HOT HOT HOT (8) | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

domingo, 29 de julho de 2018 - 15:12F-1

HOT HOT HOT (8)

hund9

MOGYORÓD (pausa, agora) – Foi assim bem mais ou menos a prova que fechou a primeira parte da temporada em Hungaroring. Hamilton ganhou fácil. Teve um bom escudeiro na largada — Bottas, num dia de fúria –, o que ajudou. E deve mesmo agradecer aos céus pela pole que fez ontem na chuva, decisiva.

Num calorão senegalesco no domingo, 34°C e um sol de rachar, o inglês dominou a prova sem dificuldades. Não teve problemas com pneus. Não foi atacado. Cumpriu sua estratégia de uma parada à risca e cuidou da borracha com carinho. Sai de férias com 24 pontos de vantagem para Vettel, que teve muito mais trabalho para chegar em segundo, e abre praticamente uma corrida de frente para seu único rival no campeonato.

Não tivesse feito a pole, talvez Lewis não estivesse comemorando sua quinta vitória no ano, a sexta na pista que fica nas franjas de Budapeste — e 67ª da carreira. A Ferrari tinha um carro rápido o bastante para ganhar o GP da Hungria. Mas como foi derrotada pela pista molhada ontem, teve de se contentar com as migalhas de completar o pódio — Raikkonen foi o terceiro, único piloto entre os que pontuaram que fez duas paradas, e não apenas uma.

Hamilton largou bem e contou com a ajuda de seu companheiro nos primeiros metros da prova. Valtteri posicionou o carro no meio da pista na freada para a curva 1 e bloqueou qualquer tentativa dos dois carros vermelhos de partirem para o ataque imediato ao parça da Mercedes e líder do campeonato. Então, ficou fácil. Em quatro voltas, Lewis tinha 5s de vantagem sobre Sebastian e um carro entre ele e o alemão. Um carro disposto a ajudar.

Vettel optou por largar com pneus macios para fazer seu pit stop bem tarde. Os demais, entre os candidatos a alguma coisa séria na corrida, foram de ultramacios. A Bottas, cabia “marcar” Kimi e impedir que a Ferrari #5 de Tião Italiano tentasse alguma coisa mais ousada. Em Hungaroring, poucos tentam, de qualquer forma. Na volta 14, Raikkonen parou e colocou macios. Na 15, Bottas fez o mesmo. Àquela altura, Hamilton tinha 9s de vantagem para Vettel, que assumiu o segundo lugar.

Quando parou na volta 25 para colocar pneus macios, Lewis deixou uma pequena dúvida no ar: eles aguentariam 45 voltas ou seria preciso parar de novo?

Mas era mais uma esperança do que uma dúvida real. Os pneus da Pirelli para 2018, mesmo os mais fofinhos, têm condições de suportar uma corrida inteira, se for preciso. Podem até perder um pouco de performance, mas num circuito de ultrapassagens quase impossíveis entre carros semelhantes, como o húngaro, isso não chega a ser um problema fatal.

Para Vettel, restava a possibilidade de ganhar o segundo lugar de Bottas na estratégia, com uma sequência de voltas rápidas que lhe permitisse sair dos boxes à frente, quando fizesse sua troca. E o alemão fez a lição de casa direitinho. Precisava de 21s de vantagem para o finlandês, pelo menos, para superar o Mercedes #77. Tinha 16s de frente na 19ª volta. Acelerou o que dava e o que não dava e na 34ª já estava 25s2 à frente — mais do que suficiente para assumir o segundo posto.

Sua corrida era contra Valtteri. Mas nas cinco voltas seguintes, enrolado com retardatários e com seus pneus macios já meio cansados, viu essa diferença cair para 20s7 quando, finalmente, parou — na volta 39. A parada foi ruim, a roda dianteira esquerda demorou a ser fixada, e ele saiu dos boxes de novo atrás da Mercedes, em terceiro. Raikkonen, em estratégia diferente, tinha feito sua segunda troca na volta anterior.

hund1

Showzinho, mesmo, dava Ricciardo, 12º no grid, 16º na primeira volta, e usando seus pneus até o talo. Estava em quarto, na volta 44, quando decidiu trocar. Era uma atuação de gala, com lindas ultrapassagens — OK, o carro ajuda, mas ele teve de se virar porque este circuito não é bolinho –, voltou em quinto e foi à luta. Showzinho também dera seu parceiro Verstappen logo na sexta volta, quando quebrou o motor de seu carro. No caso, o espetáculo foi radiofônico. Max xingou muito. “Isso é uma piada! Toda hora essa merda quebra! Que se foda se tiver de explodir!”, esbravejou, enquanto o time pedia educadamente que encostasse o carro.

