PRO HALO DA HISTÓRIA (1) | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sexta-feira, 23 de março de 2018 - 17:20F-1

PRO HALO DA HISTÓRIA (1)

180011_aus

RIO (não vai “holar”) – Gente do céu. Como é feio esse negócio.

Juro, estava disposto a aceitar o halo com alguma boa vontade. Usei até frases de efeito na TV. “Se salvar uma única vida nos próximos cem anos, já terá valido a pena”, falei.

Bobagem. Se tiver de pensar assim, que se extingua a atividade automobilística e motociclística no planeta imediatamente. Óbvio que nos próximos cem anos morrerão pilotos de carros e motos, então pode-se usar raciocínio análogo para afirmar que se sua extinção salvar uma única vida terá valido a pena, certo?

Errado. Para morrer, basta estar vivo, não é o que dizem? Morre-se de tudo neste planeta desgraçado, corrida é apenas mais uma causa de, e não é das maiores. É evidente que tudo que puder ser feito para aumentar a segurança de quem corre deve ser feito — e tem sido, os carros e as pistas são mais seguras do que antes, novos materiais são desenvolvidos, padrões são estabelecidos e seguidos. Mas isso tem de ser feito desde que não descaracterize a natureza do objeto em questão — no caso, carros; mas poderiam ser teleféricos, esquis, rodas-gigantes, piscinas, tudo aquilo que está sujeito a um acidente. Vamos proibir aviões porque de vez em quando eles caem e matam todo mundo, e se deixarem de existir milhares de vidas serão salvas nas próximas décadas?

Não. Não, mil nãos a esse halo dos infernos, que acabou com um negócio que é essencial na F-1: a estética.

bostabostabostaUm esporte não pode prescindir da beleza. Carros de F-1 são belos, coloridos, harmônicos, sedutores. Aquela merda de tira de chinelo sobre a cabeça do piloto é uma insanidade. Vou defender até o fim da vida sua remoção. Viram como as imagens onboard ficaram horríveis? E os carros, vistos de fora? Podem ser mais feios? Até o gestual dos pilotos para entrar e sair do cockpit, antes charmoso e solene, se transformou numa ginástica bizarra com os caras se pendurando naquela porcaria como se estivessem pulando uma cerca. Que bosta, que bosta!

Feito o desabafo, vamos a uma breve análise do primeiro dia de treinos em Melbourne.

A pré-temporada pode não ser definitiva, mas traz boas pistas sempre, e na prática dá para fazer prognósticos razoavelmente precisos a partir de sua observação. Observamos que a Mercedes foi a mais forte em Barcelona, e que Red Bull e Ferrari estariam na cola como no ano passado. Foi isso que aconteceu, ao fim e ao cabo, e o favoritismo de Hamilton para o título se confirmou.

Mas não é vantagem nenhuma dizer o óbvio. O campeonato é longo e sempre podem acontecer imprevistos. O primeiro deles, inclusive, já está… previsto! Chuva sábado e domingo. Hoje fez sol e calor, 25°C e 45°C no asfalto, condição totalmente diversa da que se verificou na Espanha. Nessas condições, Lewis fez P1 nos dois treinos. No segundo, que é o mais significativo, ficou pouco mais de 0s1 à frente de Verstappinho. Longe de um massacre, portanto — mas deve-se considerar que o Parque Alberto não é bem um padrão para o ano inteiro.

Ricardão já perdeu três posições no grid por não tirar o pé numa bandeira vermelha, que interrompeu o treino por um problema num cabo de cronometragem. Se chover mesmo, não será um grande problema. Mas atrapalha, claro. A surpresa da sexta foi a Haas, com Grojã em sexto, à frente do australiano da Red Bull. A Ferrari escondeu o jogo e não foi buscar tempo com os pneus ultramacios. Estranha decisão, considerando a previsão do tempo para a classificação e a corrida. Mas sinal de que com os macios, se a prova for disputada no seco, Vettel e Raikkonen podem desfrutar bem desses pneus em stints longos.

Foi bem a McLaren com Alonso e Vandoorne em oitavo e décimo nas duas sessões, apesar de um problema entre escapamento e carenagem no primeiro treino que tirou os dois da primeira hora de atividade. O resto, tudo mais ou menos previsível: Sauber e Williams lá atrás, Force India (que desistiu de mudar de nome) discreta e muito equilíbrio no segundo escalão.

