E a última mesmo!

SÃO PAULO (pronto, já me atrasei!) – Finalizando, hoje começou aqui em SP um salão de tuning no pavilhão da Bienal, no Ibirapuera. O Emerson Fittipaldi é um dos promotores. Amanhã, quarta, o Tarso Marques faz uma palestra, mas infelizmente o press-release que recebi veio truncado e não sei a hora.

O fato é que Tarso montou uma empresa em Curitiba que não fica devendo nada àquelas gringas que aparecem na TV. Ele “customiza” (argh, eita palavrinha feia) carros antigos e faz verdadeiras obras de arte.

Três carros e uma moto do Tarso estarão expostos no salão. Dois deles são esses aí, um Thunderbird 58 e um Bel Air 59.

Enjoy, como diriam os ianques.

Comentários

  • tava demorando alguem apelar para “só pq é brasileiro criticam” , então temos que achar bom só pq é brasileiro ?
    Claro que tem gente que sacaneia, mas ora querem sacanear deixa eles , se vc gosta, ora, elogie então, agora vc generalizar falando que todos assistem overhaulin e rides e acham ótimo, peraí me inclua fora dessa, como já disse algumas coisas saem boas , mas na maioria das vezes só sai porcaria, aliais esse negócio de tunung para mim é um festival de saídas e entradas de ar falsas, aerofólios, e pinturas espalhafatosas, sem contar os paineis com um mar de relóginhos, uma patuscada sem tamanho, deixando claro que é a minha opinião, quem gosta , beleza , mas eu acho horrível.

  • FG, assisti o Limite de ontem, a boa nova foi a pista de Cabreúva que pretendem construir.

    Cabreúva fica perto de Itú, e da Castelo Branco, mas indo até Pirapora do Bom Jesus (via Barueri-S. do Parnaíba) pegue a estrada dos romeiros (acho que é isso), linda estrada que acompanha o Rio Tietê e você chegará lá em um passeio legal.
    Não vá se perder, a cidade tem 2 ruas e 3 quarteirões.

  • Caros, venham pra Curitiba ver uma Harley que foi feita na empresa dele, simplesmente horrível, bolhas na pintura, o motor fundiu com menos de 100 Km rodados, é a piada da concessionária.

  • Olha eu até ia comentar alguma coisa sobre este post, mas a artilharia tá pesada demais. Quanta baixaria pra julgar o trabalho do Tarso, até ofensas pessoais…Acho que o clima PCC baixou por aqui, fui.

  • Eu concordo com o pessoal que diz que fazer isso com esses carros antigos realmente dá até dó, mas dizer que os carros ficaram feios nao dá pra concordar. Se esquecermos que eles destruiram os originais e esquecermos que eles eram lendas, e só olharmos para o resultado, nao tem como nao achar os carros lindos, afinal estilo os carros tem, né.

  • Também não gosto, pois ele pegou um dos clássicos que mais gosto e ficou muito esquisito, principalmente porque ele rebaixou demais o teto. Um Thanderbird deste tem que manter-se original, mas gosto é gosto e quem tem dinheiro para fazer isto deveria era ter o restaurado.
    Não gosto de Tunning, eles exageram demais.

    Pedro/Brasilia

  • Por favor Flávio …Obras de arte ? Nem parece que tu é um colecionador de carros antigos. Os carros do Tarso são aberrações… T-Bird com motor de BMW. Pelo amor de Deus. Tomara que a empresa do Tarso peque um DKW e coloque um motor 4 tempos e recorte toda a lataria….

  • Engraçado, pensei que era só eu que olhava esses carros com, digamos, “certas restrições”. O Tarso Marques e seus carrões são figurinhas fáceis no Programa Auto Esporte da RG (esse carro do post já apareceu lá). Tudo bem prá quem gosta, mas eu e muita gente acha esse Tunning exagerado (ou Xunning, como disseram abaixo) um exibicioni$$mo monetário, antes de tudo. Esses carros parecem mesmo aquelas barcas usadas pelos cafetões retratados em filmes e seriados americanos dos anos 70…
    Sem falar no pecado cometido com carros históricos…

  • Como a maioria q acompanha do blig do FG sabe, eu estudo design… O q muda um pouco o meu modo de ver o trabalho do Tarso…

    Para mim é muito difícil avaliar… Pq não sabemos qual o acordo envolvendo cada carro e tal. Aonde o dono “meteu a colher” e tal….