A crise entre Renault e Red Bull só não vai se tornar mais grave porque os franceses serão substituídos pela Honda no ano que vem e o clima é de divórcio esperando apenas a sentença do juiz. Christian Horner, chefe do time, reclamou bastante da fornecedora. “A gente paga milhões por um produto que se supõe ser de boa qualidade e vocês veem o que acontece. É frustrante. Agora vou esperar Cyril [Abiteboul] vir aqui depois da corrida com as desculpas de sempre”, disse, referindo-se ao homem da Renault responsável pelos motores.

Voltando à vaca fria, faltavam 15 voltas quando a Ferrari avisou Vettel que os pneus de Bottas estavam no osso. Sebastian tinha saído colado nele após o pit stop, mas não ameaçava nenhum ataque. Depois contou que estava poupando os seus pneus para dar o bote bem no fim. E foi o que fez na volta 65, a cinco do final. Na curva dois, aproveitou um vacilo do finlandês e lhe deu um belo drible. Raikkonen, que tinha chegado, foi junto. Bottas chegou a tocar a traseira de Vettel quando tentou retomar a posição e acabou sendo ultrapassado também por Kimi.

hund6

Na penúltima volta, quem chegou no #77 foi Ricardão. Bottas — dia de fúria, lembram? –, jogou o carro no australiano e ficou com sua lateral toda estropiada. Daniel não desistiu e na última volta acabou passando. O finlandês da Mercedes acabou sendo punido com 10s acrescidos ao seu tempo total de prova, o que não afetou sua posição final — um medíocre quinto lugar. Depois dele veio um ótimo Gasly em sexto, seguido por Magnussen, Alonso, Sainz Jr. e Grosjean na zona de pontos. Só os seis primeiros terminaram a prova na mesma volta.

Lá na frente, Hamilton nem sabia o que se passava no embate de seu colega de armas contra os vermelhos de Maranello e o touro bravo de Ricciardo. Recebeu a bandeirada com mais de 17s de vantagem para Vettel e correu para o abraço. Nas últimas três provas, marcou 68 pontos contra 43 de Seb, virando o jogo novamente. O placar aponta 213 a 189 para o britânico de trancinhas — modelito capilar novo; esse rapaz está cada vez mais Neymar, com a diferença de que se garante no ofício.

Todo mundo para agora para descansar e aproveitar o verão europeu. Carro na pista de novo, só dia 26 de agosto em Spa. Sim, eu sei que tem dois dias de testes de pneus terça e quarta aqui mesmo. Mas é só para jovens pilotos e ninguém se importa muito.

Os trabalhadores fixos da categoria entram mesmo em férias, já ouviram falar? E as minhas começam agora! Mas amanhã juro que faço o rescaldão antes de colocar a mochila nas costas e partir para a Bretanha.

111 comentários

  1. Vai Vettel! disse:

    Com um escudeiro dessa “catiguria”, ninguém perde campeonato. Nem Alonso conseguiu um capacho assim!

  2. Bola da Vez disse:

    Alguém pode me informar se o Gilmar Mendes trabalhou como comissário na prova da Hungria?

  3. joao calango disse:

    Flávio, a Pirelli pretende mudar os compostos dos pneus para que as opções de estratégia para quem troca duas vezes se igualem em condições para os pilotos que trocam apenas uma vez na corrida?

  4. Paulo Rickli disse:

    Ótimo texto ! ainda bem , pois não pude assistir o gp…
    fuir levar meus dois filhos pra aula de surf na praia da Engenhoca ( Itacaré ) bem na hora da corrida ..

  5. Ronaldo Dalio disse:

    Olá Flávio, acompanho seu blog diariamente.
    Também participo do subreddit da F1, não sei se vc conhece.
    Enfim vi esse POST e achei que talvez pudesse gostar. Não tem nada a ver com a última corrida. É uma tabela que mostra a pontuação de todos os pilotos de F1 desde 1950 seguindo o score de pontos atual. Bem interessante. Abraço.
    https://www.reddit.com/r/formula1/comments/9377o5/i_kept_score_of_an_alltime_formula_1_championship/?utm_source=reddit-android

  6. Lagerbeet disse:

    Flavio … não tem relação com esta matéria nem automobilismo … mas faz um post sobre a “propaganda do neymar”.. o que tu achas ?

