“GP ÀS 10″: QUEM TE VIU, MCLAREN… | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 28 de junho de 2018 - 11:07Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: QUEM TE VIU, MCLAREN…

20 comentários

  1. MARCIO - ITAJAÍ/SC disse:

    A situação do Ron Dennis que vc ilustrou foi a mesma vivida por Steve Jobs dentro da Apple.

  2. Marcelo disse:

    Até hoje não compreendo como a McLaren não constrói seus próprios motores(ou unidades de potência com tecnologia híbrida de uns anos para cá) haja vista produz, mesmo que em pequena escala, modelos automotivos super esportivos.
    Logicamente que caríssimos e repletos de refinamento tecnológico estes modelos de rua da McLaren são equipados de motores super potentes desenvolvidos por ela mesma.
    Não é compreensível que isso não esteja nos planos da equipe de Fórmula em todos estes anos. Se faz super carros para vender faz os super motores que os equipam.
    E pensar que quase tivemos uma McLaren F1 equipada com unidade de potência da Ferrari para agora em 2018. Vai entender.

  3. CRSJ disse:

    A McLaren se encontra hoje pior do que aqueles anos fracos e ruins entre 1978 e 1980 ou 1994 e 1996. Ron Dennis em 1981 reergueu a equipe que já estava ensaiando o Fim, uma nova versão dele agora no Século 21 é o que a McLaren mais precisa pre se reerguer.

  4. Bola da Vez disse:

    Alonso acabou com o que restava da equipe.

  5. Pablo disse:

    Mclaren se quiser ir para uma outra categoria, que vá para a Fórmula E, uma categoria para o futuro. Indy para mim, é retrocesso.

  6. clodoaldo lelli disse:

    ta na hora de se livrar de uma meia duzia de pela saco que se acha a ultima bolacha do pacote e tão afundando o negocio pode começar trocando o incompente boullier pelo gil de ferran e o alonso pelo riccardo

  7. ESSE NEGOCIO DE IREM PARA INDY, É PORQUE QUEREM VENDER MAIS CARROS NA TERRA TIO SAM. RON DENNIS NUNCA DARIA MAIS IMPORTÂNCIA A UM PILOTO DO QUE A EQUIPE.

    • Jonny'O disse:

      Exatamente, acho que a Mclaren vai dar uma guinada pro lado americano, mantem o time de F1 a nivel de uma Haas por algum tempo, até que mude os ventos pela europa. O foco deve virar mesmo para os EUA, reparem que até mesmo nas categorias de GT a Mclaren não disputa nada oficialmente, podem aparecer tb na IMSA , ali é facil e barato uma fabrica dar as caras e ter evidencia. Os europeus estão mofando e vão perder a Mclaren .

  8. Ricardo Bigliazzi disse:

    Flavio, acredito que a admiração que Você tem pelo Idiota Veloz Espanhol é a mesma que Eu tenho pela Mclarem.

    Que Equipe!! um sinônimo de competência e vanguarda na F-1 ao longo de décadas..

    Na minha modesta opinião as coisas começaram a desandar desde o escandalo do roubo das informações técnicas da Ferrari em 2007.

    A partir daquele momento muitos processos foram desencadeados:
    – Vadafone reviu participação (compliance versus picaretagem – lá isso é sério pacas)
    – Mercedes começou a pensar em ter uma Equipe de F-1 (embrião)
    – Auto confiança de Ron Dennis “nublou a sua visão estratégica não possibilitando correção de rumo.

    A saída do Hamilton ao final de 2012 é apenas uma constatação que o time estava já perdido. É preferivel apostar no que pode dar certo a insistir no errado.

    Acredito que a Honda foi a tabua da salvação da Mclarem”, porém todos sabem a forma que Ela foi tratada.

    E esse tratamento (exposto ao publico, pelo menos 20 finais de semana por ano, ao VIVO, pelo que alguns consideram o melhor piloto da F-1) acabou de vez por afugentar qualquer patrocinador que pudesse jogar uma montanha de dinheiro no time laranja.

