MENU

quarta-feira, 2 de maio de 2018 - 12:30Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: IMOLA, 1994

Aqui estão os textos que indico no vídeo. Todos muito legais.

22 comentários

  1. CRSJ disse:

    Foi um fim de semana negro em que fez o mais fiel torcedor brasileiro tremer na base.

  2. Ótima publicação e parabéns principalmente pelos comentários finais. https://125ecia.blogspot.com.br/

  3. André Benevides disse:

    Um grande piloto. Fez parte de uma geração de outros grandes pilotos. Morreu no exercício da profissão, assim como tantos outros profissionais morrem. Simples.

  4. Leandro Ramos disse:

    Olá Flavio, admiro e acompanho seu trabalho, tanto que só consigo assistir aos seus videos do GP as 10!
    Vc me parece ser uma pessoa da qual ficaria horas conversando e ouvindo suas histórias, mesmo tendo uma enorme diferença de opinião em relação ao Lula, especificamente ao Lula e não, talvez na política em geral. Mas, jamais trataria essa diferença com desrespeito, mau humor ou agressão moral. Até conversariamos, mas com respeito e inteligencia.
    Só me chamou atenção ouvir desse assunto num canal onde o foco é outro, onde buscamos por outro assunto que não politica. Na minha opinião (respeitando integralmente a sua) acho que não foi o local certo pra manifestação.
    Grande abraço e continue sempre com suas excelentes matérias e automobilismo!

  5. Ivo Rettor disse:

    O senna teve sua cabeça arrebentada pela peça do carro que voou em sua direção!
    A peça (barra de direção) foi como um dardo que lhe atingiu bem na viseira rasgando-a (se fosse na parte metalica não teria perfurado o capacete) , atingiu dai a cabeça dele acima do olho esquerdo perfurou o cranio e atingiu a massa cerebral…. uma pancada dessas é mortal claro, sem duvidas e senna estava morto. O que o pessoal não entende e aí surgem os sensacionalistas e picaretas de plantão, é que a equipe de socorro não ia simplesmente observar o acidentado quem quer que fosse e dizer: coitado esse aí já era….. eles seguiram um protocolo que procura dar alguma chance de sobrevivencia, não era importante ali declarar a morte cerebral do acidentado simplesmente porque seriua descabido mas sim era mister manter os sinais vitais minimos que fossem ( massagem cardiaca, oxigenação), remove lo a um centro cirurgico especializado e tentar todas as possibilidades isso foi feito com muito boa eficiencia embora o resultado final foi o obito, então é ridiculo alguns dizerem que senna já estava morto na pista, essas afirmações são de picaretas e sensacionalistas irresponsaveis, a morte cerebral não é algo que é declarado de imediato, são necessarios dois exames de medicos diferentes com intervalo de 6 horas com avaliação de todos os sinais vitais e exames. ENTÃO NÃO HAVIA MANEIRA NEHUMA DE SE DECLARAR A MORTE DE SENNA JÁ NA PISTA,
    Eu acho que o mais controverso nesse acontecimento é o que levou o senna a sair da pista e se arrebentar contra o muro, isso sim esta mal explicado, há varias versoes e acho que no fim tudo contribuiu um pouco : ondulações na pista, pneus e freios frios, desconcentrração do senna devido problemas pessoais que o atordoavam e isso o levou a um erro de pilotagem aliando-se a isso a terrivel pressao que Schumacher lhe impunha, e até um mal subito …..

  6. Eduardo Borges da Silva disse:

    Boa noite Flávio!
    Segue admirei seu trabalho, e admiro ainda mais você expor sua opinião sobre a política, isso porque você não tem a menor necessidade de uma exposição dessas.
    Não sou a favor do Lula nem do PT e de nenhum outro político ou partido, mas gostei muito da sua coragem, sem nenhum sarcasmo, em se posicionar. Parabéns pela matéria e pela pessoa que você é.

  7. Eduardo Borges da Silva disse:

    Boa noite Flávio!
    Segue admirei seu trabalho, e admiro ainda mais você expor sua opinião sobre a política, isso porque você não tem a menor necessidade de uma exposição dessas.
    Não sou a favor do Lula nem do PT e de nenhum outro político ou partido, mas adorei muito a sua coragem, sem nenhum sarcasmo, em se posicionar. Parabéns pela matéria é pela pessoa que você é.

  8. Nilson Paraiso disse:

    Flavinho, curto seus texto etc etc etc. Você é Foda! Os fascistinhas piram! Lula Livre!

  9. Joao Vitor disse:

    Da pra sentir a tensão daqueles dias quando a gente ouve de novo…

  10. Erton disse:

    Sensacional o vídeo Flávio!!! Parabéns!!! Pelas duas partes!

  11. Leandro Batista disse:

    Já se vão 24 anos. Parece que foi ontém mesmo. Uma geração inteira cresceu a partir daí sem conhecer os feitos dele. De fato é como dizem…o tempo passa rápido demais…

  12. Rodrigo Messian disse:

    Grande matéria Flávio admiro muito seu trabalho!

  13. Coisinha disse:

    Flávio, fiquei surpreso com seus comentários no final do video porque não tinha visto o video de ontem. Fui buscar os comentários e já tinham sido apagados, pelo menos não encontrei nada sobre o Lula a não ser 3 comentários de apoio.

    Escrevo só porque sou um leitor assíduo do blog que respeita mas discorda das suas posições políticas. Também não concordo com comentários da extrema direita que insiste em polarizar ainda mais a discussão. Eu acompanho seu blog porque o principal assunto é automobilismo e porque vc manda bem pacas nos outros assuntos também (inclusive qdo escreve sobre política, privatizações, prefeitura de SP etc). Vc, dono do blog, escreve o que quer e, já sabendo da sua falta de paciência pra debater política por aqui eu fico calado. Até acho que vc diminuiu muito esse tipo de conteudo nos últimos anos pq não quer lidar com os comentários babacas.

    Enfim, me responde, eu deveria vestir a carapuça? Vc quer realmente que todo leitor que não apoia o Lulalivre caia fora?

  14. Flavio! Que história! É uma honra tê-lo como colega de profissão, mesmo não concordando com suas opiniões políticas.

  15. Léo Engelmann disse:

    Aproveito também para mandar o link do programa “Globo Repórter”, com o título “Para sempre, Ayrton”, que foi ao ar na noite da sexta-feira seguinte à do acidente em Ímola.

    https://www.youtube.com/watch?v=_5FmpJf4HB0&feature=youtu.be

  16. Léo Engelmann disse:

    Olá, Flavio e leitores. Esse é o link do Acervo da Folha de São Paulo com o caderno de esportes do dia 03 de maio de 1994.

    https://acervo.folha.com.br/leitor.do?numero=12412&keyword=GOMES%2CFLAVIO&anchor=4960223&origem=busca&pd=ac8c697ea526de4b6a2d720480a54f3a

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>