  7. ms disse:

    que belo texto Flávio Gomes !

    • ms disse:

      flavio, sei que o que vou dizer não passa de um velho clichê mas mesmo assim vou escrever só pra esclarecer o comentário que fiz sobre o que vc escreveu a respeito do GP da Hungria: “…..assisti toda a corrida e a sensação que tive lendo depois o texto que vc escreveu foi a de que estava assistindo novamente a corrida “com uma pitada a mais de emoção….”

  8. Garlet disse:

    Tentei assistir pela GLOBO. Antes da corrida, puxação de saco para o Hamilton. Porque o Hamilton? Eu lá sou inglês?Pelo contrário moro no Sul do país, vou torcer pelo Vettel, eu decido. Do Rio de Janeiro pra baixo existe um país sim, existe um Brasil por aqui com muitos descendentes de italaianos e alemães. MAs ok estamos cagando e andando pra Globo. NO final da corrida decido desligar o MUTE , então Vettel faz a ultrapassagem em cima do Bottas e o comentário do “piloto expert “, bastante tendencioso “anti-Vettel”. Ok tento mais um pouco e lá vem a rasgação de seda para o Ricciardo. Eu lá sou Australiano? Que sirva de lição próxima corrida volto a assistir pelo canal inglês mesmo, por incrível que parece é menos pachequismo que a GLOBO. Que bosta.

    • Segafredo disse:

      Vc não é Inglês, Italiano, Australiano, Alemão, Japonês ou qqr outra merda que for……..Você é apenas mais um babaca sulista que se acha mais que outros a ponto de querer que uma transmissão seja torcida para um SchukruteFakedeBosta…..porquê é isso que seu ídolo é: A segunda maior farsa da F1 moderna, porquê a 1ª pertence ao compatriota dele que está vegetando.

      Bora lá Hamilton, botar esses amarelos no seu devido lugar!!

      PS…: Moro em Blumenau e se quiser deixo meu contato pra conversarmos melhor!

    • Garlet, é simples:
      - Não tem mais brasileiros na F1;
      - O LH tem como ídolo o falecido AS;
      - A emissora oficial considera que a Ferrari sacaneou todos os brasileiros que lá passaram, inclusive o Massa;
      - O Vettel é alemão, bem como o ídolo do Vettel, que é alemão;

      Logo, torcem descaradamente pelo LH. Faço como você, ponho no mute e segue o jogo.

    • murilo medeiros disse:

      Garlet se acha superior por ter nascido no sul. Defende que o Sul e Sudeste se separem do resto do Brasil, afinal do RJ pra baixo existe um país…. Se vangloria do sobrenome Garlet, mas esquece que seu tataravô italiano casou-se com uma escrava alforriada que deu origem ao seu ramo familiar. Torce pro Vettel porque ele é Alemão, e todo Alemão é um ser superior por ser loiro dos olhos azuis. Detesta pobre, nordestino, negros, gays e afins. Acha o Hamilton um ser inferior pelo tom de pele e cabelo crespo, mas esconde isso por que pega mal… aí fala que ele é inglês, e que não torce para ingleses. Coloca a culpa de tudo na Globo, mas burla o imposto de renda todo ano. Típico babaca de direita. Vai votar no Bolsonaro pra poder dizer que tem arma em casa.

  9. Paulo F. disse:

    Chilique é contagioso. Ficou barato pro Sapattos a punição de 5s. Meu, se fosse uma Sauber ou uma outra nanica teria que empurrar o carro até SPA , sem ajuda. O Verspatinho Feio esta fazendo escola!

    • Paulo Pinto disse:

      Xará, os comissários aplicaram 10 segundos no Bottas, sabedores que o Finlandês Batedor tinha mais de 10 segundos para o sexto colocado.

      Está parecendo a Justiça brasileira, que condena o réu e logo depois dá um habeas corpus para o cara ficar livre, leve e solto!

  10. Chupez Alonso disse:

    As intempéries do tempo transformaram uma vantagem de 9 pontos em uma desvantagem de 24.

    Hamilton é mais piloto na chuva. Ganhou as duas.

