“GP ÀS 10″: JEJUM BRITÂNICO* | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 24 de outubro de 2018 - 12:40Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: JEJUM BRITÂNICO*

* Tem um errinho factual no vídeo, falo da McLaren campeã em 2007. Na verdade foi em 2008. Lutou pelo título em 2007, foi o que quis dizer. Acabou perdendo, com Hamilton e Alonso sendo superados por Raikkonen, da Ferrari.

12 comentários

  1. Thiago Romero disse:

    Flávio, algum dia no GP às 10 você poderia falar sobre a hereditariedade de algumas equipes. Por exemplo, a Brawn que foi comprada pela mercedes, ou a Jordan que veio a ser comprada pela Red Bull (não sei se estou certo).

    Em alguns videos eu tenho visto comentários neste estilo, pesquisei um pouco na internet e não achei uma fonte com essas informações. Sou fã do seu trabalho, um abraço!

  2. CRSJ disse:

    Só duas equipes inglesas (McLaren & Williams) hoje em dia na F-1 que estão no fundo do poço, e de lembrar que nas Décadas de 70, 80 e 90 as equipes inglesas eram a maioria na categoria tendo Itália e França como os mais próximos dos ingleses em quantidade de equipes em certo período.
    Lembrando que a McLaren perdeu o Título de Construtores em 2007 pra Ferrari por Espionagem sendo Desclassificada perdendo todos os pontos.

  3. Alexei disse:

    A McLaren teria ganho nos construtores, não fosse excluída por aquele escândalo de vazamento de dados técnicos da Ferrari…

  4. Coyote disse:

    A McLaren sem Ron Dennis ou outro com DNA de garagista da F1 na veia não vai a lugar algum. Está pior do que a Ferrari sob direção puro sangue de italianos.
    Abs.
    PS. E o Arrivabene, gnt do céu, o cara é uma piada de mal gosto e cada vez pior. Li em algum lugar que ele disse que a “derrocada” da F1 vem da concorrência de video games. Não sei se rio das péssimas piadas dele ou se choro por ver figura tão inadequada, incompetente, arrogante e safa na F1 em posição tão importante.

  5. Lagerbeer disse:

    Uma dúvida que sempre tive : a McLaren nasceu neozelandesa ? A Brabham nasceu australiana ?

  6. Ricardo Bigliazzi disse:

    Para a Mclarem será mais fácil a recuperação, uma coisa é certa, todos sabem que a atual linhagem do chassi (construída em cima das grandes qualidades de seus pilotos… sic) é na verdade uma grande porcaria. É jogar no lixo o que foi feito nos 4 últimos anos e partir para soluções mais simples (se a Force India – que é menos capaz – faz isso porque a Mclarem não poderia fazer?). Acredito que em 3 anos teremos uma nova Mclarem, capaz até de ganhar uma prova “na sorte” ao final de 2021 (uma Singapura com chuva, por exemplo, em que o Verstapen e o Hamilton tenham batido).

    No caso da Williams vejo um sinal amarelo. Só se salva sendo a equipe B da Mercedes. Sem grana e com um corpo técnico questionado o futuro a curto prazo (3 a 4 anos) é incerto.

  7. Segafredo disse:

    Mas teve a desclassificação pela fia, verdade!

  8. Segafredo disse:

    Não há erro algum Flávio…….a Mclaren foi mesmo campeã em 2007 nos construtores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>