SOBRE DOMINGO À TARDE | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 31 de outubro de 2018 - 0:10F-1

SOBRE DOMINGO À TARDE

hampenta2

Nove títulos, cinco de Hamilton, quatro de Vettel: temos a sorte de ver dois dos melhores da história

RIO (ninguém larga…) – O abraço de Vettel em Hamilton ao fim do GP do México fica sendo a imagem da corrida e dos tempos que vivemos na F-1. OK, os campeonatos não são todos emocionantes, nem todas as corridas são espetaculares, mas somos contemporâneos de um penta e de um tetracampeão. Não é pouco.

Sebastian ouviu de Lewis: “Preciso de você lutando comigo no ano que vem“. Claro que a descrição do diálogo entre os dois é a versão oficial, que rodou o mundo. Na real, o que aconteceu foi o que nosso genial Maurício Falleiros conseguiu pescar fazendo a leitura labial por dentro do capacete, usando sofisticado equipamento de raios-X.

hampenta7Mas tomara, mesmo, que tenhamos uma briga de verdade em 2019. Porque nesta temporada a luta foi intensa apenas na primeira metade, até o alemão bater sozinho e perder uma corrida ganha em Hockenheim.

Ele, no entanto, não acha que foi em casa que perdeu o campeonato. Para o ferrarista, a coisa começou a desandar em Singapura, onde o time vermelho esperava sinceramente reagir depois do desastre da última prova europeia do ano, em Monza. Não rolou. Hamilton ganhou de novo, e venceria as duas seguintes, e fim de papo. A conquista do título, ali, já passara a ser somente uma questão de tempo.

Tempo que se esgotou no México, duas provas antes do encerramento do Mundial. Os GPs do Brasil e de Abu Dhabi serão amistosos novamente.

Hamilton, pela terceira vez, tornou-se campeão sem subir ao pódio na corrida em que definiu as coisas. Em 2008, conquistou o título com um quinto lugar em Interlagos. No ano passado, foi nono no México. Agora, quarto na mesma pista. Em duas oportunidades levantou a taça com vitória: em 2014 em Abu Dhabi e em 2015 nos EUA.

A quarta posição de domingo no Hermanos Rodríguez encerrou uma sequência de nove pódios seguidos do inglês, desde o segundo lugar em Silverstone. A série teve seis vitórias, dois segundos e um terceiro.

O NÚMERO MEXICANO

Mercedes-Benz-logo-2Uai, isso aí não é um número! É o logo da Mercedes! Sim, sabemos. Conhecido como “estrela de três pontas”. TRÊS, entenderam? Ótimo. Para dizer que os três pilotos na história que chegaram a cinco títulos mundiais em algum momento carregaram esse logotipo no peito. Lewis, o mais novo pentacampeão, nunca pilotou um carro com outro motor na F-1. Está na equipe desde 2013. Antes, na McLaren, corria com os motores alemães. Fangio, o primeiro de todos, conquistou dois títulos pela Casa de Stuttgart, em 1954 e 1955. Já Schumacher, hepta, encerrou sua carreira com três anos não muito brilhantes no time prateado.

E do vencedor, não vamos falar nada?

Vamos, sim. Verstappinho foi grande, dominador, e conquistou sua quinta vitória na categoria. É o piloto que mais venceu sem ter conseguido uma pole na história. Uma hora faz. Max disse que depois de Mônaco passou a “ouvir ele mesmo“. Lá, bateu nos treinos e comprometeu uma corrida que poderia vencer — a Red Bull levou com Ricciardo. Parou de fazer bobagens, amadureceu e mostrou que é um futuro campeão.

Seu parceiro, no entanto, sofreu de novo. Oito abandonos no ano. O que nos leva à…

FRASE DO HERMANOS RODRÍGUEZ

hampenta9

Ricardão: desolado com mais uma quebra

“Às vezes me pergunto o que venho fazer nos autódromos aos domingos. Talvez seja melhor colocar Gasly para correr de vez com esse carro amaldiçoado.”