    E a Ferrari está de brincadeira. Bastava ter parado o Ve44el 2 voltas antes. A briga que foi contra o Bottas seria contra o Hamilton.

    E por falar em Bottas a Mercedes tem por obrigação lhe dá um bom aumento. É atualmente o Berger do Hamilton. Não ganhará mais nem uma corrida.

    E 10seg depois de bater em dois carros foi piada. E se juntarmos com a não punição ao Hamilton na corrida passada, a FIA já escolheu a equipe que quer campeã.

    Até 2019…

  11. Clayton Araujo disse:

    A Ferrada pode até ter o melhor carro. Mas, o Hamilton está dando um banho em todos. Eu não gostaria de ver a mesma equipe sendo campeã novamente. Já está sem graça. Mas é o que parece. Já dá pra exnxergar três categorias: o Hamilton, o Bottas mais os dois da Ferrari e os dois da Red Bull, e o Resto. Só uma cagada muito grande para tirar esse penta das mãos do Hamilton. Infelismente.

  12. Edison disse:

    Glaslyti ? Quem é?

  13. Wolfpack disse:

    Acho que o Sapatos exagerou ontem na defesa de Hamilton. Parece aqueles caras que fazem M… mas não sabem fazer a M… e nem disfarçam. As manobras do Bottas foram muito escrachadas, explícitas. A FIA deveria olhar esse tipo de coisa. O cara quase tirou o chorão do Tião da prova e deu PT no Ricardo.

    • Paulo Pinto disse:

      Fique tranquilo, Wolf. Os comissários aplicaram a punição a Bottas após a corrida, ou seja, eles sabiam que o Capacho de Hamilton tinha mais de dez segundos de diferença para Gasly, o sexto colocado. O que fizeram? Aplicaram dez segundos de “punição” no finlandês batedor.

      O pastelão na pista terminou em papelão fora dela.

    • Fernando disse:

      Vettel ficou 25 voltas atrás de Bottas e não conseguiu ultrapassar. Nestas voltas Bottas não fez nada irregular. Não entendi de que forma ele poderia defender Hamilton apenas fazendo sua corrida sem nenhuma irregularidade.

      Quando Vettel ultrapassou e os carros se tocaram já não havia tempo para Vettel fazer mais nada. Vettel não perdeu para Hamilton por causa do Bottas, perdeu para si mesmo.

      O toque, independente de culpas ou punições não mudou absolutamente nada na corrida, aliás toque este que poderia ser evitado por Vettel, assim como o toque entre Raikkonen e Hamilton em Silverstone poderia ser evitado por Hamilton. Eu não puniria nenhum dos dois, nem Raikkonen nem Bottas, já o toque em Ricciardo foi grotesco.

      O negócio é parar de por a culpa nos comissários e começar a apontar os verdadeiros culpados pelo fraco desempenho do tedesco. Ele mesmo e a Ferrari.

      • Bola da Vez disse:

        A culpa é da pista, que não permite muitas ultrapassagens. É só lembrar da ultrapassagem atrapalhada de Piquet em cima de Senna.
        Os comissários deveriam punir a pista com 10 anos de suspensão e tudo ficaria bem.

    • CHAGAS disse:

      Na disputa com Vettel não achei nenhum exagero, tentou dar o troco e o alemão espremeu. Já com Ricciardo ele exagerou mesmo, tentou defender e errou feio, foi punido, vida que segue.

  14. Flavio Padilha disse:

    Que legal ! Ver a Rede Globo e o Sportv torcendo desesperadamente pelo Vettel e no final, mais uma do campeão… Lewis Hamilton é um fenômeno ! Ganha 1 prova a cada 3, não existindo ninguém que tenha feito isso em qualquer modalidade do esporte a motor…Dá-lhe garoto! continue dando mais coças nesse queridinho dos globais…abs

    • Segafredo disse:

      É isso ai amigão…..e ainda tem maluco que acha a transmissão tendenciosa pro Hamilton, kkkkkkkkkkk!!

      • Luiz Alberto disse:

        Acho que tendencioso é quem acha que se o Hamilton estivesse dentro de uma Williams ou Force India ,que também usam motor Mercedes ,ele seria campeão.
        Bem; bom senso ,só as pessoas inteligentes ,bem equilibradas e sensatas é que tem a capacidade de usa-lo. Parece que o torcedor de A ou B esquecem que para ser campeão o piloto tem que ter um carro que permita isso. Quando Damon Hill foi campeão havia pilotos mais rápidos que ele ,más não tinham carro tão bom quanto o dele.