Vamos torcer pela chuva, ela é sempre bem-vinda para embaralhar as coisas.

E vamos torcer para alguma boa alma extirpar esse halo de nossas vidas e mandá-lo para o ralo da história.

Ah, mais uma coisinha. A Liberty resolveu mudar o padrão gráfico dos caracteres e das informações disponíveis na tela para a transmissão da TV. Não achei nada de mais, nem de menos — ainda. Parece que estão tentando simplificar as coisas, e inventaram umas baboseiras como escrever “zona de perigo”, “alerta de acidente”, “cuidado, meninos”, “curva perigosa”, umas mensagens babacas para retardados. O que notei foi que tivemos menos informação disponível e mais papagaiada desnecessária, uma tentativa de fazer a corrida mais parecida com um videogame — com a justificativa de sempre, atrair público mais jovem.

Na boa, a vida não é um videogame.

52 comentários

  1. Osvaldo disse:

    Flavio, perfeito!! Concordo plenamente em tudo que disse sobre o halo. Vai ser mais fácil alguém morrer preso do que voar alguma coisa e aquilo evitar que atinja o piloto.

  2. Amaral disse:

    Sei não. Fica feio, as imagens on-board ficam horríveis (já deve ter um jeito de meter uma microcâmera na frente desse treco e acabar com esse problema), mas, sou a favor.
    O dia q um deles der uma panca estratosférica e que a gente só de ver a imagem dizer “ih, morreu” e essa trapizonga fazer o sujeito sobreviver, vai valer a pena, sim.

  3. Espero que não aconteça nada com a vida dos pilotos, mas este halo vai me deixar tenso a cada treino e a cada corrida. Um carro capotado em uma brita ou não, com um princípio de incêndio ou não me preocupa e muito. Pelo que sei, é uma peça de titânio e como vai ser retirar o piloto? É mais uma coisa para dificultar a retirada. Peço a Deus que nunca aconteça. mais aí eu estaria sendo otimista demais. Mais uma vez um excelente texto do FG.

  4. monster disse:

    esse halo nao vai durar um ano atrapalha a visao do teles
    pectador

  5. kalil disse:

    Ave FG,
    Sobre vida real e videogames, algumas lembranças imediatas de filmes afins:
    - Tron
    - Wargames
    - Sully
    Esse último, assisti noite passada; uma frase icônica “Real life is not a videogame”.
    Amplexo

  6. Luiz José Endrigo disse:

    O halo é feio. A Liberty tem muito mkt pra poucs coisa, vai estragar a f1. Trilha sonora ruim e logo da f1 horrendo. Só continuo assistindo porquê gosto de automobilismo.

  7. Daniel disse:

    Isso ai (halo) ficou ridículo, concordo com o Flavio, ficou uma bostaaaa tira isso logo !!!!

  8. Caio Cabelo disse:

    Fiquei encucado com a saída do carro em caso de acidente. O carros capota, algo fura o tanque, cai óleo começa um foguinho lá e o cara de cabeça pra baixo tentando se espremer pra sair do cockpit.
    Caramba! Isso é corrida de carro! O risco de morte faz parte do espetáculo. Quer segurança? Vai correr de velotrol na sala de casa!

  9. Ridículo. Jamais fui a favor. Não vale a pena, a F1 já está segura o suficiente, não precisa dessa aberração pra dizer que fizeram algo mais nesse sentido. Tudo tem limite na vida. Esse é um claro exemplo de um que foi ultrapassado.

  10. Roberto Zuquim disse:

    O som dos motores parece o de uma cinquentinha esgüelada…

  11. Eduardo Britto disse:

    Vai pro halo dos infernos! também seria um título legal né? rsrs Bem, o consolo é que a gente (brasileiro especialmente) acaba se acostumando com tudo…

  12. Jose Brabham disse:

    “Não. Não, mil nãos a esse halo dos infernos, que acabou com um negócio que é essencial na F-1: a estética.

    bostabostabostaUm esporte não pode prescindir da beleza. Carros de F-1 são belos, coloridos, harmônicos, sedutores. Aquela merda de tira de chinelo sobre a cabeça do piloto é uma insanidade. Vou defender até o fim da vida sua remoção. Viram como as imagens onboard ficaram horríveis? E os carros, vistos de fora? Podem ser mais feios? Até o gestual dos pilotos para entrar e sair do cockpit, antes charmoso e solene, se transformou numa ginástica bizarra com os caras se pendurando naquela porcaria como se estivessem pulando uma cerca. Que bosta, que bosta!” —- Perfeito!! Onde assino?