Daniel Ricciardo, que de bom no fim de semana teve a pole, e só. Largou mal e quebrou a dez voltas do final, quando estava perto do pódio, pelo menos. Gasly será seu substituto no ano que vem na Red Bull.

A equipe não tinha muito o que dizer ao seu futuro ex-piloto. Pediu desculpas, e ficou por isso mesmo. O dia era de festa para seu jovem holandês. E, também, de reconhecimento à fabricante de seus motores, com quem vem trocando farpas faz tempo. Christian Horner fez questão de elogiar a Renault pela vitória de seu menino. O problema no carro do australiano, diga-se, não foi de motor. Aparentemente, algum piripaque hidráulico. Assim é a vida. Enquanto um pena, o outro comemora.

hampenta3

Verstappen festeja: segunda vitória no México, quinta na carreira

Segundo a organização do GP do México, 330 mil pessoas passaram pelas catracas desde a quinta-feira, quando começaram as atividades no autódromo. O público não tinha mesmo do que reclamar, afinal pôde ver pelo segundo ano seguido uma definição de título em terras astecas. Que bela frase, essa: em terras astecas.

E encerramos com o famoso…

hampenta002

Vandoorne: pontos, finalmente

GOSTAMOS – De <<< Stoffel Vandoorne, que depois de 14 corridas em jejum conseguiu pontuar de novo, com a oitava colocação, depois de largar em 15º e cair para último na primeira volta. Fez apenas um pit stop e soube administrar o desgaste de pneus que foi um pesadelo para a maioria dos pilotos.

hampenta001

Pérez: drama mexicano

NÃO GOSTAMOS – De ver a tristeza de Sergio Pérez >>> e do público mexicano, que vibrou com a boa corrida do piloto da casa até ele ter de abandonar, depois de 38 voltas, com problemas nos freios. A cada passagem pelo estádio, a torcida empurrava seu carro cor-de-rosa, que poderia ter chegado em sétimo sem grandes problemas.

44 comentários

  1. Marmelada-44 disse:

    Esse garoto da RBR vai dar trabalho. É só a equipe se acertar com o motor Honda.

  2. CRSJ disse:

    A decisão do campeonato no México fica legal pra F-1, é um GP festivo com Estádio e DJ, bem diferente das décadas de 80 e 90.
    Os mexicanos estão bem mais animados que os brasileiros ultimamente, e olha que eles não têm nenhum campeão na F-1, só o Sergio Pérez que é o maior piloto deles no momento faltando ao menos uma vitória pra ficar completo no seu nível.
    Sétimo título de pilotos e quase o quinto de construtores da Mercedes, essa marca nasceu pra ser vencedora.
    Pela vantagem do Lewis o título tinha que vim no México, o comprimento do Vettel é o reconhecimento da derrota, era impossível uma virada.
    Toto Wolff ficou frustrado com a corrida e nem o título do Lewis animou ele ficando sempre de sorriso amarelo.
    Stoffel Vandoorne chegou em oitavo com sua nanica McLaren, pontuar com esse carro vale uma vitória, que faze negra.
    Não Gostamos do Sergio Pérez! Pior foi o Daniel Ricciardo que teve um prejuízo bem maior perdendo o seu segundo lugar a dez voltas do fim com sua quebra.
    Mordido nos treinos por ter ficado em segundo, Verstappinho matou sua frustração sendo absoluto no México vencendo pela segunda vez consecutiva.

  3. Felipe Fugazi disse:

    Sabe o que me chama a atenção nessa foto do abraço cordial entre os campeões?
    Esses dois carinhas quando chegaram na F-1 eram dois moleques.
    No sentido mais pleno da palavra.
    O Vettel era tão feioso que parecia mais um cotonete do que um ser humano.
    Se não fosse piloto dificilmente alguma menina olharia pra ele.
    O Hamilton também não se salvaria.
    Era só orelha e os dentões.
    Hoje eles já apresentam as rugas e a expressão meio cansada.
    Mas em uma simples foto vemos nove titulos mundiais.
    Mais de cento e vinte vitórias em Grandes Prêmios.
    Em apenas dois seres humanos.
    Tem pessoas aqui e ali que escrevem groselhas de um ou do outro.
    Que eles são isso ou aquilo.
    Eu não.
    Eu percebo que esses dois moços passaram pelo processo de seleção natural e se tornaram grandes entre os grandes.

