FOTO DO DIA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

segunda-feira, 30 de abril de 2018 - 17:05Automobilismo internacional, Foto do dia

FOTO DO DIA

WEC Testing

RIO (é a hora) – Essa aí é a nova turma de Alonso, com quem ele se encontra no próximo fim de semana em Spa para a abertura da super-temporada do WEC. Kazuki Nakajima e Sébastien Buemi serão seus companheiros no Corollão #8 que no biênio 2018-19 não precisará enfrentar nenhuma equipe de fábrica na LMP1, como aconteceu nos últimos seis anos, já que Audi, primeiro, e Porsche, depois, se mandaram.

Seus adversários serão oito carros de equipes independentes, não-híbridos, 45 kg mais leves, com fluxo de combustível 37,5% maior e 49% a mais de energia gerada pela gasolina por volta. É um desafio. Mas se a Toyota não for campeã agora, melhor parar.

O outro carro do time, que leva o numeral #7, será conduzido pelo trio Mike Conway/Kamui Kobayashi e José Maria López. A meta de Alonso, ele nunca escondeu isso de ninguém, é ganhar as 24 Horas de Le Mans. Com o novo formato do WEC, com campeonato que começa num ano e termina no outro, terá duas chances.

Boa sorte para ele.

10 comentários

  1. Ricardo Bigliazzi disse:

    Nossa… li no Grande Premio que as diferenças dos Carros da Toyota para as demais equipes era de mais de 8 segundos por volta no ano passado.

    Tudo bem que a potencia dos aspirados para essa temporada foi muito aumentada, mas isso acaba por agravar uma das deficiências maiores que esse tipo de motor tinha em relação aos híbridos, um negocio chamado “consumo de combustível”.

    Dessa forma acho que a Toyota passa a ser ainda mais favorita diante do provável aumento de pit-stops que os garagistas terão que praticar.

    Fico admirado pelo espirito esportivo das equipes “garagistas”, estão a gastar verdadeiras fortunas em um campeonato em que já sabemos quem será a Equipe Campeã.

    São situações como essa que fazem os dirigentes das “montadoras” começa a questionar a participação num negócio desses, “vale a pena ganhar um Campeonato em que corremos sozinhos? Será dado o devido valor a nossa marca quando ganhamos de um monte de garagistas?”.

    Por mais quanto tempo a Toyota continuará a correr sozinha no WEC? Que falta faz a Peugeot, Audi, Porsche, e Ferrari na categoria

  2. Felipe Fugazi disse:

    Dúvidas que eu sempre tive.
    Como são definidos os trios?
    Estilo de pilotagem?
    O biotipo?

  3. Raul disse:

    Na torcida pelo Montoya ir lá e fazer quando ninguém esperava!

  4. Bola da Vez disse:

    Alonso sabe que não vai ganhar mais nada de peso na f1. E as grandes equipes não o querem mais.
    Arriscará uma vitória em Le Mans, como arriscou em Indianápolis. Caso aconteça, engordará o seu currículo. No mais, tudo igual.

  5. Alfredo Sousa disse:

    Já sabemos o que vai acontecer: se perder é uma prova em equipa…se ganhar tudo se deverá a il fodon Alonso…já sabemos como funciona o seu ego…perdendo a culpa é da equipa e dos colegas ganhando só ele ganhou…já estamos habituados….queria ver Alonso se aventurar em Le Mans contra Audi e Porsche…mas não…o seu ego não permite correr tais riscos.

  6. Glauco Tavares disse:

    Parece que a Toyota não tem zica suficiente, precisou chamar o elefante do automobilismo para afundar um pouco mais na mer…da.
    Pode correr literalmente sozinho que não ganha…. Nunca serão! O patife espanhol nunca será!!!

  7. Ricardo Bigliazzi disse:

    A WEC não tem mais graça. Vai ser como a Mercedes da F-1 contra nove Equipes Force Índia. Todo mundo com motor igual só que isso não basta. Se o Idiota Veloz Espanhol não ganhar quero ver qual será a desculpa.

    • Luigi disse:

      Concordo em partes com suas considerações.
      Aquele francesinho maldito e seus cupinchas, colocaram tantas regras e restrições aos carros , que as montadoras sérias, competitivas e que não tem medo de expor seu produto a prova, inteligentemente se retiraram do campeonato. Pois com as restrições é um regulam
      ento quase tão imbecil quanto o da F 1( onde até arquitetura do motor é obrigatória),as montadoras não tem como mostrar

      seus avanços e conquistas tecnológicas, como sempre foram o motivo das provas de endurance , que nunca foi para torcedor ,babar em ovo de piloto, e sim para a marca ou equipe mostrar o seu potencial.
      A forma como está o W E C atualmente , me lembra os acordos das empreiteiras brasileiras em que está fica com isto, aquela com aquilo, a outra ,mas isto . Conforme a amizade que tenham com a “chefia Régia” atualmente nas mãos do francesinho mal intencionado((talvez bem intencionado para alguns amigos)
      *Este sistema de partilha corrupta, no caso do Brasil,para quem é bem informado ou conhece a história (verdadeira) de seu país ,sabe que não é prática só dos políticos atuais, isto sempre ocorreu , e talvez tenha iniciado em 1540 com a construção da primeira capital, Salvador.

  8. Paulo Pinto disse:

    Estou aqui para desejar boa sorte para…

    …os seus adversários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>