      • Flavio Padilha disse:

        Valeu Sega! o RL tem pavor, torce contra, faz contas, pede quebras mas ninguém consegue segurar o menino e declaro: vamos ganhar mais umas 4 direto. abs

    • Robertom disse:

      Não acho que a transmissão seja tendencoisa, um torce pro Hamilton, outro pro Vettel..
      No fundo ela (a transmissão) é apenas muito ruim….

    • CHAGAS disse:

      A transmissão é exagerada, puxam o saco de todo mundo. Mas já ficou até divertido assistir, se você não levar o narrador a sério é claro. Mesmo assim Burti se salva.

  15. Um brasileirinho no mundo disse:

    Bretagne na França? eu moro aqui, carai!

  16. Victor Penteado disse:

    Pra mim o Vettel e a Ferrari perderam essa corrida muito mais do que o Hamilton ganhou. Era nítida a diferença de desempenho dos dois carros.

    Primeiro, a Ferrari mandou o Vettel parar logo depois dele ficar encaixotado entre os retardatários, quando a diferença dele pro Hamilton caiu de 25 pra 19 segundos. Depois, a cagada fenomenal no pit stop que jogou o alemão pra trás do Bottas. E por último, a atuação patética do Tião enroscado atrás do Bottas por absurdas 25 VOLTAS!!!

    • Guilherme disse:

      Nessa o Vettel mandou mal! Na corrida anterior também! Mas na hungria a atuação do bottas foi digna de figurar no panteão dos segundo pilotos, o cara abandonou COMPLETAMENTE a corrida, td pra ajudar o hamiton segurando o vettel

  17. Comentarista Crítico disse:

    Ah, não! Pior corrida da temporada. Esse Campeonato tá bom. Mas vamos combinar gente? Com Hamilton Campeão de novo a temporada vai por água abaixo. Que Vettel vire o jogo na segunda parte da temporada como fez em 2010 e 2012 contra Alonso. Desejo que o Campeonato seja decidido na última corrida. Mas preferia ver Vettel Campeão com duas corridas de antecedência, a ver Hamilton Campeão na última corrida. Hamilton ganhando de novo vai ser uma bosta.

    • Fernando disse:

      Porque Hamilton campeão seria uma bosta e Vettel não, uma vez que os dois tem 4 títulos e são ótimos pilotos? Não entendi o que Hamilton tem “a menos” (ou a mais) do que Vettel para te irritar tanto. Explica ai.

  18. CRSJ disse:

    A bola da vez agora é o Hamilton que está com 100 % de sorte conseguindo sua Pole na chuva e contando com o seu fiel escudeiro Bottas que segurou Vettel o quanto pôde sendo que depois disso tudo resolveu ser um Demolidor que para sorte de Vettel e Ricciardo escaparam ilesos.

    • Segafredo disse:

      Quanto exagero né meu amigo? …….se o cara é o melhor piloto do campeonato, o que tem mais talento, pilota bem acima da média na chuva, ele tem SORTE??

      Essas schukruzetes não tem jeito não!

      • CRSJ disse:

        É verdade o Hamilton é um cara de um baita talento e desequilibra, tanto que o Rosberg caiu fora depois que foi campeão pra escapar de sua freguesia, mas ele está com sorte também. Como disse o Mestre Fangio, um piloto além do talento tem que ter sorte porque sem sorte não se ganha nada.

    • CHAGAS disse:

      Vettel passou Bottas e espremeu o finlandês. Se é pra ter um culpado foi Vettel.
      Já com Ricciardo realmente houve o erro, bem observado pelos fiscais e o piloto punido.

      • Renato F1 disse:

        Também vi isto: o Riccardo fez umas duzentas ultrapassagens na corrida na curva dois e não espremeu ninguém. Aí o Vettel, que tracionou melhor que o Bottas depois da curva um, fez aquela curva como se não houvesse ninguém disputando posição com ele: sem olhar para o espelho, jogou para esquerda como se estivesse pilotando numa estrada vazia (tem muita gente no trânsito que faz isto também). Mas, como estamos falando dos mafiosos italianos, tudo pode sem punição nenhuma.

