UM DIA NA GÁVEA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019 - 11:59Futebol, Gomes

UM DIA NA GÁVEA

mengoarte

Ilustração: Giotto

RIO (às vezes me assusta) – A pedido do Diogo Henrique Almeida, do blog “Mundo Rubro-negro”, rabisquei algumas linhas sobre minha história de amor com o Flamengo e com o Rio.

Ah, adorei a ilustração do Giotto. Tem gente muito boa por aí transformando palavras em imagens.

9 comentários

  1. Mario disse:

    Você disse uma vez que o que passou já foi, é para lembrar e deixar ir, ou algo assim.
    Consigo perceber como esse argumento está no texto, como sempre belíssimo e enternece dor.
    Como disse outro leitor assíduo do teu blog, escreva mais por aqui, tens vorazes e ávidos leitores que muito apreciam tuas histórias.

  2. Toni Righi disse:

    Serginho, o deslumbrado, virou boi de piranha.

    Sempre me pergunto até que ponto o Serjão, do alto de seu mandatos de vereador e de conselheiro no TC, não foi o mentor do pupilo besta ladra.

  3. Coyote disse:

    E outra vez gol do Mengão, o Rubro-negro, o Mais Querido. Sim. Porque falem bem, falem mal ou apenas falem, mas falem de mim, ainda que sobre coisas que só vem amareladas à memória anos, ainda que seja para dizer que não toquei o seu coração… (jura que não, né).
    Abs.

  4. Jonivan disse:

    Texto magistral. Que pena que o Serginho, que deveria ser um bom menino na época, deu no que deu e fez o sofrimento de milhares de pessoas…

  5. Romeo Nogueira disse:

    A arte de escolher algumas palavras e pô-las em ordem. Escrever. Você faz isso com maestria! Não dê muita importância aos vídeos! Há, ainda, um grupo de leitores deste blog (pequeno, eu sei!) que adora ler seus textos. Escreva para estes!

  6. CHAGAS disse:

    Embora a Lusa seja a dona do seu coração, um gol desses feito na raça, de carrinho, no estilo Mengão de ser…. com certeza um cantinho é rubro-negro.
    Viva o Mengão. Vida longa ao blogueiro.

  7. Luís choe disse:

    Como sempre, texto que prende a atenção e enche a alma. Escrita por outro seria uma lembrança pálida e sem graça. Mas você faz de tal modo que se torna uma recordação viva e colorida,não importa o quanto de tempo passou.

  8. Luis felipe disse:

    Excelente! E vai escrever bem na casa do caralho!. Portanto que passe na Gávea sempre, claro…

    E tal qual disse um tal Nelson Rodrigues:

    “Cada brasileiro, vivo ou morto já foi Flamengo por um instante, por um dia.“,

Deixe uma resposta para Romeo Nogueira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>