordaram para a violência que ocorre no Rio de Janeiro e no Brasil. Assassinatos de pessoas comuns já não causava mais comoção.
    Que essa morte não seja apenas motivo de disputas entre esquerda e direita, mas que de fato a intervenção seja algo de positivo no desmonte das máfias da polícia, tráfico e milícias.

  24. Rui disse:

    Parabéns FG e GP, pela postura. Esporte é algo maravilhoso, sou fã de vários,automobilismo incluso, mas um fato triste como esse crime, acaba tendo uma importância maior para ser comentado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>