    Tente pensar como um potencial patrocinador de uma das Equipes da F-1 que carrega um dos maiores potenciais tecnologicos da categoria? Pense em toda a força de exposição da marca, agora pense que a sua marca vai estar ligada a um detrator que humilha a equipe ao vivo para uma das maiores audiencias do planeta a cada fim de semana sim e outro não (quase isso)??

    Dada essa equação podemos chegar a conclusão que só uma Empresa Idiota é capaz de colocar a sua imagem em risco apostando fichas na Mclarem e nos seus detratores que habitam os seus cockpits..

    À Mclarem só lhe resta torcer para que os Deuses do Automobilismo façam nascer um novo Adrian Newey dentro da equipe, um cidadão que conceba um carro tão espetacular que um piloto que só sabe pilotar possa novamente ser Campeão (tipo uma Brawn GP da vida). Só que isso é muito raro na F-1, pergunte ao Button.

    • Cláudio Cardoso disse:

      Concordo plenamente com seu ponto de vista. Não discuto a competência do Alonso como piloto, mas como desenvolvedor de carros ele deixa muito a desejar. E os chiliques frequentes também não ajudam em nada a equipe.

    • Sergio Antunes disse:

      Concordo com alguns pontos que comentou.

      E adiciono que a equipe precisa de um piloto que esteja disposto a botar a mão na massa e colaborar para o desenvolvimento em geral. O espanhol chorão fez exatamente o contrário, como já foi falado ele é considerado “meio piloto” nos dias de hoje, pois não sabe desenvolver, apenas guiar.

      Muito se comentou na época da Honda que não havia dedicação, apenas reclamação. O problema é seu fã clube, que ainda vive das glórias do passado, e acha q ele está entre os melhores, kkkk. Os tempos são outros!!

    • Alberto disse:

      Ricardo Bibliazzi, e em relação a Williams? la não tem nenhum espanhol pilotando os seus carros. Onde estão os seus patrocinadores de peso? Creio eu que a Mclaren está bem melhor que a Williams tanto em dinheiro quanto performance. E olha que é um motor Mercedes que empurra a equipe de Frank Williams. Posso estar errado mas o seu comentário parece ser mais por não gostar de Alonso ao analisar realmente a situação da Mclaren.
      Abraços

    • Giovanni disse:

      Muito bom! Só pra lembrar tb da prepotência do Ron Dennis ao rejeitar propostas de patrocinio por achar que é melhor ficar sem patrocinador do que aceitar um valor abaixo do que ele queria.

      Uma soma de erros ao longo de 10 anos não tem santo que ajude.

    • Alvaro disse:

      Perfeita a análise, difícil mensurar no Alonso o que é mais forte , sua pilotagem ou sua capacidade de ser desagregador, com ele o ambiente da equipe é o pior possível, realmente, na F1 ele só poderia ter dado certo em uma equipe administrada por um cara como o Briatore, possuem a mesma “estirpe”.

    • Segafredo disse:

      Pinto……vc é doente? qts personalidades possue?? eu eihn!!

      • Paulo Pinto disse:

        Nenhuma das acima. Sabe qual é o teu problema, Sennafredo? Você não aceita que exista tanta gente rejeitando o caráter do Alonso.

      • Segafredo disse:

        Kkkkk, eu não dou a mínima importância pra isso xará, mas só me referia ao personagem do primeiro texto e não a turma aqui de cima..
        Vc é maluco, kkkkkk!

      • Paulo Pinto disse:

        Se der importância para isso, Sennafredo, quem vai ficar maluco é você!
        Teu amigo Vicellez surtou dentro da Matrix ao ver Alonso descendo a ladeira e nunca mais apareceu. O próximo pode ser você!

  9. Diego - Floripa/SC disse:

    Os caras querem atirar em outras categorias e parece meio desesperador.

    McLaren na Indy é para fechar as portas mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>