“GP ÀS 10″: AINDA MAX X OCON | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sexta-feira, 16 de novembro de 2018 - 12:00Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: AINDA MAX X OCON

29 comentários

  1. Manoel disse:

    Mais uma vez fico com a impressão de que o Max é um talento bruto, porém ainda precisa aprender muitas coisas para pensar em ser campeão, essa foi apenas mais uma confusão em que se envolveu. E penso que isso se deve a sua pouca idade e inexperiência em automobilismo, afinal ele pulou alguns anos que normalmente teria para chegar a fórmula 1.
    Isso vai ser importante para sua maturação, agora ele começa a sentir na pele o já causou a outros pilotos, em especial o Vettel, tirando-o de corridas em acidentes tolos. Agora ficar posando de inocente que não cola, até porque ter o pé pesado, no bom sentido, e se envolver em confusões parece ser um hábito de família, ou já esqueceram as presepadas aprontadas por seu pai, Jos, anos antes?
    Lembro em especial de outra corrida no Brasil, o GP de 2001, onde verstappen pai tirou Montoya da corrida, o líder daquela edição do gp Brasil.
    De inocentes eles não tem nada.

  2. CRSJ disse:

    O Ocon não ia conseguir pontuar e muito menos evitar perder a volta pro Verstappen, ele escolheu alguém pra se divertir, e esse alguém foi o líder da corrida que no caso era o Verstappen.

  3. Paulo Pinto disse:

    O Ocon, por acaso, não é o escudeiro sobressalente da Mercedes?

  4. Carlos disse:

    Eu acho complicado essas conjecturas sobre qual foi o raciocínio de um ou de outro. O fato é que nenhum dos dois aliviou e deu no que deu. Ocon teve um pouco de maldade? Max estava pensando que seria humilhado as ser ultrapassado por um carro um volta atrás? Não sei. Não sabemos. Só eles mesmo.
    Mas é claro que é o tipo de discussão que todos nós adoramos.

  5. Confederado Lee disse:

    OCON teria feito o mesmo contra um carro da MERCEDES ? NÂAAAOOOOOOOO. Então a maldade foi toda dele, afinal, forçou em cima do 1o colocado que estava uma volta na frente dele. Achei que o Verstappen bateu por não acreditar que o OCON viria pra cima. O OCON fez a tal atitude “Deixar a perna na frente do cego”, pode´se dizer que não foi culpa dele, mas ele forçou pra dar merda mesmo, pra bater. Ele tá fora de 2019 e o desafeto dele estava vencendo, batendo as Mercedes.

  6. Rafael Rego BH disse:

    Acho que a responsabilidade (ou falta dela) é dos dois.

    Mas a segunda perna do S era do Max, portanto acho que a punição foi acertada.

  7. Emenelsen disse:

    Além do que a manobra do Ocon foi limpa, por fora…tentando apenas recuperar a volta.

  8. Paulo Fonseca disse:

    Prezado F & G : o GP do Brasil , foi uma corrida normal, com relação ao Piloto Max(burro), trata-se de um vig-vigarista, sem carácter, sujo, amparado por dois trouxas de dirigentes, os quais perderam a chance de manter um Piloto Fantástico e completo D aniel .Riccardo , vai provar para a Ferrari, o desperdício de um bom negócio e vai deixar a Renault feliz da vida com pontos e destaques de boas disputas . Ocon , foi vítima da imprensa marron . Você foi muito feliz em sua análise e comentários do lance que determinou que Max é realmente talentoso,mas de péssimo carácter.

  9. A. Coyote disse:

    Bom…
    - Cá estou eu, o coyote, em 16o lugar. uma volta atrás, mas com o carro circunstancialmente rápido, até mais rápido do que o líder, e essa rapidez vai durar pouco mais de 4 voltas. Preciso de umas poucas ultrapassagens para chegar nos pontos. Tenho de passar rapidamente todos que tiverem mais lentos do que eu. Mas o líder está na minha frente. Ora, uma preocupação a menos para mim e para ele porque não estamos disputando nada. Eu passo e vou atrás dos meus pontinhos e ele continua líder e vai ganhar a corrida. Todo mundo feliz: ele com o lugar mais alto do pódio e eu com meus pontinhos. Então vou passar onde der, mas com cuidado deixando espaço para o cara porque entre bater e marcar uns pontinhos eu prefiro marcar os pontinhos.
    - Vcs concordam, equipe?
    - Claro, faça isso.
    Beleza então.
    Foi o que esse velho coyote de 20 anos fez, como se fosse um veterano. Sendo rápido e cuidadoso depois de uma leitura correta da corrida e com o apoio de minha equipe que está me monitorando de perto e da corrida como um todo.
    O resto foi o que aconteceu. Agi como pensado mas não deu certo. Por quê? Porque apesar de todos terem tempo para pensar (fiquei duas voltas atrás do cara chegando cada vez mais perto) nem todos inclusive a equipe adversária pensaram antes de fazer as coisas.
    Nos ferramos todos.
    Abç.

