MENU

segunda-feira, 14 de maio de 2018 - 23:59One comment

ONE COMMENT

michelinmelhorouEsse aí é o Bibendum, o mascote da Michelin, quando foi apresentado em Lyon, em 1894. Ainda bem que deram uma melhorada, se eu fosse criança sairia correndo desse negócio aí e nunca mais passaria numa loja de pneus!

12 comentários

  1. BRUNO disse:

    Curto o Bibendum, apesar desses primeiros meterem medo. Eu lembro que vi pela primeira vez esse mascote num outdoor, com ele arrumando uma roda de caminhão e fazendo joinha. Lembranças da infância…

  2. Paulo F. disse:

    Durante uma época ele aparecia fumando charuto. O “politicamente correto” exterminou esse hábito do Bibendum,

  3. edison disse:

    que troço feio da porra!

  4. Thiago Azevedo disse:

    Lembrei do Aríete, do He-man.

  5. moisesimoes disse:

    - “Gigante guerreiro, Daeleon!” Kkk.
    Eu chamava de “boneco da Michelin”. E não sabia que era tão antigo!

  6. T.Leal disse:

    Os primeiros cartuns do Bibendum também eram assustadores.

  7. Sergio Luis dos Santos disse:

    Dá para ver que não eram radiais…

  8. Fábio Peres disse:

    Cara, isso é mais medonho que os daleks de Doctor Who… “exterminate! exterminate!”…

  9. Claudio disse:

    Com um mascote desse só se fosse p/ vender pneu para o carro do capeta, tá louco.

  10. Nick B disse:

    Barbaridade, Fla.
    Eu acordei e dei de cara com essa coisa e me assustei. Imagina aquela coitadinha toda retraida no fundo da foto.
    Vade retro!

    Nick B.
    Ao som de Barão Vermelho, Por que que a gente é assim. É isso aí! Ouvindo rock brasileiro dos anos 80 que apenas tontolões aborrecidos e invejosos da estirpe do global Álvaro Pereira Júnior e dos desaparecidos (graças ao bom Deus) Andrés Barcinski e Forastieri não reconhecem como bom e fundamental. Preferem babar ovo de bandinhas obscuras do Tio Sam e das Oropa, geralmente umas bandas esquisitas que não fazem sucesso nem nas respectivas pátrias, mas que a citada tríade do mal da crítica musical brasileira insistia em nos vender como a oitava maravilha do mundo. Vão tentando, infelizes! Nossa! Hoje acordei num humor com esses Zé ruelas. Deixa eu parar de falar o que penso desses amargurados porque senão o Fla me tesoura e ainda tomo processo. Abraços para os meus roqueiros cheirando a gasolina).

  11. CLEBER HUMBERTO BALIEIRO disse:

    Parece monstros de seriado japonês!

Deixe uma resposta para Claudio Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>