“GP ÀS 10″: A COPA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 14 de junho de 2018 - 18:18Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: A COPA

17 comentários

  1. Mario Aquino disse:

    Só para coxinhas, esta é a torcida brasileira hoje = pato da fiesp.

  2. Francolino disse:

    Gosto da Copa mas não da Seleção Brasileira. E olha o naipe do atual presidente da CBF.

  3. Alex Mendes disse:

    FG você fala da festa bonita que é a copa, mas com o mesmo mal humor!!
    Por favor, conta como é dormir nesse lugar com poucas horas de noite.

  4. sandro disse:

    Flavio, você percebeu que você está sem alma……torcer para a seleção não é ser patriota ou não, é puramente torcer para que o time (seleção de jogadores) do país de onde nasceu vença um torneio, copa, qualquer bobagem dessa…não tem nada a ver com patriotismo.

  5. Gabriel P. disse:

    A verdade é que os coxinhas que vestiram a camisa da seleção destruíram todos os nossos sonhos de uma nação rica, pacífica e igualitária aliás, sonhos de sermos uma nação.
    Já não bastava a Fifa e CBF serem corruptas e os clubes idem, agora com estas manifestações a favor da destruição do Brasil, fica praticamente impossível para quem tem um mínimo de esclarecimento e cérebro para refletir torcer para seleção.
    Quem não se sentir um idiota, quando torce para esta seleção, pode se preocupar urgentemente em estudar, adquirir conhecimentos, pesquisar mais e aprender a fazer uma reflexão imparcial sobre os fatos.

  6. Eduardo de Campos disse:

    Eu nunca associei a camisa amarela a movimento algum. As pessoas foram chamadas a saírem às ruas vestidas de verde e amarelo e a camisa da CBF era a mais fácil de se ter, creio eu. Mas muita gente lembrou (corretamente, a meu ver) a ironia da entidade ser corruptamente podre e estar sendo usada num movimento daqueles que queriam o impeachment da Dilma e se diziam contra a corrupção. Eu dei a minha para o meu filho e por isso uso uma amarela do Cruzeiro. Mas ontem saí com uma da Rússia e o que ouvi de gracinhas, ironias, não tá no gibi.Coisas como isso, de eu não ser brasileiro, de me perguntarem porque não vou pra Rússia. Já estou acostumado, pois quando saia com a minha do Paraguai, o que mais ouvia era que eu a tinha comprado por causa da Larissa Riquelme. Até minha esposa achava isso…haha…

  7. Airton Silva disse:

    Verdade. O tom verde e amarelo está meio que contaminado pela apropriação que essa turba esquisitinha perpetrou.
    Soma-se a isso que não é caso de se empolgar por demasiado o time que representa o Brasil. É uma turminha legal, o técnico é gente fina, mas a torcida é contida, pelo menos de minha parte.
    O bonito é o torneio em si, especialmente esta primeira fase com três jogos por dia com equipes nacionais do mundo inteiro, algumas delas com exibições em que se maltrata a bola, como dizia o China.

  8. TYRRELL disse:

    Não torço para o Brasil desde 1982 (tinha 12 anos na época). Queria muito que a Holanda ganhasse uma copa algum dia.

  9. Julian junqueira disse:

    Flávio
    Sou seu fâ. Parabéns pelo blog
    Mas pq vc acha que os peruanos podem se sentir representados, os panamenhos, enfim, os latino-americanos como vc disse q encontrou, mas nós brasileiros não?
    Os políticos do Peru ou do Panamá são tão diferentes dos nossos?
    Sinceramente não entendo o motivo de um brasileiro nao torcer pela seleção, independe da camisa ou do partido

  10. Iam Cantarino disse:

    Concordo que torcer para um time ou seleção é apenas emoção, sentimento, independe da nação ou pátria.
    Eu mesmo nunca torci pro Brasil, e sim pra Argentina, Suécia, Itália….
    Torço quase sempre por pilotos franceses (Alesi, Prost, Panis, Gasly) mas a seleção francesa não me cativa.
    Só acho que, no final, quando fala em representação, na minha opinião sim a seleção representa o Brasil para os outros povos (bandeira, hino, cores, mística, exotismo…). Assim como nós nos encantamos com historietas de Islândia, Panamá e tais, os outros vêem o Brasil como a seleção. Não que isso signifique representar um cidadão, mas sim a instituição Brasil (e de fato a CBF representa a corrupção, os jogadores representam os novos ricos…)

  11. Jeff disse:

    Nunca torci pela seleção e duvido que algum dia irei torcer.

  12. Thiago Azevedo disse:

    Pois é… Já tem um tempo que eu não torço. Pelo fato de o Brasil ser um país de um esporte só e pela importância exacerbada que dão ao futebol. Um exemplo é em relação à reforma previdenciária. Estão querendo fazer o povo trabalhar eternamente por uma “conta que não fecha”, mas ninguém mencionou em mudar a patifaria que é o recolhimento de contribuição previdenciária feita pelos clubes de futebol. A receita federal estava cobrando alguns milhões de reais do Neymar, grande herói do Brasil. Uma bosta…

    Eu costumo mencionar a incoerência desses que usaram a camisa amarela em relação à copa passada. Fazer a copa do mundo no Brasil foi cagada. O país nunca teve grana pra isso, mesmo que não fosse desviado nem um centavo. E foi a maior putaria. Acho que os tribunais de contas ainda vão levar um tempo para rastrear os estragos.
    Formalmente, a Dilma sofreu impeachment por crime de responsabilidade por ter utilizado recursos do orçamento indevidamente, sem autorização do congresso.
    Se pensarmos que ela recorreu aos recursos por estes terem faltado, não chega a ser um absurdo imaginar que a gastança da Copa foi fundamental para esse desfecho.
    De verdade, alguém tinha dúvidas de que seria uma baita roubalheira?
    Mesmo assim, patriotas foram aos estádios.
    Bem, se foram aos estádios, simplesmente aprovaram as contas da Dilma. Quem foi aos estádios, ou assistiu mesmo pela TV, que viveu a copa de daquela maneira ufanista nunca poderia ter pedido o impeachment. Por coerência.
    E aquelas vaias.. tem algo mais incoerente?
    O nosso povo é estranho…
    Seria legal se o Iran ou a Tunísia ganhasse.

  13. Macario disse:

    Eu me incluo entre os que têm vergonha de usar essa camisa da CBF, símbolo máximo dos patos analfabetos responsáveis pelo golpe.
    O mais trágico desse surto psicótico/autoritário/patriótico foi a execração da cor vermelha como suposta representação de um perigo alienígena. Coisa de gente tosca e alienada, que desconhece que o Brasil que nos nomeia era visto como excelente matéria prima para a produção de corantes vermelhos, razão pela qual a árvore quase foi extinta. Os hipócritas preferem o verde dos Bragança e o amarelo dos Habsburgos para representar sua patética existência e seu trágico destino de capacho entreguista. Faz sentido.

  14. Lagerbeer disse:

    Não vou usar a amarelinha … camisa de coxinha … como bom pcbista vou usar minha camisa do verdão nesta copa

  15. TARCISIO FRASCINO FONSECA disse:

    Vou torcer pela seleção brasileira, embora não seja o real reflexo do futebol jogado aqui.
    E dissociar futebol de política é muito saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>