MENU

segunda-feira, 9 de abril de 2018 - 12:05Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: GOSTANDO DE VER

12 comentários

  1. Elcio disse:

    Boa noite Flávio.
    Você não acha que as paradas estão muitas rápidas, que estão se tornando perigosas?
    Não acha que teriam que alterar alguma regra, diminuindo o número de mecânicos para deixar mais lento a troca por exemplo? ou alguma outra coisa?
    Tá muito rápido, o que facilitam os erros e acontece o que aconteceu na Ferrari!!

  2. clodoaldo lelli disse:

    por mais que eu tentasse não conseguia desviar a atenção daquele troço chamado halo o bagulho parece aqueles treco que eles colocam nos teste de pre temporada não faz parte do carro esta lá na marra

  3. TYRRELL disse:

    Cheirinho de 2016…

  4. SquaS disse:

    Ja que o tema Pit Stop veio à tona novamente… essas paradas de 2 seg. são uma coisa meio insana. Já que a Liberty está revendo alguns conceitos, porque não limitar o número se mecânicos para a troca, em 4 ou no maximo 6? Aumentaria o tempo da parada e colocaria uma pitada a mais nas disputas, com paradas mais demoradas. Diminuiria o número de pessoas, visualmente ficaria mais limpo e mais agradável de ver o trabalho sendo feito no carro.

  5. Jota disse:

    Impressiona a quantidade erros em pitstops nesse inicio de temporada.

  6. Leandro disse:

    Foi mesmo uma bela corrida. Só discordo de uma coisa, FG: eu acho que quem deu o nó tático foi a Mercedes, pois já sabia que teria uma ótima performance com os pneus médios e guardou isso para fazer uma só parada, quando o consenso geral é de que o melhor seriam duas paradas com supermacios. Simularam uma entrada na volta 16-17 que fez o Vettel entrar e espetar supermacios, e depois colocaram médios nos dois carros para ir até o final e fazer uma dobradinha. O que estragou a estratégia foi a genialidade do Vettel de administrar os supermacios na medida exata para cruzar na frente do Bottas. Foi uma pilotagem memorável.

  7. Garlet disse:

    Nitidamente MERCEDES com melhor carro. A Ferrari vai ter que usar muita criatividade e risco extremo para conseguir vencer. Isso no campeonato inteiro. Se vai conseguir é outra história. Porisso não condeno Vettel pelo ano passado, chegou em um momento que não teve mais como segurar. Parabéns para a Ferrari.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>