  13. Vinicius disse:

    HORRÍVEL esse troço. Pelamor de Deus. Quem achou que era uma ideia razoável tem minhoca na cabeça. Teria sido menos bizarro colocar uma gaiola em cima do cockpit.

  14. Ricardo Bigliazzi disse:

    Colocaram o halo nos carros mas esqueceram de colocar um halo em cada um dos torcedores presentes nos autodromos.

    Pelo que imagino os advogados da F-1 ainda colocam aquela famosa frase nos bilhetes de ingresso: “corridas são perigosas”

    É feio e deve ser um grande limitador de visão, acho que até um dos pilotos disse que tem sérias duvidas se haverá um bom campo de visão na Eua Rouge

    Segue o jogo, agora com a Torcida para a Roro Rosso e para a Nossa Havaianissima Force India;

    • Luigi disse:

      Caro Bigliazzi, é Horosa e não é rossa , como deveria ser uma vera Alfa di Squadra Officiale .
      É triste ver as campeãs de 1950/51 andando em último no século XXI. Nicola Romeu deve estar se contorcendo no túmulo.Ainda mais que o comando da Squadra supostamente está sob o comando de suíços pouco criativos e nada precisos.

  15. junior disse:

    Acabou com as câmeras onboard. Perdeu toda a graça.

  16. Plinio disse:

    O Halo é uma aberração estética. Com o tempo os caras precisam encontrar uma alternativa melhor. Mas, é justíssimo proteger a cabeça do piloto. Mesmo que seja uma proteção porqueira como essa.

  17. Giuliano disse:

    Ufa…pensei que era só eu que achei esse halo um negócio horroroso, se queriam acabar com a F1 estão conseguindo…primeiro os motores com som de aspirador de pó, são eficientes, ecologicos, descolados…mas são xoxos e sem graça, com som de aspirador de pó…, inventaram uma corneta pra aumentar o som, vê se pode…e a pá de cal esse halo…a Liberty quer conquistar novos fans se livrando dos velhos fans…

  18. Diego - Floripa SC disse:

    Troço ridículo esse halo, tá difícil até de ver na TV.

  19. André W. disse:

    Flávio, o Max botou o Ricciardo no bolso mesmo? E a Williams, é um “caso de livro” de sucessão pelo filho (no caso filha) que não tem talento para a coisa?

  20. Luciano Vido disse:

    Não sou a favor do Halo, mas acho q não vai sair mais eu sou contra, velocidade limite no box, laterais do cockpit alta, padrão de desenhos nos carros, proibições de patrocínios, etc etc. porém as coisas não voltam, temos q achar coisas boas no Halo. Imaginem uma câmera encima dele na “junção das tiras” ficaria maravilhoso. Poderia mostar até o próprio piloto, as reações e ações tomadas. Por mim voltaria com tudo q falei , inclusive câmbio manual. Mas nunca mais voltaram então vamos nos acostumando.

    • Andre C.L disse:

      Discordo…. deixa a audiência despencar pra você ver…. a F1 já não tem competitividade, pilotos pagantes, cheio de regrinha e agora ousaram em desfigurar um carro de F1… sei não…

  21. Rodrigo disse:

    Agora não tem mais volta, é daí pros cockpits fechados. Mas e se, em vez de atenuar, o halo agravar um acidente?

  22. Eduardo disse:

    O HALO É INSUPORTÁVEL!!!

  23. EduardoRS disse:

    Eu odiei essa porcaria de halo desde a primeira vez que o vi. Agora, vendo o negócio em uso pela primeira vez “às veras”, odeio infinitamente. Que coisa horrível.

    “Ain mas é para a segurança”.