  4. Mônica disse:

    Ninguém comentou a corrida do meu gatão, que chegou mais uma vez no pódio. De mansinho ele vai subindo nas corridas e no campeonato.
    Quem sabe, ele consegue derrotar a segunda Mercedes?

  5. Alfredinho disse:

    Os dois maiores pilotos da atualidade numa espontânea confraternização. Só os grandes são capazes de atitudes como essa. Não à toa galgaram os dois primeiros lugares na temporada!

  6. Boer disse:

    Flávio, boa tarde.

    A transmissão da corrida divulgou que o Verstappen foi o piloto com maior número de vitórias sem ter largado ainda na pole-position. Mas há um equívoco ai: na verdade, ele se igualou ao Michael Schumacher, com 5 vitórias e 0 pole-positions.

    O Michael venceu na Bélgica/92, Portugal/93, Brasil, Pacífico e San Marino/94 sem ter feito até aquele momento nenhuma pole. A primeira pole-position veio em Mônaco em 1994, onde ele conquistou a 6ª vitória da carreira, quando ainda corria com o Benetton-Ford (um dos carros mais belos da F1, para mim).

    Sei que não altera o preço do dólar, mas fica ai a informação. Abraços!

  7. Rodrigo disse:

    Faço de suas as minhas palavras, na verdade todos os fãs devem aguardar anciosamente por esse campeonato dos sonhos de construtores. Ao menos quatro equipes com carros realmente competitivos seria, sim, um sonho.

  8. Amaral disse:

    Se não me engano, Hamilton já pilotou um carro não Mercedes. Quando ele pilotou a Mclaren do Senna.

  9. Paulo Pinto disse:

    A quebra de Ricciardo deveu-se a problemas na embreagem (Fonte: STATSF1).

  10. CONFEDERADO LEE disse:

    Dizem na Europa que a “pressão” que o Vettel sente é mais, tornar a Ferrari grande e vencedora, repetir os feitos de Schumacher, do que vencer Hamilton. Leio muito os vlogs de fora, principalmente Itália. Diferente da imagem que passam aqui. Na verdade tenho visto traduções toscas e tendenciosas por aqui, mas faz parte do show, direcionar o público. Vettel está mais preocupado com os feitos do Schumacher do que “jogos mentais (brega demais)” com o inglês. Ao meu ver isso é o que atrapalhou este ano. esta cobrança que ele recebe , sempre com o Schumacher como referência, ele mesmo admitiu que faz essa cobrança a si mesmo. Quem sabe 2019. Pelo menos um equilíbrio de disputa. Queremos emoção, corridas, disputa, o vencedor é um mero detalhe.

    • Zanetti disse:

      Ele está assim desde 2014, quando foi aposentado pelo Ricciardo na Red Bull.

      O que leio por aqui são comentários toscos de vetteletes histéricas.

    • Segafredo disse:

      Schukruzete hipócrita!! Não admite as fraquezas de seu ídolo e vem com essa baboseira toda ?? Meu amigo, nunca houve mais equilibrio do que nesta temporada…….simplesmente Vettel não é o piloto que vcs imaginaram, kkkkk!!!!!

      • Alfredinho disse:

        Passei só pra lembrar que temos uma aposta em vigor e você, com certeza, vai perder.

      • Segafredo disse:

        Amigo, não se torne outro chato igual a muitos aqui no Blog. Já admiti a perda dessa aposta em outro post, ao qual vc mesmo respondeu. Agora só não lembro qual era o termo em questão?

      • Alfredinho disse:

        Você disse que Alonso superaria Hulkenberg nesta temporada. Eu entendo, a velha rixa que você tem com pilotos alemães. E te desafiei dizendo que Hulk ganharia de Alonso.
        Quem perdesse, viria ao blog e elogiaria o adversário vencedor. A disputa, faltando duas provas, ainda está em aberto.

