“GP ÀS 10″: TODOS OS NOMES | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018 - 11:52Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: TODOS OS NOMES

9 comentários

  1. Luiz Aguiar disse:

    Williams começou com chassis da Brabham em 69, depois pegou a DeTomaso, depois em 71 usou chassis da March(mudando depois para Politoys em 72). Em 73 e 74 a Marlboro investiu e a equipe passou a se chamar Iso-Marlboro. Em 75 o cigarro saiu de cena e ela ainda usou os carros produzidos na Iso-Malboro com a nomenclatura já de Williams e com o nome Williams. Em 76 o Frank fez parceria com Walter Wolf e a equipe se chamou Wolf-Williams. Em 77 se separaram(com a 1a vitória da Wolf com Scheckter) e a Williams pegou o patrocínio saudita, mas começar ela começou com chassis Brabham em uma época que podia-se comprar chassis. A Tyrrell competiu usando chassis da March e a Brabham começou usando chassis da Lotus… É lembrado que a Ferrari lá pelos anos 30(quando era Campeonato Europeu) começou usando chassis da Alfa Romeo..

  2. Fábio Mandrake disse:

    A Tyrrell não começou com a Matra, as equipes correram juntas por 3 temporadas de 1970 a 1972 quando a Matra abandonou a F1. Ken Tyrrell era chefe de equipe da Matra apenas quando Stewart foi campeão em 1969, ai o tio Ken resolveu fundar a própria equipe e usou carros da March em 1970 e no fim desse mesmo ano estreou o chassi Tyrrell 001. Outras “famílias” Ligier, que virou Prost, March que virou Leyton House e depois March de novo, Arrows que por uns anos foi Footwork e voltou ao nome antigo perto do fim. E Ensign que se associou a Theodore no fim de 1982 para virar Theodore Ensign em 1983(durou só um ano) A própria Theodore assumiu a Shadow no meio de 1980, Osella que virou Fondmetal, Coloni que virou Andréa Moda. Podemos até citar a Williams já que Frank Williams tinha um Brabham para Piers Courage correr em 1969, trocou por horroroso De Tomaso em 1970(Courage morreu em Zandvoort ao volante dele), depois usou um carro chamado Politoys que seria encampada pela fábrica italiana de carros esporte a ISO, e a mesma ISO no fim de 1974 virou Williams, que só viria a se tornar Williams Racing em 1978, por um breve período a Williams usou chassi Hesketh(1976) patrocinado pelo canadense Walter Wolf o que resultou no Wolf Williams, em 1977 a Williams usou carros da March com Patrick Neve ao volante. As que me lembro são essas. Ah espero que esse nome Racing Point seja apenas momentâneo, espero que venha um nome mais bacana.
    Abraços a todos

  3. Ricardo Soares disse:

    Flávio, belo resgate. Só um detalhe, quando você diz que McLaren sempre foi McLaren, sim, houve continuidade, porém em 1980/1981 (se não me engano) Ron Dennis assumiu a equipe e, não mudando de nome, mas incluiu no lançamento dos novos modelos à partir de então, as “iniciais” MP-4 (aludindo ao nome McLaren “M” a sua ex-equipe Project-4, a tal “P-4″). Então, pergunto; poderíamos encará-la como uma nova equipe, mesmo mantendo o nome McLaren? Só uma dúvida, abraços.

  4. Amaral disse:

    E que fim levaram tantas outras como Prost, Leyton House, Forti Corse, Dallara, Simtek, etc?
    Vieram do e voltaram para o nada?

    • A Prost surgiu da Ligier em 1996, e a Leyton House da March, em 1990 (esta durou só até 1992, já que o dono, Akira Akagi, foi preso por fraude e sonegação). As demais que você citou surgiram do zero e sumiram igualmente sem deixar rastros.

    • ChequettoJr disse:

      A Dallara é uma construtora de carros de corrida, como era a Lola. Forneceu carros/chassis pra várias equipes e categorias. Na F1 construiu a maioria dos carros da Scuderia Italia nos anos 80/90 e da Hispania em 2010, além da Haas recentemente. Forneceu chassis para a Indy no de 1997 a 2005. Além de construir carros de várias categorias de base como World Series, GP2, GP3, F2 e etc…

  5. KARLO disse:

    Racing Point parece nome de pista de kart que tem nos estacionamentos de shopping.

  6. Marcus Castro disse:

    Flávio, a equipe Tyrrell se originou da Matra, que esteve na F1 de 67 a 69, se não me engano.
    Parabéns pelo trabalho e pelos vídeos, são ótimos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>