    Então se o objetivo é segurança, que acabem com a F1 e com corridas de carros. Transformem o automobilismo apenas em esporte virtual. Botem Hamilton, Vettel e Alonso a correr sentadinhos num sofá com joysticks de Playstation. Aliás, que bela bosta serão os jogos de F1 com esse halo tapando metade da tela. O jogador nem vai conseguir enxergar para onde está indo. Conseguiram acabar com o real e o virtual.

    Desde meus 6 anos de idade, JAMAIS perdi uma única abertura de temporada. Sempre acompanhei a primeira prova, senão por amor ao esporte, pelo menos (nos últimos anos) para ver como estava o equilíbrio de forças para o ano que se inicia. Em 2018, pela primeira vez, não vou colocar o despertador para me acordar na madrugada de domingo. Não tenho vontade.

  24. CHAGAS disse:

    A Williams tá bem mais próxima de lutar por pontos do que no fim do pelotão como todo mundo achava (inclusive eu)
    A Sauber/Alpha Romeu é disparado o pior carro.
    Toro Rosso é pior que a Williams.
    Muito equilíbrio entre Hass/Mac Laren/Renault/Force India.

  25. Wanderson Marçal disse:

    Bravo! Bravo! Quando vi você falando isso no Nitro eu fiquei meio triste porque me lembro que você foi uma das poucas vozes que se levantou contra essa barbaridade lá quando ela começou a ser sugerida enquanto muitos defendiam ou agiam com indiferença. Me recordo de um Paddock GP que você e o Pedro Henrique Marum discutiram em alto nível a respeito, ele defendendo a introdução e você discordando.

    Mas embora seu texto como de praxe seja muitíssimo bem escrito, não precisava ser um gênio da percepção pra notar que essa coisa — ou qualquer outra que se coloque — causaria um dano a um dos elementos fundamentais de qualquer categoria: a estética.

    O resto é o que você escreveu. Sem tirar nem pôr.

  26. Jonny'O disse:

    Olha, nem li o resto do post ainda, li somente o que disse a respeito do Halo! ….. sensacional, pensei que o Flavio não era mais o mesmo, bom demais!!!!

    Pras favas o halo!!!

    Agora vou ler o resto.

  27. Luiz do Rio disse:

    Já que estamos falando de estética , você ficou um gato com a camisa do meu Fluzão..

  28. WALTER CERVI disse:

    Halo tem que ser opcional. Quem quiser, use.

    A fia poe as coisas goela abaixo e as equipes/pilotos aceitam passivamente.

    Pergunto: é possível exister F1 sem a FIA? Penso que não seria uma má ideia.

  29. Celio ferreira disse:

    A culpa de ter o halo , é do TONTO do Vettel , que ficou tonto durante o teste
    com o aero screen…já na Indy o Scott Dixon disse que superou a expectativas.
    Quanto a F1 2018 …MAIS DO MESMO .. né Hamilton

    • Wanderson Marçal disse:

      Acho que nem esse windscreen é lá muito bonito. Os caras deviam apenas aceitar que a modalidade é perigosa e que no máximo você deve atenuar os riscos sem descaracterizar a coisa. Não colocar trator na pista (Bianchi) e não correr pack-racing (modelo de corrida da Nascar com muita aderência que é pé embaixo o tempo todo e que vitimou o Wheldon) serão muito mais efetivos.

      QUalquer coisa sobre o cockpit é uma aberração e mata a identidade da coisa.

    • Robertom disse:

      Essa estória de que ficou tonto é conversa fiada dele, rejeitou o Aerosceen por que foi desenvolvido pela Red Bull.
      Quem desnvolveu o Halo ? A Ferrari…
      Quem escolheu o Halo ? Jean Todt….está tudo explicado…

  30. Gus disse:

    Não tinha me tocado do onboard com essa joça ali…é grande hein? Dá pra colocar santinho, espelho, patuá, mensagem para a mãe, namorada…pior, dá pra colocar patrocínio :(

    • Rodrigo disse:

      Dadinhos de pelúcia de muscle car. foi o que me veio à mente.