    Mas para mim os melhores carros dele são os menos mexidos… Porque as linhas clássicas dos carrões americanos perdem muito da graça quando não se consegue identifica-las…

    Eu não sei se o Tarso é designer profissional, mas com a sua vivência de piloto, deve ter investido pesado na “segurança” dos carros que construiu… Mas eu consigo enxergar melhoras nessa parte…

    Eu tb discordo de algumas escolhas filosóficas que se refletem na parte técnica e estética…

    Mas como eu disse, de fora é muito complicado avaliar. Mas sinceramente eu acho que ainda falta chão para o Tarso e sua equipe chegarem no nível dos gringos por uma série de razões como cultura diferente, disponibilidade de peças e equipamentos, etc e tal…

    Mas se eles continuarem trabalhando e pela quantidade de carros em andamento no site eu tenho certeza q eles vão ter muito sucesso ainda!

    Ps para Tarso Marques: Tem vaga para designer aí na TMConcepts??

    Abraços

  • Aquele avião no teto era um avião de controle remoto, no porta malas do carro estava o controle, aquilo se tira do teto e como diria aqui em Minas avoa, rsrsrsr.
    Agora a oficina e super conceituada em Minas em no resto do Brasil

  • Pra variar, como bom brasileiros… só críticas, a maioria sem qualquer fundamento. Enquanto isso, todos assistem ao overhaulin e acham o máximo. Só por ser no Brasil, criticam e ridicularizam o trabalho do cara…

  • Na minha modesta opinião os carros ficam lindos , eu gosto , ques~tão pessoal nada demais . Agora %!@$&@#mesmo são aqueles carros que são “tunados” no programa do Huck , quadro lata velha , aquilo sim é uma agressão , semana retrasada , colocaram uma miniatura de avião no teto de um Landau , só pq o cara trabalhava na aeronáutica , patético

  • Cabelinho %!@$&@#pau! É um carro ou nave espacial? Até que é bonitinho! Mas então, a pior cagada dele foi ter tentado ir no rastro do título do Alonso, dizendo que ele ensinou muita coisa pro espanhol, asturiano, campeão. Não precisava ter feito esse papelão em Interlagos no ano passado né…

  • O trabalho da equipe dele pode até ser bem feito, ter esmero no que faz…mas isso é assassinato puro! Isso que não viram ainda um Chrysler 50 e pokos que está sendo finalizado…era raro! Simplesmente virou essa coisa…teto baixo, roda grande colunas desproporcionais…a não ser que ele queira fazer um segundo andar na bagaça…

  • Estranhos os comentários. Ví estes carros de perto e achei o trabalho dele muito bem feito. Nao vejo crime nenhum fazer isto num Thunder que está muito longe de ser um Bugatti, p.ex. Quanto a gostar vai de cada um. Eu gosto e espero que ele faça muitos outros, pois não fica devendo nada aos melhores hots americanos.

  • Primeiro, o que ele faz é Xuning e não Tuning.
    Segundo, que o Mercury ele diz que fez , mas não foi ele, foi um outro profissional que fez.
    Terceiro, que ele pega carros em bom estado, que podiam ser restaurados como originais e transforma nesses lixos, como o Bel Air 59 e esse Thunder.
    Pelo menos tem um coisa, faz tempo que ele não estraga nada…
    Esses carros ficaram prontos faz um tempão…

  • Concordo com todo mundo, exceto com o Cedar ao falar que tem que fazer isso com Opala, jã que tem aos montes! Sem querer ofender, mas já ofendendo, então é melhor fazer com fusca que tem aos milhões! Isso não se deve fazer com carro algum! Deixa os opalões de fora dessa confusão!

  • Essas transformações são uma piada… De péssimo gosto. E no caso do Thunderbird, pegaram um carro fácil de restaurar pra fazer um verdadeiro cagalhão (desculpem a palavra, mas não achei nada mais adequado).

    Sem esquecer que aquele Mercury transformado (que foi a única coisa mais ou menos bem feita por ele, já que é uma cópia do que se faz em todo o mundo) rodava com PLACA PRETA! Absurdo…

  • Sinceramente, achei todos exceto o Mercury 51, umas drogas, principalmente pq ao rebaixar o teto ele manteve as linhas originais, da união da coluna com teto, e as laterais foram preservadas, mas nos outros é só ver que há uma nítida desproporção no “ombro” formado pela união do teto com a porta ficou grande demais, fora tb que ele rebaixou tanto o teto e como são carros grandes em comprimento só acentuou ainda mais as desproporções das linhas, uma b.osta, alias acho esses “custom cars” americanos muito papagaiados, rodas de aro absurdos, (daqui a pouco vão parecer carroças com aros tão grandes e pneus de perfil tão fino) teto rebaixado e todo tipo de gadget eletrônico, enfim como eu já disse antes em outros post, este negocio de tunnig,muito poucas vezes saem coisas boas, mas em 99,9% das vezes só sai aberrações que só mesmo o pai da “criança” para gostar mesmo.