MENU

segunda-feira, 11 de junho de 2018 - 10:24Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: A FORÇA DE VETTEL

14 comentários

  1. carli becker disse:

    Flávio adoro acompanhar a F1 contigo, mas gatão, troque seus óculos, tu tá parecendo minha avó com esses óculos e essa touca !!!!! Quantos graus tu usa ? e essa armação parece piada …… mas tranquilo viu isso não estraga seus comentários… só faz a gente rir um pouco né…. Abração gatão !!!!

  2. CRSJ disse:

    Se a Ferrari acertar mais e errar menos não terá dificuldades em ser campeã. com o Vettel. O lance mais Bizarro dessa corrida foi a bandeirada na volta 68 de 70 que ainda acabou valendo pra surpresa de todos. que não sabiam dessa pegadinha do regulamento.

  3. Paulo Pinto disse:

    Com mais essa vitória de ponta a ponta, Vettel ultrapassou Clark e Hamilton na estatística, colocando-se atrás apenas de Senna.

  4. Mauricio disse:

    Flávio, quando você disse que “felizmente, não aconteceu nada de relevante nos dois breaks da TV russa” você estava sendo irônico, não?

  5. Wandelcro do Bier disse:

    Rapaz, me lembrei dessa personagem vendo o v’ideo.
    https://pbs.twimg.com/media/BwAgQY1IIAEooh_.jpg

  6. helder do amaral oliveira disse:

    Sou Ferrarista e gostei da vitoria do Vettel, mas não gosto desta pista do Canadá e de pistas de rua e em parques que não dá condição de ultrapassagem. Alias essa padronização de carros é horrivel e a FIA deveria parar com isso para dar condição de se ter carros com possibilidade de ultrapassagem e voltar a ter mais de um fornecedor de pneus e pistas que privilegiam ultrapassagem. Essa corrida do Canadá da F1 foi sonolenta

  7. murilo disse:

    Pra quem gosta de estatística…
    SE…. aquele pneu do Bottas não furasse em Baku, teríamos:
    Vettel 119, Hamilton 113 e Bottas com incríveis 111… Bottas não tem aquela sorte que costuma andar com os campeões.

    Comparativo Hamilton x Bottas (3 últimas de 2017 + 7 corridas de 2018)

    Bottas, 1 vitória, 6 segundos, 2 Poles, 147 Pontos
    Hamilton, 3 vitórias, 1 segundo, 3 terceiros, 2 Poles, 152 Pontos.

    Em posições finais (chegadas) Bottas 6 x 4 Hamilton. Abre o olho Hamilton.

  8. Ricardo Bigliazzi disse:

    O Vettel e Hamilton estão alguns “furos acima” do resto.

    Ricciardo é o que mais se aproxima deles. O resto ou já mofou ou vai desabrochar ainda.

    O Vettel com um bom carro é um piloto temível. Considero-o uma versão remasterizada do Niki Lauda. Rapidíssimo ao mesmo tempo que consegue controlar as corridas na grande maioria das vezes, isso basta para criar problemas para qualquer um que esteja e disputa com Ele.

  9. CHARLES disse:

    Vettel mostrou superioridade e teve uma vitória marcante, mas e Kimi ? ele teve algum problema Flavio? porque ele não atacou o hamiltom? pareciam colegas de equipe…. será que a mercedes deu ordens até poro kimi KKKK……… Alias a mercedes pela potencia e tradição que é tá dando fiasco com o hamilton chiliquento, deveriam contratar max verst leclrec hulck etc….Os lideres estão empatados e os vice lideres estão também praticamente empatados………. SE A CORRIDA FOI SEM EMOÇÃO JÁ O CAMPEONATO TÁ RAZOÁVEL.

  10. Alex disse:

    Na transmissão daqui o Burti disse que houve algum problema no carro do Lou Ferrign….digo, do Stroll, para aquela guinada para a esquerda. Mais tarde parece que o próprio Stroll disse alguma coisa nesse sentido. Mas que F-1 é essa em que não se consegue ultrapassar? O Flávio tem razão em dizer que havia corridas monótonas no passado. Ainda assim era diferente porque não existiam problemas como esse, de não se conseguir ultrapassar por conta da configuração aerodinâmica da dianteira do carro. Se um cara se aproximasse do carro da frente, a gente sabia que ia ter disputa. E por outros fatores também. Os carros quebravam mais, tudo era menos previsível. Em suma: o suspense se mantinha até o fim. Além disso, não havia essa artificialidade de hoje: asa móvel, DRS, obrigatoriedade de usar pneu de determinado tipo. Era mais esporte, uma competição mais pura

  11. Bjerget disse:

    Meu ponto de vista. Hamilton com carro bom ou ruim está desanimado, sem motivação. Vettel realmente vestiu a camisa da Ferrari e está bem empolgado, motivado, isso faz uma enorme diferença. Verstappen logo vai achar o ponto certo e vai mostrar que é melhor piloto que Ricciardo. Ricciardo mesmo sendo mais equilibrado fica como segundo piloto na Red Bull. Raikonen sempre tentará o plano B, caso Hamilton falhe, mesmo assim não tem aquele algo mais. Raikonen, é aquele colega de equipe que, se não ajuda pelo menos não atrapalha, mas realmente não faz mais diferença nenhuma, deveria entregar o assento para alguém com mais vontade, Leclerc por exemplo. MAs no final, hoje tudo é muito controlado por computadores etc, isso tira um pouco as decisões dos pilotos, e torna tudo meio previsível, onde não há improviso se torna chat. Ex guitarristas de rock virtuoses, tocam mil escalas perfeitas mas são um saco. A tendência é a F1 trabalhar cada vez mais com menos importância no piloto, até chegarmos a um carro sem pilot, aliás quem quiser ver eses carro sem piloto visite a página do Daniel Simon, o maior Designer inglês da atualidade.

  12. Leo Engelmann disse:

    E essa legenda em português? Hahaha!

  13. André disse:

    Encontrei um anúncio de dois belos Ladas à venda no Rio Grande do Sul. Tem até as ferramentas originais (Made in USSR). Talvez te interesse:
    https://carro.mercadolivre.com.br/MLB-900574322-hotv8-vende-lada-laika-sedan-e-lada-laika-sw-de-coleco-_JM

Deixe uma resposta para Mauricio Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>