    • Zé mcz disse:

      Kkkkk….
      A figa, a fitinha do sinhô do Bonfim, o terço….
      Misericórdia!
      Valei me meu Padimciço!
      Quem tá rindo a toa é as Havaianas! Além de ter colocado o pé direito(os dois!) lá dentro, vai vestir as grid girls de havaianas é óbvio e será a patrocinadora única das transmissões da Globo!

      Mas taí!
      Deixo meu like!
      Tudo em nome da segurança!

  31. António Barbosa disse:

    Pois…o problema é que várias vezes tive que ler aqui escrito por si que não tem jeito, é a evolução e que temos que acompanhar a evolução…mas qual evolução ? a F1 regrediu para uma modalidade feia, desinteressante, quase ridícula.
    Menino tem medo de se magoar na F1 ? fica em casa…não corre na F1…fica em casa.
    O mundo vai ficar melhor se o F1 não fizer barulho ? sério ?
    O mundo vai ficar melhor se o F1 não for perigoso ‘ sério
    tudo isso tem um nome…Lobby Gay…desculpe mas é…o Lobby gay manda no mundo…porque não colocam também no F1 o autocolante a dizer ” Bebé a bordo” ? destruiriam a F1…essa é a grande verdade.

    E já agora porque não dá uma olhada aqui ? tem comparação ?

    isto era F1

    https://www.youtube.com/watch?v=NeaZGv8D_kI

    Lamento mas a F1 tornou-se um desporto de paneleiro.

  32. Alexandre Neves disse:

    Feio pra ca-ra-le-o (assim, errado mesmo). Repito o que sempre digo: fórmula é aberto, quer correr de cockpit fechado, vai andar de turismo.

  33. Paulo Pro disse:

    Se for pensar assim nem capacete é necessário….

  34. moisesimoes disse:

    - Chinelada na bunda desses moleques leite ninho que precisam de uma geringonça dessas pra correr. E essa Ferrari aí da foto continua horrorosa!

    É um absurdo, indignante o que estão fazendo com a F1. Chega a ser uma covardia, uma afronta, uma descaracterização, uma outra categoria. Nada a ver com aquela categoria com pilotos que mostravam vontade de competir, coragem, pilotagem extrema, ousadia e arrojo num passado não tão distante.

  35. Claudio W. disse:

    Sobre o r-alo, acho justo os pilotos estarem de acordo com a adoção da peça por segurança, mas para o telespectador é horrível. Na tradicional câmera onboard ao lado da entrada de ar, 1/4 da tela fica ocupada por esse troço. Não sei o quanto dificil é reposicionar as câmeras e o halo pode/deveria ser um ponto de instalação das câmeras mas o estrago já está feito. Pra mim, se com o atual nível de segurança/risco correr sem esse trambolho é impossível, as corridas de monopostos deveriam ser deixar de acontecer.
    Pelo jeito, nesse início de temporada, os times favoritos para os primeiros lugares são os mesmos, o meio do pelotão deu uma embaralhada e a Sauber provavelmente continue no fundão.
    E sobre os infográficos estilo videogame… pelo menos o videogame não tem r-alo (até agora).

  36. Alessandro Neri disse:

    A F1 moderna já era ruim. Agora com o pavoroso Halo foi o tiro de misericórdia. RIP F1.

  37. KARLO disse:

    Esse halo é a maior merda inventada depois da tomada de 3 pinos.
    Vendo pela câmera on board, parece que você está na esteira ergométrica na sala de ginastica.
    Os pilotos agora precisam de um banquinho, escadinha para limpar janelas, pra entra no carro…. que puta bosta…

  38. Ricardo Talarico disse:

    Eles estão agindo como se jovem fosse sinônimo de retardado…

  39. Joca disse:

    Não é feio é muito feio. Tenho duvidas se na prática resolve algo, se o objeto que foi lançado for uma ‘mola’, ou outra peça de tamanho pequeno não sei se adianta alguma coisa. Acredito que quem o tenha projetado entende do assunto e deve ter considerado em caso de acidente que necessite a remoção do piloto não haverá problemas em ter que retorcer o esqueleto da criatura todo antes de sacar para fora, nada de mais,

  40. Thiago disse:

    Pqp, concordo. Halo coisa medonha demais. Se o cara não quer sofrer riscos, vai jogar xadrez.

    Da não, não consigo engolir esse halo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>