    • Fernando disse:

      Eu não acho que pilotar na chuva melhor que os outros 21 pilotos seja sorte. Eu não acho que Vettel com o melhor carro do grid e sendo o piloto que é não conseguir ultrapassar Bottas seja sorte. Eu não acho que Bottas errar uma freada com pneus no bagaço, sem causar problemas para Vettel seja sorte. Como podemos ver foi puro talento de Hamilton, só para variar, quer dizer, podemos não, alguns não conseguem.

    • Bola da Vez disse:

      Ôpa! Tô aqui.

  19. Tiago S disse:

    Acho que esse ano da Hamilton, é meio cedo mas acho que o Vettel não está com a faca nos dentes, pra ficar no clichê.

    Mas colocar o Hamilton entre os 5 maiores da história como você disse, acho que nem com esse título, ter perdido um campeonato de dois carros para o Rosberg é um carimbo que fica pra sempre.

    • Marcelo disse:

      Uai.. o Senna perdeu um campeonato de 2 carros para o Prost.

    • Luiz Alberto disse:

      Verdade ,Tiago, se o Hamilton estivesse ganhando todas estas corridas com uma Force India ou operando milagres com uma Williams que também usam motores Mercedes eu diria que ele (mesmo blindado e protegido pela britânica comissão de pista) é o melhor piloto de todos os tempos . O que eu acho “interessante” é que os torcedores do Hamiltmar é que malham o Vettel por ter sido campeão quando tinham o melhor carro do grid más omitem de dizer que a anos que a Mercedes domina ,só este ano parece que a rossa di Maranello está mais próxima da Mercedes(ainda guardo a impressão de que a Mercedes está com as rédeas ligeiramente presa, como um puro sangue em GP de Turfe que corre ora na frente ora entre os da frente,e só se soltará totalmente nos metros finais da corrida ,quando ninguém mais terá condições de reagir, Como fazem os grandes jóqueis, que no caso não é o piloto e sim a equipe,que sabe esconder o verdadeiro potencial de seu carro). Só nos resta esperar as 5 corridas finais para saber se minha impressão é verdadeira ou se realmente as outras equipes estão praticamente no mesmo nível da Mercedes. Até lá ainda acho que a equipe alemã está “Turfeando”.

    • Celio ferreira disse:

      Dois motivos fez êle perder o titulo para Rosberg : teve duas quebras
      lembram…e cá pra nós com os dois iguais a mercedes escolheu Rosberg.
      Porque nq F1 atual ..ganha que a equipe quer …Vettel e Hamilton que o diga
      nos dias de hoje.

  20. Fernando disse:

    Engraçado ninguém perceber que Raikkonen poderia ter vencido se a Ferrari deixasse ele ultrapassar Vettel na largada e depois, quando Vettel ficou encaixotado atrás de Bottas sem conseguir nada. O cara fez duas paradas, encostou em Vettel com facilidade e com tempo para chegar em Hamilton. Esteve mais rápido que Vettel a corrida toda. Talvez pudesse tirar alguns pontos do líder, estratégia muito burra penso eu.

    E no lugar Nº 1 do pódio estava Hamilton, não a chuva – que “choveu” para todos, nem Bottas, que até onde eu saiba era um obstáculo cuja ultrapassagem era permitida. É incrível até onde vai o delírio das pessoas quando a vontade é desvalorizar um piloto, no caso o melhor deles. Continuem tentando, é engraçado. Hamilton venceu porque é melhor, ninguém sabe se ele poderia aumentar seu ritmo ou não, Vettel nunca chegaria nele pois também estava sem pneus, mesmo sem o “escudeiro proibido de ser ultrapassado”. Raikkonen passaria em duas voltas. Hamilton também venceu porque a Ferrari é burra e incompetente, mesmo com o melhor carro, mas isso não é novidade.

  21. Ricardo Bigliazzi disse:

    O Hamilton (e a Mercedes) é muito bom. Vettel vai ter que guiar “o fino” para levar esse campeonato para a Ferrari.

    Ricciardo e Gasly foram destaques na prova, parece que a Toro Rosso tem um bom carro, pelo menos o pessoal da Honda acha que é da “Formula-1″.

  22. Mika disse:

    E Daniel Riccccardioooo fez mais uma puta prova! Acho que esse será um daqueles grandes pilotos que nunca serão campeão por estarem sempre na equipe digamos errada!