      • Segafredo disse:

        No caso eu terei que exaltar Hulkenberg…..? mas isso é fácil demais! sempre foi o menos pior dos alemães em atividade.

      • Segafredo disse:

        Só quero que fique bem claro……….Hulkenberg como piloto não serve pra lustrar o capacete do Alonso. A realidade de 2018 foi uma Mclaren patética contra uma Renault um pouco mais confiável digamos assim. Se a máquina conseguisse terminar as corridas, o fator Alonso seria decisivo e notório!

      • Alfredinho disse:

        Eu te desafiei confiando no fator máquina, porque sei que eu perderia se contasse na pista somente o fator piloto.

      • Segafredo disse:

        Ta certo Alfredinho!! No post da ultima corrida do ano pago a aposta.

  11. Gus disse:

    Queria ver uma equipe Mercedes-AMG com Max ao lado de Hamilton…seria um embate ao nível de Senna e Prost, mas – infelizmente – nunca irá acontecer.

  12. Flavio Padilha disse:

    Bom dia Flavinho Gomes!
    A Mercedes poderia abrir mão do Hamilton para as as últimas corridas e deixar seu terceiro piloto, Pascal Wehrlein, terminar a temporada. Os pilotos estão exaustos e assim poderíamos analisar a capacidade do piloto
    reserva e se o carro é mesmo superior e ganha sozinho, como dizem os “especialistas”.
    Abraços.

    • Amaral disse:

      Wehrlein já tá com a cabeça na F-E. E tem tudo pra fazer bonito por lá. Meio marrento, mas um puta piloto. O que ele fez na Sauber e na Manor já seria digno de rua com nome dele na cidade natal. É que fundão não aparece na transmissão.

  13. CHAGAS disse:

    Parabens a Hamilton. Realmente pilotou muito esse ano, à ponto de transformar um piloto forte como Bottas, em um piloto insignificante.
    A Sauber passou a Toro Rosso nos construtores. O crescimento da Sauber se deve muito pelo piloto revelação deste ano. Leclerc!!! E estará em um carro vencedor ano que vem……
    Falando em Toro Rosso, com motores Honda, decepcionou. Vários abandonos e ano que vem será a RBR que receberá os motores japoneses. Com o fim de temporada fortíssimo da Renault, será que teremos briga com RBR pela terceira posição no ano que vem?

  14. Toni Righi disse:

    Muito bom o cartoon. Talvez o mais engraçado até agora. Aposto que os dois pilotos iriam gostar bastante da piada.

  15. Alex Tréxi disse:

    A Fórmula 1 é um lugar de um BANDO DE CUZÃO. É toda hora aquela BOSTA de Virtual Safety Car , para tirar um carro que está escondido atrás de uma placa. Dá a PORRA da bandeira amarela localizada e pronto. revendo as corridas no SporTv dos 35 anos do Piquet e dos 30 do Senna, você vê um monte de carro jogado nas laterais da pista e os FODÕES dos pilotos mandando ver sem frescura. Ah! morreu o Jules Bianchi, agora tem que prezar pela segurança. FODA-SE. Vai jogar xadrez.

    • Flavio Gomes disse:

      Você fala assim com sua mãe, seu pai, seus filhos? Nesses termos?

      • Alex Tréxi disse:

        Desculpa Flávio. Mas precisava entrar o Virtual Safety Car, para tirar o carro do Alonso, Sainz e Ricciardo, eles encostaram seus carros em pontos estratégicos para retirada dos carros, os fiscais precisaram empurrar 5 metros, para tirar o carro de onde estava. Os carros não estavam capotados no meio da pista. A bandeira amarela nestes pontos era mais do que necessária, não precisava interromper a velocidade na pista inteira. E desculpa também aos pilotos, não são eles que colocam o Virtual Safety Car, então O BANDO DE … são os comissários.