  10. John Player disse:

    Se tivesse acontecido o mesmo acidente, mas no lugar do Max Verstappen estivesse o Vettel, esse bocó do Verstappen seria o primeiro a correr para a mídia para criticar o alemão. Como já fez antes, chamaria o Vettel de “infantil”, “louco”, “precipitado”.
    Agora, quando é com ele, vai demorar muito para admitir que errou, mais uma vez.
    E claro, deu chilique de menino mimado, ficou de biquinho e promoveu um pepelão no fim da corrida, como sempre.
    E tem gente que diz que esse cara “salvou a F’1″, trouxe a F1 raiz de volta.
    Ninguém merece.
    O lugar do Verstappen é na Nascar.
    Piloto de racha de luxo.

  11. CHAGAS disse:

    Sobre este vídeo do blogueiro, alguns pontos a serem considerados:
    Max era líder, Ocon 16º.
    Max estava em torno de 5 segundos à frente de Hamilton e qualquer perda de tempo poderia diminuir a diferença gerando vácuo para o inglês.
    Ocon não tinha chance nenhuma de somar pontos.
    Dois carros lado a lado, sendo um retardatário, fica óbvio quem deveria tirar o pé.
    Um retardatário chega para passar o líder e o mesmo defende a posição no fim da reta, fica claro que Max não tinha intenção de deixar Ocon passar.
    A dianteira do retardatário se choca com a traseira do líder. Quem tem que ser culpado? Os comissário definiram, perfeitamente diga-se de passagem.
    E o Bottas??? Ele tem ao seu lado um piloto que está se tornando o maior da história da F1. Desmerecer, criticar e diminuir o finlandês hoje, é a mesma coisa que questionar porque Rubinho (piloto acima da média) ficou tantos anos na Ferrari sem ser campeão. O brasileiro estava em um carro vencedor, mas ao seu lado pilotava o melhor da história. Bottas está à dois anos na Mercedes e ajudou a equipe a ser campeã de construtores nos dois. Não dá pra querer que ele seja campeão com Hamilton ao lado, aliás quem ganharia do Hamilton esse ano? Ninguém. Ano que vem, provavelmente perderá a posição para o promissor Ocon, mas tenho certeza que Bottas fará seu melhor campeonato na F1.

    • nilton de sousa lopes disse:

      Só uma pergunta, que posição Verstapen defendeu? Ele continuaria lider. Ademais, ficar brigando com quem ultrapassa-lo é perda de tempo quando pode deixar o “Exu” seguir seu caminho e pilotar sem ninguem enchendo o saco por perto, poderia até ser mais rápido sem Ocon tentando passar, não?

  12. Paulo F. disse:

    De novo:
    Enquanto Max não matar um não vai dar sossego.

  13. Hugo disse:

    Flávio adoro o seu blog. Todos os grandes campeões são egoístas e babacas. Senna perdeu corridas ganhas. Hamilton e Schumacher ganharam corridas desnecessárias de seus segundos pilotos. Pensam nos outros como coadjuvantes.

  14. Sergio Luis dos Santos disse:

    Teve um momento curioso na transmissão… Felipe Massa se “vangloriava” de ter ensinado para alguns pilotos o “pulo do gato”, a ultrapassagem por fora na entrada da Curva do S, pois chegava com mais velocidade. Bem, todos que faziam a manobra geravam comentários elogiosos para o FM, principalmente do GV por ter ensinado o “truque”. Mas quando foi Ocon a realizar a mesma manobra, ele estava errado… assim, acreditar em narrador esportivo é como acreditar cegamente em críticos de música e cinema…

  15. ms disse:

    não concordo quando vc fala do papel e falta de importância de um piloto como bottas na mercedes afinal bem ou mal bottas em muitas corridas fez o papel não somente de fiel escudeiro mas de uma verdadeira guarda pretoriana para hamilton dando maior tranquilidade ajudando o piloto inglês e a equipe mercedes em suas conquistas…acho que as coisas acontecem dessa forma pq a mercedes sabe da importância de não colocar um outro piloto que divida forças dentro da equipe tumultuando e até degradando o ambiente com reflexos e resultados negativos para equipe como aconteceu quando rosberg estava no time prateado….

  16. Danilo A. disse:

    Flávio, não foi uma manobra normal do Ocon. Ao ver que não conseguiria a ultrapassagem na primeira perna e ao não estar lado a lado na segunda, deveria ter recolhido o carro. Mesmo que fosse numa disputa por posição, Ocon seria o culpado pela colisão. Foi uma dive bomb numa tentativa de descontar uma volta de atraso, o que só piora tudo.