  23. J Fernando disse:

    Aguardando o Hamilton falar sobre “táticas interessantes” (agora, com o Bottas)

    (estou zoando! Acredito que o Bottas tentou retomar a posição do Vettel, não acreditando que ele fosse fechar a porta)

  24. Jorge disse:

    67 vitórias! Flávio, Fico pensando se esse ano ainda, ele consegue chegar ou até mesmo ultrapassar as 70 vitórias, será que consegue???

  25. Hedryk disse:

    Oito pódios em doze provas, quinto pódio seguido.

  26. clodoaldo lelli disse:

    lambe-bottas até tentou ficar nervosinho mas o toto deve ter mandado um zap com uma foto daquela parte do contrato sublinhado onde esta escrito SEGUNDO PILOTO ai quetou

  27. murilo medeiros disse:

    Ambas as estratégias da Ferrari (uma parada com Vettel, e duas com o Kimi) superaram a Mercedes do Bottas. Quando passaram ambos eram 1s mais rápidos por volta do que Hamilton… o que mostra que a Ferrari é o melhor carro do grid.

    As férias de meio de ano podem ajudar a Mercedes a igualar as coisas, vou torce para que não!

  28. Mônica disse:

    E o meu gatão continua chegando no pódio. O próximo será o centésimo!

  29. Segafredo disse:

    E segue o lider………

  30. Tales Gaede disse:

    Eu diria que o trabalho de escudeiro do Bottas foi brilhantemente executado, desde a largada. Então o quinto lugar depois de brigar de faca no escuro a prova toda, não me pareceu medíocre não.

  31. Fernando disse:

    A Ferrari tem o melhor carro. A Mercedes só está na frente pelo talento do Hamilton. A equipe tem que trabalhar mais para melhorar chassi e motor, porque nem Senna fazia milagre.

  32. Bob disse:

    50% da vitória, Hamilton deve ao Bottas !

  33. MarcioD disse:

    Tomara que Lewis quebre esta “maldição” da Hungria que já dura 13 anos, onde quem vence lá não é campeão, assim como quebrou a “maldição” da categoria de acesso(F2, F-3000, GP2), quando ganhou o titulo de 2008. “Maldição esta que já durava 40 anos, onde o campeão dessas categorias não conseguia ser campeão na F1.

  34. Emerson Vieira disse:

    Se o Hamilton voltar das férias como de costume (com a faca nos dentes) esse campeonato ja era!
    Perfeita a comparação entre Lewis e Neymala… adorei!
    Boas férias!

  35. Alfredo disse:

    Bretanha? Portugal poha. Vai pra Portugal.

  36. Alfredinho disse:

    O piloto capacho da Mercedes fez o seu trabalho direitinho na pista húngara. Não podendo segurar os adversários de Hamilton, que estavam mais rápidos, saiu batendo nos dois que se atreveram a enfrentá-lo.

    Depois ficam dizendo que a Ferrari é que faz jogo de equipe.

    • Renato F1 disse:

      Como é que é? Pelo visto você não viu a mesma corrida que eu. O Riccardo fez umas duzentas ultrapassagens na curva dois e não arrancou pedaço do carro de ninguém! Aí, o Vettel, que realmente estava na frente do Bottas antes da segunda curva, a faz como se não houvesse ninguém por ali. Foi irresponsável! Tinha mais da metade da pista para contornar a curva por fora e seguir sem causar um incidente. Assim como Bottas – que exagerou na defesa de posição contra o Riccardo – o alemão merecia duas punições: tomar cinco segundos pela fechada em Bottas e assistir a corrida do carro do Ricciardo para ver como se faz uma ultrapassagem na curva dois sem causar um acidente. Contando com a prova do Azerbaijão do ano passado (que, para mim, o Vettel tinha que tomar bandeira preta), já são quatro vezes em que um carro da Se Ferra-ri atenta contra um carro da Mercedes (sendo que em Baku ficou barato a punição e nesta pista ficou de graça). “Só para não estragar o campeonato” – deve dizer o Toddynho.

      Para finalizar, minhas condolências ao sr. Sergio Marchionne. Apesar de eu ser torcedor declarado da Mercedes, trato as pessoas como pessoas, antes de vê-las como profissionais. Por isto, desejo força à família dele e às pessoas que o conheceram e que trabalharam com ele para superar este momento difícil.

  37. ags disse:

    Achei que, o Glaslyti ia marcar pontos no podium..
    A Glaslyti vai lançar uma nova cor em breve no mercado brasileiro..kkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>