    • Amaral disse:

      Pena que a internet não tem filtro automático de idiotas. Filtraria esse indivíduo antes dele defecar pelo teclado.
      Não faz questão de segurança? Então continua dirigindo na via expressa mandando áudio de Whatsapp ou vendo foto do Instagram, mudando de pista sem dar seta ou andando acima do limite de velocidade por achar que é devagar demais. Mas dirija longe de mim, beleza?
      E para de assistir F-1 também. Não precisamos de telespectadores como você. Vá ver campeonato de xadrez.

    • Rodrigo disse:

      Todos que gostam de corridas de carros se empolgam com demonstrações de coragem e um certo desafio ao perigo que para alguns o esporte representa, mas vamos nos concentrar na competição que tem à ver com tecnologia automotiva, velocidade, técnica de pilotagem e estratégia, não em insegurança e sobrevivência. A evolução do esporte é em todos os sentidos, tecnologia, desempenho, precisão e, lógico, segurança. Aquelas corridas do passado são boas de se assistir por causa dos pilotos e carros, não por causa das regras, insegurança e perigo de morte. Imaginemos que um piloto promissor como o Max não tivesse o mínimo de segurança para testar a sua pilotagem ao extremo, poderia ter morrido por algum acidente que hoje, dado a segurança, pode ser considerado bobagem mas no passado era morte, e sem regras bem definidas poderia ter prejudicado muita gente (não que hajam punições injustas também, mas aí é outra conversa). Os pilotos de hoje, são tão bons ou melhores que os do passado, querem os carros mais rápidos e incríveis, com toda a segurança e regras boas para não serem prejudicados, porque não?

      • Alex Tréxi disse:

        Precisa interromper a corrida na pista toda, para tirar um carro que está parado em “um ponto da pista”, numa curva fora da tangência ??? Não existe mais bandeira amarela ??? Já falei isto anteriormente, se for para prezar pela segurança, não corram em Mônaco. Desculpem o linguajar do post anterior.

    • Zé Clemente disse:

      Alex, entre os fodões que voce cita podemos incluir o Emerson. Voce sabia (eu lembro) que o Emerson nao correu um gp na Espanha por conta da segurança da pista, e depois houve um acidente com mortos entre o publico?
      Voce ja viu uma panca muito bem dada na lateral de um kart 5 metros a sua frente? Pode imaginar isso na dimensão de um F1?
      Vai jogar xadrez cumpadre, voce vai ficar mais inteligente.

      • Alex Tréxi disse:

        O Niki Lauda também não correu “UM GP” , por causa de segurança. Os outros Gps que eles correram e ganharam tinha segurança ??? Ninguém está falando de carro capotado no meio da pista e todo mundo correndo normalmente, estou falando no caso do Sainz. Alonso, Ricciardo…que pararam seus carros em um lugar fora de perigo e mesmo assim deram a merda do Virtual Safety Car. A bandeira amarela nestes pontos seria suficiente.

  16. Atenágoras Souza Silva disse:

    Bela sacada do cartunista!

    Os Mexicanos, além de terem um evento empolgante, vão de Lopez Obrador a partir de agora.
    Estão bem melhores que a gente!

    Um grande abraço do fundo do meu coração vermelho de outubro de 1917,
    Atenágoras Souza Silva.

  17. ms disse:

    acho uma covardia com os outros pilotos colocar um hamilton no grid pra disputar campeonatos de F1……juntando a experiência que adquiriu ao longo de todos esses anos com o don e a habilidade que deus lhe deu pra pilotar carros de corrida o que acaba acontecendo é sermos forçados a assistir campeonatos com resultados mais do que previsíveis…..saudades dos tempos em que torcíamos e assistíamos com emoção a flor da pele aqueles pegas e disputas de campeonatos entre senna x prost,,,,,, entre piquet x mansell,….etc….

  18. Ricardo Bigliazzi disse:

    Tudo dito. Hamilton e Vettel são grandes mesmo.

    Espero que a Renault e Honda permitam que Vertapen e Ricciardo comecem a incomodar esses dois Super Campeões em 2019, 2020 e 2021.

Deixe uma resposta para ms Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>