  17. Danilo A. disse:

    Eu não gosto de Max Verstappen, tenho simpatia pelo Ocon, mas Ocon é o único responsável pela batida.

    O retardatário pode ultrapassar o líder, mas nunca colocar o líder em risco. Quando o Ocon tenta ultrapassar o Verstappen e fica lado a lado na primeira perna do S, como retardatário ele tem obrigação de recolher o carro na segunda perna pois nem sequer está lado a lado. Está metade do carro atrás. Mas não, não recolheu; forçou por dentro na segunda perna e absurdamente bateu no líder da prova.

    Vejam, o Verstappen nem sequer teria culpa mesmo se o acidente fosse numa disputa por posição. Ele tinha mais da metade do carro à frente. O pneu traseiro do Verstappen atinge o dianteiro do Ocon. A curva era muito mais do Verstappen. Mesmo se fosse numa disputa por posição, Ocon deveria ter sido punido por causar a colisão. Como foi numa disputa pra descontar uma volta para o líder, deveria ter sido desclassificado.

  18. Marco disse:

    flaviio mais uma vez sua analise foi perfeita!! O max foi um babaca sim! Espero q tenha aprendido essa licçao. E qto ao Bottas realmente nao da p entender o q que aconteceu com ele. Até q odemos consisera-lo um piloto diferenciado, mas o cara sucumbiu a pressao do campeonato. Se em 2019 ele nao demonstrar um pouco mais, pode arrumar aa malas p formula indy, pq na f1 nem a Williams vai querer de Volta

  19. Fabio disse:

    Flavio, o líder da corrida pode receber bandeira azul caso o retardatário esteja mais rápido? E o retardatário, por sua vez, estando a menos de um segundo do líder, pode usar o DSR para ultrapassá-lo? Obrigado.

  20. Jorge Okamoto disse:

    Não cheguei a ver toda a corrida (só vi os highlights pelo site da F1) mas ninguém da equipe Red Bull teve a capacidade de falar pra ele “Max! Ocon is faster than you”. Ok, vamos dizer que ele não entendeu o recado. “Max! Let him go!!!!”

  21. ALLAN PEREIRA GUIMARAES disse:

    Nada mudou: desde a divulgação da segunda imagem, em que o Ocon tentava passar o Verstappen, a coisa não mudou: ele tinha o direito de tirar a volta, não conseguiu a manobra de maneira limpa na primeira perna do S e “pagou pra ver” na segunda perna quando estava atrás do holandês. Ao ver que Verstappen tinha mais ação quando saíram da primeira perna, deveria ter afrouxado para tentar depois. Daí a aplicação da pena, que seria devida MESMO QUE tivesse disputando posição. Os pontos na carteira foi por ter feito isso contra o lider da prova, quando estava uma volta atrás. Já Vertasppen jogou fora a vitória porque visivelmente estava economizando pneus (tanto que começa a freiar bem antes…) e, assim sendo, não teria como fechar a porta por muito tempo. Também arriscou e se lascou. A seu favor, todos os campeões cometeram diversos erros antes (e até depois) de seus primeiro títulos. Vettel, então, coitado, depois do quarto… Schumacher, depois de voltar da aposentadoria, com 7 no bolso, também fez muita bobagem na Mercedes. Mas para ser campeão, não vai poder se dar a esse luxo…

  22. Giovanni disse:

    Não sei qual é a discussão. Verstappen é um piloto extremamente desleal, joga o carro pra cima de todos que dividem curva, e se aproveita do fato de que a maioria (com razão) para evitar um acidente, tira o pé pra ele. Só que o Ocon que é desafeto dele, mandou o foda-se e quis ver se o Verstappen ia mesmo. Foi e se fodeu. Bem feito. Esse doente mental já bateu aproximadamente 20 vezes em 4 anos de F1. Só vai parar quando tomar corridas de punição.

  23. Giuliano disse:

    Ontem 15/11 um jornalista esportivo falando sobre o empate do Atlético PR sobre o Vasco aos 49 do segundo tempo, falou uma frase de um treinador que agora não me lembro o nome, “nos momentos finais do jogo é melhor ter 100 gramas de cérebro do que 1kg de musculos”, essa frase cabe bem no caso do Max, faltou o cérebro que só os grandes campeões tem…deixava Ocon passar e ia atrás, e a Equipe que as vezes fala no rádio coisa inúteis e óbvias, também poderia avisar Max pelo rádio, Ocon trocou pneus e está mais rápido que você…se chegar perto deixa passar, nossa corrida não é com ele…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>